Máscara

Camara

oi

oi

31 de maio de 2018

CUMA PUNE AGENTE QUE MULTOU SEU VEÍCULO

A maioria dos políticos brasileiros, é como vampiros,
que só vivem sugando o sangue dos trabalhadores!!!
Houve uma época em algumas cidades brasileiras, em que prefeitos achavam que podiam tudo e até tratar servidores da prefeitura como mamulengos e sacos de pancadas. Atualmente isso só acontece em poucas partes do país e em nenhuma outra cidade essa prática é mais recorrente que em Itabuna. Tanto que na semana passada, o agente de trânsito Lindijan Almeida e seu parceiro de trabalho, Raimundo Nascimento, faziam ronda habitual na avenida do Cinquentenário, quando flagraram um veículo particular estacionado numa vaga exclusiva para deficientes. Ao perceberem que o motorista não era deficiente, o solicitaram que retirasse o veículo daquela vaga. E a partir daí o que houve foi algo tal qual o que acontecia no tempo em que não existiam leis nas cidades. O agente Lindijan, que por pouco não apanhou, foi desrespeitado pelo condutor do veículo, que disse pertencer ao prefeito Fernando Gomes e que o veículo oficial estava a serviço do dito cujo. E o desafiou a multar. Depois da multa o prefeito chegou, entrou no véiculo, que deu partida logo após. Duas horas depois, o agente Lindijan Almeida recebia uma ligação telefônica o informando que ele estava afastado do serviço por 30 dias e sem remuneração. Segundo informações de pessoas que presenciaram a cena deprimente, o que deixou o prefeito mais indignado, foi o agente dizer que não o conhecia e que a lei era para todos. 

CUMA COM COMPADRIO COM PREDADORES DO ERÁRIO

Governantes predadores afugentam investimentos privados
e prejudicam a geração de emprego e renda no município!
O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma), tem sido implacável contra o instituto Bom Jesus, que administra a única UPA da cidade e a empresa Dom Parking, que opera o serviço de estacionamento rotativo pago no centro de Itabuna e quer por que quer fechar as portas dessas duas empresas. As más línguas dizem, que "tem caroço nesse angu" e que o que Cuma quer é preterir prestadores de serviços, que não estejam a serviço dos interesses da candidatura de um dos seus pupilos e enriquecimento súbito de parentes e aderentes. Dizem. Mas "onde há fumaça, há fogo"! Por conta dessa suspeita, é oportuno que o que ainda resta de vereadores, que não comem no cocho do alcaide, fiquem atentos ao desfecho dessa perseguição e malandragem de Cuma. Não dá para Itabuna permanecer como cidade com prefeitura pobre e prefeito rico. As empresas prestadoras de serviços públicos, não devem ficar à mercê de circunstancias e casuísmo de governantes, que as oprimem e as tornam reféns de coações de propinagem, malandragem e pilhagem!

DEIVIS AINDA NÃO DISSE PRA QUE VEIO

Deivis está demorando muito, para evitar  que Itabuna não seja
em sua vida, apenas mais pequena cidade capixaba, onde ele foi
secretário de saúde, sem nenhum resultado exemplar à Itabuna!
Deivis Guimarães saiu de Vitória do Espirito Santo, para tomar posse como secretário de Saúde de Itabuna, no dia 16 de abril e depois de exatos 61 dias, ainda não moveu um só milímetro da longa jornada que terá que percorrer, para tirar Itabuna do "pé da cova"! Ele chegou a Itabuna, um mês depois da exoneração de Lísias Miranda, que substituiu Vitor Lavinsky. E nenhum dos três chegou sabendo em qual dos pontos cardeais situa-se o abandonado Hospital Psiquiátrico São Judas, embora não deva ter sido difícil eles perceberem o quanto a cidade carece de serviços de atendimento a pacientes com distúrbios mentais. O fato é que Itabuna permanece com Postos Médicos sem médicos e medicamentos; com paralisações de servidores do setor; com sucateamento de coordenações de Zoonoses, Dst/Aids, Odontologia, Urologia e o estoque de esparadrapos, gazes e luvas cirúrgicas do almoxarifado da Secretaria, está tão fictício quanto a perspectiva de Deivis emplacar-se no final deste segundo semestre, na titularidade do cargo. Enquanto isso, o povo itabunense se desespera na espera de que um milagre do Espírito Santo, possa fazer Itabuna sair do atual estado de letargia, ou se livrar de muitos dos seus espíritos de porcos!

ITABUNA TEM PREFEITURA COM DOIS FERNANDOS GOMES E NENHUM GOVERNO

Itabuna está comendo o pão que Cuma amassou!
O prefeito e seu vice em Itabuna são homônimos: Fernando Gomes. Mas a cidade parece não possuir prefeitura. Os dados epidemiológicos resultam em suspeitas de que a maior cidade sulbaiana, está em estado avançado de metástase. O drama na Educação revela muitos alunos sem escolas e muitas escolas sem alunos. A luxúria, soberba e depreciação humana na Secretaria de Assistência Social, acontece através de cabide de empregos para parasitas e faz os pobres miseráveis e em condição de não ter com quem contar. Os postos de saúde estão sem médicos e medicamentos e o que mais notabiliza o setor, são denuncias de corrupção a ada secretário que se sucede no comando do setor. A cidade está comendo o pão que Cuma amassou! Itabuna possui neste ano o terceiro maior número de notificações de casos de violência doméstica e sexual na Bahia, com 350 ocorrências. O município fica atrás apenas de Salvador (2.234 casos) e Feira de Santana (638). Mas os índices dramáticos de Itabuna, não param por aí. A cidade é a mais notificada em caso de HIV e Aids no sul da Bahia; onde maior é a proporcionalidade de homicídios em todo Estado; onde o desemprego atinge a mais de 40 mil pessoas e, paradoxalmente, onde mais existem obras abandonadas na Bahia. Itabuna também sofre com o descréscimo da sua estrutura contra a criminalidade, pois hoje existem menos postos policiais e agentes de segurança, que há dez anos. E este é o período em que a cidade não conta com nenhuma construção de salas de aula, fabricas, ou postos médicos! Uma cidade com este perfil, tem consequência de ineficiência dos serviços públicos básicos e rebaixa o nível da qualidade de ida da sua gente. Este contexto nos submete á condição de moribundos. É como se o prefeito Fernando Gomes e seu vice-prefeito (Também) Fernando Gomes (Vita), fossem o coveira; o povo o defunto e a cova, a Biosanear, Emasa, Prefeitura e o raio que os parta!

O PRESENTE DE GREGO DE CUMA PARA ITABUNA

Cuma é como um "Cavalo de Tróia", cujo "presente de grego",
é sua administração de truculência, corrupção e ineficiência!

Você já ouviu falar no “cavalo de Tróia”? E já recebeu algum “presente de grego”? Se você não conhece essas expressões, saiba que elas existem por causa da guerra de Tróia. Os gregos se esconderam na barriga de um imenso cavalo de madeira e conseguiram derrotar os exércitos troianos. Tróia era uma cidade bem fortificada e suas altas muralhas impediam que ela fosse invadida. A cidade ficou cercada por vários anos. Mas um velho conhecido Ulisses, bolou uma estratégia que praticamente decidiu a guerra: mandou construir um imenso cavalo de madeira, e se escondeu em sua barriga junto com alguns guerreiros. Os exércitos gregos deixaram o cavalo em frente à porta de entrada de Tróia, e começaram a se retirar. Os troianos acharam que os gregos tinham desistido da guerra, e que o cavalo era um presente para eles. Decidiram trazer o bicho para dentro da cidade. Como ele era muito grande, chegaram a derrubar uma parte da muralha para poder entrar. Mal sabiam eles… De noite, quando os troianos estavam dormindo, Ulisses e os guerreiros gregos saíram da barriga do cavalo de madeira. Outros soldados aproveitaram o buraco na muralha e invadiram a cidade. Em pouco tempo, os gregos dominaram Tróia e invadiram o palácio real. A guerra acabou com a vitória dos gregos. Por isso, até hoje, um presente que ninguém quer ganhar é chamado de “presente de grego”. É justamente aí onde surge a alusão do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma), no contexto dessa estória. Por si só, ele mesmo acabou se transformando no “Cavalo de Tróia”, que depois de ter invadido a prefeitura, fez sair de si, seus soldados de vilipendiamento e ocupações de cargos comissionados e hoje Itabuna tem uma prefeitura pobre e seu prefeito rico. Cuma é o cavalo, que se transformou num presente de grego para os itabunenses!

30 de maio de 2018

NA ELEIÇÃO HÁ LADRÃO PORQUE EXISTE O INTRUJÃO

Quem vota em ladrão, não pode reclamar da corrupção

Cada vez mais as pessoas de bem estão se afastando da política e se autoproclamar político é o mesmo que confessar um crime. Ninguém sabe de onde vieram os tais R$ 51 milhões, acreditem, R$ 51 milhões em dinheiro vivo (eu não consigo guardar R$ 1.000 reais em dinheiro vivo em casa, que dirá R$ 51 milhões), ou melhor, quem sabe de onde veio, não quer falar. A Corrupção está espalhada pelos municípios, estados e união, é só acompanharmos os noticiários para constatarmos. Funcionário público transferindo dinheiro público para contas pessoais, câmaras municipais aprovando contas de prefeitos rejeitadas pelo TCE, prefeitos sendo investigados pelo ministério público por favorecer seus filhos, e deputados, governadores, senadores sendo investigados por corrupção, lavagem de dinheiro, entre outros crimes, e até mesmo ex-presidentes e atual presidente da República implicados em processos e condenações judiciais, por práticas de corrupção e formação de quadrilhas. Sabemos que ainda existem pessoas de bem na política, pessoas que vão na contramão dessa corrupção sistêmica e pessoas que querem passar o Brasil a limpo. É preciso votar nos políticos honestos e eles ainda existem! Precisamos votar com a consciência tranquila, votar por acreditar ser melhor para o Brasil. Devemos escolher com sabedoria, nem sempre o candidato com mais conhecimento será o mais honesto e nem sempre o candidato com menos formação será o com menos conhecimento e com garantia de honestidade, o correto é pesquisar, conhecer, para escolher com certeza os melhores, a nível nacional é mais difícil, porém as redes sociais, jornais e mídias em geral estão ai para auxiliar, a nível municipal é mais fácil, com exceção nas grandes cidades, porém, no município é onde pode ocorrer maior compra e venda de votos! As eleições federais estão chegando, vamos exterminar os corruptos, mas sem dar espaço aos oportunistas. Sonho com um Brasil onde a população escolha seus líderes pelo conhecimento, capacidade e caráter que possa ter e não pelo carisma, sorrisinho e tapinhas nas costas, escolham pelos projetos e ideais para uma sociedade melhor e não pelos presentinhos e cinquentões! Política é sinônimo de corrupção?

PREFEITO AFRONTA BARNABÉS QUE NÃO ARREDAM OS PÉS DOS SEUS DIREITOS

Cuma trata como lixo, o trabalhador da Prefeitura,
enquanto trata com luxo a empresa de lixo!
Quando imaginávamos que os serviços pestados pela prefeitura de Itabuna, não poderiam piorar, eles pararam em decorrência do prefeito Fernando Gomes (Cuma), se recusar a conceder aumento dos salários dos barnabés. E o que não era bom, ficou muito pior. É que funcionários da Prefeitura de Itabuna paralisaram as atividades, parcialmente, ontem, terça-feira (29) para protestar contra a falta de contraproposta do governo municipal para o pedido de reajuste salarial da categoria. Os funcionários querem receber pelo menos a reposição da inflação dos últimos meses. Já o prefeito diz que não tem condições de dar um só centavo de aumento neste ano e que, portanto, o reajuste será zero. Os servidores decidiram que vão continuar promovendo manifestações e paralisações dos serviços. E no mesmo dia os servidores do Hospital de Base também cruzaram os braços, reivindicando reajuste salarial. As paralisações seguem afetando hoje os serviços públicos, pois os funcionários da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) 24 horas do Monte Cristo, também entraram nesta em greve. O diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna (Sintesi) e membro do Conselho Municipal de Saúde de Itabuna. João Evangelista diz que o prefeito não está se importando com a situação dos servidores da UPA e muito menos com a assistência aos usuários.

QUALQUER COISA QUE POSSA SER BOA, VOCÊ PODERÁ FAZER MELHOR

Você sempre poderá fazer com que amanhã seja melhor que hoje!

Quantas vezes, por amar um lugar ou uma pessoa, nos submetemos a enfrentar as maiores dificuldades, cansaço e batalhas? Falo sujeitar, porque em muitos casos, você faz até o que não quer ou o que não concorda para o bem comum. Passar por cima de seus valores, tantas e tantas vezes tem seu preço. Escolhas como essas são difíceis no meio corporativo. Hoje cada um olha para seu próprio umbigo. Seu próprio “sucesso”. Pessoas assim esquecem (ou não sabem) que é necessário a participação de outros fatores nessa equação. A falta de espírito corporativo mina relações já consolidadas. E não deixa que novas se estabeleçam. As pessoas tidas como mais boazinhas, bobazinhas, estepes ou segundo plano são as responsáveis pela viagem tranquila e sem turbulências. Na teoria, isso é muito fácil e bonito. Na prática, a Lei de Murphy, impera e como ela mesma diz: “Se alguma coisa pode dar errado, dará. E mais, dará errado da pior maneira, no pior momento e de modo que cause o maior dano possível”. Precisa falar mais alguma coisa? As dificuldades, turbulências, terremotos vividos durante uma experiência seja ela profissional ou pessoal, nunca terão o mesmo peso e impacto para você que precisou enfrentar tudo isso sozinho. E no final o pãozinho francês quentinho e crocante chegou ao consumidor mais exigente. Dos aprendizados que a vida me mostrou é que se você puder fazer algo por alguém, faça e fique em silêncio. A parte do não sair fazendo postagens das redes sociais, aprendi em casa. Mas, não espere nada em troca, caso contrário, você tem uma grande chance de se desapontar. E é melhor se surpreender com o melhor do que amargar uma longa e dolorosa espera. Mais uma vez, a Lei de Murphy nos ensina que: o pessimista se queixa do vento, o otimista espera que ele mude, o realista ajusta as velas e quem conhece Murphy não faz nada. Ou ainda, se você for esperar o motivo certo para fazer alguma coisa, nunca fará nada, ninguém nunca está ouvindo, até você cometer um erro. E sorria sempre! Afinal amanhã será pior. Se for fazer algo, faça para se orgulhar, para aprender ou ainda para ter experiência. São histórias assim que podem encantar seus filhos e netos. Não vale a pena, nos dias de hoje, se empenhar para realizar algo que há pouco tempo, ninguém vai saber quem fez, apenas que estará feito.

CUMA DÁ COMENDA PRA BENÉ... CARGO NÃO!

Por não ser Ficha Suja, parasita, medíocre e inútil, o intrépido
Bené merece muito mais homenagens, que alguns abutres e
pústulas fétidos e vis, agraciados com comendas em Itabuna!
Na noite do próximo dia 28 de julho, no Clube da AABB, o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma), gastará mais de R$ 50.000 do erário, para promover o cerimonial de outorga da Comenda do Mérito Firmino Alves, para dez personalidades com reconhecidos e relevantes serviços prestados em prol do progresso e desenvolvimento do município de Itabuna. Ainda são desconhecidos os nomes dos agraciados com a dispendiosa homenagem do alcaide. Mas não falta quem torça para que este evento não ocorra apenas para satisfazer os devaneios egocentristas e de soberba de Cuma, pois no ano passado ele homenageou os deputados federais Paulo Magalhães e João Carlos Bacelar Filho, que nunca contribuíram, ou bateram um só prego na estopa, em benefício do desenvolvimento de Itabuna. Entretanto, algumas personalidades já estão sendo cogitadas e ninguém tem nome mais convergente que o multifacetado jornalista, radialista, blogueiro, servidor público federal, ativista social, promoter, biográfico, escritor, poeta, bacharel em direito, showman e ombudsman, Ederivaldo Benedito, que auto se intitula como "Bené é Bené"!. Todavia a causa maior da justificativa para seu recebimento da Comenda Firmino Alvez, não está em seus relevantes serviços prestados a Itabuna. É que esta foi a única alternativa que Cuma encontrou para contemplar Bené em suas súplicas para assumir a diretoria de comunicação da Prefeitura. O prefeito chegou a conclusão, que é melhor dar uma comenda para Bené, que dar para ele um cargo que requer qualificação técnica, parcimonidade interpessoal, discernimento comportamental e controle emocional. 

29 de maio de 2018

MAIS UMA DESUMANIDADE DE SANDRA NEILMA EM ITABUNA

Nepotismo e parasitismo explicam o que a razão desconhece!
Noves fora a mediocridade da qualidade de gestão na Secretaria Municipal de Assistência Social de Itabuna, com gestantes, desempregados, crianças e idosos relegados ao desamparo, a titular da pasta, Sandra Neilma, surge com mais uma judiação contra as pessoas carentes da cidade e dessa vez o despautério surge através de um comunicado de fechamento do Restaurante Popular, sob desculpa esfarrapada da greve dos caminhoneiros e seu subterfúgio de desabastecimento de diversos itens. De acordo com Neilma, o restaurante encontra-se com estoque de proteína, hortifruti e cereais em quantidade insuficiente para atender às necessidades de produção e está sendo fechado hoje, terça-feira (29) e que só voltará a funcionar quando acabar a greve dos caminhoneiros. O fato é que os principais produtos agriculas que atendem o Restaurante Popular, são oriundos da agricultura familiar, que envolve  1,5 mil produtores de nove associações, dois assentamentos e a Cooperativa de Agricultores Familiares e Economia Solidária (Coopafs) e cujo transporte está tendo acesso livre, em decorrência de não haver barreiras entre a zona rural onde os produtos são prantados e colhidos e a única unidade ainda existente do Restaurante Popular em Itabuna. O que existia no bairro de Fátima, Neilma já havia fechado. Portanto, as alegações da secretária não se sustentas na realidade. Ela fechou o Restaurante, porque parece pouco se importar em amparar as pessoas carentes, que necessitam da segurança alimentar e almoçarem a preço popular. A comprovação deste fato, está no pleno funcionamento de todos os demais restaurantes particulares de Itabuna. Nenhum fechou, ou reclama de falta de estoque de proteína, hortifruti e cereais em quantidade insuficiente para atender a clientela!

PERGUNTAS SOBRE A CORRUPÇÃO NOS ATORMENTARÃO

Nenhuma herança é tão rica quanto a honestidade!
Minha vontade primeira, após ver nos noticiários a relação dos políticos a serem investigados pela Operação Lava Jato, foi escrever, com foco neles. Mas antes busquei saber sobre se havia algum político que não fosse protagonista de fazem de Brasília a Capital dos Corruptos. As exceções existem. Pode-se contar nos dedos os que não se contaminam. Mas os maus são quase a unanimidade. A relação dos implicados em falcatruas é enorme. Alguns listados já são contumazes em roubar fortunas dos cofres públicos, que deveriam fazer o povo menos infortunado. Outros já renunciaram para salvar a pele e a grande maioria aparece pela primeira vez entre os corruptos profissionais. Afinal, todos são políticos e a consequência natural é transformarem-se em párias. De acordo com o site Transparência Internacional, 81% dos brasileiros considera os políticos corruptos. Quase uma unanimidade. A questão é, por que ainda não extirpamos este câncer? Lula, Dilma e toda a corja de corruptos do PT e partidos envolvidos, sabiam e receberam recursos para campanhas. As eleições desde 2002, estão eivadas de ilegalidade, ocasião em que elegeu no Brasil o pior que se conhece quando tratamos de política. Homens e mulheres trocaram a representatividade pelo vil metal. Neste contexto, existem perguntam que atormentarão as futuras gerações. O que dirão os brasileiros aos seus filhos diante de tamanho escândalo? Dirão que Brasília é um antro de ladrões. Local onde se compra e se vende reputações. Que é  a capital da vergonha, onde se formam corruptos, onde a Pátria é escrachada e onde  o povo é ridicularizado. Dirão que os presidentes escolhidos para conduzir a nação se revelaram chefes de quadrilhas e do crime organizado. Dirão aos seus filhos que lutem, que nunca desistam, pois a esperança não morreu e que homem não é eterno.

MOTORISTA LEVAVA PROPINA ATÉ LULA

O que torna Lula mais perigoso, é seu extraordinário
poder persuasivo de encantador de jumentos!
Preso há 20 meses e condenado a 12 anos por corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-ministro petista Antônio Palocci está cumprindo a promessa de revelar informações detalhadas capazes de garantir “mais de um ano de Lava Jato”. Deprimido, com dez quilos a menos e sem perspectivas de sair da cadeia, Palocci expôs em sua delação a acusação de que o ex-presidente Lula contava com um serviço particular de entrega de propina, através do motorista do próprio ex-ministro, que em apenas uma das entregas, repassou R$ 10 milhões ao líder petista. Palocci disse à Polícia Federal que havia R$ 40 milhões reservados na contabilidade da corrupção da Odebrecht para suas “despesas pessoais” e que um “pacote de propinas” fechado por Lula com Emílio Odebrecht chegaria a R$ 300 milhões, para beneficiar o ex-presidente petista e Dilma Rousseff, eleitoral e pessoalmente. Os recursos eram desviados da Petrobras por empreiteiras, em esquema tramado no gabinete presidencial do Palácio do Planalto. Segundo reportagem da IstoÉ, Palocci disse que Lula recebia propina e as senhas de um motorista do ex-ministro, porque o petista não dirigia o próprio carro. O ex-coordenador das campanhas petistas apresentou datas, horários e locais onde o dinheiro era entregue. Um exemplo foi a ocasião em que seu assessor direto, Branislav Kontic, o “Brani”, num fim de semana, entregou um pacote para o ex-presidente petista na sede do Instituto Lula, em São Paulo. Palocci afirma que o ex-presidente Lula recebeu mais de R$ 10 milhões em dinheiro vivo das mãos de Brani. Mas não foi só isso. No fim de 2010, segundo a reportagem de Germano Oliveira e Tábata Viapiana, o assessor de Palocci transportou várias remessas de dinheiro vivo para Lula, em quantias que somavam R$ 50 mil cada pacote. O entregador atendia a algumas demandas de Lula por discrição, quando o ex-presidente mandava deixar o malote em locais previamente combinados. E Paulo Okamotto também teria participado das entregas.

AETU INFORMA QUE ESTÁ NEGOCIANDO PARA RESTABELECER OS SERVIÇOS URBANOS

A AETU esclarece situação que impossibilita atender sindicalistas!
A Associação das empresas de Transporte Urbano- AETU informou por meio de nota oficial que as empresas concessionárias de serviço coletivo urbano de Itabuna têm mantido o diálogo com o sindicato dos rodoviários, com o cumprimento integral da pauta de negociações para o acordo coletivo do ano base 2018 / 2019, mantido o espírito conciliatório e aberta à negociação. Porém, não pode avançar em proposta que esteja desconectada com a atual situação econômica do país e com as dificuldades impostas às concessionárias, decorrentes do não ajuste da tarifa em percentual que promova o equilíbrio do contrato. A empresa informou ainda que entende abusiva a greve deflagrada, neste dia 29/05/2018, tendo em vista que a população é diretamente atingida com a supressão do transporte coletivo urbano. A aetu ajuizou ação de tutela cautelar antecedente – processo n. 0000655-79.2018.8.05.0000, com vistas a garantir o atendimento mínimo à comunidade, tendo sido deferida, nesta manhã, uma liminar para deteminar ao sindicato que mantenha contingência de funcionários disponíveis para a operação dos serviços em 50% (cinquenta por cento) nos horários compreendidos entre as 05h00min e 08h00min e das 17h00min às 20h00min e em 30% (trinta por cento) nos demais horários. Por fim, a empresa comunicou que está trabalhando para restabelecer os serviços públicos e viabilizar acordo que, atendendo às necessidades dos rodoviários, possam ser suportados pelas empresas.

SENADORA LÍDICE É CONTRA DERRUBADA DE TEMER

O mandato de Lídice Mata é cada vez mais medíocre e inútil
Com o governo Michel Temer enfrentando dificuldades na condução das tratativas com os caminhoneiros em greve, passou a ser ventilada no Congresso Nacional uma operação para derrubar o presidente emedebista. De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, em uma reunião a portas fechadas, um parlamentar da base do governo defendeu a saída do presidente Michel Temer, mas recebeu negativas dos colegas e até da oposição. A senadora baiana Lídice da Mata (PSB), diz a coluna, reagiu de forma veemente ao discurso de um colega que sugeriu a derrubada do presidente. Ela afirmou que, diante do atual cenário, Temer precisa ficar no cargo até o fim do mandato. Isto significa, que enquanto petistas, comunistas e os próprios militantes peessedebista, esbravejam “Fora Temer”, a medíocre senadora Lídice defende o “Fica Temer”!

BAHIA MANTÉM GREVE PELO NONO DIA COM ESTRADAS LIVRES

Caminhoneiros invadem avenida Kenned em Itabuna
Pelo menos oito estados brasileiros têm manifestações no nono dia de paralisação dos caminhoneiros contra o preço do combustível. Apesar do acordo anunciado pelo governo, que se comprometeu a baratear o diesel em R$ 0,46 por 60 dias, motoristas ainda mantém protestos em vias do país. A polícia e as Forças Armadas escoltam veículos com alimentos e insumos, que já chegam à maior quantidade aos centros de distribuição e centros comerciais. Há protestos em Goiás, Paraíba, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e São Paulo. Nas estradas estaduais paranaenses, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) contou 172 pontos de manifestação por volta de 0h40 desta terça-feira. Havia ainda 84 trechos com manifestação em vias federais do estado. Segundo a concessionária Via Bahia, os caminhoneiros continuam a protestar em trechos da BR-116. Os grupos restringem a passagem de carretas e caminhões, com trânsito livre para os demais veículos. Os motoristas se reuniam, por volta de 7h, nas cidades de Santo Estevão, Itatim, Milagres, Jequié, Poções, Manoel Vitorino e Vitória da Conquista.

TEMER AUTORIZA POLÍCIA A PRENDER LÍDERES GREVISTAS

Temer pouco se importa com o que o povo sofre!
Oito dias após o início da greve dos caminhoneiros, o governo do presidente Michel Temer deu as negociações com a categoria por encerradas – a avaliação é de que a pauta de reivindicações dos trabalhadores foi contemplada. A partir de agora, a Polícia Federal deverá realizar operações em vários Estados para efetivar, com imagens, prisões de líderes da greve que insistirem em manter o bloqueio ao livre trânsito de mercadorias. Ministros do presidente disseram ontem que não cabem mais negociações. As informações que chegam ao governo é que a motivação para a permanência do protesto é política: desgastar o governo e insuflar o discurso dos que pregam intervenção militar, ou fortalecer determinados candidatos à Presidência da República. Ontem, José da Fonseca, presidente da Associação Brasileira do Caminhoneiro (Abcam) reconheceu que os pleitos da categoria foram atendidos. Segundo ele, a continuidade dos atos nas estradas brasileiras atenderia interesses de “intervencionistas” – grupos que defendem uma intervenção militar no País. O diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, Renato Dias, disse ontem que há caminhoneiros coagidos por “falsas lideranças” fora do setor de transporte e que policiais podem efetuar a prisão em flagrante de quem tentar “ameaçar a ordem” e impedir motoristas que quiserem retomar as atividades. 

PADILHA AFIRMOU QUE EXISTEM POLÍTICOS ENTRE OS CAMINHONEIROS

O governo ainda não compreendeu o que quer os brasileiros!
O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou ontem que há “infiltrados” na paralisação dos caminhoneiros com interesses políticos que atrapalham a retomada das atividades “Temos informações que alguns ali não são caminhoneiros e se infiltraram no movimento com objetivo político. Nós estamos cuidando desse assunto para que a infiltração não afete a retomada imediata da atividade”, disse Padilha. O ministro da Casa Civil afirmou que o governo quer “separar” esses grupos para liberar as estradas. O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, afirmou que o abastecimento está sendo “normalizado” em alguns estados, mas esse processo leva tempo e as informações sobre as medidas tomadas pelo governo precisam chegar às ruas.

COMO PODE ITABUNA COM ZÉ SEM DEM?

Só se afoga quem lê na castilha de "bunda-mole"!
Esquisito, mas a realidade é que a maior cidade do sul da Bahia, Itabuna, está há mais de um ano sem comando no maior partido de oposição ao PT. Não há na cidade nenhum concorrente filiado ao DEM, que tanho se lançado a deputado (estadual, ou federal). E no próximo dia 8 o pré-candidato ao governo do estado, Zé Ronaldo (DEM) estará realizando ato público na cidade, que visita pela primeira vez, depois que se lançou como candidato ao governo. Isto parece piada de mal gosto, ou compadrio das lideranças locais, para favorecer a reeleição do governador Rui Costa (PT). Mas simboliza o quanto o prefeito de Salvador e líder maior do DEM, ACM Neto, é o quem mais e melhor atua para desmantelar a oposição na Bahia. A inexistência do DEM em Itabuna, demonstra o quanto sua direção estadual é preguiçosa, masoquista, frouxa, inoperante e autofágica. Estes fatos podem resultar em fracasso fragoroso para Zé Ronaldo, que corre o risco de obter em Itabuna, votação inferior a Marcos Mendes do PSOL. 

ITABUNA AMANHECEU SEM TRANSPORTE COLETIVO

Itabuna está "entregue as baratas"e greve de ônibus a apavora!
Independente da grave dos caminhoneiros, com o movimento grevista já anunciado pelas lideranças sindicais por reajuste salarial, Itabuna amanheceu sem transporte coletivo local e intermunicipal, o que prejudicou a milhares de usuários. O transporte intermunicipal (Águia Branca e Rota) as duas maiores empresas de ônibus do sul da Bahia, estamos recebendo informações já negociaram com os patrões e essas empresas já começaram a operar na região. Enquanto o sindicato dos rodoviários mantem-se intransigente e recusa acordo com as empresas que fazem o transporte coletivo, com consequência prejudicial a população que não teve aviso prévio da greve dos motoristas e cobradores, fato que está resultando em pontos de ônibus cheios de passageiros pela manhã. A única opção está sendo os mototaxistas e os poucos taxis movido a gás. Porque quem funciona com gasolina 80% estão sem rodar, por falta do produto. Mas, como aconteceu com as empresas Rota e Águia Branca, dirigentes das empresas São Miguel e Sorriso, confiam que ainda hoje  haja um acordo e o transporte coletivo volte a funcionar na cidade. Vamos aguardar. Afinal de contas Itabuna é uma grande metrópole e não pode fiar sem transporte.

VOTO VENDIDO FAZ POLÍTICO VIRAR BANDIDO

Quem compra votos, não tem boas e dignas intensões!
Muita gente, talvez por desilusões ou frustrações, não gosta nem de falar em política. Fogem desse assunto como se fosse coisa do diabo. Se pudessem, nem votariam. Estamos todos bastante enojados com a situação atual da política no Brasil. Mas, é uma atitude correta fechar os olhos, tapar os ouvidos e voltar as costas à questão? Todo indivíduo ético, sério, honesto e indignado com a enxurrada de corrupção que assola nosso país, deve ter consciência da importância de participar das questões políticas se esforçando, pelo menos, para eleger bem e não se deixando subornar para votar em alguém. A política é um serviço que os governantes prestam aos governados. Assim, o cargo político não deve ser visto como oportunidade de enriquecimento ou de se desfrutar dos privilégios e prazeres do poder. O bem-estar do próximo é mandamento de Deus e dever de quem detém cargo público. Portanto, cuidar disso através do exercício da política é um instrumento gerador e transformador de amparo aos menos afortunados. E aí entra a importância do voto. De se informar e conhecer os candidatos. Não apenas suas propostas, pois em época de campanha há muita fantasia e promessas que dizem o que o povo quer ouvir, mas sem compromisso efetivo, capacidade e possibilidade de as cumprir. É preciso conhecer também a formação humana e o caráter do candidato. É preciso saber se ele tem competência para tal cargo. Quais são as suas ligações e parcerias. Que poder está por trás de sua campanha. E, finalmente, entender que nossa responsabilidade não termina com o voto. É preciso acompanhar, fiscalizar, sugerir, e, como cristão, orar pelas autoridades, para que Deus proteja os bons e puna os maus. E isso não é uma questão partidária, mas uma questão de ética, pois sou co-responsável por aquele que elegi. Política, como ideal, é o processo em que se visa assegurar uma vida digna para todas as pessoas e sua convivência em sociedade, em meio a diferenças, divergências e conflitos. Portanto é necessário um esforço racional permanente e paciente de todos nós a fim de estabelecer e preservar uma ordem social e política em que reine a justiça, a dignidade e o bem-estar para todos.

É PRECISO SE PRECAVER PARA NÃO SE DEPRIMIR

A depressão é alimentada por feridas não curadas!
É preocupante a situação do povo brasileiro atualmente. A depressão tem sido a doença que o persegue de forma impiedosa, de tal maneira que os postos de saúde, os hospitais, as Unidades de Emergência vivem superlotados de forma impressionante. Isso no Brasil inteiro. E os médicos estão impossibilitados de poder exercer com dignidade a sua profissão, pelo volume de gente a ter que atender de forma precária e ainda por cima com péssima remuneração que o inquieta. Fico impressionado com os dados estatísticos que mostram o volume cada vez maior de pessoas deprimidas. A doença está em ascensão porque o nosso modo de viver está cada vez mais ameaçado por pressões cada vez maiores. É dessa forma importante o relacionamento da saúde e da doença com o modo de viver de cada um. A doença é a expressão do desequilíbrio que ocorre dentro de cada ser. Cada um precisa encontrar o seu próprio caminho para chegar ao topo da montanha. E num País com o desemprego gritante como o nosso isso é complicado. Drogas, desemprego, egoísmo, promiscuidade sexual, prostituição infantil, ódio, facções criminosas, corrupção, greves... tudo isso sem limites tem levado o homem moderno a um verdadeiro estado de loucura, e ainda mais com essa falta de assistência médica quando a doença lhe bate à porta. O mundo que vivemos hoje parece desumano. Tenham certeza: só poderemos melhorar o mundo quando o homem melhorar o seu interior. A vida é uma sucessão de momentos. Momentos bons, neutros e amargos. Felizes os que sabem contornar os obstáculos com altivez. A vida moderna é cada vez mais complicada. Viver exige uma busca constante de equilíbrio. A vida é um desafio diário. Que o nosso querido Brasil encontre o caminho certo para a felicidade do seu povo.

SEIS BRASILEIROS AVANÇAM NA LIBERTADORES

O Timão buscará ser campeão novamente das libertadores!
Terminou na quinta-feira (24), a fase de grupos da Libertadores, com 16 clubes classificados para as oitavas de final. O sorteio será no dia 4 de junho, na sede da Conmebol, no Paraguai. Os confrontos serão entre os times do pote 1, que ficaram em primeiro lugar em seus grupos, e os do pote 2, que ficaram na 2ª colocação. Equipes que estavam no mesmo grupo podem voltar a se encarar nas oitavas, e não há restrição de clubes do mesmo país se enfrentarem. O Flamengo foi o único time brasileiro que se classificou em segundo lugar, e a chance de um duelo doméstico é de 62,5% (já que dos oito possíveis adversários do Fla, cinco são brasileiros: Palmeiras, Grêmio, Cruzeiro, Santos e Corinthians). Por falar em probabilidades, é certo que teremos no mínimo dois duelos entre brasileiros e argentinos. Há até uma possibilidade matemática de termos seis duelos entre times de Brasil e Argentina na próxima fase – para isso, o sorteio teria de dar, necessariamente, confrontos entre River Plate e Flamengo, e outros dois encontros entre os quatro times que não são nem do Brasil, nem da Argentina (os colombianos do Atlético Nacional e os paraguaios do Libertad no pote 1, e os chilenos do Colo-Colo e os paraguaios do Cerro Porteño no pote 2).

28 de maio de 2018

SANTA CASA DE ITABUNA SUSPENDE CIRURGIAS

Santa Casa de Itabuna sofre com paralisação dos caminhoneiros
Em função da paralisação dos caminhoneiros, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna suspendeu as  cirurgias eletivas nos hospitais Manoel Novaes e Calixto Midlej de Filho. No momento estão sendo priorizados os atendimentos de urgência e emergência, o motivo se dá pela paralisação dos caminhoneiros em todo o país que afeta diretamente a entrega de medicamentos e insumos. Até o presente momento não está faltando nenhum medicamento no hospital, mas o estoque está sendo reservado para casos de urgência e emergência. O Hospital que é referência nos serviços de cardiologia e oncologia e atende a 123 municípios pactuados, informa aos pacientes que as cirurgias serão reagendadas após a normalidade dos serviços. Quanto aos pacientes internados, a unidade de saúde declara que está se empenhando para a manutenção do atendimento, sem qualquer prejuízo, até a regularização do fornecimento dos insumos, tendo a efetiva colaboração da classe médica, enfermagem e demais colaboradores.

ITABUNA SUSPENDE AULAS NA REDE MUNICIPAL POR DOIS DIAS

Greve dos caminhoneiros causou suspensão de aulas em Itabuna
A Secretaria da Educação de Itabuna comunicou a suspensão das aulas em toda a rede municipal para hoje e amanhã (dias 28 e 29) devido à continuidade da paralisação dos caminhoneiros e transportadoras em todo o país e paralisação do pessoal de apoio da secretaria. De acordo com o comunicado da secretária Anorina Smith Lima, publicado somente na manhã de hoje (28), as paralisações inviabilizam o funcionamento das escolas. Ainda no comunicado, a secretária informa que a Pasta acompanha a situação do movimento grevista e deve se posicionar, às 17h de amanhã (29), se as aulas retornam na próxima quarta (30). “Solicitamos aos Diretores e Responsáveis das Escolas, comunicar aos pais, alunos, professores e coordenadores pedagógicos”.

PRF FAZ ESCOLTA DE CAMINHÃO DE LEITE EM ITABUNA

A PRF assegurou o leite para hospitais de Itabuna!
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) escoltou um caminhão carregado com 6 mil litros de leite para Itabuna na tarde de hoje, segunda-feira (28), saindo do bairro Ferradas, com destino a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, aos Hospitais Manuel Novaes e Calixto Midlej Filho e a Maternidade Ester Gomes. O trabalho contou com três policiais rodoviários federais que garantiram a chegada do veículo de carga ao seu destino. Iniciadas na última segunda-feira (21), as manifestações dos caminhoneiros chegaram ao oitavo dia nesta segunda-feira (28).

QUANDO FALTA TUDO, É QUE NOS SENTIMOS UM NADA!

É muito pesado o fardo que o brasileiro leva sobre os ombros

Você já sente as consequências da greve dos caminhoneiros que foi iniciada na última segunda-feira, 21? Tá faltando os itens preferidos nos supermercados? Ou ainda está esperando a chegada daquela encomenda tão aguardada? É só ter calma que as consequências ainda vão aparecer. E sabe porque chegamos até aqui? O motivo é que diariamente estamos sendo afetados por uma política de reajuste dos combustíveis e que ninguém tem coragem de enfrentar. Ou pelo menos até agora! Nos últimos dias a venda dos combustíveis nas refinarias teve queda. Mas, até quando? E será que a redução vai compensar os mais de dez reajustes desde o ano passado? Não quero aqui também condenar o movimento dos caminhoneiros. Muito pelo contrário. Eles são tão vítimas quanto nós, reles consumidores. Eles estão em perigo constante, onde um país parece enaltecer ladrões e corruptos e esquecer o trabalhador de bem. Além de enfrentar todo tipo de dificuldade ao andar por estradas mal conservadas, mal sinalizadas, ou ficar dias atolado em uma BR qualquer. O combustível é matéria prima para o trabalho dessas pessoas que transportam em seus veículos desde o básico até as grandes inovações de ponta a ponta desse país de proporções continentais. Dando um tempero especial nesse balaio, Itabuna enfrenta as consequências com falta de gás, água, batata, ovos e inúmeros outros produtos essenciais para nosso consumo diário. E pagamos uma gasolina muito cara. Se fosse só isso, né?! Mas, não é. Volta e meia, temos conhecimento de que um veículo apresentou problemas pela má qualidade do combustível. Prejuízo ainda maior para o motorista que já paga caro por um produto que em tese teria que cumprir o seu papel e não dá mais prejuízo. Então, é complicado de todo jeito. Será que o futuro mesmo será a volta das bicicletas? Daí, pelo menos eliminaríamos dois problemas de uma vez só. Os prejuízos à natureza e a obesidade que atualmente é uma questão de saúde pública. E aí? O que você vai fazer?

NÃO HÁ COMO NÃO ESCOLHER SER EU MESMO

A coerência é o melhor traçado para sua caminhada ética!
Muitos dizem que me equivoquei ao optar por escolher não apresentar programa de rádio com argumentos que não são meus, ou que eu não acredito. Escolhi preservar minhas crenças. E teimar em me recusar a permitir que outras pessoas me submetessem a falar o que discordo. Essa é uma escolha minha. Escolhas, sempre estamos fazendo escolhas… desde as triviais até aquelas que são capazes de alterar completamente o rumo da vida são tidas como tabu para muita gente. Eu admito sempre tive muita dificuldade em escolher, mas depois que decido, não tem argumento no mundo que me faça mudar de ideia. Minha amiga radialista Jacqueline Mendes me resume bem. “Quando tenho consciência das minhas escolhas, nenhuma repercussão me assusta. Quando não é assim, qualquer comentário me balança, por isso evite fazer qualquer coisa, que não esteja no contexto do que acredito”. E porque tanta angústia ao decidir? Dessa vez, é o Augusto Cury que responde. “Uma pessoa imatura pensa que todas as suas escolhas geram ganhos. Uma pessoa madura sabe que todas as escolhas têm perdas”. E no meu caso, cada possível ganho ou perda é avaliado com tanto cuidado que confesso que já deixei algumas oportunidades passarem. Mas, quem nunca?! Afinal, como diz Pablo Neruda. “Você é livre para fazer suas escolhas, mas é prisioneiro das consequências”. E delas não dá para escapar. Elas chegam a te assombrar antes de dormir. Quando naquele momento em que você faz uma avaliação do teu dia e cogita a possibilidade de ter feito algo diferente. Escolhas, escolhas, escolhas… Coisas ruins não são o pior que pode nos acontecer. O que de pior pode nos acontecer é NADA. Por outro lado, uma vida fácil nada nos ensina. No fim, é o que aprendemos o que importa: o que aprendemos e como nos desenvolvemos. Chegando a essa conclusão, concordo com o Augusto Cury mais uma vez. “O destino é uma questão de escolha”.

ANDO DEVAGAR, PORQUE JÁ TIVE PRESSA E LEVO ESSE SORRISO, PORQUE JÁ CHOREI DEMAIS



“Cada um de nós compõe a sua  história. Cada ser em si
carrega o dom  de ser capaz e ser feliz” - Almir Sater
Outro dia, ao ouvir uma música, eu me permiti fechar os olhos e viajar por um passado, não muito distante. Lá encontrei pessoas que não fazem mais parte do meu cotidiano, pessoas que me fizeram um bem danado e não sabem. Percebi que em algumas ocasiões podia ter falado mais, ter feito mais e ter sentido mais, também. Com o passar do tempo, a maturidade nos ensina a não valorizar o sofrimento, as angústias e desilusões. A música chegou ao refrão e senti que lágrimas molhavam meu rosto. A saudade da rotina, do cheiro e de como eu via através dos olhos de criança a vida naquela época. Cheguei a conclusão que naquele momento não havia espaço para arrependimentos e lamentações. Hoje sou fruto de tudo que eu vi e vivi. Nem tudo que eu queria aconteceu, mas a vida me surpreendeu positivamente, várias vezes. Hoje, penso no futuro como algo que posso construir com empenho, responsabilidade e amor. Enquanto a segunda parte da música tocava, comecei a analisar meu presente. Hoje não tenho mais tanto tempo para ficar de bobeira ou simplesmente fazer o que às vezes eu queria. Já parou para pensar quantas ações você executa sem ter a menor vontade? Quantas coisas você faz, para ganhar dinheiro, para ganhar atenção ou porque a sociedade impõe? Eu me peguei analisando como distribuo meu tempo e me assustei. Percebi que estou em falta com alguns amigos, com alguns familiares e comigo mesmo. Pior que essa constatação foi tentar delegar funções para deixar de centralizar as atividades que fazia. Por definição sou tão perfeccionista, que só quem é, sabe o quanto é sofrido esse processo. Enquanto isso, a música rolava… Conseguia sentir o cheiro, o calor e a saudade de um tempo que a minha única preocupação era (sempre foi e continua sendo) ler e ter o máximo possível de informações. Bem, o final da música chegou! Abri os olhos e voltei à realidade. O trabalho (como sempre) me esperava. Não era bem o que os meus pais queriam, mas, certamente, é o que me faz feliz. Enquanto enxuguei as lágrimas, olhei para o céu e agradeci a Deus por tudo, principalmente por não me deixar perder a sensibilidade mesmo diante de obstáculos tão resistentes.

O CAPETA TAMBÉM DÁ BOAS GARGALHADAS

O cara legal feliz se despe em frente ao espelhe e sorri para o seu reflexo
Um sorriso vale mais que mil palavras. Já perdi as contas de quantas vezes escutei essa frase. Por esses dias, ao conversar com alguns colegas, um deles lembrou esse ditado e, devido à situação, isso me fez refletir: Mas quais palavras, exatamente? Palavras sinceras ou palavras falsas? A princípio, parece sem sentido o questionamento, mas, quando você para e pensar melhor, consegue perceber que, em muitos casos, esse tal “sorriso” pode te fazer feliz ou te ludibriar. Um sorriso pode significar apenas um “sim”, ou pode parecer um “sim” e significar um nervoso “apenas pare de falar”, “se afaste”, “não estou a fim de ouvir isso”, enfim, um sorriso pode significar diversas coisas. Usamos um sorriso para esconder o nosso desconforto, para reagir à dor, à tristeza ou ao desgosto, ou às vezes para mostrar que estamos tristes ou decepcionados. Não preciso contar para ninguém aqui que algumas pessoas são melhores do que outras na arte de forçar sorrisos. Porém, de acordo com uma pesquisa científica, ainda há uma clara diferença entre um sorriso verdadeiro e um falso. A pergunta é: como saber diferenciá-los? Dizem por aí que é muito fácil notar a diferença entre o riso fingido e o espontâneo. Quanto a isso, preciso discordar. Cada dia que passa as pessoas estão se tornando mais experientes na “arte de enganar os outros”, portanto, em minha opinião, decifrar o sorriso de alguém que já está acostumado e ludibriar as pessoas dessa forma, não é tão fácil assim. Cientificamente, no sorriso sincero é impossível controlar alguns músculos, que ficam ao redor dos olhos; eles são contraídos e não conseguimos evitar que se formem os pés-de-galinha quando sorrimos de maneira natural. Ou seja, ao sorrir naturalmente aparecerem os pés-de-galinha ao lado dos olhos. Pena que a ciência, pelo menos nesse caso, não ajuda em nada. Quem vai observar os pés-de-galinha de alguém quando se está conversando? Eu, pelo menos não! Prefiro confiar no meu instinto, embora em muitos momentos, e bota momentos nisso, ele falhe. Enfim, seja lá qual for à orientação científica para discernir um sorriso falso de um sincero, ainda opto por manter perto aquelas pessoas que me transmitem confiança. Afinal de contas, todo mundo está sujeito a se esbarrar no tal sorriso falso. O que vale é não se deixar abater por pessoas que não valem a pena.

CUMA COMO REI DE CABRAS CALADAS

O erário atrai Cuma e ele trai quem o faz se sentir um rei!

Imagine uma cidade bem distante onde o prefeito, como se fosse um rei, se esforça para ganhar a admiração dos seus súditos. Não mede esforços em divulgar as realizações do seu governo. Quer deixar o seu nome na história do município, pelo menos não sair pela porta dos fundos. Com muita pompa, junta a população na praça e, com ajuda de seus assessores e lacaios, faz um discurso que inebria a todos. Anuncia que fará grandes obras. Que a cidade terá teatro, entro de convenções, barragem e asfalto para pavimentar todas as ruas. Bravata e esbraveja que foi quem mais construiu escolas, postos médicos e que não há ninguém mais honesto do que ele em seu reinado. Com tantas realizações em tão pouco tempo, o rei se coloca como o homem que sozinho, sem dispor de um tostão dos impostos pagos pela população, mudou a face do reino. Diante de tantas notícias boas e favoráveis o que ele espera dos súditos é que vivam felizes para sempre. Para isso precisa esconder os números ruins do seu reinado. Contrata os mais fantásticos manipuladores de números e opiniões. Ainda assim, a realidade insiste em desmenti-lo. Um a cada quatro súditos não consegue emprego e as lojas e fabricas fecham suas portas. As filas dos postos de saúde são imensas e a qualidade do ensino ruim. O rei fecha restaurante popular, agencia de emprego e abandona banco de alimentos, Caps, Creads e centro social. Por mais impostos que os súditos paguem não são capazes de saciar a fome de uma máquina governamental imensa a que o povo chama de saco sem fundo. Os súditos ficaram sem saber em quem acreditar. Se na palavra do rei anunciada com pompa, circunstância e clarins, ou nas notícias divulgadas. Como pode o reino viver as duas realidades ao mesmo tempo? Uma delas só pode ser fruto da fantasia. O reino se dividiu entre os que proclamavam a volta do crescimento, da bonança, dos bons tempos e os que insistiam em dizer que tudo está insustentável e o reino vive em uma crise sem precedentes. Depois de árduos debates nas praças, mercados, estrebarias, roças de cacau, pocilgas e estábulos, chegaram à conclusão que uns veem o copo meio cheio e outros meio vazio. Otimistas versos pessimistas. Diante da persistência do impasse apelaram para um Velho Bruxo. Depois de algum tempo de reflexão ele disse que havia uma terceira visão sobre o copo. A questão não era discutir a quantidade de líquido. Se ele estivesse cheio de um veneno mortal, mesmo tendo sido esvaziado na metade, a outro metade continuava perigosa. Beber o copo cheio ou apenas metade dele certamente provocariam o mesmo resultado. Ou o povo se rebela, ou terá que permanecer bebendo do veneno do rei, ou comendo o pão que Cuma amassou!

DEPUTADO CRITICA OMISSÃO DE RUI SOBRE GREVE DOS CAMINHONEIROS

Rui parece pouco se importar com o Brasil sendo incendiado!

O líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA, deputado estadual Luciano Ribeiro (DEM), cobrou um posicionamento do governador Rui Costa em relação à crise de abastecimento provocada pela greve nacional de caminhoneiros. Segundo o deputado, o governador transmite omissão diante dos problemas que têm sido causados a população. “O governador precisa parar de se esconder e enfrentar a crise da falta de combustível que atinge a Bahia. O que governo tem feito para minimizar os efeitos dessa crise? Quais os planos de atendimento, em relação aos serviços básicos para a população?", criticou o parlamentar. Luciano Ribeiro cobrou reforço no policiamento, além de medidas de emergência e mobilidade para as pessoas.

OS CAMINHONEIROS E NÓS

Está comprovada a importância do caminhoneiro no Brasil

Estamos vendo, ainda que como menos força, a paralização dos caminhoneiros gerando dificuldades de todas as formas, mas ainda há uma espécie de liga entre eles e a população, em geral. O que determinaria esta empatia (capacidade psicológica para sentir o que sentiria uma outra pessoa caso estivesse na mesma situação)? Já que o Brasil se encontra tão dividido, em um tal de você é errado, eu sou o certo. De imediato, sabemos que os símbolos evidenciam lados dos times, digamos assim, e o Brasil consagrou dois “padrões futebolísticos” para os seus lados: a cor vermelha e a amarela em camisas, bandeiras, estandartes...os caminhoneiros não estavam com “cor padrão” alguma, logo estavam neutros – mais ou menos, claro. E se estavam “neutros” era uma luta de todos. De outro lado, havia, inegavelmente, uma necessidade de catarse (termo de origem filosófica com o significado de limpeza ou purificação pessoal) nacional generalizada, em face de tudo que vemos por aí, mas nem sempre gritamos, bradamos porque isto implicaria em irmos “de encontro” à torcida que pertencemos: é uma mala aqui correndo pela rua, são caixas ali cheias de dinheiro, é o desemprego, são líderes de uns e outros sendo lançados à lama da quebra da imagem...porém essas questões por si mesmas não podiam ser expostas, pois faríamos uma espécie de confissão de equívocos, muitas de uma vida inteira, e vulneraria a nós mesmos, sabe aquela questão bem baiana de “não dar ousadia”? Passa por aí.  Há ideias e sentimentos que só surgem ou se transformam em ações nos indivíduos ligados numa massa. Esse movimento, assim, fez deixarmos a as conveniências de lado, e realmente começamos a expressar toda a enxurrada emocional que guardávamos no interior. Se a multidão se organiza em resposta a emoções partilhadas, o público organiza-se em face de um tema, disse alguém. Então, circulou “somos todos caminhoneiros”. Muitas pessoas têm essa necessidade de se fazerem ouvidas, ainda que nem percebam isso. Nesse sentido, a internet e o surgimento das redes sociais acabaram contribuindo para que milhões e milhões de anônimos pudessem sentir a sensação de que estão sendo ouvidos. Infelizmente, no entanto, se criou uma espécie de interesse seletivo e sazonal por parte do povo brasileiro, onde a cobrança de ética e cidadania só vale para o que não me afeta. Bem assim, pois até nesses momentos de crise vemos os “espertinhos”, por todos os lados, querendo levar vantagem, ainda que fosse furando a fila nos postos de gasolina. Por José Medrado, líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal.

CAMINHONEIROS DIZEM QUE GREVE ESTÁ LONGE DO FIM

O "cavalo" está agravando os problemas nas rodovias do Brasil

A liberação de alguns trechos de estradas, como em São Paulo, está longe de significar o fim da greve. Nos grupos de WhatsApp dos caminhoneiros, a ordem é manter a paralisação, pelo menos, até terça-feira (29) Por ora, a maioria concordou em liberar as estradas e continuarem estacionadas em pontos estratégicos. Mas, nas últimas postagens, lideranças dos caminhoneiros começam a organizar novas paralisações a partir de amanhã, às 8 horas. Num vídeo que está circulando nos grupos de WhatsApp, representantes chamam, além dos caminhoneiros, veículos de passeio para parar as BRs. Além disso, uma manifestação em pontos estratégicos das principais capitais também está sendo organizada. Pelo tom das conversas, as reivindicações vão além do problema do preço do diesel. Depois da dimensão que a greve tomou nos últimos dias, os motoristas acreditam que podem mudar o rumo do País. Cada um tem uma tese, mas todos apostam na força do exército como aliada e na intervenção militar como solução para os problemas do País. Alguns vídeos mostram a atuação dos soldados acionados para liberar as estradas. Eles são recepcionados com palmas e continência pelos caminhoneiros, que prometem manter um protesto pacífico, o que é apoiado pelos soldados. Em outros vídeos, a polícia militar também demonstra apoio aos grevistas.

CAMINHONEIROS MANTÊM PROTESTO NO OESTE DA BAHIA E PEDEM INTERVENÇÃO MILITAR

Até forró rolou no protesto dos caminhoneiros em Itabuna!

Na BR-020/BA, entre os municípios de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, na região Oeste da Bahia, alguns caminhoneiros continuam em protesto na manhã desta segunda-feira (28). A mobilização chega ao seu oitavo dia. Diferente da maior parte do movimento que parou o Brasil, estes pedem a intervenção militar e a volta da ditadura. Para além, chama a atenção um outdoor do pré-candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), há cerca de um quilômetro de distância do protesto. Assista: Em Barreiras, populares realizam uma manifestação de apoio aos caminhoneiros. Parte do comércio local está fechado.

27 de maio de 2018

O VEXAME DO ITABUNA FORA DO BAIANÃO

Jogadores foram preteridos por operários no Itabunão. Mas Cuma
mentiu ao prometer que Itabuna voltaria a ter time no Baianão!
Itabuna é a sétima cidade na Bahia, no quesito demografia. E nenhuma das cidades maiores que ela, está sem representantes na elite do campeonato baiano de futebol. Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Juazeiro e Lauro de Freitas estão disputando o Baianão 2018. Talvez por ser a menor entre as 7 maiores cidades baianas, Itabuna não esteja submetida ao constrangimento dos seus times (Itabuna e Grapiúna), não estarem em atividades e sequer terem participado do acesso para a disputa do próximo ano. Isto significa que Itabuna ficará mais dois anos fora da primeira divisão dos times baianos. Mas o que não dá para aceitar como lógica, é a maior cidade do sul da Bahia, ver cidades muito menores tendo times no campeonato. Itabuna assiste das arquibancadas, as jogadas de times de Jacobina, Jequié e Riachão do Jacuípe. E para aumentar o vexame, Alagoinhas também entrou no rol da elite de futebol. É que o Atlético de Alagoinhas empatou em 1 a 1 com o PFC Cajazeiras, neste sábado (26), e faturou a Série B do Campeonato Baiano de Futebol de 2018, após empate sem gols no jogo de ida, semana passada. O Cajazeiras abriu o placar com William, ainda no primeiro tempo, o que daria o título e a vaga na Série A em 2019 ao time de Salvador. A alegria não durou muito. Isso, porque Hércules, no segundo tempo, empatou para o Atlético. 

MARÃO E CUMA DAS AMBULÂNCIAS DA CORRUPÇÃO

Marão como clone de Cuma nas suspeitas de corrupção!
No sul da Bahia, não é somente o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma), que usa e abusa do dinheiro público com compras e contratações suspeitas de superfaturamento, tráfico de influência e corrupção. O prefeito de Ilhéus, Alexandro Mário (Marão), contratou o aluguel de duas ambulâncias por astronômicos e inacreditáveis R$ 278.240 para usar, por 7 meses, uma básica B e uma avançada. Uma ambulância Mercedes Benz Sprinter Uti Completa 2019 custa R$ 139 mil, a básica sai por R$ 119 mil. As duas ficam por R$ 258 mil, R$ 20 mil; menos do que a Prefeitura vai pagar para usar por apenas 7 meses. Para acrescentar mais suspeitas sobre esse "negócio da Alemanha", a vencedora da licitação é a RL Nascimento, que pertence a Roland Lavigne, aliado de Marão em um negócio entre amigos. Com o aluguel dos 7 meses, ele quita as duas e ainda sobram R$ 20 mil para curtir na praia. Em 2015, Fernando Gomes foi condenado pela Justiça Federal por fraude em convênio para compra de ambulância e ficou inelegível por oito anos. Com uma liminar, disputou a eleição de 2016 e foi conduzido ao quarto mandato. A denuncia envolvendo Marão, foi publicada na edição deste domingo, no Jornal A Região, revela o quanto Ilhéus e Itabuna estão necessitando de mais empenho do Ministério Público, para evitar que os recursos das suas prefeituras, permaneçam sendo utilizados como doentes moribundos, ou antros de vagabundos!

MENTIRAS DE RUI COSTAS, NÃO PODEM SER TORNADAS VERDADES

O tempo de mentir está acabando para o petista Rui Costa!
O governador Rui Costa (PT), tem usado e abusado da sua capacidade de ludibriar os baianos. Esre fato é constatado com os gastos com propagando, que tem sido maiores que os investimentos em segurança pública; fato que explica a Bahia está com índices de homicídios, que superam os registrados em São Paulo e Rio de Janeiro. Não tem sido difícil desmascarar as contumazes mentiras do governador. Em Ilhéus, por exemplo, o próprio vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal, tem denunciado que são mentirosos os dados divulgados pelo governador sobre o avanço das obras da ponte estaiada, que ligará o centro e a zona sul ilheenses. De acordo com a Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), 55% da obra já foi concluído e esse percentual “não condiz com a realidade”, diz Nazal. Na reunião bimensal de acompanhamento das obras, dia 9 de abril, com os engenheiros da OAS, da Superintendência de Infraestrutura de Transporte (SIT) e da Maia Melo, o índice das obras concluídas chegava a 36%. “Com o advento da greve em razão do dissídio coletivo [dos trabalhadores] e pelo que está visto por quem passa pela obra, nota-se que não chegou a 55% como noticiado”, observa Nazal. E este fato, é mais uma comprovação do quanto o governador Rui Costa tem exagerado na dose de se reeleger, com artifícios utilizados por Joseph Goebbels, que foi ministro da Propaganda de Adolf Hitler na Alemanha Nazista, de que “Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade“, para exercer severo controle sobre as instituições, meios de comunicação e a absoluta maioria da população. Tática que Nazal desconstrói em Ilhéus!

26 de maio de 2018

ITABUNA SOB AS GARRAS DE UMA RAPINA

Cuma com suas marretadas tem enganado e destruído Itabuna!
Os simpatizantes e eleitores do atual prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma), o endeusam sob argumento dele ser quem mais fez obras na cidade. E não há como negar que Cuma lidere esta competição. Mas contra ele concorre a este título? Há entre outros prefeitos, quem tenha governado tantos mandatos quanto ele? Não. Todos os demais tiveram apenas um mandato. Portanto, é covardia e desigual comparar resultados de gestões de Cuma contra mandatos únicos de capitão Azevedo, Vane do Renascer, José Oduque e Ubaldo Dantas. Outras cidades tiveram prefeitos com mais de um mandato. Então vamos comparar Cuma com Guilherme, que teve 3 mandatos em Vitória da Conquista; Luiz Caetano, duas vezes eleito prefeito em Camaçari e Moema Gramacho, que está em seu terceiro mandato executivo em Lauro de Freitas e cujos municípios eram muito menores que Itabuna, quando Cuma começou sua saga de predador dos cofres da prefeitura de uma cidade, que herdou em terceira posição entre as maiores da Bahia e atualmente amarga o sétimo lugar. Quando Itabuna era rica, Cuma era pobre. Ele ficou bilionários no transcurso dos seus cinco mandatos como prefeito. Hoje a prefeitura é pobre e o prefeito é rico. E o povo itabunense está muito mais pobre, que no tempo em que Cuma era apenas um simples vaqueiro. Neste contexto, mais pobre é o pobre de espírito, que teima em permanecer endeusando quem faz Itabuna regredir e se notabilizar como referência de governo truculento, lento e endemoniado!

OS CASAMENTOS DE SANDRA NEILMA QUE NUNCA SAEM

Neilma não casa e nem se esforça pro povo casar
Em março do ano passado, a secretária de Assistência Social, Sandra Neilma, que convive maritalmente com o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma), convocou 160 casais itabunenses para realização de um cerimonial coletivo, que os casaria e os submeteu a providenciarem documentos cartoriais, necessários para a legitimidade da relação conjugal. Então os casais gastaram e sonharam com o ansiosamente aguardado momento, em que estariam diante de juízes para serem casados oficialmente. A data seria o dia 28 de julho de 2017. E o propagado evento estaria inserido nas comemorações do dia da cidade. Mas a data foi adiada, sob alegação de que o governo não estaria com dinheiro para patrocinar tais casamentos. E Sandra o remarcou para agosta, depois outubro e depois dezembro. O ano de 2017 acabou e nada do cerimonial de casamento coletivo acontecer. Mas nova data foi determinada para maio, mês das noivas e das mães e mais uma vez o evento foi protelado. A previsão agora, é que os casamentos patrocinados pela secretaria de Assistência Social, serão realizados no próximo dia 28 de julho. Vamos aguardar os próximos capítulos dessa ópera-bufa da secretária Sandra Neilma, para sabermos se a patacoada continuará, ou se enfim, ela quererá que 160 mulheres permaneçam sem realizar o sonho de se casar. Talvez, ao se fazer inserida no "Casamento Coletivo", entre as cidadães noivas que vivem sem serem casadas com seus respectivos companheiros, o ato público possa sair do papel e da suspeita de incompetência, desinteresse, ou sarcasmo da dita cuja!

CUMA E AS AUDITORIAS DAS AUDITORIAS QUE EMPERRAM A SAÚDE

Saem e entram secretários e nada muda na condição de
péssima qualidade de gestão na secretaria de Saúde!
O atual secretário municipal de saúde, Davis Guimarães, está justificando o emperramento e sucateamento dos serviços públicos de saúde em Itabuna, no esforço concentrado que está sendo realizado para auditar as contas da ex-secretária Lísias Miranda, que foi exonerada sob suspeita de atos fraudulentos, que também não fez a secretaria avançar porque ela estava empenhada em concluir a auditoria que estava sendo promovida sobre as contas do secretário que a antecedeu, Vitor Lavinsck, que também foi exonerado sob acusação de praticas ilícitas. Portanto, as alegações dos secretários que são, sucessivamente exonerados e nomeados, para explicarem o fracasso de gestão no setor, são envoltas às denuncias e suspeitas de falcatruas e ingerências. Se essas alegações são fantasiosas, implicam em injuria, difamação e calunia, contra secretários que são demitidos como corruptos e se calam em conduta característica de "quem deve teme"! Mas se elas são verdadeiras, não há como duvidar de que a secretaria de saúde de Itabuna, não passa de um antro de corrupção e que os roubos são tão evidentes e vultosos, que acaba não sobrando dinheiro para adquirir meducamentos e contrar médicos; fato que explica o sucateamento do setor e sofrimento para os itabunenses, que necessitam de dignidade, ética, honestidade e competência de gestão, em seus direitos à saúde. Agora somente nos resta crer, que Davis Guimarães não seja o próximo a ter que voltar para sua cidade de origem, sob a pecha de bandido do colarinho branco!

MOTORISTAS DIZEM QUE GREVE DOS CAMINHONEIROS NASCEU EM GRUPOS DE WHATSAPP

Whatsapp facilitou comunicação do comando de greve
Com manifestações iniciadas na última segunda-feira (21) em diversos pontos do País, greve dos caminhoneiros é resultado de discussões sobre as condições de trabalho ruins em diferentes grupos do WhatsApp, de acordo com caminhoneiros. Conforme contam alguns membros da categoria, os grupos de conversas eram utilizados para organização e divisão dos transportes, além de troca de informações sobre a situação das estradas. "A corda chegou no nosso pescoço e, em conversas de WhatsApp, nos organizamos e decidimos entrar em greve.", afirma Alexandre Aparício, caminhoneiro há 16 anos, que participa dos protestos na BR 101, no trecho de Itajaí (SC), e participa de três grupos de WhatsApp, com 734, 488 e 712 membros em cada. Segundo ele, o movimento surgiu de forma descentralizada com os próprios motoristas autônomos. "Os sindicatos embarcaram na nossa. Eles vieram procurar a gente. Começamos a greve e eles nos apoiaram depois." Também em protesto no Estado da Bahia, o caminhoneiro Enaldo Vieira está na BR 116, no município de Teofilândia. Ele explica que esses diferentes grupos de WhatsApp se comunicam entre si e, assim, uma única mensagem amplia-se para até 7 mil, 10 mil membros. Vieira está em 10 diferentes grupos de caminhoneiros. O motorista acrescenta que poucas vezes os sindicatos estiveram ao lado da categoria. "Pagamos a anuidade sindical por obrigação, mas eles nunca nos deram assistência", conta. Jaisom Dreher, presente em uma das manifestações da rodovia Fernão Dias, no município de Betim (MG), reforça a ideia de que não houve uma composição oficial para os protestos, mas que a causa contagiou a todos. "Não teve uma organização central. Fomos nos falando por WhatsApp e aconteceu." A ausência dos sindicatos nas discussões dos caminhoneiros também é ressaltada por Manuel Costa Filho, que está nas manifestações da BR 324, em Simões Filho (BA). "Não tem nenhum sindicato envolvido nessas conversas, nós não temos representante." Sobre como iniciou as manifestações, o motorista conta que "de repente surgiu um boato de greve de caminhoneiros em Vitória da Conquista, na Bahia. Na verdade, era um protesto de perueiros da cidade, na BR-101, mas foi o que serviu de estopim para que a nossa categoria começasse a se mobilizar". Os caminhoneiros contam que o movimento se iniciou de uma insatisfação comum com relação às condições de trabalho, que já estava insustentável. Segundo eles, 90% do valor do frete é gasto apenas com despesas da viagem, como combustível, pedágio, hospedagem, comida e manutenção mecânica dos caminhões.