oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

31 de julho de 2018

CANDIDATOS SITUACIONISTAS PROMETEM O QUE É DO DEVER DO PREFEITO

Toda vez que Rafael anuncia uma ideia, o que não falta
é mala sem alça o plagiando e tentando o atrapalhar!
Uma articulação do empresário e pré-candidato a deputado estadual Rafael Moreira pode resultar em mais de 400 empregos diretos e indiretos a serem gerados em Itabuna, com a instalação de uma indústria de fabricação de óleo e graxa, que deverá funcionar no bairro Ferradas, em um imóvel também articulado por Rafael Moreira. Este anúncio provocou uma contra-reação do também pré-candidato a deputado estadual Sérgio Gomes (PR), que esteve em Buerarema articulando a visita de empresários de Santa Catarina para investirem no Sul da Bahia. Mas diferente de Rafael, Sérgio Gomes não revelou nada além da sua preocupação em fomentar a geração de emprego e renda em Itabuna. Este fato despertou a suspeita, de que o anúncio de Sérgio, buscou apenas contrapor uma promessa de um concorrente, que ele elegeu como alvo a ser perseguido. Mas esperamos que Itabuna, realmente, ganhe a fabrica anunciada por Rafael Moreira e o empreendimento propagado por Sergio, pois os itabunenses estão cansados de promessas que não são cumpridas e que se fundamentam apenas em praticas recorrentes de enganação às vésperas das eleições. 

CUMA HOSTILIZADO EM PÚBLICO POR PETISTAS

Rui Costa não conseguiu evitar as vaias contra Cuma
O governador Rui Costa (PT), em sua tentativa de reeleição, esteve em Itabuna no dia de aniversário de emancipação do município, supostamente, para debater propostas para a campanha, utilizando-se novamente da estratégia enganadora da Caravana do Programa de Governo Participativo (PGP), que aconteceu no último sábado (28), na AABB. E convidou o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, para participar do evento, que é do PT, que tanto já foi chamado de antro de bandidos e parasitas pelo dito cujo. Errou Rui ao convidar Cuma e não acertou Cuma, ao aceitar o convite de Rui. E o desfecho desses erros, foi constrangedor para ambos, pois centenas de petistas e comunistas vaiaram e xingaram bastante o antigo desafeto. Ficou evidente que os militantes do PT e PCdoB, não estão satisfeitos com o compadrio envolvendo o governador e o prefeito. Outro momento de vexame no PGP de Rui Costa em Itabuna, foi quando dirigentes petistas e comunistas, exigiram, sem sucesso, que fernandistas assinassem um documento em favor da libertação do ex-presidente Lula e consequente reprimenda ao Juiz Sérgio Moro. Bofetadas não ocorreram. Mas foram muitos os gritos, xingamentos e ameaças, que demonstraram as dificuldades que Rui e Cuma terão em dominarem seus lacaios históricos e histéricos!

30 de julho de 2018

MENOS RUIM SERIA SE NIL ESTIVESSE NUMA “AREIA MOVEDIÇA”

Está sob domínio de Cuma, é para Nil, risco de ser roída por ratos
Ao contrário do que estamos acostumados a ver nos filmes e nas brincadeiras de infância, a areia movediça não é uma espécie de areia que engole a todos que caem nela, até desaparecerem por completo se não conseguirem se agarrar em algo ou na mão de alguma pessoa que estiver fora. Essa visão, apesar de ser interessante para ilustrar do que se trata esse fenômeno natural, podemos dizer que é bem distorcida da realidade. A areia movediça, ou areia gulosa, ou ainda, areia engolideira, ocorre quando essas partículas, geralmente finas e soltas, são submetidas a um fluxo ascendente de água que preenche os espaços entre os grãos fazendo com que o atrito entre eles seja reduzido. Essa situação faz com que a areia pareça um líquido e aí vem a principal diferença em relação àquela visão dos filmes e desenhos que falamos no começo. Bom, depois dessa explicação, quero confessar que minha pretensão é expressar o que vejo na situação em que se encontra a professora de história, Nilmecy Santos Gonçalves (Nil), como secretária de Educação de Itabuna, em substituição a Anorina Smith Lima. Nilmecy, funcionária pública do Estado e ex-presidente da FICC, é de conduta ilibada, séria, ética, honesta e estas virtudes são incompatíveis com o perfil do prefeito, que poderá submetê-la à condição de assinar documentos comprometedores, suspeitos e de intensões inconfessáveis. É algo tal qual alguém amedrontado de ratos e de repente se ver sitiado por pragas roedoras de notas fiscais, contratos, nomeações e cédulas. E Nil está cercada por ratos, é uma perspectiva tão tenebrosa quanto alguém sugado por areia movediça!

NÃO PODEMOS PERMANECER COM NOSSAS INFORMAÇÕES PESSOAIS EM MÃOS DE TERCEIROS

Ninguém deve ter direito ao domínio de informações pessoais

Impossível imaginar a vida moderna sem o uso de redes sociais, de equipamentos e ferramentas tecnológicas que são "alimentadas" pelos nossos dados pessoais. Qualquer movimento que fazemos em direção à obtenção de um bem ou serviço exige informações pessoais como nome completo, RG, CPF, número do celular, endereço residencial e eletrônico, número de um cartão de identificação, nomes de pai e/ou mãe, entre outros. Todas essas informações que nos pertencem acabam soltas sabe-se lá onde e ficam à disposição de quem quiser fazer uso delas, independentemente do motivo ou objetivo. Não há garantia de que esses dados não serão coletados indevidamente, armazenados de forma insegura e compartilhados entre empresas. Prova disso é que quando buscamos qualquer tipo de produto, imediatamente passamos a ser "bombardeados" com ofertas de todos os lados. Na verdade, vivemos numa "terra de ninguém" onde não temos controle de muitas coisas que nos dizem respeito. Proteger a privacidade das informações e limitar o número de dados a serem coletados são alguns dos alvos que devem ser perseguidos por nossas autoridades legislativas e judiciais, para que haja um regulamento para garantir maior controle dos cidadãos sobre suas informações pessoais: que exija consentimento explícito para coleta e uso dos dados, tanto pelo poder público quanto pela iniciativa privada, e obrigue a oferta de opções para o usuário visualizar, corrigir e excluir esses dados. E que também proíba, entre outras coisas, o tratamento dos dados pessoais para a prática de discriminação ilícita ou abusiva. O fato é que deve existir uma lei brasileira, que venha a funcionar como um avanço e uma forma de garantir o mínimo de privacidade das pessoas. Não podemos mais continuar vivendo a mercê de empresas e instituições que não têm o menor pudor em distribuir e dispersar os dados pessoais.

DOAR É UM ATO DE AMOR AO SEMELHANTE DESCONHECIDO

É a intenção, e não a doação, que faz o doador!

Durante uma palestra que assisti recentemente e Salvador, um homem alto e de voz firme entrou na sala para dar um recado aos presentes ali. Eu era um dos ouvintes. O homem tinha uma proposta simples: seja doador de medula óssea. Ele falou por alguns minutos sobre o procedimento e de como aquele gesto poderia salvar vidas. Por algum motivo, eu adquiri um tipo de pavor à agulha ao longo da vida. Eu sei que é um medo bobo, mas é real para mim e realmente me incomoda. Ouvir aquele homem citar nomes, falar de pacientes que ele conhece e esperam por um doador compatível me encheu de compaixão. Muitos dos que estão na fila de espera são crianças. Pensei muito antes de preencher a ficha cadastral, pois é preciso estar ciente que aquilo é algo importante. Digo isso, porque já soube de pessoas que desistem ao serem chamadas para fazer a doação. Essa atitude tira a esperança e a chance dos pacientes que tanto precisam. Com as mãos suadas e um pouco de nervosismo, eu preenchi a ficha e fiz a coleta de sangue para me colocar no cadastro nacional de doador de medula óssea. Estava assustado, mas não recuei um passo se quer. O transplante de medula óssea é um procedimento rápido, como uma transfusão de sangue. Sabendo disso, não há o que temer. Essa medula coletada é rica em células chamadas progenitoras que, uma vez na corrente sanguínea, circulam e vão se alojar na medula óssea, onde se desenvolvem. Depois de passar pelo tratamento, que destruirá sua própria medula, o paciente receberá as células da medula sadia de um doador, que pode ser eu ou você. Esse procedimento acontece sem nenhum custo para o doador. Se você ainda não é cadastrado, procure o Hemocentro em Salvador e o faça. Eles vão coletar um pouquinho de sangue para ser analisado. Não é preciso estar em jejum. Seja um doador. Afinal, a vida tem mais sentido quando ajudamos uns aos outros.

QUANTOS SÃO NOSSOS AMIGOS DE VERDADE?

Há quem afirme não termos 5 amigos de verdade na vida!

O poder embevece e ofusca a realidade. O poder não é só cargos dos poderes constituídos. Ele também está nas relações interpessoais. O apaixonado é subjugado. O pobre é dominado. O menor é controlado. E mesmo quem hoje é apaixonado, pobre e menor, se amanhã estiver melhor e conseguir também ter poder, irá querer asfixiar quem é apaixonado, pobre e menor. Nem todo mundo está preparado e possui caráter de retidão para alcançar o sucesso. Há até um ditado popular, que diz: “Quer conhecer o homem, dê poder a ele”! Mas o poder é efêmero e tão provisório quanto o tempo da dor e do prazer do que temos e do que não somos. Ter não é ser. Ter bens não é estar bem, porque bens se perde e não revela a índole de ninguém. Ser é o que importa, pois ser é a verdade da personalidade de uma pessoa. Há quem se diz amigo, porque sabe do que você tem e este logo se revela em seu acolher, como um hipócrita, quando você necessitar do seu amparo e bem querer. Mas o verdadeiro amigo se revela, quando você está doente, preso e pobre. E Jesus Cristo nos fala dessa realidade, quando nos diz: estive preso e me visitaste; estive doente e desabrigado e me acolheste”! Portanto, nem todos que dizem ser nossos amigos, nos visitariam, caso estivéssemos presos; nos acolheriam, caso estivéssemos doentes, desabrigados e famintos. E como está escrito numa música, “amigo é coisa pra se guardar no fundo do peito”! Poucos são nossos amigos. Mas aqueles que nos dão certeza de serem, verdadeiramente, nossos amigos, os acolha, os ampare e os visite, pois amigos assim são muito raros.

29 de julho de 2018

E LÍDICE AINDA QUERIA CONTINUAR COMO SENADORA!

Rui mandou Lídice para o espaço
em sua pretensão de reeleição!
Nos últimos tempos, o Senado brasileiro tem se desvirtuado de suas principais funções básicas, que são legisla, fiscaliza o exercício do poder e legitima o poder estabelecido. A instituição tem sido vítima de atuações medíocres e antro de interesses pessoais e de vaidade de alguns senadores que se colocam acima das verdadeiras funções daquela casa legislativa. É o caso da senadora Lídice da Mata (PSB). Ex-prefeita de Salvador e já tendo assumido mandatos de deputada estadual e federal, a senadora foi obrigada a abandonar sua pretensão de permanecer no cargo e assim entrou para a História como uma mequetrefe, cuja serventia pública se notabilizou pela inutilidade e que em nada contribuiu para a autonomia do Senado e consolidação das instituições. Lídice foi por dirigentes e setores do Partido dos Trabalhadores, para ceder sua vaga de candidatura na chapa majoritária do governador Rui Costa (PT), para o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Ângelo Coronel (PSD). Triste situação para os baianos, que elegeu para os representar no Senado brasileiro, uma política que nunca passou da condição de subserviente de governantes como Lula e Dilma, que protagonizaram um tenebroso período de corrupção neste país, sem que Lídice se prestasse a exercer seu dever de legislar, fiscalizar o exercício do poder e legitimar o poder estabelecido.

DEPUTADO ESTADUAL AUGUSTO CASTRO DESEJA FELIZ ANIVERSÁRIO A ITABUNA

O deputado estadual Augusto Castro parabeniza Itabuna, por seus 108 anos
Parabéns amada e bela Itabuna pelos 108 anos de emancipação política e administrativa, município de um povo humilde, trabalhador e esperançoso. Desejamos que cada munícipe seja um ponto de apoio na construção diária, com valores sólidos, semeando ações e colhendo conquistas, buscando no presente o futuro. Que as conquistas do nosso município sejam sempre crescentes, demonstrando que somos nós que fazemos o amanhã e que a perseverança é luz que ilumina o caminho para uma cidade justa, feliz, prospera e da paz. Deputado Estadual Augusto Castro (PSDB).

28 de julho de 2018

AETU FELICITA ITABUNA POR SEU ANIVERSÁRIO DE 108 ANOS

A AETU tem se esforçado para que Itabuna permaneça progredindo!
Neste dia 28 de julho, a nossa amada Itabuna completa 108 anos, e hoje, nada mais justo que parabenizar o povo itabunense, gente de bem, guerreira, honesta e batalhadora que, com seu trabalho diário, constrói o desenvolvimento do município e dentro das suas possibilidades não mede esforços na busca do crescimento e de melhores dias para a maior cidade do sul da Bahia. A Associação das Empresas de Transportes Urbanos de Itabuna (AETU), deseja que cada munícipe seja um ponto de apoio na constante construção de uma Itabuna melhor, que através de valores sólidos ajudem a preparar as crianças e jovens para este processo contínuo de transformação que o nosso município tanto precisa. É necessário semear ações e colher conquistas, buscando no presente o futuro para que as conquistas da comunidade sejam sempre crescentes, demonstrando que somos nós quem fazemos o amanhã e que nossa perseverança é a luz que ilumina o caminho rumo a uma Itabuna cada vez mais justa e cidadã. Parabéns a todos que diariamente cumprem sua missão, contribuindo assim com o desenvolvimento do município; buscando sempre novos projetos e aceitando o desafio de fazer mais e melhor; não perdendo de vista os anseios da comunidade, mostrando assim que não existem fronteiras ou limites para alcançarmos nossos objetivos; existem sim barreiras e desafios que serão transpostas sempre que for da vontade daqueles que governam e principalmente, se for fruto do anseio do nosso povo. É com orgulho de pertencer a esta cidade, que a  Associação das Empresas de Transportes Urbanos de Itabuna (AETU) deixa sua mensagem de esperança e agradecimento a toda essa gente que trabalha para que seus filhos possam sonhar com um futuro melhor. A AETU tem muito respeito e carinho pelo povo desse município, homens e mulheres que com suas mãos sabem valorizar o fruto da terra… A AETU faz questão de ressaltar que o seu compromisso continua, sempre trabalhando em beneficio da coletividade e do desenvolvimento de Itabuna. Com união e apoio de todos os itabunenses, o resultado não poderá ser diferente: Itabuna permanecerá vencendo!!!

JÚNIOR DO TRATOR FELICITA ITABUNA POR SEU ANIVERSÁRIO

O vereador Júnior do Trator deseja feliz aniversário a sua amada Itabuna!
Desejo um feliz aniversário a nossa querida Itabuna, manifesto aqui primeiramente o orgulho que sinto de ser filho desta terra, a qual por nada trocaria, onde contribuo com o meu trabalho para fazer dessa cidade um lugar ainda melhor de se viver. Comemorar o aniversário de Itabuna é como comemorar o aniversário de um grande amor! Sinto imensurável orgulho de nossa cidade, de suas belezas e histórias incomparáveis, de localização geográfica privilegiada. Itabuna é, acima de tudo, um lugar de gente de bem, acolhedora. Comemorar seu aniversário me deixa extasiado. Tudo que diz respeito a ela me interessa. Ajudo a cuido dela e a defendo como quem defendo a minha família, por isso, posso dizer que Itabuna é para mim um grande amor! Ela, minha amada cidade está em um processo de desenvolvimento contínuo. Sei que não sou o único a se orgulhar de morar aqui, e por isso divido essa alegria com todos vocês que se sentem assim, sei que vocês itabunenses nascidos nessa terra assim como eu, ou, aqueles que a adotaram como sua cidade, zelam por ela e a defendem. Feliz aniversário, querida Itabuna! Parabéns pelos seus 108 anos! Júnior do Trator - Vereador (PHS).

MENSAGEM DO VEREADOR BABÁ CEARENSE, PELO ANIVERSÁRIO DE ITABUNA

O vereador Babá Cearense manifesta aqui seus parabéns a Itabuna
Quero neste momento oportuno parabenizar nossa querida Itabuna pelos 108 anos de Emancipação Política, terra amada de raízes profundas e variedades jóias raras que são a garra, honestidade e hospitalidade do seu povo. Nós estamos de parabéns pela alegria de comemorar este dia com muito amor, paz e esperança de um futuro próspero. Agradeço a vocês itabunenses a oportunidade de representá-los junto ao poder Legislativo e que reafirmo meu compromisso de permanecer trabalhando incansavelmente pelo o desenvolvimento e bem estar desta terra de tanto potencial humano e natural. Tenho orgulho de ser vereador de Itabuna e de elevar teu nome por onde passar, de lutar e acreditar que nossa amada cidade merece e terá todo nosso respeito, dedicação e amor. Feliz aniversário minha terra! Feliz aniversário meus amigos itabunenses! Em especial, seguimos dispostos a servir ao lado daqueles que acalentam sonhos e desejam construir, com muita garra, um futuro melhor para nós e para as gerações de nossos filhos”. Vereador Babá Cearense (PHS).

MOACIR DIZ QUE ANORINA É MAIS ÚTIL NUMA COZINHA

Anorina teve muitos "pepinos" para descascar na prefeitura!
Estive ontem, sexta-feira (27), na inauguração da Faculdade Santo Augostinho, conversando com o atual secretário da fazenda da prefeitura de Itabuna, Moacir Dantas Messias e entre os assuntos que debatemos, houve a abordagem da passagem da professora Anorina Smith Lima, pelo comando da secretaria de educação. Da minha parte, aconteceu a afirmação de que o grande equívoco de Anorina, foi ter concordado e assumido o cargo de secretária. Ressaltei, inadivertidamente (como me é peculiar), que "alho nunca deve se misturar a bugalho" e que, "com quem porcos se mistura, farelos come"! Todo tempo de estada de Anorina como secretária de Educação, foi sob sua circunstância de vítima de conflitos, intrigas, ingerências e tentativas de sabotagens. Não tinha como dá certo. Foi uma tarefa inglória e sem nenhuma perspectiva de êxito. Um fardo fadado ao fracasso! E só ela não sabia disso. O alto nível de civilidade, educação, honestidade, seriedade e ética da professora Anorina, era o antagônico do caráter e vida pregressa daquele a quem ela deveria se submeter como "acatadora de ordens". E todas, ou quase todas elas eram intrínsecas à condição de inexequíveis e desprezíveis. Anorina foi exonerada e saiu atirando em alvo errado. Culpou Moacir por seus infortúnios e calou-se no fato do prefeito ter sido seu único verdugo. Preferiu cortar a corda do lado do mais fraco! E hoje ela está como carta fora do baralho, em jogos que sempre estiveram em seu domínio. Ela não tem mais espaço em esferas de governo e no sindicalismo não passa de mequetrefe. Dramática situação de uma das persanolidades mais notáveis na história da educação e do legislativo itabunense. E neste contexto, devo concordar com Moacir: melhor seria se Anorina se restringisse às artes culinárias!

PALOCCI ENTREGA RASTREADOR À PF PARA PROVAR ENTREGA DE PROPINA PARA LULA

Lula está sendo delatado por seus próprios comparsas
O ex-ministro Antonio Palocci entregou dois rastreadores instalados em automóveis de uso pessoal para a Polícia Federal. Os artefatos registraram percursos utilizados pelo ex-ministro, inclusive lugares visitados, como escritórios de advocacia, empresas, residências e restaurantes. Após passar por perícia da PF, os registros podem servir para corroborar episódios de negociação e pagamento de propina relatados por Palocci em delação premiada. Ele contou para a força-tarefa da Lava Jato que foi responsável pelo menos por cinco entregas de propina ao ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, em dinheiro, para despesas pessoais do petista. A PF também recebeu de Palocci quatro HDs de computadores da Consultoria Projeto. A empresa foi utilizada para repasses ilícitos de empresários ao Partido dos Trabalhadores. O material está sob os cuidados da perícia. As informações são do site O Antagonista.

27 de julho de 2018

PAULO NEIVA É HOMENAGEADO COM TÍTULO DE CIDADANIA EM ITABUNA

O simpático e solícito, Paulo Neiva, agora é oficialmente itabunense
Os vínculos do Policial Militar já aposentado, Paulo Neiva, com a cidade de Itabuna, são antigos, constantes e prestativos. A comunidade itabunense já o conhecia e reconhecia como conterrâneo, mesmo sabendo que ele não nascera em Itabuna. "Neiva", como é carinhosa conhecido, sempre se notabilizou por sua conduta ilibada e solícita. Seu jeito próprio de companheirismo e amabilidade, fez com que suas amizades fossem sendo multiplicadas a cada ação sua de dedicação ao engrandecimento e aperfeiçoamento da sociedade itabunense. E ele sempre se mostrou apaixonado por Itabuna e sua gente. Estes fatos resultarão na decisão dos vereadores da cidade, o tornar cidadão itabunense, de fato e de direito, através de um decreto legislativo, de autoria do Vereador Antonio Cavalcante (MDB) e aprovado pela unanimidade dos demais parlamentares. A outorga do Título de Cidadão itabunense para Paulo Neiva, aconteceu ontem à noite, numa festa glamourosa e empolgante, que aconteceu na AABB e contou com a presença do seu amigo e deputado estadual, Augusto Castro (PSDB), que fez questão de o parabenizar pessoalmente, por mais essa conquista em sua bela história de cidadão honrado, digno e merecedor deste reconhecimento pelos legisladores da maior cidade do sul da Bahia.

JUÍZES REPUDIAM CIRO POR DECLARAÇÃO SOBRE LIBERDADE DE LULA

Ciro se acha o Lampião dos tempos atuais
Após ser criticado por juristas e analistas, o candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) afirmou que as declarações de que, se eleito, colocaria o Judiciário e o Ministério Público de volta em suas “caixinhas” foram tiradas de contexto para gerar intrigas. Na ocasião, também disse que o o ex-presidente Lula “só teria chance de sair da cadeia se a gente assumir o poder”. As declarações foram dadas em Ananindeua, no Pará, onde o candidato participou da convenção estadual do seu partido na quarta-feira (25). Segundo ele, o termo caixinha foi uma figura de linguagem usada para explicar que Judiciário e Ministério Público “não podem se meter em tudo”. “Isso é uma expressão que todo mundo conhece. Só a fraude tenta fazer esse tipo de intriga. No Brasil, está cada um trabalhando fora da sua caixa”, disse o candidato. O pedetista afirmou que “o Brasil é uma federação complexa” e que, no Pará, o objetivo é derrotar o MDB, que tem como candidato ao governo o ex-ministro Helder Barbalho, filho do senador Jader. O PDT negocia também aliança com o PSD, partido que apoiou o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, que Ciro costuma chapar de golpe. “Se olhar para trás, é quase impossível (explicar a aliança para os eleitores), mas estamos olhando para a frente”.

MORO VÊ DESFECHO DA ELEIÇÃO COMO RISCO À LAVA JATO

O Juiz Sérgio Moro honra a Justiça brasileira!
O juiz federal Sérgio Moro admitiu que o resultado das eleições deste ano está inserido no que ele chama de “risco de retrocesso” no combate à corrupção, simbolizado na Operação Lava Jato, destaca o jornal O Estado de S. Paulo. Moro disse que o País precisa “do exemplo de lideranças honestas” e “de políticas mais gerais para diminuir os incentivos e oportunidades da corrupção”. O magistrado participou nesta quarta-feira, 25, do Fórum Estadão Mais governança e mais segurança, promovido pelo Estado e realizado em São Paulo. Moro foi um dos debatedores do painel O Combate à Corrupção, do qual participaram o advogado criminalista Antonio Cláudio Mariz de Oliveira e o promotor de Justiça Marcelo Mendroni, do Ministério Público paulista. Após a mesa, em entrevista ao jornal, o juiz disse que discussões como esta precisam ser feitas no período eleitoral, pois “a corrupção espalhada, disseminada e profunda” é um dos principais problemas que a sociedade brasileira precisa resolver. “Minha ideia principal em relação a isso é, primeiro, a Justiça tem que funcionar. Então, pessoas culpadas têm que ser punidas, segundo o devido processo, mas não só isso é suficiente. Precisamos do exemplo de lideranças honestas e, por outro lado, precisamos de reformas de políticas mais gerais para diminuir os incentivos e oportunidades à corrupção.”

JOÃO GUALBERTO E JUTAH LIDERAM RANKING DE POLÍTICOS MAIS BEM AVALIADOS NA BAHIA

Jutahy e João Gualberto são baianos que dignificam o Brasil!
O levantamento feito pelo site politicos.org.br aponta os deputados federais João Gualberto e Jutahy Magalhães Jr (PSDB) como os mais bem avaliados na Bahia nos 3,6 anos de mandato. Entre os 39 parlamentares, os tucanos aparecem em 1° e 2° lugares com 444 e 400 pontos, respectivamente. O deputado Claudio Cajado (PP) ficou em terceiro lugar, com 382 pontos, seguido pelos parlamentares José Rocha (PR) com 380 pontos e Benito Gama (PTB) com 332 pontos. Os critérios de avaliação são a presença nas sessões, os privilégios, a qualidade legislativa, a formação, a filiação partidária e os processos judiciais. Mesmo em pré-campanha ao Senado, não é a primeira vez que Jutahy encabeça a lista na avaliação do mandato na Câmara dos Deputados divulgada nesse mês de julho. Dentre os 39 deputados federais baianos, o parlamentar foi o mais presente, comparecendo a 100% das 53 sessões deliberativas realizadas no período. Confira aqui o ranking completo dos deputados federais baianos: http://www.politicos.org.br/#topGrid

26 de julho de 2018

CÂMARA CONCEDE TÍTULOS DE HONRA AO MÉRITO A VAL CABRAL

Val Cabral estará hoje, sendo homenageado pelos vereadores!

A Câmara Municipal de Itabuna realiza nesta noite de quinta-feira (26), a solenidade de entrega do Título de Honra ao Mérito, entregue as pessoas da sociedade que se destacaram em prol de melhorias para a comunidade itabunense. E entre os homenageados está o radialista Val Cabral, por seus relevantes serviços prestados ao povo de Itabuna, através da fundação do Grupo de Apoio e Prevenção a Aids (GAPA), Pastoral Carcerária, Casa de Apoio aos Soropositivo e sobretudo a sua atuação como profissional de imprensa e atuações em todas as emissoras de Rádio AM de Itabuna. O evento faz parte das comemorações de 108 anos de emancipação político-administrativa da cidade. A cerimônia terá início às 19h30 na AABB e contará com participações de autoridades, homenageados e seus familiares. O presidente do Legislativo, Chico Reis, destaca a importância deste evento e convida a população a participar. O vereador Júnior do Trator, autor da moção concedida ao radialista Val Cabral, também destacou que se homenageado está atualmente coordenando ações, que objetivam a revitalização do rio cachoeira e construção de monumentos em logradouros públicos da cidade. O ato também prestigia cidadãos nascidos em outras cidades que, prestam relevantes serviços ao município, estado e união. TÍTULO DE CIDADÃO - Municipalista e entusiasta da retomada do desenvolvimento da cultura do cacau no sul do Estado, o ex-prefeito de Feira de Santana e pré-candidato ao governo estadual pelo Democratas, José Ronaldo, receberá o título de Cidadão Itabunense. O título foi proposto pelo presidente da Câmara de Vereadores, Chico Reis, que argumentou a parceria entre o ex-prefeito de Feira de Santana com Itabuna. “José Ronaldo sempre atuou em defesa de nossa cidade. É um defensor da retomada do desenvolvimento na região sul e preocupado com a cultura cacaueira”. Segundo o vereador, a Bahia precisa ser cuidada da forma como José Ronaldo cuidou de Feira de Santana. Também estão entre os agraciados com o Título de Cidadão Itabunense, Desembargador Baltazar Miranda Saraiva - Manoel Júnior-PV, Edmilton Carneiro Almeida, Presidente da OAB – (Babá Cearense – PHS), Dom Carlos Alberto Dos Santos (Enderson Bruno – PDT), Sub-Tenente Paulo Jorge Neiva Souza (Antônio Cavalcante – MDB), jornalista Ricardo Pinto Mascarenhas (Alexandro Vieira Santos – PTC) e o servidor público municipal, Haroldo Arapiraca Sarmento (Júnior do Trator – PHS).

NOSSA EDUCAÇÃO SEM CORRESPONDÊNCIA PROGRAMÁTICA DA ALFABETIZAÇÃO BÁSICA

A didática não tem semeado bons frutos para nossos jovens!

O perfil dos jovens nascidos entre 1994 e 2010, tem transformado a forma como se faz educação. Não obstante, educadores e instituições ainda não parecem estar no mesmo ritmo das mudanças do tempo atual, e continuam adotando práticas tradicionalistas, que provavelmente não serão decisivas para os desafios que o futuro do mercado de trabalho reserva. A educação está em um campo da sociedade estritamente relacionada com o futuro. É por meio da construção do conhecimento e do desenvolvimento das capacidades que as crianças e os jovens se preparam para ocupar as posições de trabalho que hoje são desempenhadas pelos mais velhos. Há, portanto, uma importantíssima relação de causa e efeito neste contexto. É algo grandioso, mas que causa uma certa apreensão, afinal, como há uma grande parcela de incerteza em relação ao futuro para o qual se caminha, torna-se difícil definir quais os melhores paradigmas, as matérias mais apropriadas e as competências a serem apresentadas ao jovem contemporâneo. Algumas aptidões, que à luz das intensas transformações da atualidade passam a ser consideradas importantes na formação dos alunos, hoje sequer tem correspondência no conteúdo programático da alfabetização básica, como português e matemática. São as chamadas habilidades de aprendizagem social e emocional, talentos que ainda estão fora, mas já são apontados como essenciais nos dias de hoje, pois liberam a criatividade, desenvolvem a comunicação e colaboram para aprimorar o processo de resolução de problemas. Jovens com esse conjunto de destrezas, que conjugam técnica e emoção, terão melhores condições de atuar em um mercado de trabalho cada vez mais influenciado pela tecnologia digital. Ainda que o modelo escolar atual esteja em desconformidade e desafiado pelas mudanças impostas pela pós-modernidade digital, que exige todo um novo conceito de conhecimento e trabalho, não é possível ignorar a importância do ensino considerado "clássico", já que foi este o modelo que nos trouxe até aqui. Mas a evolução da sociedade, especialmente a partir dos anos oitenta, mostra de forma evidente que o Brasil, mas também vários outros países emergentes ou desenvolvidos, estão em uma encruzilhada na área da educação. Diante de tantas incertezas quanto a melhor metodologia a ser adotada e qual tipo preciso de conteúdo a ser ministrado, para subsidiar os jovens de hoje com o cabedal de saberes necessários para o futuro, talvez o melhor seja procurar garantir a melhor educação possível hoje. De forma simplória, isto significa transmitir os conhecimentos com esmero, em meio a ambientes saudáveis e inspiradores. Esse contexto educacional edificante proporciona ao aluno condições para desenvolver, tornar-se cidadão, e enfrentar o intenso ritmo de mudanças da atualidade.

25 de julho de 2018

AQUELE QUE CONDUZ VIDAS COM AMOR: O MOTORISTA É DIGNO DE TODAS HOMENAGENS

Profissional é responsável pelo desenvolvimento
das cidades e integração das pessoas

No dia 25 de julho, é comemorado o Dia do Motorista e nesta data especial, a Associação das Empresas de Transportes Urbanos de Itabuna –AETU, homenageia o profissional que é responsável pelo desenvolvimento de Itabuna. Imagine nossa cidade sem ônibus urbanos. Só um dia sem estes veículos representaria a paralisação do município e milhões de reais que deixariam de ser gerados e, acima de tudo, vidas que não teriam suas necessidades atendidas. Assim, o motorista pode ser considerado um dos principais condutores do crescimento da nossa amada Itabuna e não apenas condutor de um veículo, que na verdade é um instrumento do seu trabalho. UMA MENSAGEM AO MOTORISTA DE TRANSPORTE COLETIVO:

CARGA VALIOSA

Qual o valor da carga
Que carrega pra lá e pra cá?
É uma carga valiosa
Quebrando não tem como pagar.

É como cristal… Muito frágil.
Precisa delicadeza ao transportar
Cuidado com o quebra mola
Devagar quando passar.

O cristal que está levando
É delicado para transportar
Deixe-o acomodar direitinho
Pra quando balançar não espatifar.

Cristais de toda espécie
Precisam de muita sutileza.
Uns maiores outros menores
Não os tratar com destreza.

Eles precisam chegar ao destino
Sadios e salvos sem arranhão.
Parabéns Motorista por carregar
Uma carga valiosa de coração.

AETU - ELZI SENRA

NÃO HÁ PORQUE HAVER SENTIMENTO DE CULPA

Os suicidas nunca saberão o quanto foram egoístas e estúpídos!

Dificilmente alguém não chorou, sofreu, desesperou ou tenha se sensibilizado diante da morte de um ente querido, de um prestimoso amigo, de alguém que admirasse ou até mesmo de pessoas que nem tinha intimidade. A tecnologia ainda não foi capaz de mensurar qual a extensão, nem tampouco a profundidade da dor dos que ficam e precisam tocar em frente a vida, porque não tem outro jeito. Embora a solidariedade e o apoio sejam sempre bem-vindos e façam toda a diferença nessa hora de vivenciar o luto, sabemos que nem sempre perduram por muito tempo e voltar para casa e reescrever as linhas da própria história cabe tão somente aos que ficaram. Se lidar com o luto natural é uma tarefa que requer muita disposição e coragem, que dirá lidar com a separação daquele que atentou contra a própria vida, num momento de desespero, de impulso, de desatino ou até mesmo de descontrole psicológico, que a fatalidade também fosse instrumento de uma partida inesperada. Certamente só os familiares e os amigos chamados carinhosamente de amigos-irmãos, saibam dimensionar o tamanho dessa dor que amanhece e anoitece cheia de "por quês". Especialistas que mediam grupos dessa natureza afirmam que viver o luto de um suicida é muito mais doloroso, mais intenso e duradouro para os familiares que de alguma forma se veem envolvidos por uma atmosfera de cobranças internas de ter de achar causas e culpados para aquela morte, e muitas vezes não aceitam que as respostas também se foram junto com quem morreu. O efeito emocional de um suicídio é devastador. Supõe-se que para cada ato suicida, mais de cem pessoas ficam traumatizadas ou psicologicamente abaladas, ainda que mal conheçam a pessoa. Além de toda a dor que precisa ser administrada, existe também o estigma que se instala impiedosamente no seio familiar como dardo a ferir os enlutados. Não são poucas as situações em que o acolhimento que deveria brotar dos familiaes mais próximos se esvai no distanciamento porque nem todos conseguem falar francamente sobre o assunto, as pessoas não sabem o que dizer. Então se calam ou se afastam e os que ficam, permanecem emocionalmente vulneráveis. Assistir na Globo uma reportagem que revelava o drama de que são quase 800 mil mortes por suicídio todos os anos no mundo. É o mesmo que dizer que a cada 40 segundos uma pessoa comete suicídio. No Brasil, são mais de 11 mil mortes dessa natureza, por ano. É preciso que se divulgue mais as ações positivas que existem mundo afora. Se o mundo atravessa momentos de desatino e desalento, há com certeza contrapontos em todos os lugares onde o bem vem se fortalecendo e abrindo as portas da esperança para um porvir mais amoroso para a humanidade. É preciso pensar no bem, gerar o bem e divulgar o bem. Isso faz toda a diferença. Democratizar informações sobre o suicídio, sobre a existência de grupos de apoio, de ações solidárias que precisam da participação de todos, com toda certeza poderão fazer a diferença no olhar daqueles que se encontram enclausurados neste momento na escuridão interior. Chega de tapar os olhos com a peneira e empurrar os sentimentos para debaixo do tapete! Abraçar de fato os familiares que ficaram, bem como os amigos próximos, sem medo, sem reservas, sem atribuir culpa ou buscar causas, é mais que um ato de misericórdia e de amor fraternal, é um ato de cidadania. E não julgar! Lembrar e falar daquele que partiu como suicida com alegria, com amorosidade, com respeito, é atitude cristã. Qualquer um de nós que sentiu de alguma forma os reflexos de uma morte dessa natureza é também um sobrevivente desse ato. Pensemos nisso!

QUASE METADE DOS JOVENS ESTÁ POUCO SE IMPORTANDO COM POLÍTICA

É lamentável que a maioria dos jovens brasileiros,
não estão conscientes da importância da política!
Há de se ter uma leitura muito abrangente do jovem atual com seus smartfones e a vida digital, frente a um mundo real, que não lhe diz muita coisa. O jovem é muito bem informado sobre generalidades do tipo "está havendo um movimento na Europa com a Inglaterra que quer sair do bloco europeu". Mais não sabe. Do mesmo modo ele sabe que o Brasil perdeu a Copa do Mundo, mas não vai além do que lhe informaram as redes sociais. Na sala de aula ele olha com certo desprezo o professor e os conteúdos ministrados. Temos uma juventude incapaz de reagir a novos estímulos com as energias adequadas e ela vai às urnas em 2018 trazendo uma carga pesada de frustrações. Viu seus pais despencarem do emprego, a renda familiar cair, os pais perderem carros, planos de saúde, idas a restaurantes, as viagens e uma série de mordomias que seus pais lhes davam em compensação por suas frustrações pessoais. A geração jovem não conheceu crises como inflação, falta de bens e o sufoco de um dia vivido e trabalhado não garantir o seguinte, como nos anos 1980 e 1990. Essa juventude é aquela que está no auge da frustração trazida pelas profundas transformações tecnológicas, políticas e econômicas que estão contaminando profundamente a sua percepção de futuro. O futuro é uma nuvem escura. Sem bússola eles entrarão nestas eleições falando um idioma que os papos de facebook e whatsapp tão bem retratam. De outro lado política e políticas em cima dos palanques gritando discursos pra quase metade do eleitorado que não quer ouvir nada disso.

TER DIREITOS PRESSUPÕE TER ACESSO A ELES

Não há respeito ao direito, quando seus acessos são negados! 

Quase todos os dias tem empresas deixando de operar em Itabuna. Este fato provoca tristeza na maior cidade sulbaiana onde, na verdade, estas falências não são tão raras e geral centenas de desempregados. Placas de aluga-se e vende-se são vistas por várias ruas do local que já teve um movimento absurdo. Só na avenida do Cinquentenário, contei 26 pontos comerciais com placas de alugar-se e vende-se. Muitas empresas e indústrias lutam para ficar, mas quem sabe até quando vai a história de cada uma. Histórias que se repetem no centro de Itabuna e seus bairros de periferia. Comércios fechados são vistos por toda a cidade. Muitos tomados por usuários de drogas, prédio destruídos, depredados. Dos anúncios dos amigos que estavam abrindo um negócio e o pedido para que divulgassem, hoje os pedidos são, na maioria das vezes, para avisar se souber de um emprego. Mas os anúncios de emprego são cada vez mais raros. Mesmo que os números não mostrem, os fatos indicam que as coisas não andam lá nada muito bem. Pelo menos para a parcela que não é mais rica da sociedade. Cada vez que uma empresa fecha não perdem o emprego apenas os funcionários ligados a ela. São muitos os empregos indiretos que sofrem a pancada também. E os reflexos vão muito além dos funcionários que perdem o emprego. Eles chegam às famílias. Sem um salário, um trabalhador não consegue manter a família estruturada. Contas vencendo, dívidas e mais dívidas, empréstimos. Uma realidade de muitas famílias que, por vezes, acabam se desfazendo. Os empresários cobram o governo. Cobram uma carga tributária mais justa, menos burocracia, incentivos, entre outras questões fundamentais para que possam continuar com suas atividades, garantindo empregos e geração de renda. O governo diz que já fez e faz demais. Só que se alguma coisa a mais não for feita, mais empresas vão fechar, mais trabalhadores ficarão sem emprego, menos renda será gerada. É um ciclo perigoso. O homem precisa trabalhar. Precisa levantar cedo e ter funções para cumprir. Ir para o serviço, ter suas tarefas e cumpri-las. Sem deveres, compromissos, o que se torna o ser humano? Sem dinheiro, sem função, sem compromissos, cresce a criminalidade. É uma questão de lógica. Todos precisam comer, vestir, morar. Infelizmente, a realidade não é essa. Aquele lindo texto, chamado de Constituição Federal, que diz que todos são iguais perante a lei, que todos têm direito à saúde, educação e segurança, está tão arcaico, que parece do século passado. Ter direito é ter acesso. Direito no papel não é direito, é falácia. Direito é chegar ao hospital e ser atendido, bem atendido. É ter seus filhos na escola estudando. É não ter sua casa invadida, seu carro levado. É ter um emprego digno para pagar suas contas e viver em paz com sua família. E, para tudo isso, a sociedade precisa que as empresas, indústrias e comércio continuem de portas abertas. Claro que muitos têm lições a apreender em relação aos trabalhadores, mas o primeiro passo é que a renda continue sendo gerada.

SERÁ QUE DIRCEU ESTÁ RECRUTANDO COMPARSAS NO SUL DA BAHIA?

Geraldo é tão bandido do colarinho branco quanto José Dirceu,
que está tentando cooptar comparsas para reorganizar a máfia do PT

Dizem que os iguais de atraem e quem sou eu para discordar de uma opinião lógica, exata e irrefutável. Prova disto, é que o ex-ministro José Dirceu não conseguiu sigilo ao desembarcar de um jatinho particular no aeroporto de Ilhéus, na noite da última segunda-feira (11) e passar 5 dias e 4 dias em uma propriedade particular no condomínio Luzemares, que pertence a um corrupto ex-deputado federal. Ligado ao ex-ministro da Casa Civil, o ex-deputado federal Geraldo Simões (PT), confirmou a chegada de Dirceu à região. Relatou ser uma viagem "de cunho pessoal". Em outubro de 2012, o ex-ministro foi condenado pelo Supremo a 10 anos e 10 meses de prisão pelos crimes de formação de quadrilha e de corrupção. No início deste mês, a defesa do ex-ministro apresentou à corte os embargos infringentes, recurso que permite nova análise para condenados que receberam pelo menos quatro votos pela absolvição. O que não ficou explicado em sua estada na mansão de Luzemares, foi o “Cunho pessoal” com um correligionário recordista de processos e condenações judiciais, por práticas de roubo de dinheiro público. Será que Dirceu está reorganizando sua quadrilha de ladrões do erário e decidiu visitar um comparsa no sul da Bahia? É bom que fiquemos de olhos esbugalhados e segurarmos o bolso!

SÓ PERCEBEMOS O VALOR DA ÁGUA DEPOIS QUE A FONTE SECA

Não podemos aceitar que nossos rios virem esgotos a céu aberto

O programa Fantástico, da Rede Globo, exibiu no último domingo uma reportagem especial sobre o problema do abastecimento d’água em grandes cidades. Megalópoles como São Paulo, Cidade do Cabo, na África do Sul, e a Cidade do México, estão à beira de um colapso nesse quesito. Não são, porém, casos isolados. Como se sabe, a água potável no planeta todo está ficando cada vez mais escassa e, consequentemente, mais cara. De acordo com a ONU, até 2030 a Terra enfrentará um deficit de 40% no abastecimento de água. A ONU alerta para a dimensão dos desafios a serem enfrentados pelos 193 países signatários da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, que propõe como uma de suas metas o acesso universal e equitativo a água potável e segura para todos. O Brasil não escapa dessa realidade, apesar de ter 12% da água potável do planeta. Em 2015, um em cada três municípios decretou emergência por causa de estiagem. Segundo o próprio Ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, nos informou em recente conversa que tivemos, a irrigação é responsável por 75% do consumo de água no Brasil. Em segundo lugar, vem o abastecimento animal, que consome 9% da água, seguido pelo abastecimento dos cerca de 160 milhões de brasileiros que vivem em áreas urbanas. As mudanças climáticas explicam parte do problema da escassez de água, mas a situação poderia ser outra se a água fosse tratada de forma diferente. No Brasil, o saneamento básico, por exemplo, tem indicadores muito baixos. Cerca de metade dos brasileiros não têm seus esgotos sequer coletados, e praticamente todos os corpos d’água localizados em áreas urbanas encontram-se poluídos, como é o caso do Rio Cachoeira, em Itabuna. O grande desafio para os governantes é regular o uso dos recursos hídricos. Trata-se de implementar uma nova cultura de cuidado com a água, baseada na corresponsabilidade entre sociedade e as diferentes instâncias do poder. É preciso assegurar a manutenção dos ecossistemas que permitem a renovação da água doce, recuperar e proteger as fontes, reduzir o desperdício, tratar e reutilizar os efluentes. De pequenas atitudes no cotidiano a complexas ações governamentais, todos os esforços são necessários para assegurar o direito à água potável. Os governos têm a tarefa de garantir o tratamento e o abastecimento de água e a coleta e o tratamento do esgoto sanitário. Ao cidadão comum cabe usar de forma consciente esse recurso natural imprescindível à vida.

CALHORDAS COMO LULA ESTÃO POUCO SE LIXANDO PARA O QUE PENSA O POVO

Os patifes da política são engraçados numa campanha
e desgraçados depois de eleitos, diplomados e emposados
Tudo o que já vimos de escândalo de corrupção no Brasil, é apenas uma pequena amostragem do que ainda pode aparecer; é a ponta do iceberg de algo mais profundo: o sistema eleitoral brasileiro está bichado e só será reformado se a sociedade pressionar para valer. Hoje, teoricamente, as eleições são livres, embora o resultado seja bastante previsível. Não se elegem os melhores, mas os que têm mais dinheiro para financiar campanhas sofisticadas e milionárias. Empresas investem nos candidatos sem nenhum idealismo. É negócio. Espera-se retorno do investimento. A máquina de fazer dinheiro para perpetuar o poder tem engrenagens bem conhecidas no mundo político: emendas parlamentares, convênios fajutos e licitações com cartas marcadas. É isso que precisa mudar. Mas o Congresso, por óbvio, não quer. Ao contrário. Como disse Eliane Cantanhêde com sua habitual lucidez, "enquanto o Brasil precisa desesperadamente de reformas, ajustes, cortes, o Congresso se autopremiou com um fundo eleitoral de quase R$ 2 bilhões, além dos mais de R$ 800 milhões do Fundo Partidário". Mesmo diante da imensa repercussão negativa, o plenário da Câmara dos deputados aprovou o fundo eleitoral com recursos públicos e fará esses mesmos deputados e seus respectivos partidos receberem o aporte bilionário à esquerda e à direita, pois esses abutres e cães parasitas não estão dispostos a soltar o osso. O infortúnio do cárcere e a perspectiva do ostracismo uniu adversários históricos para combater o inimigo comum: a Lava-Jato e o aparato da Justiça. Mas o Judiciário também oferece seus temperos para o preparo da pizza da impunidade. Resumo da ópera: os ladrões do dinheiro público vão sair por cima. Os políticos se lixam para a sociedade.

24 de julho de 2018

TAINÁ ENTRA EM ROTA DE COLISÃO COM MARIA ALICE, NEILMA E VICE-VERSA

Gustavo, Alice, Neilma e Tainá, travam a "Batalha de Armagedom"
pela disputa de um cargo de Comunicação, que não tem serventia!

O pedido de exoneração da então diretora de Comunicação da Prefeitura de Itabuna, Manuela Berbert, ainda provoca dissabores na horda dos fernandistas. E a disputa para sucedê-la é a muvuca que mais tem causado pandemônio no governo do prefeito Fernando Gomes (Cuma). A secretária de Assistência Social e Primeira Dama, Sandra Neilma, exige que seu primo Wilson seja nomeado para preencher o cargo. Já a Secretária de Governo, Maria Alice, tem um nome da sua preferência, cuja identificação é tão sigilosa quanto a fórmula química da Coca-Cola. Mas ela não esconde de ninguém, que este nome não é Wilson e nem tão pouco Tainá Borges, que é defendida pelo irrequieto Gustavo Domingos. E esta tríplice contenda tem causado desentendimentos entre as partes em disputa, com desdobramentos que não deverá evitar sequelas irreparáveis para dois dos três elementos cobiçantes de um mesmo cargo. E se um cargo não pode ser ocupado por dois elementos, simultaneamente, conclui-se que dois elementos incomodam menos que três, mas do trio, dois sairão defenestrados! Se Maria Alice emplaca seu pupilo, Tainá e Neilma ficam com “caras de panacas”; Se Wilson for mantido como titular da Diretoria, Maria Alice e Tainá ficam a “ver navios” e se a nomeada for Tainá, ficará demonstrado que Gustavo tem muito mais prestígio, que Maria Alice e Sandra Neilma, juntas! O fato é que as três mulheres mais influentes na gestão de Cuma, pleiteiam um espaço oco no governo; sem estrutura e equipamentos, sem recursos e autonomia e sem condições salariais que possam compensar a “guerra de armagedon” e a “derrubada das muralhas de Jericó”.

VAL CABRAL COM MINISTRO DO MEIO AMBIENTE EM DEFESA DA REVITALIZAÇÃO DO RIO CACHOEIRA

O Ministro do Meio Ambiente se mostrou muito interessado em
atuar para beneficiar o Rio cachoeira e a Mata Atlântica sulbaiana

O radialista Val Cabral sempre se revelou um entusiasta pela revitalização do Rio Cachoeira, pois nunca aceitou que o rio do lazer da sua infância e onde ele e seus irmão se banhavam e se divertiam diariamente, se transformasse num esgoto a céu aberto nos tempos atuais. Assim ele tentou com o então ministro das Cidades, Geddel Vieira Lima, seu interesse em promover intervenção do governo federal, para solução do inquietante problema de poluição fétida do Rio Cachoeira. Geddel prometeu e não cumpriu atender o pleito do radialista e ele não se deu por vencido. Fato este que fez ele viajar e está em Brasília, com os estudantes Guilherme Fagundes e Carol Brandão, para apresentar ao Ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, um projeto de análise da água e educação ambiental, que servirá de embasamento para iniciativas concretas de fazer o rio ser despoluído. Do encontro ocorrido ontem, segunda-feira (23) com o Ministro, surgiram sugestões e ideias que deverão impactar questões mais abrangentes no contexto regional, como o encaminhamento dos visitantes, para a assessoria técnica do Ministério, que passará a auxiliar Organizações Não Governamentais (ONGs) de Itabuna e cidades circunvizinhas, em eventos e projetos que possam preservar a Mata Atlântica e toda Bacia Hidrográfica do Rio Cachoeira. Val Cabral, Guilherme e Carol permanecerão em Brasília, onde hoje, terça-feira (24), manterá contato com o secretário nacional de recursos hídricos da Funasa, Jair Tanuso, com o qual debaterão e pleitearão intervenções de monitoramento da qualidade das águas do Rio cachoeira e seus afluentes. O Ministro Edson Duarte tem título de cidadania itabunense, concedido pela Câmara Municipal, com autoria do então vereador Gerson Nascimento. Fotos: Gilberto Soares

QUAL O PERFIL DO CABO ELEITORAL DE SÉRGIO GOMES?

Não será a militância pelega, que impedirá que
a candidatura de Sérgio Gomes seja "enforcada"!
Um exército barulhento desequilibra o resultado das eleições. São milhares de pessoas contratadas para prestar serviços em campanhas de disputa apertada, onde a vitória de um ou de outro candidato se define por uma diferença de algumas dezenas ou centenas de votos. Na prática, no entanto, a contratação de pessoal muitas vezes se traveste da legalidade dos pagamentos declarados à Justiça Eleitoral, para desaguar em formas diversas e elaboradas de compra de votos. O pagamento de candidatos a eleitores funciona como um contrato, um vínculo informal entre as partes que garante de um lado os votos dados pelo recebedor e sua família, e de outro a promessa a ser cumprida pelo eleito de trabalho para os próximos quatro anos. Trata-se, nas letras da lei, de um meio mascarado de comprar o voto. Como a economia é frágil na atual realidade brasileira e não há muitas opções de emprego para todos, a contratação de cabos eleitorais se transformou em mais uma ferramenta do vale-tudo eleitoral, ringue por onde também passam promessas de casa própria e pagamentos em dinheiro. Nessa seara está o perfil de eleitores que integram, ou comporão o contingente de militantes, que vão estar nas casas, nas ruas e em todos os locais possíveis, tentando convencer os eleitores que Sérgio Gomes é a melhor opção para deputado estadual. Muita pouca gente, das milhares que servirão à campanha do filho do corrupto prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma), estará atuando por acreditar que ele seja merecedor do voto consciente, inteligente, pertinente e coerente. A maioria estará sendo paga e das quais, centenas foram e estão sendo cooptadas com concessões de cargos comissionados na prefeitura de Itabuna, ou empresas suas fornecedoras e prestadoras de serviços. Portanto, apenas pelegos integram e integrarão a militância de Sérgio Gomes!

23 de julho de 2018

NÃO É HORA DE “LAVARMOS AS MÃOS” NA ELEIÇÃO

O político malandro é resultado da burrice de quem vota nulo
O que deveria nortear e definir as alianças dos partidos para as eleições seriam o Programa ou propostas de cada candidato ou partido. No entanto não é isso que ocorre. Qual candidato apresentou seu programa para governar o Estado; quais as propostas para combater o desemprego, a violência, para melhorar as condições da saúde, da educação, da moradia e outras necessidades da população? Quais as propostas para retirar o país da crise cada vez mais grave, e quais as propostas para desenvolver o Estado e o Brasil? Parece incrível, mas principalmente em nível estadual, raramente algum candidato ao governo demonstra maior interesse em propor ou debater suas propostas. O que realmente se percebe, sem nenhum constrangimento, são articulações e alianças descaradas entre outrora inimigos, numa clara demonstração de que inexiste princípios ou divergências de ideias ou ideais, mas sim um único propósito de garantir a sua eleição ou reeleição. Outros que durante largo período mamaram nas tetas do poder e de última hora, como ratos, abandonam o barco temendo seu naufrágio e se agarram com unhas e dentes a outras naves, pretensamente vitoriosas. A maioria dos eleitores assistem pasmos a tudo isso, muitos já enojados apregoam aos quatro ventos votos nulos ou brancos. Recentes eleições nos estados do Amazonas e Tocantins esses votos de protesto ultrapassaram 50%. Isso significa que mais da metade dos eleitores não se interessa mais pelo processo eleitoral e nem acredita que através dele possa haver mudanças. Ocorre que a história, em vários momentos no mundo e também no Brasil, mostrou que quanto menos a população participa do processo eleitoral, quanto mais votos nulos e brancos, pior foi para a democracia, para o próprio povo e o país. Mostrou que ao contrário do que se almeja, justamente nesses momentos são eleitos os piores políticos, inclusive os "salvadores da pátria", como Hitler, Trump, Lula, Dilma e outros. Aos que pouco entendem de política, nunca é demais um aviso; cuidado que pode ficar pior. Pensem que os prejudicados não serão apenas os que se absterem ou votarem errado, mas todos, e principalmente o pais. O atual prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma) é um exemplo: ele foi eleito com 34 mil votos e os eleitores que se abstiveram, ou votaram nulo e branco, somaram quase 50 mil.