12 de dezembro de 2018

O QUE FAZ CUMA NA CAMA?

É na horizontal, que Cuma arquiteta a descida da marreta na
vertical, sobre os ombros da população carente de Itabuna!!
A indagação retratada na manchete deste artigo, não possui, absolutamente, nenhuma insinuação libidinosa e nem pretende questionar possibilidade de disfunção erétil do prefeito Fernando Gomes (Cuma). Mas um gestor tem que trabalhar tanto em seu gabinete, que acaba não tendo muito tempo para pensar e agir, sobre o que fará no dia seguinte. Já em casa, a sala e outras dependências do lar, são preenchidos com tarefas domésticas, familiares e de atendimentos a visitantes. Estes fatos acabam o condicionando a levar pra cama, seus momentos de reflexão e projeção sobre o que terá que fazer depois do próximo amanhecer. É aí onde se pressupõe, que são arquitetadas as marretadas que acontecerão em suas ações governamentais. Creio até que seus sonhos e pesadelos são influenciados pelo que faz e pensa em fazer. Por isso acredito que, na cama Cuma decide o grau, peso e tamanho da marreta que fará recair sobre os ombros de quem sofrerá as consequências e efeitos colaterais das ações governamentais. Posso está enganado, mas acredito que a cama faz Cuma ter mais tranquilidade para raciocinar sobre suas próximas batalhas. E numa guerra, sua dúvida é com qual marreta ela esmagará seu inimigo. E estes são todos que não se curvam diante de suas bravatas, tirania, cobiça e descontrole emocional. Cuma na cama é o capeta em pessoa. Cuma na prefeitura inferniza Itabuna. 

TRF EM BRASÍLIA MANDA SOLTAR ALFREDO BARACAT E SEUS FILHOS

Professor Sérgio Habib e Thales Habib, mestres
invencíveis na nobre aplicação do Direito Penal!

O Tribunal Regional Federal da 1ª região, em Brasília, decidiu na tarde de ontem, terça-feira (11), por unanimidade revogar a prisão preventiva de Alfredo Baracat e seus dois filhos, que estavam presos desde o dia 06 de novembro, por determinação da Justiça Federal de Ilhéus, em virtude de uma operação da Polícia Federal -PF que apura fraudes em licitações em mais de 54 municípios do Estado da Bahia. Na defesa de Alfredo, funcionaram os advogados Sérgio Habib e Thales Habib, sendo que o primeiro, o Prof. Sérgio Habib procedeu à sustentação oral perante aquele Tribunal em Brasília. Com quatro décadas dedicadas à advocacia, Sérgio Habib foi secretário de Estado da Segurança Pública da Bahia, é professor de Direito Penal na Universidade Federal da Bahia, tem mestrado em Direito pela UFBA, é pós-graduado pela Sorbonne, em Paris. É membro da Academia Brasileira de Direito Criminal, em São Paulo, membro da Academia de Letras Jurídicas da Bahia, além de autor de várias obras jurídicas. Conferencista e autor de sete obras – cinco delas jurídicas –, Habib tem artigos publicados em revistas nacionais e estrangeiras.

11 de dezembro de 2018

HÁ UM FOSSO ENTRE A CÂMARA E O POVO

A Câmara há muito tempo está inacessível ao povo carente!
Assim como uma sarjeta, existe um enorme obstáculo de acesso do povo à Câmara de Vereadores. Entre os gabinetes, poucos são abertos para visitações da população e quando isso acontece, quase sempre, o que há é um assessor dentre mais de 10 que deveriam estar ali, para dizer que o chefe não está. E quando alguém consegue conversar com o vereador, ele logo manda que a pessoa o procure em seu gabinete, onde ele, como eu dissera antes, nunca aparece. Nesse jogo sórdido de enganar o povo, o político prática sua tática de dar as costas, para os reclames e demandas populares. Por sua vez, mais de 95% das pessoas procuram o vereador, somente para lhes pedir algum beneficio pessoal. Raríssimos são os causas de pedidos de intervenção do parlamentar, para cuidar de uma rua, praça, ou bairro. Poucas são as pessoas que participam das sessões na Câmara, para acompanharem o desempenho dos vereadores. É comum nas quartas-feiras, quando ocorrem as sessões ordinárias, com debates e votações de questões importantes, se observar na plateia, muito menos gente, que as presenças de vereadores no plenário. E entre os que ali se fazem notar, a maioria é para pedir que o vereador pague contas de energia, água, remédio, cesta básica, ou lhe dê algumas cédulas de dez reais. E assim o povo reclama que o vereador não serve pra nada e o parlamentar reclama, que o povo só o procura para o explorar! 

DIRETORIA DESDENHA DE SINDICÂNCIA SOBRE FRAUDES NA CEPLAC

Juvenal se submeteu à condição de mequetrefe e permitiu
que petistas parasitas mandassem e desmandassem na Ceplac
A esculhambação de gestão na Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) é tão grande, que até uma investigação sobre doações ilegais de terrenos da instituição, pertencentes a União e sob controle dos dirigentes ceplaqueanos, no Núcleo Habitacional dos Operários de Campo da Ceplac, está tendo que merecer uma sindicância. Ou seja, só uma investigação poderá elucidar as causas do engavetamento de um processo, que busca respostas sobre a fraude cometida por um servidor (dirigente do PT) de hierarquia inferior ao Diretor e do Superintendente do órgão, que doou terras do governo federal para seus confrades. Entre os beneficiados pela fraude do petista, que manda e desmanda no órgão do governo do presidente Temer, que tanto é hostilizado pelo PT, estão Arnaldo Alves dos Santos, Jadisson Nascimento Cruz, Janete Santos Souza, Welton Café Leite e mais  pastores de igrejas evangélicas, que foram instaladas na comunidade. A Ceplac permanece sendo dirigida, extra-oficialmente e sob regime de abusos, por parasitas do PT e sob condescendência da sua direção, que por sua vez, também tem prejudicado bastante o órgão, com doações "legais", de vastas áreas de terras, para universidade, aeroporto, polícia rodoviária estadual e outras autarquias estaduais. Estes fatos requerem que o governo de Bolsonaro seja implacável contra essas mazelas e faça funcionar as investigações, que deverão resultar em demissões por justa causa, de diversos mequetrefes e corruptos, que fazem do diretor Juvenal Maynart Cunha, no comando da Ceplac, a décima terceira pessoa depois de ninguém. Cobraremos breves providencias do próximo diretor e o alertaremos: ou a Ceplac acaba com os petistas em seu comando, ou os petistas vão acabar com a Ceplac.

A DISPUTA QUE O POVO QUER PARA 2020

2020 deverá transcorrer com disputa acirrada entre Cuma e Mangabeira em Itabuna!
O resultado das eleições municipais, fizeram Fernando Gomes (Cuma) conquistar seu quinto mandato como prefeito de Itabuna. Ele ganhou para o médico Antonio Mangabeira (PDT), que atualmente surge como franco favorito para a disputa em 2020. E um confronto entre Cuma e Mangabeira, virá como uma oportunidade de revide para o pedetista. O resultado das eleições ocorridas em outubro passado, demonstrou resultados que beneficiaram Mangabeira, pois ele saiu das urnas eleitorais com votação multiplicada por quatro, diante dos votos obtidos por Sérgio Gomes (PR) - filho do prefeito - e seus dois candidatos a deputado federal, Jonga (PR) e Paulo Magalhães (PSD)... juntos! E enquanto Cuma amarga uma das maiores rejeições da história da cidade, Mangabeira convive com circunstâncias, que fazem sua aceitação não parar de crescer. E até Cuma contribui para beneficiar a popularidade do médico, que ele demitiu no final do mês passado, alegação dele estar atendendo muito mais pacientes, que o número exigido para seu expediente. E todos os dias são ampliadas as adesões à pretensão do PDT eleger Mangabeira. Entre seus prováveis aliados, estão o deputado estadual Augusto Castro (PSDB), Linaldo Farias (PSC), Renato Costa (PSB), com o ex-prefeito, Capitão Azevedo (PTB), compondo sua chapa como candidato a vice-prefeito. O confronto envolvendo Cuma e Mangabeira, também contará com lances de disputa de influências externas protagonizada pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) contra o governador Rui Costa (PT). Estes fatos nos fazem prever uma eleições com emoções de deixarem os nervos á flor da pele!

10 de dezembro de 2018

É POSSÍVEL QUE CUMA SEJA FISGADO PELA PF EM BREVE

Cuma deverá em breve, ter complicações policiais e judiciais,
pois são muitos os indícios de mazelas em sua administração!
Os contratos com fortes indícios de superfaturamento, que a prefeitura de Itabuna tem firmado com empresas como a Biosanear, deverá resultar em complicações policiais e judiciais para o prefeito Fernando Gomes (Cuma). Como a perspectiva é de endurecimento contra a corrupção, com o advento do governo de Bolsonaro e o Ministério da Justiça sob controle do juiz Sérgio Moro, há sim possibilidades de Cuma vir a ser conduzido pela Policia Federal, para se explicar com a Justiça. Isto é o que quer a maioria do povo itabunense, diante das suspeitas e denuncias cotidianas de mazelas ocorridas na gestão de Cuma. E o cerco se aperta com alguns vereadores dispostos a investigar as finanças e os contratos que o prefeito está tendo dificuldades de explicar sua pertinência e lisura. Até uma Comissão Especial de Investigação já foi aprovada para apreciação e votação em plenário da Câmara. Há quem aposta que Cuma não terminará seu governo, sem primeiro passar por dissabores em uma cela carcerária da Policia Federal. 

ASSOCIAÇÃO FAZ O QUE NEILMA NÃO FEZ

Neilma não conseguiu se casar com Cuma e nem
fez nada para que 160 casais se casassem em Itabuna
A marani secretária de Assistência Social da prefeitura de Itabuna, Sandra Neilma, convocou no primeiro semestre do ano passado, 160 casais que viviam maritalmente há anos e desejavam legitimar suas condições conjugais. A pretensão era realizar uma grande festa na Vila Olímpica "Fernandão", para marcar a data de aniversário da cidade, no dia 28 de julho de 2017. Mas o cerimonial foi transferido, sob alegação de indisponibilidade de recursos, para pagamentos dos custos cartoriais. Neilma alegava que a prefeitura não tinha dinheiro para ajudar 160 casais a se casarem. O valor para tanto, era inferior ao que ela ganha de salário, em apenas dois meses. Depois de remarcar o evento para acontecer em setembro e voltar a remarcá-lo para dezembro de 2017, os casais viram a promessa ser repetida para março, julho e setembro deste ano e ainda assim, não sair da condição de promessa não cumprida. E o assunto foi engavetado, a ponto de ninguém mais abordá-lo na prefeitura. Mas Itabuna não deixou de ter consagração de casamento coletivo. A Associação de Moradores do Bairro Santo Antonio, através do seu presidente Francisco, vice Valdeque e demais membros de Diretoria, promoveu o primeiro casamento coletivo civil, em plena praça principal do bairro, no último dia 1 de dezembro, numa tarde de sábado, com participações de mais de 80 casais. O evento foi dirigido pelos Juízes de Paz, Paulo Alexandre e Eliane Carvalho, com apoio de Rafael, oficial do segundo cartório de registro de Itabuna. É importante salientar, que o Casamento Coletivo promovido pela Associação do bairro Santo Antonio, não teve um só centavo de patrocínio da prefeitura, cuja secretária Sandra Neilma negligenciou em não cumprir sua promessa de realizar o grande sonho de matrimônio de 160 casais. O fato é que o prefeito Fernando Gomes (Cuma), que ainda não aceitou se casar com a primeira dama, abandonou a Vila Olímpica "Fernandão", com a mesma irresponsabilidade e insensibilidade, que fez Sandra Neilma abandonar os enamorados casais que acreditaram em sua palavra!

MARAJÁ OU NÃO

Alguns vereadores se sentem o rei diante de um reinado,
que eles acham que não tem prazo de validade para acabar!
Quanto você acha, leitor, que um vereador deve ganhar? É dificílimo chegar a consenso. O papel que lhes cabe é, sem dúvida, importantíssimo, a despeito do modo pouco zeloso com que a função é exercida quase sempre. Por outro lado, a natureza do trabalho legislativo, que é a de ser representante da população e fiscal do Executivo, se configura ameaçada se forem atribuídos aos parlamentares rendimentos que os apartem da maior parte dos eleitores, colocando-os num pedestal de privilegiados. Necessário é achar um meio termo. Nem salário mínimo, como demagogicamente propõe um vereador suplente, num discurso vago e oportunista de quem só "descobriu" a crise econômica agora, nem mais de R$ 12 mil, como ganham os vereadores de Itabuna. O problema nessas discussões é sempre o mesmo: difícil se esperar justiça quando quem decide quem vai ganhar são os próprios parlamentares. Aí, o risco é sempre resvalar nos extremos, seja do exagero (dos salários altos) ou do apelo populista (como a defesa do salário mínimo). Talvez um bom cálculo fosse anexar o salário do vereador à renda média da população do município. Dentro da discussão do subsídio, surge outra, intrínseca: o vereador deve se dedicar exclusivamente ao mandato? Nesse caso, seu rendimento deve ser maior, para que possa abrir mão de atividades na iniciativa privada? Parlamentares geralmente se descrevem como pessoas atarefadas, e a piedade de si mesmos dá o tom quando falam de suas funções - geralmente quando estão defendendo o aumento de seus salários. Não é mentira. Geralmente, vereadores são extremamente ocupados. O problema é que, quase sempre, se ocupam das coisas erradas. Lombadas, iluminação no bairro x, falta de médico no postinho. São problemas graves, alguns gravíssimos, e muitos, talvez sem a intervenção de vereadores, não teriam solução. Palmas pra eles? Se fossem membros de ONGs, com certeza. A tarefa legislativa, porém, se constitui trabalho um pouco mais elevado do que simplesmente intermediar a resolução de problemas pontuais; e nem entraremos no mérito de que, muitas vezes, essa saída é obtida graças ao comportamento de compadrio do vereador com o prefeito. A atividade do vereador deveria se pautar pela fiscalização rigorosa do Executivo e pelo debate dos grandes temas do município (saúde, educação, transportes, planejamento urbano, sustentabilidade hídrica), em busca de soluções e de diretrizes que façam a cidade crescer de forma ordenada. Quando se fala em fiscalização, pensa-se em evitar desmandos. Isso é o básico. Para a real tarefa, talvez os vereadores nem precisassem se dedicar exclusivamente ao mandato. Porém, enquanto parlamentares forem guardinhas de luxo, e a Câmara for uma espécie de SAC da prefeitura, até que faz sentido trabalharem o dia inteiro - e só nesse caso se justifica o salário mínimo proposto por quem não conseguiu a "boquinha" na Câmara.

9 de dezembro de 2018

O QUE É UM "VEREADOR BANANA"?

O "Vereador Banana" é aquele que não tem
nenhuma serventia e que envergonha quem o elegeu!
Vereadores são representantes legais de todos os seguimentos de uma sociedade, no âmbito do Poder Legislativo Municipal. E como tal, são passíveis de avaliações das mais variadas. Existem os bons que são considerados ruins e vice-versa. Mas, independentemente do conceito a que todos se submetem, alguns são como "camaleões", pois mudam de cor em conformidade as necessidades circunstanciais. Outros são "variadores", porque variam de posições em decorrências de interesses, que nem sempre são lícitos, coerentes e confessáveis. Há também aqueles que podem ser chamados de "vereneadores", pois somem tanto de suas responsabilidades, que parecem aperecer apenas de verão em verão na Câmara. E poucos são piores que aqueles que são "virilhadores", porque andam tanto pendurados na virilha do prefeito, que pouco se importam com as mazelas dos seus senhores de senzalas. Existem indivíduos que foram eleitos para serem vereadores, que mesmo sendo "variadores", "vereneadores" e "virilhadores", conseguem também manter um mínimo de hombridade, dignidade e altivez. E até chegam a se rebelarem contra à condição de lacaios, bonecos de ventríloquos e cupinchas de quem eles deveriam subjugar. Mas os vereadores que exageram em suas subserviências caninas e "assumem os peidos do prefeito, dentro de elevador superlotado", são os mais serviçais e como tais, não passam de bananas!

8 de dezembro de 2018

DR BALDUÍNO E SEU LAR DE AMOR AO PRÓXIMO

Esporadicamente visito o abrigo e testemunho a alegria do
Dr. Balduíno em atender idosos abandonados por familiares
Algumas vezes estive visitando o Asilo da Fundação Dr. Balduíno Lopes de Azevedo e confesso que os sentimentos de dor e alegria não deixei quando sai. Quem já teve a oportunidade de visitar um asilo? É de se imaginar, que muitos já fizeram essa visita. E qual foi o sentimento? A sensação proporcionada, ao ver aqueles inúmeros idosos desolados, sem esperança, não desejando eles mais nada, além da espera do fim de suas vidas? Entrar em um asilo é deixar no portão do mesmo toda nossa alegria, já que é inevitável não recebermos no espírito uma enorme parcela de tristeza. No interno desse local encontramos pessoas injustiçadas, que foram jogadas ao escanteio pelo seio muita das vezes de suas próprias famílias, pais e mães que lutaram um dia bravamente por seus filhos e hoje aí estão recebendo o amargoso retorno, da ingratidão inexplicável dos mesmos. O brilho no olhar desses idosos nos traz reflexão, nos faz imaginar o que houve naquela família, que mal foi plantado naqueles corações responsáveis por internarem esses velhinhos, para tomarem assim essa bruta e cruel atitude. Realmente é triste levantar a cabeça e firmar o olhar no semblante de cada uma dessas velhas pessoas, as quais para a sociedade e principalmente para suas famílias já não servem mais. Filhos gananciosos e sem sentimento algum, internam seus pais em um asilo com a intenção de tomarem posse total dos bens familiares, porém mal sabem esses que o cantinho do inferno os aguarda de braços abertos. Às vezes, simplesmente por uma doença declarada pelos médicos como que sem cura é o motivo crucial para a tomada de decisão da família, que não hesita em internar o idoso num asilo e o pior de tudo é que em tais mentes ainda imaginam "nos livramos desse peso!" Na verdade a internação seria para os familiares, mas não em lares onde possam receber cuidados especiais e sim na cadeia, pois o prêmio para esses indivíduos amargosos e sem caráter é viverem perpetuamente atrás das grades, pena que ainda não existe uma lei para esse encoberto crime familiar. Dentro dos asilos existem profissionais, que em diversos casos são corações voluntariosos dispostos a cooperarem em função da vida desses idosos excluídos do seio familiar. Cuidar desses velhinhos com carinho e dedicação é ter dentro de si uma grandeza sem igual, a maravilhosa sensação de dever cumprido e de que estamos mais próximos da vaga ao paraíso. Quando são internados nos asilos, os idosos choram por dentro em um mar de solidão, porém quando começam a receber carinho e atenção, como que os premiando por tudo que fizeram na vida social e familiar, ganham no espírito um novo entusiasmo. As marcas tristes da vida iniciam um adeus, dando lugar à alegria incondicional de que estão ganhando inesperadamente uma nova família, mas o certo é que nunca tirarão da pequena escala de seus corações, a tristeza profunda que a ingratidão de suas famílias os ofereceu. O Abrigo Dr. Balduíno de Azevedo, atende mais de 80 idosos, com as mais diversas carências. Com tratamento adequado o Abrigo tem despesas que são diárias. Necessitam de apoio, em qualquer quantidade, um gesto nobre supera o quantitativo. Amor, carinho, atenção são fundamentais, reserve uns minutos do seu dia e faça uma pessoa mais feliz, visite um idoso, leve aquilo que temos e muitas vezes desprezamos, mais quando nos é tirado, deixa uma lacuna de solidão. É um grande aprendizado ver que pessoas já no fim da vida, “com muito a reclamar” nos dão uma lição de que devemos aproveitar cada momento vivido, agradecer pelo que temos, valorizar a nossa família e as pessoas que vivem ao nosso redor. O Abrigo localiza-se na Rua Ribeirão, 49 - Bairro de Fátima Itabuna, Bahia, entre em contato pelo telefone: 73 3215-3528 pergunte a necessidade do momento e ajude!

TROUXAS TERÃO QUE APLAUDIR OS ESPERTALHÕES EM 2020

"Cuma" e o "Cabeça de Pitu" protagonizam
Itabuna com prefeitura pobre e prefeito rico!
As próximas eleições municipais em Itabuna, terão situações bizarras para todos os gostos e desgostos dos eleitores e cabos eleitorais. O que até pouco tempo, era inimaginável de acontecer, acontecerá! No mesmo palanque deverão estar juntos, antigos arquiinimigos políticos e pessoais. E sob eles, cabos eleitorais e militantes partidários, que protagonizaram homéricos furdunços em campanhas recentes. Fernando Gomes (Cuma) estará abraçado a Geraldo Simões (Cabeça de Pitu) e Rui Costa (Pinóquio), com "fernandistas", "geraldistas", petistas e comunistas os aplaudindo e endeusando. A este compadrio se dá o nome de "samba do crioulo doido" e mistura de gregos e troianos, onde só dança quem é cara de pau! O que esse trio de espertalhões vai querer, é manter a prefeitura sob domínio de grupetos parasitas, inúteis, sem a responsabilidade de dimensionar as consequências negativas que a perpetuação desse "statu quo" tem causado aos itabunenses. E tudo isso diante de uma horda de trouxas, que apoia, vota, elege e reelege os verdugos, que fizeram Itabuna sair da terceira, para a sétima posição entre as maiores cidades baianas. 

7 de dezembro de 2018

PASTOR PERDERÁ CONTROLE DO PRB EM ITABUNA

Pastor Francisco não conseguirá evitar "a vaca ir pro brejo"!
Com o PRB baiano sob liderança do reeleito deputado federal, Márcio Marinho, o comando do partido em Itabuna deverá voltar para o ex-secretário de Assistência Social, José Carlos Trindade. O vereador e presidente do partido, Pastor Francisco, não tem conseguido fazer o PRB crescer na cidade e este fato está incomodando seus correligionários e superiores. A cúpula do PRB está receosa do partido ter dificuldade de arregimentar candidaturas suficientes, para assegurar que a sigla permaneça com representação na Câmara Municipal, pois há suspeita de que os políticos terão restrição de se filiarem a um partido, cuja direção esteja com um vereador com pretensão de ser reeleito. E este fato é agravado pelo perfil predador do vereador Pastor Francisco, que ainda é beneficiado por pastores, que coagem seus "zumbis" a votarem nele, para não queimarem no quinto dos infernos. Com Trindade seu presidente, o PRB poderá ser restruturado e se readequar à legislação eleitoral, que impede coligações e este fato exigirá que os partidos tenham candidatos suficientes para atingirem o coeciente eleitoral. E que a "Santíssima Trindade" e todos os orixás, ebós e os cambaus, possam interceder para que o PRB não permaneça como antro de vereadores parasitas, inúteis e medíocres!

CUMA DIZ QUE NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR SALÁRIOS DE DEZEMBRO

Cuma está parado até para quem faz a prefeitura não parar!
A situação financeira das prefeituras começa a romper a barreira do preocupante para tornar-se mesmo assustadora. Após os sucessivos atrasos em Itabuna, agora moradores de diversos municípios sulbaianos relatam que a remuneração do mês não foi paga integralmente - o que algumas prefeituras negam, argumentando que só não foram pagos o décima terceiro. O risco que se corre, na atual situação de penúria nas finanças municipais, é de o calote se tornar cada vez mais frequente, a ponto de se transformar de exceção em regra. Em Itabuna, nem a greve do funcionalismo público por não pagamento dos salários sensibilizou o prefeito Fernando Gomes (Cuma), que já avisou que neste mês, de novo, não tem o que fazer, e reclamou da postura do sindicato - como se, além de estarem com o salário atrasado, os servidores fossem obrigados a aceitar isso. Itabuna realmente está em situação pior que as demais cidades sulbaianas, ao menos se levado em conta o que divulgam as prefeituras destes municípios, porém, a crise atinge todas. Por isso é que ações de contenção de despesas são tão importantes neste momento. Honrar com os compromissos em dia precisa ser a meta número um de prefeituras. Enquanto isso, os sindicatos precisam fazer sua parte e não deixar a pressão arrefecer, mesmo diante das já conhecidas dificuldades. O que não pode é que esse momento delicado que a Bahia e o País atravessam, por conta de uma crise que parece sem precedentes, seja usado como ponto de partida para perpetuar injustiças e transformar tudo que é errado em parte do cotidiano.

6 de dezembro de 2018

AÇÃO DE VOLUNTÁRIOS PARA LIMPEZA DAS PRAIAS DE ILHÉUS

O GAP está em campanha de limpeza das praias de Ilhéus!
Acontecerá neste sábado (08), uma grande mobilização, organizada pelo GAP- Grupo Amigos da Praia, para limpeza das praias de Ilhéus pós-descida das baronesas nestes últimos dias. As intensas chuvas trouxeram junto com essa planta aquática, uma quantidade imensa de lixo que mata a vida marinha e afeta a qualidade da água do mar. O GAP é uma ONG que atua na limpeza das praias com coletas semanais de resíduos, além de realizar palestras de educação ambiental e manter campanhas permanentes de sensibilização da comunidade sobre a problemática do descarte inadequado de lixo, tudo isso através do trabalho de seus voluntários. No sábado estão previstas 2 grandes ações, com mobilização intensa da comunidade. A primeira será a limpeza da Praia da Concha (Morro de Pernambuco) com concentração às 06:30 da manhã no próprio local, e a segunda às 15:30 na Praia da Avenida Soares Lopes com concentração na Catedral de São Sebastião. O trabalho basicamente consiste na coleta de LIXO, durante 1 hora de ação, o qual é contabilizado ao final. Até os dias de hoje, o GAP já retirou das praias de Ilhéus mais de 11 toneladas de lixo. Os municípios que compõe a Bacia do Rio Cachoeira pouco fazem a respeito do crescimento exponencial das baronesas que são bio-indicadoras de poluição: quanto mais destas plantas aquáticas nos rios, maior o nível de poluição das águas; com a omissão dos órgãos públicos, Ilhéus acaba recebendo toda essa “herança”. O Mutirão de Limpeza é voluntário, basta chegar e ajudar. Se possível, levar sacos de lixo e luvas, mas se houver dificuldade o GAP da uma ajudinha. “Pedimos que as pessoas venham com boné, calçado fechado, protetor solar e MUITA BOA VONTADE. As praias de Ilhéus estão sofrendo, todos perdem com o lixo nos mares e oceanos, principalmente os animais, as espécies marinhas e também os seres humanos. A ONU estima que, se nada for feito, em 2050 teremos mais plástico no mar do que peixes, e isto afetará nossa alimentação.  A participação de todos os cidadãos é fundamental.” destacou Vinícius Alcântara coordenador do GAP- Grupo de Amigos da Praia.
Mais informações
Instagram : @gap_ilheus
Telefone: 073-991960580 (Vinícius)
Dia da Ação: 08/12/2018
Local e Horário: Praia da Concha 6:30, Praia da Avenida 15:30

AZEVEDO ENTRE A "CRUZ E A ESPADA"

Azevedo está entre as alternativa de ser prefeiturável de Cuma e Rui,
ou compor como Vice do médico Mangabeira com apoio de Augusto Castro!
O ex-prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, está propagando sua pretensão de voltar a ser prefeito. E para tanto tem se articulado com diversas lideranças comunitárias, partidárias e religiosas. Mas o campo não anda muito fértil, para sua coleta de adesões. Ele ainda necessita agir mais para ampliar seu leque de apoiadores e esta tarefa tem sido dificultada pelo fato dele não ser único nessa busca. Entre os prefeituráveis Itabuna já conta com Elias Fernandes (PTC), Professor Max (PSOL), Ronaldo Abude (DEM), Erick Ettinger (sem partido) e outros. Os camaradas e companheiros de PCdoB e PT se movimentam para comporem uma chapa majoritária e não aceitam acordo com o capitão e vice-versa. O situacionismo deverá convergir um único candidato do prefeito Fernando Gomes (Cuma) e do governador Rui Costa, que mesmo sendo do PT, não deverá se restringir a alternativa de apenas o palanque da esquerda sua aliada: Rui e Cuma pretendem forjar um candidato competitivo e este inexiste no PT e PCdoB. Restará apenas Azevedo para eles tentarem ser vitoriosos em 2020. Mas Azevedo não tem somente essa bola na marca do penalty. Ele pode ganhar o jogo com a oposição e para tanto, basta concordar em compor como vice a chapa do prefeiturável Antonio Mangabeira (PDT), que já conta com apoio do deputado estadual Augusto Castro (PSDB) e tenta ter apoio do médico Renato Costa do PSB. Juntos, Mangabeira e Azevedo, com apoio de Augusto e Renato, o resultado eleitoral será de favas contadas!

5 de dezembro de 2018

VEREADORES QUASE VÃO ÀS VIAS DE FATOS EM ITABUNA

Xingamentos marcaram o encontro e Ninho com Zico hoje!
A turma do grupo “Eu sou a Universal” evitou que acontecesse hoje à tarde na Câmara Municipal de Itabuna, um escandaloso “arranca rabo”, envolvendo os parlamentares Ninho da Saúde (PR) e Zico (PTC). Assessores do vereador e Pastor da Igreja Universa, Francisco Edes Batista (PRB), intervieram para conter o que seria um escandaloso confronto físico, em que Ninho tentava esbofetear Zico, ou vice-versa! Tudo começou quando terminou as eleições da Mesa Diretora em que Ricardo Xavier (PPS) foi eleito num grupo, que preteriu o republicano e fez ele “ficar fora da boquinha” (obtenção de cargos comissionados, cujos salários são de marajás e maranis). E segundo o que esbravejava Ninho, havia um pacto entre ele e Zico, para ambos estarem juntos em qualquer que fosse o caminho a seguir naquela processo eleitoral. Zico embarcou na vitoriosa “panelinha” de Xavier e deixou Ninho a “ver navios”! Sentindo-se traído o vereador do PR só voltou a estar com Zico na tarde de hoje e não quis perder a oportunidade de buscar satisfações. Resultado: bravatas, xingamentos e necessidade de intervenção dos beatificados obreiros da Iurd e avultados assessores do Pastor Francisco, para evitar que houvesse necessidade daquele encontro exigir que um dos dois brigões, acabasse tendo que ser transportado por ambulância, camburão, ou rabecão!

XAVIER RESISTIRÁ AO "CANTO DA SEREIA"?

Não queremos crer, que Xavier trilhe o mesmo caminho de Chico,
ao se submeter à condição de subserviente aos interesses de Cuma!
A maioria dos vereadores de Itabuna, é o que há de mais subserviente entre os cupinchas do prefeito Fernando Gomes (Cuma). A horda de lacaios de Cuma, é integrada por empresários, líderes comunitários, ocupantes de cargos comissionados, contratados e fornecedores da prefeitura. Mas são alguns vereadores seus mais fervorosos bajuladores. E entre eles, existem aqueles que até são capazes de assumirem peidos fétidos do prefeito, em cabine de elevador superlotada. Poucos não se emporcalham na pocilga de nomeações de parente e aderentes, no circulo vicioso de trocas de interesses inconfessáveis e sórdidos. Esta talvez não seja a realidade da atual Mesa Diretora da Câmara, sob comando de Chico Reis (PSDB) e espero que não seja diferente quando Ricardo Xavier (PPS), o suceder para o próximo biênio 2019/20. 

4 de dezembro de 2018

QUAL O MELHOR APELIDO PARA O GOVERNADOR? RUI MENTIRINHA OU RUI PINÓQUIO?

Rui tem revelado o quanto mentiu para se reeleger!
Durante a campanha eleitoral, o então candidato Rui Costa disse que a Bahia estava super bem financeiramente, que as contas estavam em ordem e a situação fiscal estava tranquila. Passada a eleição, veio a BOMBA no colo dos baianos, essa que nós já alertávamos faz algum tempo: A BAHIA ESTÁ QUEBRADA! PT de Rui Costa e Jaques Wagner destroçaram a máquina pública, quebrou as finanças estatais e mentiram para a população. Agora o governador vem dizer que não omitiu. Tenha paciência, RUI! Você vendeu gato por lebre e brincou com a inteligência do eleitor. Agora entrega presente de grego. Seu apelido vai deixar de ser Correria (Corre, corre e não sabe para onde vai) e passará a ser RUI MENTIRINHA OU RUI PINÓQUIO. O povo vai decidir!

3 de dezembro de 2018

PAULO LIMA TAPANDO BURACO NO TITANIC DE CUMA

Paulo Lima está como um anjo cuidando de um diabinho!
O Jornalista Paulo Lima é uma daquelas personalidades que protagonizam o que há de melhor na comunicação sulbaiana. Não existe nenhum orador mais mágico e melhor maestro das palavras, que ele! São firmes suas gesticulações, empostação de voz, firmeza de expressão, domínio de platéia e pertinência de fala. Sua conduta é inquestionável na diplomacia e sinergia com colegas de categoria. Tem carisma, inteligência e compostura. Conscientiza, aclara e forma opinião com relevância e facilidade. É um extraordinário mago das comunicações. Mas quis o destino, que ele se submetesse à vulnerabilidade de comandar a diretoria de comunicação do governo do desnorteado e rejeitado prefeito Fernando Gomes (Cuma). E aí é onde a jiripoca deveria piar e a porca torcer o rabo. Paulo Lima, está demonstrando que não é tão somente o máximo em operar imprensa. Está exercendo a função de ilusionista e mágico, ao transformar chumbo em ouro e tirar leite de pedra. Paulo Lima mostra habilidade para dominar leões e fazer jumentos terem raciocínio lógico e se comportar como gente. Os fatos tornariam suas tarefas inglórias e fadadas ao fracasso. Mas Paulo Lima aglutina, cria e revela sabedoria ao nadar em mar revolto e não se deixar engolir pelos tubarões sorrateiros e nem os deixa serem afogados. Assim ele tem incorporado o conceito de transparência e feito o prefeito entender a comunicação bem feita como instrumento de alavancar e facilitar os processos de gestão pública. E mantê-la como canal aberto entre o município, a população, os governos estadual e federal, a iniciativa privada e o terceiro setor. Paulo Lima está mostrando-se especialista, na ação da informação oficial, interagir com a população. E tem inovado ao inserir o marketing da gestão nas redes sociais. Uma das poucas particularidades plausíveis do governo de Cuma, é ter um gentleman, ombudsman e marketman como seu diretor da divisão de comunicação. 

VIOLÊNCIA FAZ ITABUNA ADOECER

A preocupação com a violência está adoecendo os itabunenses!
Nos dias atuais o itabunense carrega consigo um inimigo invisível que lhe rouba a tranquilidade de espírito, suga-lhe as forças, impede-o de conciliar o sono, retira da vida a alegria, provoca-lhe doenças. É um inimigo perigoso porque vai minando o seu sistema imunológico – chama-se preocupação. Preocupação significa inquietar-se, sofrer antes do tempo. É o que está acontecendo hoje com uma grande parte da população de Itabuna, que vive sofrendo pensando no dia de amanhã. A preocupação é uma invasão do futuro, de um futuro cujas ameaças estão apenas em coisas imagináveis. Atualmente a maioria do povo itabunense vive muito preocupada com algum problema: os serviços públicos de educação, segurança, assistência social e saúde que não funcionam; dívidas, vencimentos minguados para as despesas do lar e desemprego. Mas, talvez seja a violência, que mais tem contribuído, para o aumento da preocupação dos itabunenses. 20 homicídios no mês de novembro e quase 127 assassinatos em 2018, são números preocupantes. Eles criam um clima de inquietação, que faz o cidadão imaginar, que poderá estar entre as próximas vítimas dos crimes que são praticados na cidade e faz de Itabuna um dos municípios mais violentos do país. Essa intranquilidade assusta tanto quanto as ocorrências provocadas por facções criminosas. Elas dão fadiga e perda de resistência física. Itabuna deve voltar a ser uma cidade para viver e não para morrer.

LULA ACHINCALHA MORO, AO DIZER QUE ELE "SAIU DO ARMÁRIO"

Lula se acha no direito de achincalhar com quem o condenou!
A expressão "saiu do armário", é referente ao indivíduo que assumiu sua homossexualidade, depois de negá-la, por longo período. E ela foi usada pelo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em sua primeira manifestação pública após as eleições presidenciais, para atacar o ex-juiz Sérgio Moro e sua relação com o presidente eleito Jair Bolsonaro. Preso e condenado no âmbito da Operação Lava Jato, Lula enviou uma carta que foi lida em reunião da Direção Nacional do PT, que aconteceu na sexta-feira (30), em Brasília. No documento, o ex-presidente petista disse que Sérgio Moro “saiu do armário”. “Se alguém tinha dúvidas sobre o engajamento político de Sergio Moro contra mim e contra nosso partido, ele as dissipou ao aceitar ser ministro da Justiça de um governo que ajudou a eleger com sua atuação parcial. Moro não se transformou no político que dizia não ser. Simplesmente saiu do armário em que escondia sua verdadeira natureza”, disse.

PTB É COMO TITANIC PARA AZEVEDO

Azevedo precisa juntar, ou ser ajuntado, para que
seu barco navegue em águas claras até 2020!
Capitão Azevedo (PTB), não esconde sua pretensão de voltar a ser prefeito de Itabuna. Mesmo sabendo que o médico Antonio Mangabeira (PDT), é, atualmente, franco favorito entre os prefeituráveis para 2020, ele se sustenta na crença de que foi eleito em 2008, sem estar entre os dois principais concorrentes. Naquela eleição, a disputa parecia se restringir ao também capitão Fábio Santana (PMDB) e a petista Juçara Feitosa (PT). Mas, para as próximas eleições, o petebista terá que acalmar o mar revolto que o cerca. Seu barco navega com furos escancarados. A direção do PTB está flexível a compor com qualquer que seja o candidato situacionista e este não será o caso de Azevedo. Sua correligionária na Câmara, Charliane Souza, dá sinais de querer o que quer o capitão, pois tem propagado a pretensão de se tornar a primeira prefeita eleita na história de Itabuna. Já o segundo vereador do partido, Chicão, é liderado do médico Edson Dantas, que com Rui Porquinho, comanda o PTB, com interesses que discordam da candidatura de Azevedo. Por outro lado, o capitão assiste da popa do barco à deriva, o mar revolto infestado de tubarões, com os quais terá que se aliar, ou por eles se engolido! Sem Mangabeira (PDT), Augusto Castro (PSDB), Renato Costa (PSB) e Linaldo Farias (PSC), Azevedo poderá ser apenas mais um concorrente entre aqueles que não serão competitivos, por não terem musculaturas eleitorais e estrutura mínima de recursos e contingente de campanha. Portanto, Azevedo terá que ter Mangabeira como seu vice, ou compor a chapa do pedetista como seu vice. E ambos com apoios de Castro, Linaldo e Renato, são imbatíveis. 

PARTIDOS DIVIDIDOS EM ITABUNA

Está um pandemônio os partidos políticos em Itabuna
Os partidos políticos em Itabuna, estão em condições iguais a um inconciliável "balaio de gatos" e esta é uma expressão popular que significa situação difícil, ou desordem. "Balaio de gato" é o que melhor podemos referenciar como espaço bagunçado e onde predomina uma verdadeira desordem. É isto o que está acontecendo no PCdoB, com seus dois vereadores trilhando campos opostos na Câmara. Jairo é oposição ao prefeito Fernando Gomes (Cuma). Já Aldenes é o oposto disso, com atuações de completa adesão ao alcaide. O mesmo acontece no PTC: Alex da Oficina é subserviente a Cuma; Zico não! No PHS, Babá Cearense faz oposição ao prefeito; Júnior do Trator, não! No PPS, Ricardo Xavier e Nel do Bar são lacaios de Cuma, mas divergem quanto os acontecimentos e posicionamentos na Câmara. Os tucanos tem em Beto Dourado, um dos maiores capachos do prefeito, enquanto seu correligionário Chico Reis varia entre ser aliado e adversário de Cuma. O PTB possui dois vereadores que são da oposição, mas sua direção é do circulo de sustentação do governo municipal, pois o "guru" petebista, Rui Porquinho, é tão "fernandista", quanto quem está "mamando nas tetas do prefeitura". O PDT tem só um vereador; Ederson Guinho, que trata uma disputa interna com o prefeiturável Antonio Mangabeira, embora ambos sejam de oposição a Cuma. PP, PRB, PR, PV, MDB, PRTB e PMN, que são os demais partidos com representações únicas no Poder Legislativo de Itabuna, não conseguem sair do espaço limitados a que seus vereadores se submetem, ao não serem permitidos a se manifestarem com suas próprias posições e ideias. Robinho (PP), é como umbigo de freira: está lá sem sair e sem ficar no mesmo lugar! Pastor Francisco (PRB), é tão insignificante, que, passados mais de 6 anos em que foi eleito pela primeira vez, ninguém sabe ainda o dia que ele assumirá o mandato de vereador. Ninho da Saúde é a mais absoluta personalização de um "poste" e só serve para esquentar a sua "região glutea" numa das 21 poltronas de "representante do povo" na Câmara Municipal. Manoel Júnior (PV) está para a direção do seu partido, tal qual germe do verme do estrume do cavalo do bandido do colarinho branco e há reciprocidade entre os "verdinhos". Antonio Cavalcante (MDB), é tão "eminência parda", quanto Fernando Vita, o vice-prefeito seu correligionário. Milton Gramacho (PRTB), é quem manda e desmanda em seu partido, enquanto ele e o PRTB, são subserviente aos interesses de Cuma. E por fim, Ronaldão (PMN), que comete o despautério de se submeter à condição de "boi de piranha" e "saco de pancada" (desnecessário), ao ser "líder de Cuma" na Câmara. Portanto, entre os partidos com representação na Câmara, não há um só, que não esteja convivendo como "balaio de gatos".

CUMA COMO EMBUSTE EM ITABUNA

Cuma com voto de quem o devota e ele apunhala pelas costas!
Para se eleger prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma), se comprometeu a fazer a cidade ter mais saúde, transportes, festas, esportes, cultura, educação, isso e aquilo! Naquele momento ele estava precisando voltar a tomar conta das contas da prefeitura, pois estava sem dinheiro e sem eira e nem beira. Cuma não tinha boas intensões e pouca estava se importando com a situação de penúria dos itabunenses. O povo estava pobre e ele também estava pobre, mas a prefeitura estava rica. Então Cuma juntou dois com dois e fez uma quadrilha, para operar melhor sua festança junina, julina, etc. E a ópera-bufa sob sua batuta resulta no céu de brigadeiro, para seus vôos sorrateiros, contra quem o fez rei de um reinado vilipendiado, com súditos desempregados, esfomeados, adoentados e menosprezados. Com Cuma Itabuna tem prefeitura pobre e prefeito rico. Com eleitores que fazem de pinico, as urnas eleitorais, a cidade permanecerá infernizada e sua gente comendo o "pão que Cuma amassou"!

2 de dezembro de 2018

PESQUISA MOSTRA QUE AUMENTOU A APROVAÇÃO A BOLSONARO

Bolsonaro está cada vez mais com aprovação dos brasileiros!
A aprovação à atuação do presidente eleito, Jair Bolsonaro, aumentou após o fim da eleição, aponta o mais recente Barômetro Político Estadão-Ipsos. Em outubro, 44% dos entrevistados pelo instituto aprovavam o desempenho do então candidato do PSL. Em novembro, o porcentual subiu para 61%. Foi o único dos principais ex-presidenciáveis que melhorou o desempenho de um levantamento para o outro. O mesmo aumento de 17 pontos porcentuais em relação à pesquisa anterior foi registrado pelo futuro ministro da Justiça, o ex-juiz federal Sérgio Moro. Conhecido pelo trabalho no âmbito da Operação Lava Jato, Moro vinha pontuando na casa dos 40% há meses, sem grandes oscilações. De outubro para novembro, porém, a aprovação saltou de 42% para 59%. Ele aceitou a nomeação para o ministério no primeiro dia deste mês. O instituto cita o nome de figuras públicas e pergunta aos entrevistados como eles avaliam sua atuação no País. Ou seja, não se trata de uma pesquisa equivalente àquelas que medem a rejeição de um candidato durante eleições, por exemplo. Ao contrário do presidente eleito e de Moro, os ex-concorrentes de Bolsonaro na corrida presidencial viram a aprovação diminuir no novo levantamento. Fernando Haddad (PT), cujo desempenho era visto como positivo por 40% no mês da eleição, agora aparece com 31%. A desaprovação à atuação do ex-prefeito, por outro lado, saltou de 55% para 62%. Terceiro colocado na eleição, Ciro Gomes (PDT) oscilou três pontos porcentuais para baixo e agora tem a atuação aprovada por 28% dos entrevistados. Como a margem de erro também é de três pontos, a oscilação não configura uma queda real. O mesmo ocorreu com Geraldo Alckmin (PSDB), que passou de 19% para 16% de aprovação ao seu trabalho. O presidente Michel Temer foi outro que oscilou dentro da margem de erro. Mas, no caso dele, para cima. Aprovado por 3% em outubro, subiu para 6%. A reprovação, por sua vez, oscilou dois para baixo e agora está em 92%. Já o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso no âmbito da Operação Lava Jato, tem agora 38% de aprovação, ante 40% no levantamento de outubro. Entre os ex-presidenciáveis, a curva que mostra a queda na desaprovação aos candidatos ilustra bem o modo como Bolsonaro foi melhorando a cada pesquisa. Em cinco meses, de julho a novembro, a desaprovação à atuação do presidente eleito caiu pela metade: passou de 60% para 30%. Para ficar na comparação com seu adversário no segundo turno, Fernando Haddad, o petista aumentou em cinco pontos a desaprovação no mesmo período. Alvo de ataques durante a campanha, incluindo boatos como o “kit gay”, Haddad passou de 57% para 62% de desaprovação. O Ipsos ouviu 1.200 pessoas em 72 municípios do País entre os dias 3 e 14 de novembro de 2018. A margem de erro da pesquisa é de três pontos porcentuais para mais ou para menos.