Máscara

Camara

oi

oi

30 de novembro de 2018

VACILOS DOS ADVERSÁRIOS FAZEM XAVIER NOCAUTEÁ-LOS

Xavier se locupletou das indecisões de Ronaldão e Aldenes!
Sem concorrentes, Ricardo Xavier (PPS), foi eleito presidente da Câmara Municipal de Itabuna, na tarde de hoje, sexta-feira (30). Este resutado decorreu das indecisões dos vereadores Ronaldão (PMN) e Aldenes Meira (PCdoB), que vacilaram em perderem muito tempo discutindo, qual dos dois seria o presidenciável. E enquanto eles se mantinham indecisos, Xavier articulava com o prefeito Fernando Gomes (Cuma) e o atual presidente da Câmara, Chico Reis (PSDB), a adesão de vereadores da oposição. Tanto que a composição da Mesa Diretora eleita hoje, é de quase 100% de vereadores da oposição a Cuma. A exceção é do próprio Ricardo Xavier. A chapa única sob presidência de Xavier, obteve 13 votos dos 21 vereadores-eleitores. A sessão transcorreu com ausência de oito vereadores, que assim manifestaram insatisfação com o resultado da eleição. O resultado da votação foi comemorado, entre outras pessoas, por familiares e correligionários dos membros eleitos. Dos seis membros da Mesa Diretora, que tomará no dia 02 de janeiro de 2019, às 10h., apenas o 1º Secretário eleito, Manoel Júnior (PV), não integrava a Mesa Diretora atual. Atualmente, Manoel preside a Comissão de Legislação. Os demais integrantes, Chico Reis (PSDB), Charliane Sousa (PTB), Guinho (PDT), Babá Cearense (PHS) e o próprio Ricardo Xavier revezaram-se nos cargos dentro da Mesa. 

GOVERNADOR COM A MÃO NO BOLSO DO SERVIDOR

O servidor do Estado, tem hoje o governador como seu traidor!

O governador Rui Costa (PT), está determinando o aumento da alíquota de contribuição previdenciária de 12% para 14% para o funcionalismo público. A consequência dessa medida, é agravar a situação da falta de aumento salarial para o funcionalismo estadual e consequente redução de ganhos do trabalhador, decorrente do aumento da alíquota da previdência. Pós-eleição, o governador traz isso à tona e o trata como se esse prejuízo ao servidor, já tivesse sido sinalizado em sua proposta de reeleição. O fato é que Rui só agora admite que a Previdência é deficitária, tendo passado todo o período eleitoral afirmando que o Brasil não precisava de reforma da Previdência, que faltava gestão e que ela era extremamente superavitária. E para não dizer que Rui acabou com seu estoque de judiação contra servidores, sobretudo que o apoiaram em sua campanha de reeleição, o governador anunciou que exonerará mais de mil cargos comissionados. Rui planeja extinguir 1,5 mil cargos comissionados. Atualmente a administração estadual tem hoje 13 mil postos comissionados. Vale lembrar que um dos primeiros atos do governador Rui Costa quando foi eleito foi cortar mais de mil cargos comissionados, no início de sua gestão.

O QUE FAZ SÉRGIO GOMES AGORA?

As dúvidas sobre o paradeiro de Sérgio Gomes são tão grandes,
que até imagem de Pedro Gago na praia, é vista como a dele!
No transcurso das últimas eleições, o então candidato a deputado estadual, Sérgio Gomes, era visto e revisto a todo instante nas redes sociais, esbravejando suas boas intensões de protagonizar boas idéias, projetos e ações, para melhorar a vida do povo sulbaiano e em especial, cuidar bem dos itabunenses. Onde quer que você fosse, lá estava  o filho do prefeito, Fernando Gomes (Cuma), expondo suas propostas e se mostrando preocupado com as questões sociais e econômicas de Itabuna. Não havia problema, que não tivesse rápida sugestão para sua solução. Mas a eleição acabou e com a derrota fragorosa de Sérgio, ninguém mais ouviu e viu ele. O filho de Cuma sumiu. E com seu desaparecimento, também sumiu seu interesse de ajudar o povo e estar mais próximo dele. Este fato revela, que suas promessas e idéias, eram tão reais, quanto uma cédula de três reais. Sérgio era só um engodo político e eleitoral. Hoje ele é o que era antes do pai se eleger prefeito: um fantasma, ou algo tal qual umbigo de freira, pois existe, mas ninguém ver e existe sem nenhuma serventia orgânica. E há quem pergunta sobre por onde anda e o que tem feito Sérgio Gomes, depois que perdeu a eleição. Essa é uma pergunta, cujas respostas podem ser complexas e múltiplas. Uma delas, é que talvez Sérgio esteja se deleitando e se embevecendo de prazerosas praias ensolaradas e caras do Caribe, Bahamas, ou Dubai. Tudo por conta da mesma fonte de enriquecimento, a se beneficia o própria pai: o erário!

29 de novembro de 2018

POLÍCIA FEDERAL PEDIU PRISÃO TEMPORÁRIA DE JAQUES WAGNER

Não deve estar faltando muito tempo para a prisão de Wagner
A Polícia Federal pediu a prisão do ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT), do secretário de Casa Civil do Estado, Bruno Dauster, e de um empresário. As solicitações foram negadas pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), responsável pelos mandados que deflagraram hoje, a Operação Cartão Vermelho. O superintendente da PF, na Bahia, Daniel Justo Madruga, afirma que os investigadores, inicialmente, queriam a condução coercitiva dos três suspeitos. Como a medida está suspensa desde dezembro, por decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), a Polícia Federal requereu a prisão temporária. “Nós entendíamos que nesse momento seria importante a condução coercitiva dos investigados para que eles depusessem sem a possibilidade de combinar nenhum tipo de resposta, mas por decisão do Supremo Tribunal Federal as conduções coercitivas estão suspensas. Não se pode adotar esse tipo de medida. Nós entendíamos que era necessária a condução. Não havendo a possibilidade de condução, alternativamente se pediu a prisão temporária que foi negada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região”, afirmou Daniel Madruga. Jaques Wagner foi alvo de mandado de busca e apreensão da operação e teve sua residência e seu gabinete na Secretaria de Desenvolvimento Econômico do governo do Estado vasculhados.

CUMA MANDA CHICO BANCAR XAVIER PARA SUCEDÊ-LO NA CÂMARA

Cuma manda e desmanda em vereadores que
deveriam mandar ele para as amarras da Justiça!
O prefeito Fernando Gomes (Cuma), gostou de ter a maioria dos vereadores sob sua batuta, nessa atual composição de Mesa Diretora. Tanto que quer a Câmara mais subserviente aos seus interesses. E mesmo com tranquilidade de se beneficiar com tudo o que encaminhou para aprovação e se livrar de situações de fiscalização e votação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), Cuma quer uma Câmara mais subalterna. Ele acha que Chico Reis (PSDB) na presidência não está sendo tão condescendente quanto haverá de ser Ricardo Xavier (PPS) e por isso usou Chico para articular a adesão de parlamentares da oposição a este seu propósito. O plano de controle do Poder Legislativo, foi tão sórdido, que até vereadores capachos, lacaios e "boneco de ventríloquo" do prefeito, foram preteridos no processo. O resultado dessa manipulação maquiavélica, será a dificuldade da Câmara fiscalizar o prefeito e facilidade para aprovação de projetos do máximo interesse de Cuma, como é o caso da privatização da Emasa. Com Chico a Câmara está no purgatório; com Ricardo Xavier, estará no quinto dos infernos e o povo itabunense permanecerá "comendo o pão que Cuma amassou".

28 de novembro de 2018

NEL PINEL COM XAVIER

Nel está doido de aperreio com o correligionário Xavier, que o
preteriu na composição de sua chapa para a eleição da Câmara
A eleição para a Mesa Diretora do biênio 2019/20, deverá ter consequências prejudiciais para as finanças do vereador Nel do Bar (PPS), porque seu correligionário Ricardo Xavier, será o presidente eleito e o excluiu da “panelinha”, que distribuirá os cargos comissionados na Câmara Municipal. Nel, preterido, perderá todos os cargos ocupados atualmente por seus indicados. E assim se tornará “Canela seca”, que é o termo referente para quem não compõe o grupo vencedor. Ter sido excluído pelo colega de partido, deixou Nel quase maluco de contrariado. E há quem já diz sobre a loucura que será a relação entre eles. Haja “Camisa de Força” para Nel que vai enlouquecer Ricardo! O fato é que a camisa já deve está reservada, faltando apenas saber, qual dos dois deverá usá-la, ou se ambos caberão dentro de uma camisa apenas!

RUI TRATA ÚNICO VEREADOR DO PT DE ITABUNA, COMO "CARTA FORA DO BARALHO"

O Governo do PT está dando "uma banana", para
o único vereador petista no município de Itabuna!
Candidatos correligionários do governador, em período eleitoral municipal, usa e abusa do apelo de pertencer ao time dele, como garantia de que este fato facilita favorecimento dos seus interesses e melhor acesso ao núcleo de decisões governamentais. Esta é uma realidade a quem,, realmente, é do círculo pessoal e não partidário do governador. O fato de está filiado ao mesmo partido do mandatário, nem sempre corresponde ao compadrio, que faz pedido, automaticamente, ser atendido. Neste conexto, o único vereador do PT de Itabuna, Júnior Brandão, está submetido à condição de "décima terceira pessoa, depois do substituto, do reserva de gandula", no jogo sujo em que Rui Costa planeja fechar as portas do Colégio Estadual Sesquicentenário (CISO), criado pelo saudoso Josué Brandão, pai de Júnior Brandão. Para o governador, o CISO é como um "boi que não dá leite" e só serve para dar prejuízo ao Estado. Ele está muito pouco "se lixando", para o luxo em que o CISO se insere na história da educação e dos desportos em Itabuna. Este despautério é tão inconsistente, quanto estúpido e revela o quanto Rui Costa é ingrato com seu correligionário e com os itabunenses. Acabar com o CISO, é um ato absurdo de desrespeito a história e sobretudo, de desdém e traição ao gestor, educador e vereador, Júnior Brandão!

27 de novembro de 2018

A PREFEITURA COMO BEZERRINHA DO PREFEITO

Cuma só é rico quando está prefeito e empobrece a prefeitura!
Conta a estória infantil, que um casal sem filhos vivia numa pequena cidade do interior. Eles eram conhecidos por serem muito avarentos e nunca estarem satisfeitos com nada. Um dia, um duende brincalhão que por ali passava ouviu o que se comentava na cidade sobre esse casal, e decidiu dar-lhe uma galinha que todos os dias poria um ovo de ouro. E o casal assim teria todo o ouro que sempre desejou ter e seria feliz para sempre. Ganancioso e ansioso, para ficar rico logo, o casal resolveu matar a galinha, pois imaginou que assim teria rápido todos os ovos que ela demoraria de pôr. Sem hesitar, pegaram a pobre galinha e abriram-na para assim poderem tirar todos os ovos. Mas qual não foi o espanto do casal ao ver que dentro da galinha não havia nenhum ovo de ouro… Marido e mulher começaram a praguejar e a chorar, lamentando-se da sua sorte, pois por ganância tinham perdido para sempre a galinha dos ovos de ouro. Uso essa estória como parábola, para ilustrar a realidade dos tempos atuais, em que um prefeito esbraveja aos quatro cantos do mundo ser "gigolô de vacas e bezerros" e tem a prefeitura como sua "bezerrinha dos ovos de ouro". Esta é uma história de  um sujeito pobre, que se elege prefeito e fica rico, com os "ovos de ouro" de uma prefeitura que era rica e que ele fez ficar pobre! Cuma pode (?)!

26 de novembro de 2018

É LOUCO QUEM VOTA NO CORRUPTO GERALDO

É louco quem vota e apoia ladrões do dinheiro púbico
Há um ditado popular que garante ser quem apoia ladrão, ladrão também. Talvez este seja um fato, na conduta de alguns indivíduos. Mas não se pode generalizar. Por exemplo, a absoluta maioria das pessoas que apoiam e votam no corrupto ex-deputado Geraldo Simões (Cabeça de Pitu), não pode ser considerada como seus comparsas na prática de roubo do dinheiro público. Existem entre os aliados do petista, alguns bandidos do colarinho branco, que não podem ser considerados apenas como seus aliados, eleitores e apoiadores. Mas, muitos "geraldistas" que não são corruptos, também não podem ser considerados como "bem intencionados" e responsáveis! Há quem o apoia por perspectiva de obtenção de cargos comissionados; vantagens pessoais; almejam contratos e fornecimentos diversos e existe a maioria de "geraldistas", que não é ladra, pelega, ou algo que o equivalha. Estes são os loucos. A insanidade de apoiar pústulas, não os fazem enxergar o quanto são estúpidos e "vítimas do encantador de jumentos"! Portanto, que apoia e vota em corruptos como o petista Cabeça de Pitu, é louco e daqueles, cujo comprometimento de complicação cerebral, é tão elevada e profunda, que nem uma junta médica neuropsiquiátrica cura e, ou, explica!

O BRASIL TEM 62 MILHÕES DE INADIMPLENTES

Tem muita gente devendo sem condições de saldar suas dívidas 
A taxa de inadimplência ao crédito do sistema financeiro no Brasil chegou a 3,04%, ou em termos absolutos R$ 96,6 bilhões de um saldo total de R$ 3,168 trilhões. Os dados são do Banco Central (BC). Os valores não discriminam as contas em vermelho de empresas e pessoas físicas. A inadimplência diz respeito a dívidas em atraso há mais de 90 dias. A dívida a bancos, operadores de cartão de crédito, financeiras e leasing aflige metade (52%) dos brasileiros com “nome sujo” no Serviço de Proteção ao Crédito, o SPC Brasil. Conforme o birô de crédito, em setembro, 62,6 milhões de pessoas estavam “negativados”, equivalente à população da Itália ou pouco menos de um terço da população adulta com 20 anos ou mais - conforme cálculo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), há 209 milhões de brasileiros,194 milhões com idade a partir de 20 anos (conforme cálculo estimado na última quinta-feira,8). Em relação às instituições financeiras, tabela das Estatísticas Monetárias de Crédito, disponível para download na página do BC, a inadimplência junto a essas instituições equivalem a 2,7% dos saldos. No caso das instituições financeiras privadas nacionais, a proporção é de 3,8%. Para as instituições financeiras estrangeiras, o percentual é de 2,6%. A maior parte do montante da inadimplência é devida aos bancos públicos (46,27%). Em segundo lugar, às instituições privadas de capital nacional (41,28%). Em terceiro lugar, às instituições de capital estrangeiro (12,45%).

25 de novembro de 2018

POR QUE ITABUNA VOTA EM CUMA E CABEÇA DE PITU?

Crápulas e pústulas enriquecem com o empobrecimento
dos itabunenses e da prefeitura de Itabuna!
Quase sempre que acontecem eleições em Itabuna, lá estão entre os vitoriosos Fernando Gomes (Cuma) e Geraldo Simões (Cabeça de Pitu). As pessoas iradas comentam nas redes: “como isso é possível”, “que povo é esse” que ainda vota em “gente assim tão desqualificada e corrupta”; “que cidade é essa?” “Vou me embora desse antro de tupiniquins” e por aí vai. Por que os itabunenses votam em polticos corruptos? Quer saber? Nossa memória é a grande responsável por essa tragédia ética. É verdade que alguns eleitores trocam o voto por dinheiro ou dentaduras ou cesta básica de alimentos. Mas isso é uma minoria. São as massas (de todas as classes sociais: elites e classes A, B, C, D e E), no entanto, que decidem as eleições (e que votam nos corruptos). Não é verdade que os eleitores de Cuma e o Cabeça de Pitu, sejam apenas das classes sociais do topo ou da base da pirâmide. Todas as classes sociais votam neles. Como isso acontece? Dentre outras, as explicações neuropolíticas parecem interessantes. Nosso cérebro memoriza e aprende as coisas da vida por meio dos êxitos, não dos fracassos. O homo sapiens, nos primórdios, aprendeu a caçar suas presas pelos êxitos, não pelos erros. Fracassos nós deixamos de lado rapidamente. Quem gosta dos nossos fracassos são os nossos inimigos. Deixe-os então para eles. Nós gostamos dos êxitos. A verdade é que nossa memória registra pouco dos nossos fracassos (e provoca poucas mudanças estruturais e comportamentais). É por isso que, como se diz popularmente, “somos o único animal que tropeça duas vezes na mesma pedra”. O que mais queremos na vida são as recompensas, as vantagens, os benefícios, a sensação de bem-estar, a satisfação dos interesses, o prazer, a alegria, enfim, as coisas boas. Ninguém se interna num hospital para passar umas férias. Nas nossas ações diárias, quando ativamos esse sistema de recompensa, queremos resultados positivos (bons, prazerosos). Se eles acontecem, nossa memória (por força de uma série de mecanismos cerebrais) registra o ocorrido e nos faz aprender, ou seja, nos faz reproduzir no futuro o mesmo comportamento para obter novas recompensas. Se votamos ou apoiamos um político e ele nos traz benefícios e melhoras na nossa qualidade de vida, nosso cérebro aprende que a reprodução do mesmo gesto ou voto pode gerar novos estímulos de recompensa. Esse é o fenômeno que explica, por exemplo, a eleição de Geraldo em 2.000 (apesar de ter sido um fracasso na década de 90). O povo esperava dele novas retribuições. Os políticos experientes sabem que as massas dão prêmios ao passado de êxitos (repita-se: ainda que se trate de um corrupto, ou de um populista, isso acontece); elas reconhecem o que de bom foi feito para elas. Quando as massas não são recompensadas e ficam iradas, até um contrato com empresa de lixo é suficiente para o cartão vermelho. Caso contrário, os olhos se fecham, os ouvidos são tapados e as bocas se calam. É assim que a putrefação ética se espalha na vida pública. As explicações da neuropolítica podem ser contestadas, mas nos fazem pensar. 

24 de novembro de 2018

MINISTRO COM TÍTULO ITABUNENSE DE CIDADANIA GANHA CARGO NO DF

Edson Duarte tem título de cidadão itabunense,
concedido pelo então vereador Gerson Nascimento
A pouco mais de um mês para encerrar as atividades no governo do presidente Michel Temer (MDB), o ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, já tem definição sobre sua atuação política em 2019. Ele foi escolhido pelo governador eleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), para presidir o Instituto Brasília Ambiental (Ibram) a partir de janeiro. A informação é do site ‘Diário do Poder’. Filiado ao Partido Verde (PV), Duarte é pedagogo e ambientalista e também foi deputado federal. Ibaneis também já escolheu José Sarney Filho (PV-MA), conhecido como Zequinha Sarney, para comandar a secretaria do Meio Ambiente. Sarney Filho também já ocupou o posto de ministro do Meio Ambiente no governo interino de Michel Temer em 2016. Edson Duarte (PV), Ministro de Meio Ambiente no governo Temer, recebeu no dia 26 de julho de 2010, o título de cidadão de Itabuna, aprovado por unanimidade, sob autoria do vereador Gerson Nascimento (PV).

22 de novembro de 2018

ELEIÇÃO NA CÂMARA QUASE TEM MAIS CANDIDATOS QUE ELEITORES


Para os demais 18 vereadores a gangorra pode mudar tudo! 
Se um integrante do Poder Legislativo de Itabuna, perguntar para cada um dos demais 20 vereadores, em quem votará no próximo dia 30, para presidir a mesa diretora para o bioênio 2019/20, a resposta não terá outro nome, que não seja do próprio interlocutor. Isto porque o que não falta é quem esteja no páreo para suceder Chico Reis (PSDB), que ainda tenta se manter como comandante da Câmara. Charliane de Souza (PTB) defende que a cidade necessita quebrar a hegemonia de só eleger homem para presidir aquela Casa. Babá Cearense (PHS), recorre a sua capacidade de mascate para melhor disciplinar a relação entre os poderes públicos e harmonizar seus pares. O vereador Aldenes Meira (PC do B) se movimenta para viabilizar sua candidatura e para tanto conta com apoio de Ronaldão (PMN), que poderá desistir de desistir de colocar seu nome como candidato, caso o comunista não consiga viabilizar sua candidatura. Ricardo Xavier (PPS), conta com apoio do prefeito Fernando Gomes (Cuma) e os outros vereadores estão na espreita, observando à perspectiva de nenhuma dessas candidaturas ser concretizada e assim, restar a alternativa de um dos nomes entre os outros vereadores. 

NÃO SE PODE ESPERAR NADA DE QUEM JÁ NÃO TINHA NADA PARA DAR

É melhor Cuma pedir pra sair, do que ser expulso pela Justiça!

Você já soube do ditado sobre quem não serve para nada: "bananeira que já deu cacho"? É exagero meu, ou, realmente, ele se aplica à perspectiva do que ainda estar por vir do governo do prefeito Fernando Gomes (Cuma)? Creio que sim. E por que essa minha convicção? Porque tenho conhecimentos de que o período de maior arrecadação das prefeituras já passou. O alívio financeiro dos prefeitos chegou no segundo semestre de 2016, quando o depósito dos valores decorrentes das multas do programa de repatriação de recursos do exterior começou a aparecer na conta das prefeituras e estes recursos fizeram os prefeitos usarem e abusarem do dinheiro público. Em 2017 as arrecadações permaneceram crescendo e em 2018, surgiu a sangria com gastos ilícitos, aparelhamento partidário do governo e uso indevido das finanças, para bancar campanhas eleitorais de parentes e aderentes dos prefeitos. Deste momento em diante, as prefeituras foram transformadas em cabides de empregos para parasitas, cuja única função era de protagonizarem a ópera-bufa, de serem cabos eleitorais.  Em Itabuna, foram mais de um mil nomeações para cargos comissionados e mais de duas mil contratações de servidores temporários na prefeitura. As consequências deste fato, surgem na falta de recursos para que Postos de Saúde e Escolas, por exemplo, funcionem com o mínimo de dignidade humana. Cuma como prefeito, não tem mais nada para fazer em Itabuna. É menos deprimente para ele, reconhecer suas limitações e fracasso; e pedir para sair... antes que seja expulso!

21 de novembro de 2018

PACHÁ: REMÉDIOS PARA IMPOTÊNCIA SEXUAL ESTÃO SEPARANDO CASAIS IDOSOS

Os avanços da medicina está deixando os idosos fogosos demais!
O Brasil, que sempre cultivou a autoimagem de país jovem, envelheceu. Atualmente, 14% dos brasileiros têm mais de 60 anos. Daqui a três décadas, esse número irá dobrar. Esses dados nos obrigam a rever o conceito de velhice. A juíza e escritora Andréa Pachá tem destacado em suas entrevistas e palestras, a silenciosa revolução da longevidade. Autora do livro "Velhos São Os Outros", Andréa afirmou que o lançamento de remédios para disfunção erétil causou um enorme impacto nas relações de pessoas com mais de 40 anos de casados. Ex-diretor de um programa global de envelhecimento da ONU e uma das maiores autoridades em envelhecimento do mundo, Kalache classificou como "tirania" as consequências desse tipo de medicamento na vida de mulheres idosas. As mulheres não acompanham em termo de libido o que os homens [que usam remédios para impotência sexual] querem exigir. Isso tudo revoluciona e pode ter um impacto muito difícil para uma mulher de 60 anos administrar. Quando o que ela mais quer é ter uma estabilidade, mas se vê diante de um divórcio que ela não pediu. A geração que "descobriu" a adolescência é a mesma que está criando outra transição. Desta vez da fase adulta para a velhice. Não há nada mais repentino que a velhice. Tem que se preparar para ela. A gente nunca se percebe velho. A velhice é uma condição da nossa humanidade. AMOR NA TERCEIRA IDADE - Aos 78 anos, Liça Bomfim cansou de viver sozinha e decidiu procurar um parceiro em um site de relacionamento para pessoas de sua faixa etária. Na sétima tentativa, encontrou Luiz Rocha, de 79 anos. Juntos há dois anos, o casal lembrou que marcaram um jantar para se conhecer pessoalmente. O encontro terminou com um convite para o motel.


SEGUNDA FOI DIA DE FORA MANGABEIRA

A criminosa demissão de Mangabeira, o fortalecerá para 2020
Quando amanheceu o último dia 19 (segunda-feira), Itabuna imaginou que a tarde seria da Caminhada Fora Cuma e enquanto umas 400 a 500 pessoas se dirigiam para a concentração do ato de repúdio ao prefeito Fernando Gomes (Cuma), no Jardim do Ó, o ex-candidato a prefeito de Itabuna, Antonio Mangabeira (PDT), chegava em seu consultório na Policlínica Dois de Julho, para atender dezenas de pacientes, que já o aguardavam. O evento de protesto contra a corrupção na prefeitura e sucateamento da saúde pública, no centro da cidade, ainda não havia iniciado, quando Mangabeira se sentou em sua carteira e se preparava para realizar seu primeiro atendimento. Mas não foi doente que primeiro entrou em seu consultório médico. A porta foi aberta por uma servidora da Policlínica, comunicando a Mangabeira, que o prefeito o havia demitido e com isso o surpreendeu com um "Fora Mangabeira"! Ele já estava demitido e não sabia. A circular foi emitida no dia 14 de novembro, sendo o dia 13, o último dia de atendimento do médico. Mas somente no dia do "Fora Cuma", é que Mangabeira foi notificado da sua demissão, através de uma Circular Interna, assinada pela diretora do departamento de alta e média complexidade, Sandra Regina Morais. Pasmem, a demissão de Mangabeira, ocorreu porque ele não vinha respeitando o fluxo e efetuava atendimentos além da demanda programada, realizando consultas de clínica médica, descaracterizando a unidade que só atende especialidades. Ou seja, Mangabeira foi demitido porque estava atendendo pacientes em quantidade muito acima da sua cota de serviços e costumeiramente, atuava para atender pacientes com demandas que fugiam as especialidades da Policlínica Dois de Julho. O "Fora Cuma" aconteceu, mas criminosamente, não houve atendimentos para os pacientes, que só tinham Mangabeira para medicá-los. 

HADDAD PODE SER PRESO POR CORRUPÇÃO E LAVAGEM DE DINHEIRO

De presidenciável, Haddad na iminência de se tornar presidiário
O ex-candidato à Presidência da República e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), se tornou réu, na segunda-feira (19), por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O juiz da 5ª Vara Criminal da Barra Funda, Leonardo Barreiros, acolheu a denúncia do promotor do Grupo Especial de Delitos Econômicos, Marcelo Mendroni. Entre abril e maio de 2013, segundo o Ministério Público de São Paulo, Haddad teria pedido R$ 3 milhões à empreiteira UTC Engenharia, através do tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto. O valor seria para pagar dívidas de campanha com a gráfica de Francisco Carlos de Souza, o ‘Chicão Gordo’, ex-deputado estadual do partido. O Ministério Público se baseou em delações feitas na Operação Lava Jato para fazer a denúncia. O ex-prefeito também foi acusado de formação de quadrilha, mas esta parte não foi acatada pela Justiça.

DEU POUCA GENTE NO FORA CUMA?

A lama no envolto de Cuma, um dia irá feder e o asfixiar!
Tenho ouvido alguns locutores da Rádio Nacional e lido blogueiros com cargos comissionados na prefeitura de Itabuna, criticarem a Caminhada Fora Cuma, porque não houve a quantidade de participantes que eles projetaram. É óbvio que a imprensa subserviente não merece resposta. Mas, há um adágio que condena o silêncio como condescendente e "quem cala consente"! Este fato nos faz expor nossa opinião sobre este assunto. É óbvio que os "supostos 200 participantes" deste evento, são muito menos pessoas que aquelas nossas milhares de ancestrais, que gritaram Barrabás, num ato público ocorrido dois mil anos atrás. 

20 de novembro de 2018

EUA ELOGIA POSTURA DE BOLSONARO SOBRE O "MAIS MÉDICOS" COM CUBA

Há suspeita de que os médicos cubanos não sejam de verdade!
Os Estados Unidos elogiaram na quinta-feira (15) a postura crítica do presidente eleito, Jair Bolsonaro, sobre o programa ‘Mais Médicos‘, implementado com a Organização Pan-americana de Saúde (OPS) e Cuba, que motivou na véspera o cancelamento da participação dos profissionais de saúde cubanos. “Que bom ver o presidente eleito Bolsonaro insistir em que os médicos cubanos no Brasil recebam seu justo salário ao invés de deixar que Cuba leve a maior parte para os cofres do regime”, escreveu no Twitter Kimberly Breier, a principal funcionária do Departamento de Estado para a América Latina. O presidente eleito pretendia submeter os médicos cubanos a um “teste de capacidade”, pagar o salário integral aos profissionais e permitir a vinda de suas famílias para o Brasil. “Em torno de 70% do salário destes médicos é confiscado pela ditadura cubana. E outra coisa, que é uma falta de respeito com os que recebem tratamento por parte destes cubanos: não temos qualquer comprovação de que sejam efetivamente médicos e estejam aptos a desempenhar sua função”, declarou Bolsonaro na quarta-feira. Havana anunciou que iria abandonar o programa brasileiro – do qual participa desde a sua criação, em 2013, devido a declarações do presidente eleito, que anunciou mudanças no programa a partir de 1º de janeiro, quando tomará posse. Para Bolsonaro, o cancelamento do programa de envio de médicos cubanos ao Brasil foi uma decisão “unilateral” e “irresponsável” da “ditadura” de Cuba, que não aceitou as mudanças pretendidas pelo presidente eleito para manter a cooperação. Cerca de 20 mil médicos cubanos trabalharam no Brasil durante cinco anos, e a decisão cubana afeta cerca de 8 mil que o fazem atualmente. Segundo fontes diplomáticas brasileiras, os médicos cubanos retornarão a seu país antes do Natal, embora calculem que cerca de 2 mil poderiam permanecer no Brasil devido a relacionamentos amorosos e familiares, que lhes permitiriam obter o visto de residência.

19 de novembro de 2018

ATÉ CUMA FOI VER A CAMINHADA FORA CUMA

O Ato Fora Cuma mostrou que nem todo mundo se acovarda em Itabuna
A imprensa jabazeira de Itabuna, está afirmando que apenas 200 pessoas participaram da Caminhada “Fora Cuma”, que aconteceu na tarde de hoje, segunda-feira (19) e que este contingente não atingiu as expectativas dos organizadores. A passeata que contou com locução dos radialistas Jackeline Mendes e Val Cabral, saiu do Jardim do Ó e percorreu a avenida Cinquentenário, com ato de encerramento na Praça Adami. Entretanto, o que a "imprensa oficial", não revela, é que o próprio prefeito Fernando Gomes (Cuma), marcou presença neste ato, ao se cercar de seguranças em um posto de combustíveis no próprio Jardim do Ó e observando a movimentação, ouviu os locutores denunciarem as mazelas do seu governo. O protesto aconteceu contra um prefeito que fecha escolas, acaba com programas como Ei Mamãe e Combate ao crack, atrasa salários de servidores, contrata lixo milionário e não sinaliza sinais de melhoras pelas ruas da cidade. O evento também foi monitorado por alguns comissionados da prefeitura, que filmaram e fotografaram o transcurso da Caminhada e sobretudo, seus participantes. A Caminhada Fora Cuma, atingiu seu objetivo de chamar atenção da população sobre as mazelas protagonizadas pelo prefeito; do Ministério Público, que possui mais de 20 processos implicando Cuma em graves acusações de corrupção e principalmente sensibilizar os vereadores "fernandistas", a reavaliarem seus posicionamentos. Hoe, apenas sete vereadores são de oposição ao prefeito Cuma; Babá Cearense (PHS), Enderson Guinho (PDT), Charliane Sousa (PTB), Chicão (PTB), Manoel Júnior (PV), Jairo Araújo (PCdoB) e Zico (PTC).

CÂMARA DE ITABUNA DEBOCHA DA MEMÓRIA DE JOSÉ ADERVAN E DESCUMPRE LEI QUE ELA MESMA APROVOU

Tive a honra e o privilégio de homenagear José Adervan em vida!

Na Inglaterra, na Argentina ou no Chile, um vereador de capital como o Rio custa ao contribuinte entre R$ 100 mil e R$ 120 mil por ano. Na maioria das capitais brasileiras também. Em Itabuna não é diferente. Cada um nos custa mais de R$ 120 mil anuais. Dá o que pensar pois, numa comparação mundial, se entregamos um naco de mais de R$ 15 milhões dos impostos aos 21 que temos é porque, em tese pelo menos, seriam muito mais capazes na prestação de serviços à cidade. Mas não é o que se percebe ao examinar as entranhas da Câmara Municipal. No site, quem tentar conhecer os fundamentos da “atividade parlamentar” será apresentado a um longo texto que define “homenagens”. Nele descobrirá que os vereadores de Itabuna se atribuem o poder de homenagear quem lhes der na telha, no Brasil e no mundo, com sua principal comenda Otaciana Pinto, moções de louvores e condecorações variadas. Mas, para que não se pense que só legislam em causa própria, são pródigos os vereadores itabunenses na produção de projetos de lei, instrumentos que, teoricamente, deveriam tratar à minúcia de questões fundamentais para a vida da cidade. Mas, entre outras inutilidades, a Câmara já conseguiu propor a criação de uma lei para castrar cães abandonados e “carentes”; temas aos quais se possa atribuir relevância são raros. Não se pode, portanto, classificar como produtivo o trabalho da maioria dessa gente. Apesar disso, entre técnicos, assessores e funcionários em geral, a Câmara emprega mais de duzentas pessoas. São esses vereadores, para os quais pagamos até a gasolina, que acabam de fechar as portas para questões importantes e urgentes como os fechamentos de escolas, postos policiais e hospitais na cidade. Justamente quando a cidade mais precisa de ajuda para voltar a ficar de pé. Mas, tem algo de bom nisso: mostra que a maioria dos próprios vereadores não serve para nada. Tanto, que uma lei criada e aprovada pelos atuais vereadores e já sancionada pelo presidente da Casa, Chico Reis (PSDB), está sem praticidade desde o primeiro ano da atual legislatura; trata-se da lei de autoria dos vereadores Júnior Brandão (PT), Júnior do Trator (PHS) e Babá Cearense (PHS), que cria a Comenda Jornalista José Adervan, cujo objetivo é homenagear profissionais da imprensa de Itabuna. Este fato revela o quanto a maioria dos vereadores itabunenses, não serve nem para cumprir uma lei que eles mesmos criaram, debateram, votaram e aprovaram. Este fato revela o quanto os vereadores de Itabuna e em especial o presidente Chico Reis, desrespeitam suas próprias prerrogativas e deveres; constrangem iniciativas dos seus assemelhados de Câmara; desdenham do merecimento de reconhecimento institucional aos profissionais de imprensa e cometem uma injustiça póstuma contra um jornalista, que tanto contribuiu para o engrandecimento e aperfeiçoamento das ações legislativas; informações, esclarecimentos, conscientização e formação de opinião para o povo de Itabuna. É profundamente lamentável este comportamento dos atuais vereadores de Itabuna. Chico Reis está sendo, no mínimo, desmerecedor do apreço de todos profissionais de imprensa de Itabuna.

MOBILIZAÇÃO FORA CUMA

É hoje o dia dos itabunenses mostrarem suas insatisfações!
As redes sociais são grandes aliadas da população, através delas existe a possibilidade de por em prática o processo democrático. Assim está acontecendo em Itabuna com a mobilização Fora Fernando Gomes (Cuma). As redes sociais realmente são grandes aliadas da população, através delas existe a possibilidade de comunicação em massa e, sendo bem direcionadas, podem render bons frutos para a participação popular nas gestões públicas. Podemos dizer até que demorou, mas antes tarde do que nunca, Itabuna emplaca um movimento que poderá ser uma iniciativa de convocação popular itabunense para protestar contra a ruim, decepcionante e prejudicial administração de Fernando Gomes, e poderá resultar na primeira cassação de um prefeito na história de Itabuna. Motivos para protestar não faltam. Com uma receita anual de R$ 461 milhões para uma população de 212 mil habitantes a Prefeitura tinha em julho 5.787 funcionários com custo por mês de R$ 14.190.955,41 sendo apenas 4.200 efetivos. Esses custam R$ 11.012.207,69 mensais. Faça as contas: são 1.587 cargos de confiança, entre eles os filhos de Tom Ribeiro e a repórter Erika da TV Cabrália, o custo dos comissionados é de mais de 3 milhões e cento e setenta mil por mês. Os agentes públicos são 11 – prefeito, vice e 9 secretários. Eles representam folha mensal de R$ 180 mil por mês. O prefeito tem salário de R$ 30 mil, um dos maiores do Brasil, valor 20% maior que o prefeito ACM Neto de Salvador que é de R$ 24.875,00. Com isso, Fernando fala em promover demissões de mais de 600 servidores da prefeitura, sem aviso prévio e sem pagamentos de 2 a 3 meses de atrasos dos seus salários, com alegação de crise financeira. Essa crise não chega aos contratos de empresas de limpeza e de consultorias, que tem valores com fortes indícios de superfaturamentos. Além disso relatamos aqui a falta de médicos; equipamentos e medicamentos em Postos de Saúde; anúncio de fechamento do Restaurante Popular; escolas; SineBahia e programas Ei Mamãe; Combate ao Crack; perseguição aos servidores públicos; abandono dos bairros de periferia, que estão com ruas esburacadas e mal iluminadas; extinção dos programas de arte e cultura, Casa das Artes e Vivart; truculência contra guardas municipais; prática de nepotismo; fechamentos dos hospitais São Lucas e Cemepi e o abandono geral do esporte na maléfica junção da FICC com a Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer. Ufa, são muitos os propósitos para o povo itabunense pedir a cassação do prefeito Fernando Gomes. Mas só a manifestação popular não adianta, falta a adesão da maioria dos vereadores, e infelizmente, a maioria está comendo na mão de Gomes. (voceempauta.com.br).

18 de novembro de 2018

ÂNGELA SOUZA SAIRÁ DA ALBA COM ALMA ENLAMEADA

Estar "petista" prejudicou o mandato e moral de Ângela
A deputada estadual Ângela Souza (PSD), tem protagonizado um mandato inexpressivo e completamente desassociado das expectativas geradas pelas promessas que o viabilizaram. Ângela é como um poste no meio da ponte, na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) e tão fictícia e invisível quanto umbigo de Freira, para função de representar os sulbaianos! A decepção do eleitorado resultou na derrota da tentativa da deputada se reeleger. Vencer e perder eleições é uma realidade a que todos candidatos tem que se submeterem. Só ganha uma disputa quem se predispõe a estar no páreo. Ser bom ou ruim parlamentar é circunstancial. Mas o que não se pode aceitar, é a decepção moral e ética. Aí é onde Ângela cometeu seu maior erro, pois ela sairá da Assembleia Legislativa da Bahia, com a imagem arranhada e enlameada, com o Ministério Público Federal (MPF) em Ilhéus a denunciando, entre as 10 pessoas suspeitas de desviarem R$ 801.788,20 por meio de fraude em processo licitatório em Ibirapitanga. A denúncia foi originada a partir das investigações da Operação Águia de Haia e está relacionada ao pregão realizado em 2011 para contratação de serviços educacionais voltado a implantação e utilização de tecnologias de informação. Foi apurado que Ângela integrava uma organização criminosa, que fraudou licitações e desviou recursos públicos, por meio de pagamentos exorbitantes por serviços que não eram prestados. O esquema ilícito consistia em agir nos municípios através de “pacote fechado”. Esse pacote viabilizava as fraudes e incluía as minutas e modelos das peças dos procedimentos licitatórios, montados para permitir que as empresas da organização criminosa fossem as únicas interessadas e, ao final, somente elas fossem as vencedoras. Estes fatos depõem contra a conduta da deputada Ângela e poderá levá-la a um longo período de enclausuramento, para refletir sobre Deus e o diabo em suas travessuras e aventuras como política, ou integrante de organização criminosa.

GERALDO DIZ SER CONTRA CASSAÇÃO DE CUMA

Há quase 20 anos se sabe que Geraldo é clone de Cuma!
Não é segredo pra ninguém, que políticos bandidos geram uma política podre e geralmente há entre eles um compadrio velado e involuntário, de fechamento de espaços, para a concorrência ampliadas entre seus próprios cupinchas e adversários. São inimigos que limitam o tamanhos dos amigos. Nunca houve interesse de Geraldo fazer algum geraldista crescer politicamente e nem tão pouco Fernando fez algum fernandista ser maior que ele na política. Não aceitam serem sobrepujados por quem esteja sob suas lideranças. Essa estratégia objetiva fazer parte da população ter ojeriza da política, porque, quanto mais gente desinteressada em votar, menos necessidades eles terão de comprar e enganar eleitores venais e estúpidos. Mas, renegar a política como instrumento de transformação pode representar um atraso ainda maior. E o que não falta é político do naipe de Cuma e do Cabeça de Pitu, propagando que só existe sujeira na política. Já sabemos que devemos, nas urnas, punir corruptos e mentirosos. Mas temos também que dar um basta à palhaçada. Não dá para aplaudir trogloditas de plantão como o Cabeça de Pitu, que criticam governantes corruptos como Cuma, mas que durante a vida toda viveram com recursos públicos e nada têm para mostrar à sociedade. Estes fatos explicam porque Geraldo está contra a realização da Caminhada Fora Cuma, que acontecerá na próxima segunda-feira, dia 19, às 16, saindo do jardim do Ó. Ele sabe que não cabe ele neste evento, pois o grito será de "Fora Corruptos" e quer o cenário como uma arena onde somente ele pode guerrear contra Cuma. Mas o povo é sábio e já o atingiu com petardos eleitorais, no "Fora Cabeça de Pitu", através das últimas eleições! Geraldo é contra a cassação de Cuma, simplesmente pelo fato de que também há corporativismo entre os bandidos de colarinho branco.

17 de novembro de 2018

CUMA SÓ TEM HUMILDADE PARA O QUE O BENEFICIA

Apego canino ao erário faz Cuma não querer largar o osso
O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma), está habituado a esbravejar aos quatro cantos da cidade e a quem quer que tenha o desprazer de ouvi-lo, que só está no cargo porque atendeu o chamado dos itabunenses, que o foram chamar em Vitória da Conquista, onde já estava residindo, para voltar a ser prefeito em Itabuna. O atendimento a este clamor popular, é típico de quem tem sensibilidade e humildade para superar suas próprias vontades e assim satisfazer o desejo de quem o cerca. Portanto, assim como Cuma teve o desprendimento de atender o chamado de quem o queria prefeito, ele também deve compreender, que é chegada a hora de permanecer com este mesmo desapego e voltar a atender o pedido do povo de Itabuna, que é o de retornar a Vitória da Conquista, pois a absoluta maioria dos itabunenses se decepcionou e não o quer mais como prefeito da cidade. Outro fator que deveria ser preponderante para fazer Cuma renunciar, é sua constante reclamação de estar no cargo de chefe de um governo falido e sem recursos sequer, para pagar sem atraso os salários dos servidores da prefeitura, ou comprar os insumos básicos para setores vitais, como Saúde, Educação e Assistência Social. Sem a humildade de compreender que é chegada a hora de partir, Cuma estará correndo o risco de sair por expulsão. 

EDIR MACEDO AMPLIA SEU IMPÉRIO COMERCIAL

Edir Macedo se fez bilionário com eleição, comunicação
e atualmente, pretende ficar muito mais rico com Educação
O PRB é um partido incluso no vasto acervo patrimonial do "bispo" Edir Macedo, que também é dono da bilionária Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), Rede Record de Rádio e Televisão, entre outros investimentos gigantescos e bilionários, que tornam Macedo um dos homens mais ricos do mundo. E a cobiça de riqueza do "bispo" parece não ter limites. Quanto mais rico, mais bilionário ele quer estar. Tanto, que o Ministério da Educação (MEC) acaba de autorizar a criação de uma faculdade pela fundação do Partido Republicano Brasileiro (PRB), sigla que integra a base governista do presidente Michel Temer e tem afinidades ideológicas com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). A Faculdade Republicana Brasileira funcionará em Brasília, a partir do ano que vem. A nova sede deve ser aberta em fevereiro, com previsão de lançar o vestibular no primeiro semestre e início das aulas no segundo. O primeiro curso credenciado pelo MEC foi o de Ciência Política, com cem alunos, em oito semestres. Mantenedora da faculdade, a Fundação Republicana Brasileira, que recebe 20% dos recursos públicos do fundo partidário destinado ao PRB (cerca de R$ 680 mil mensais), busca agora aval do MEC para pós-graduação em Gestão Pública, Direito Eleitoral e Política Contemporânea. A Fundação Republicana é do PRB, e o PRB é o primeiro partido no Brasil a ter uma faculdade. É a primeira instituição de ensino ligada a um partido político, credenciada pelo Ministério da Educação. O PRB é a favor do Escola Sem Partido e não tem ideologia comunista, ou socialista, graças a Deus!

16 de novembro de 2018

JUSTIÇA PROÍBE APREENSÃO DE VEÍCULOS POR ATRASO NO IPVA

Enfim, a Justiça livra os baianos de mais uma mazela do PT
Uma liminar do juiz da 10º Vara de Salvador, Evandro Reimão dos Reis, publicada na quarta-feira (14), proíbe a apreensão de veículos por falta de pagamento de IPVA em Salvador. A decisão foi após ação civil pública da Ordem dos Advogados do Brasil na Bahia (OAB-BA). “Defiro a liminar para determinar si et in quantum aos réus estado da Bahia, Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran) e Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), doravante, em operações de abordagem de quaisquer veículos neste estado não apreendê-los, ainda que o seu licenciamento não esteja atualizado, por motivo de não pagamento do IPVA”, afirma o magistrado, na decisão. O documento assinado pelo juiz Evandro Reimão dos Reis diz ainda que as razões que fundamentam o pedido de tutela da OAB-BA se mostraram relevantes e que a apreensão de veículos com o imposto atrasado traz constrangimento aos donos. “A retenção de veículo por falta de pagamento do IPVA, a par de evidente inconstitucionalidade, submete o proprietário/detentor do veículo assim apreendido a vexatória e gravosa situação”, diz. A liminar também estabelece pena de R$ 2 mil, aplicada aos réus, por cada veículo apreendido pela não quitação do IPVA, devendo, como forma de demonstrar o cumprimento da ordem judicial, serem apresentados relatórios mensais de veículos apreendidos e o respectivo motivo, assim como daqueles que deixaram de ser licenciados após protocolização de pedido do proprietário. (Bahia.Ba).

ENCONTRO REGIONAL DE ORIENTAÇÃO TÉCNICA EM ITABUNA

O TCM está promovendo este evento, para qualificar a gestão municipal
DATA: 19 E 20 DE NOVEMBRO - HORÁRIO: 08H ÀS 18H - LOCAL: UNIME (Av. José Soares Pinheiro, 1191 – Lomanto Júnior – Itabuna).
PROGRAMAÇÃO ITABUNA
19/11/2018
08h – CREDENCIAMENTO
08h30 – SOLENIDADE DE ABERTURA
PALESTRAS:
09h00min – Os Principais Motivos das Rejeições de Contas no TCM/BA
Palestrante: Ronaldo Nascimento Sant´Ana – Cons. Substituto TCM/BA
10h00min – Ética Profissional
Palestrante: Antônio Carlos Ribeiro – Presidente do CRC/BA
11h00min – Responsabilidades do Gestor Público
Palestrante: Tiago Assis – Presidente da Comissão de Orçamento OAB/BA
12h – INTERVALO PARA ALMOÇO
14h00 min – Arquitetura da Participação Social no Brasil
Palestrante: Luiza Reis Teixeira – UESC
14h40 min – Responsabilidade dos Conselhos Municipais
Palestrante: Clodoaldo Silva da Anunciação – Promotor de Justiça MP-BA e Professor da UESC
15h30 min – Observatórios Sociais
Palestrante: Naira Souza Moura – CRC/BA e UNEB
16h10 min – Tópicos atuais de Licitações: Principais mudanças da Lei de Licitações
Palestrante: Juliano Santos da Silva – Inspetor Regional do TCM e Professor da UNIME
17h00 min – Prestação de Contas Públicas: FERRAMENTAS SIGA x e_TCM
Palestrante: Adelmo Gomes Guimarães – Auditor Estadual de Controle
Externo TCM/BA, exercendo a função de Diretor Adjunto da Escola de Contas do TCM/BA
20/11/2018
08h – CREDENCIAMENTO
08h30 min – Minicurso: Orçamento Básico
Facilitador: Adelmo Gomes Guimarães – Auditor Estadual de Controle Externo
TCM/BA, exercendo a função de Diretor Adjunto da Escola de Contas do TCM/BA
12h – INTERVALO PARA ALMOÇO
13h30 min – Minicurso de Licitações e contratos
Facilitador: Juliano Santos da Silva – Inspetor Regional do TCM e Professor da UNIME
18h00 min – ENCERRAMENTO

CORRUPÇÃO ABUNDA COM CUMA, MAS FALTA GRANA PARA MEDICAMENTOS

A "cachorrada" é apontada como saudável para os ratos no Hblem
Esta semana está transcorrendo com notícias envolvendo o Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães, que caracterizam o perfil da negligente gestão pública, comandada pelo prefeito Fernando Gomes (Cuma). O Ministério Público Federal (MPF) denunciou fraude no Hblem, em valores superiores a mais de R$ 2 milhões em 2007 e 2008 (R$ 3.850.879 atualizados). O prefeito era o mesmo de hoje, Fernando Gomes. Enquanto abunda dinheiro para enriquecimento de CUMA e seus parentes e aderentes, faltam recursos para qualidade mínima dos serviços de Saúde em Itabuna. No início dessa semana, os vereadores Babá Cearense (PHS), Charliane Sousa (PTB), Chicão (PTB) e Enderson Guinho (PDT), estiveram visitando o Hospital de Base, para apurar denúncias de falta de medicamentos naquela unidade hospitalar. Lá constataram estoque insuficiente para atender a demanda. E ouviram da direção do Hospital que não existe um sistema de controle informatizado capaz de dar em tempo real a quantidade de medicamento em estoque. Estes fatos retratam um quadro paradoxo de falta de dinheiro, por excesso de roubalheira em um hospital onde nem lenções se livram da desonestidade. 

15 de novembro de 2018

PT ERRA AO ACHAR QUE HADDAD VIAJANDO PELO PAÍS O REFORTALECERÁ

Lula quer que Haddad permaneça como seu "Boneco de Ventríloquo"
O candidato derrotado à Presidência Haddad (PT) deve fazer viagens pelo país para fortalecer o partido para as eleições municipais de 2020. O petista está recebendo apelos da sigla para que percorra os estados disseminando o discurso de defesa dos direitos humanos e contra retrocessos. A próxima reunião do PT, entre os dias 30 de novembro e 1º de dezembro, vai discutir o roteiro dessas viagens. Mas não serão viagens, palestras e reuniões de Haddad, que farão o partido vencer o estigma do quanto a maioria dos seus dirigentes é o que há de mais desonesto no país. Quanto a defesa dos direitos humanos e ações contra retrocessos, o ambiente político nacional, revela um clima de tranquilidade, que esvazia este discurso e o torna demagogo. Portanto, para o PT ser fortalecido para as próximas eleições, basta que o partido reconheça seus graves erros e convença os brasileiros que deixou de ser uma organização criminosa e prejudicial aos cores públicos!

AGÊNCIAS DE PROPAGANDA TERÃO EVENTO DE MÍDIA DIGITAL EM ITABUNA

No próximo dia 21, às 18h30m. (quarta-feira), acontecerá no Auditório do Hospital de Olhos Beira Rio, em Itabuna, o evento que abordará a qualificação digital para dirigentes e representantes de
O Sinapro oportunará qualificação digital para publicitários!
Agências de Propaganda, com objetivo de preparar os publicitários sulbaianos para os desafios da Era digital. O Projeto Qualificação Digital é mais uma promoção do Sindicato das Agências de Propaganda da Bahia (Sinapro), com reconhecimento de que a propaganda sempre possuiu um papel fundamental no desenvolvimento dos veículos de comunicação, e sua influência na televisão, em rádios, jornais, revistas e sites é um fator importante na comunicação de qualquer negócio com os seus clientes. Por isso, ela foi evoluindo ao longo dos anos e acompanhando a tecnologia e as mudanças no comportamento do consumidor. Novos desafios surgiram com os anos e, para conseguir se comunicar com todos os públicos, foram necessárias algumas adaptações nos formatos para todos os veículos e canais. O Sinapro sabe que hoje em dia, as pessoas estão mais exigentes quanto ao conteúdo que será consumido, podendo decidir o que querem ver e quando querem ver e que por isso, as propagandas vêm sendo criadas ao longo dos anos para chamarem a atenção do público-alvo e mostrarem, ao máximo, as qualidades da empresa e de seus serviços. O Projeto Qualificação Digital apresentará e qualificará os participantes, para as principais tendências do mercado digital. As agências associadas ao Sinapro podem inscrever gratuitamente dois profissionais. A partir do terceiro, o custo será de R$ 25,00 por cada colaborador. Os profissionais não-associados pagam a taxa de R$ 50. Já estudantes do 5º ao 8º semestre devem pagar R$ 25. Os professores da área estão isentos da taxa. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (71) 3354-4138 ou pelo e-mail diana.navarro@sinaprobahia.com.br.

ALGUNS VEREADORES ESTÃO TRANSFORMANDO A CÂMARA EM “CASA DOS INÚTEIS”

A Câmara não fiscaliza e nem legisla. Mas onera o Poder!

Na Câmara Municipal de Itabuna, o que vale não é qualidade, mas a quantidade. Num Legislativo que já deu políticos do naipe de 100% dos seus membros cassados por quebra do decoro parlamentar - ou após serem acusados de desviarem milhões de reais dos contribuintes itabunenses, com farras das “Diárias”, é de admirar que ainda existam vereadores que produzem alguma coisa, no contexto da atividade parlamentar. Pena que a produtividade da grande maioria dos "nobres" parlamentares esteja aquém da expectativa e da real necessidade dos cidadãos. Um rápido levantamento no site da própria Câmara, permite uma conclusão imperativa: há vereadores que, em situações raras, revelam disposição para defender os interesses coletivos, mas, também, há aqueles (e eles são uma maioria) que perdem tempo com discussões pueris - quando nada, esdrúxulas. São os exemplos acabados de políticos sem preparo para o exercício da atividade pública, sem noção plena dos reais problemas do cotidiano e que se preocupam apenas e tão-somente com a defesa dos interesses paroquiais. Nos últimos dias, vereadores como Pastor Francisco (PRB), Milton Gramacho (PRTB), Antonio Cavalcante (MDB), Robinho (PP), Ninho da Saúde (PR), Alex da Oficina (PTC), por exemplo, tem-se notabilizado pela apresentação, quase diária, de projetos que, pela reconhecida inutilidade, deixam claro que eles não dispõem de uma assessoria eficiente, não conhece os meandros do Legislativo ou simplesmente não tem noção do ridículo. São ações que, na prática, revelam o baixo nível da atividade parlamentar, numa Câmara que, lamentavelmente, hoje é conhecida como "Casa dos Inúteis".  Um levantamento mais profundo, sem dúvida, permite uma avaliação mais clara do ridículo que norteia a ação da maioria dos vereadores itabunenses. O contribuinte, infelizmente, está pagando sinecuras. O Legislativo de Itabuna, definitivamente, perdeu a vergonha.

14 de novembro de 2018

SERÁ QUE MOACIR É O ATRAPALHÃO?

Será que Moacir é culpado pelo estrago financeiro na gestão de Cuma?

O secretário da Fazenda e Planejamento da Prefeitura de Itabuna, Moacir Dantas Messias, tem propagado que as consequências da crise econômica do país, resultou numa redução da arrecadação e dos repasses através do governo federal para o município itabunense e que este fato, exige ajuste das contas públicas e cortes de gastos e que a prefeitura de Itabuna também convive com a herança deixada pelas gestões anteriores, que deixaram de pagar FGTS, provocando dívida estimada em mais de R$ 73 milhões. a vereadora Charliane Sousa (PTB), rebate essas declarações de Moacir, com afirmações de que já foram arrecadados R$ 14.955.583,36 a mais que 2017 no período de Janeiro a Agosto. E ressalta que falta prioridade e planejamento no atual governo, com gastos desnecessários, salários atrasados, professores em greve, saúde sucateada, educação falida e falta de investimentos. Por sua fez  prefeito Fernando Gomes (Cuma) propaga que a prefeitura está falida. Mente Moacir? É verdade o que declara Cuma? Essas indagações possuem respostas positivas. Charliane goza da nossa credibilidade nas afirmações que expõe. Portanto, ou Moacir está atrapalhando a gestão, ou acobertando verdades, que comprometem o prefeito! Diante disto, nos resta apenas lamentar a dramática realidade de uma Itabuna, com prefeito milionário e prefeitura pobre.

13 de novembro de 2018

RUI TRAI ITABUNA COM ANUNCIO DE FECHAMENTO DO CISO

Rui deu as costas para Itabuna, com beneplácito do PT local
A ingratidão é um comportamento característico de indivíduos maquiavélicos, insensíveis e irresponsáveis. Dito isto, explico porque incluo o atual governador da Bahia, Rui Costa (PT), no rol dos políticos e governantes, useiros e vezeiros em decepcionarem e traírem o povo de Itabuna. Logo após ter obtido uma expressiva votação no mês passado, Rui deu as costas, para a gratidão que deve aos itabunenses, ao anunciar o fechamento do Colégio Estadual Centro de Integração Social (CISO). Rui age com desrespeito a solidariedade devida a quem o ajudou a ser reeleito. A proposta de encerramento definitivo das atividades do CISO, é um duro golpe contra quem contribuiu para ter um governo de fomento à educação. A expectativa gerada neste contexto, está submetida a frustração e ao sentimento de surpresa. Segundo informações de dirigentes do Núcleo Territorial de Educação (antiga Direc), o prédio do CISO é alugado e que existem escolas em prédios próprios do Estado com salas vazias. Essa alegação estapafúrdia relevou o histórico de gerador de atletas, médicos, advogados, radialistas e inúmeros outros grandes protagonistas de sucesso, advindo do aprendizado neste colégio exemplar no incentivo à educação e nos desportos. E Rui não trai apenas o CISO com sua extinção, pois o vereador e professor Júnior Brandão, filho do fundador do colégio, Josué Brandão, também é diretor do CISO e correligionário do governador. Isto significa, que nem o único vereador do PT tem sido respeitado em sua súplica para que o Estado não prejudicar milhares de estudantes com o fechamento do tradicional colégio. Muito mais inconveniente, moralmente, vai estar Júnior Brandão, se permanecer como representante único na Câmara Municipal de Itabuna, de um partido cujo maior mandatário no Estado, está o apunhalando pelas costas e traindo o povo itabunense.

DORIA E BOLSONARO PROVAM QUE NEM TODOS FORAM LADRÕES NOS GOVERNOS DO PT

Para  o tucano Doria, Meirelles é águia nas finanças!
Nas eleições passadas, o acirramento da disputa deixaram a impressão de que todos ministros que serviram aos governos de Dilma e Lula, eram bandidos do colarinho branco. Mas os tempos atuais, revelam que este não é um fato. Tanto que o governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), cogita chamar o ex-ministro Henrique Meirelles (MDB) para ser secretário estadual da Fazenda. E o economista Joaquim Levy será o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Doria considera o emedebista o “secretário dos sonhos”. Já Joaquim Levy entra sabendo da ordem do presidente eleito, Jair Bolsonaro", que é o de abrir a “caixa-preta” do banco em 2019. Portanto, está provado que bons e maus indivíduos existem em todos partidos políticos.

12 de novembro de 2018

COMO SERIA BOM, SE CUMA TRATASSE A EDUCAÇÃO, COMO TRATA A BIOSANEAR

A impunidade resulta nos governos serem porcarias e antro de patifarias
O ensino público municipal (Estadual, idem), está em frangalhos em Itabuna! Na maior cidade sulbaiana, as escolas estão sem funcionamento de aulas, porque os professores estão em greve, reivindicando direitos inquestionáveis, que estão sendo negligenciados pelo prefeito Fernando Gomes (Cuma); e quando as aulas aconteciam, faltavam giz, merenda, reforma nos prédios e em algumas situações, inexistiam professores de matemática e português. Pior que estes fatos, foram fechamentos de escolas e diminuição dos investimentos em ensino fundamental. Enfim, Itabuna vive momentos desarmoniosos em seu setor de escolas da prefeitura. A alegação de Cuma, para este descalabro, é que o governo está falido. Segundo ele, não há dinheiro para pagar os professores e nem dar aumento de salário para eles. O setor está um caos. Para contrapor o argumento do prefeito, a prefeitura esbanja dinheiro público com festas, propaganda enganosa de rádio e televisão, cabide de emprego para parasitas parentes e aderentes de Cuma e sua esposa, Sandra Neilma; contratações de consultorias com fortes indícios de superfaturamento, investimentos em ações sem planejamento e análise de prioridades e o que é mais estranho, tratamento vip e sem nenhuma dificuldade de pagamentos inadiáveis do milionário contrato com a empresa de limpeza pública Biosanear. Apenas para ressaltar o descalabro desse luxuosíssimo contrato com a empresa de lixo em Itabuna, a vizinha cidade de Ilhéus, cujo tamanho geográfico é bem maior que o território itabunense, paga metade do preço da Biosanear, para a empresa Solar Ambiental,Ilhéus, fazer o mesmo serviço da sua correlata em Itabuna. Portanto, o que falta na prefeitura de Itabuna, não é dinheiro para pagar os salários dos professores e até conceder-lhes aumento em seus vencimentos... o que falta é Ministério Público, Receita Federal, Tribuna de Contas dos Municípios e principalmente, vereadores dignos, decentes e comprometidos com a lisura na aplicação do erário.

11 de novembro de 2018

A ESSÊNCIA CRIMINOSA DE LULA PREVALECEU SOBRE O PT

Lula ainda é chefa da maior quadrilha de bandidos do colarinho branco do mundo
A história do PT ainda não terminou. O partido, que conseguiu eleger 62 parlamentares ao Congresso, com 30 deles investigados ou réus, ainda tem muita gente que deve ter o mesmo destino de outros fundadores da legenda, como o ex-presidente Lula, o ex-ministro Antonio Palocci, os ex-tesoureiros João Vaccari Neto, Delúbio Soares e outros condenados na Lava Jato. De fato, a história do PT é bastante rica e dará muito trabalho para historiadores, que terão que elencar os nomes, os crimes e as condenações de vários integrantes do partido que chegou a ser apontado como uma grande organização criminosa. Em março de 2018, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o envio à Justiça Federal do Distrito Federal de uma denúncia por organização criminosa contra o ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, os ex-ministros Antonio Palocci e Guido Mantega, e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto. Os casos da presidente nacional do partido, Gleisi Hoffmann e de seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, permaneceram no Supremo. Mas ao menos parte da história, que já é de conhecimento da maioria dos brasileiros e das autoridades do país, já pode começar a ser contada. A ascensão e queda do ex-presidente Lula é um dos maiores fenômenos da história política recente do país. Maior responsável pela chegada do PT ao poder, é também o maior responsável com a derrocada da legenda que chegou bem perto de se consolidar como o maior partido do Brasil. Lula pode tranquilamente ser considerado o maior político brasileiro de todos os tempos, dada a sua trajetória de vida até chegar ao cargo máximo da nação. Ao longo de sua carreira política, conseguiu se eleger presidente por duas vezes e ainda elegeu sua sucessora, também por duas vezes. Sem dúvida, foram feitos notáveis, mesmo levando em conta a inocência política do eleitor brasileiro. A saga da família de Lula, desde o nascimento no sertão sofrido de Pernambuco até a chegada em São Paulo, é exatamente igual a trajetória de tantas outras famílias Silva do Brasil. A diferença é que o menino pobre, sem instrução, conseguiu alçar voos jamais imaginados por milhões de nordestinos que migraram para o sudeste do país em busca de melhores condições de sobrevivência. O que ninguém conseguiu entender até hoje sobre a vida de Lula é como um homem dotado de uma admirável capacidade de superação, que teve a oportunidade de servir de farol para todos os brasileiros de origem humilde, se permitiu seduzir pela ganância, pelo luxo, pela ostentação e pelo dinheiro fácil da corrupção. Essencialmente, Lula nunca foi uma pessoa de boa índole. Talvez o ódio e a inveja de pessoas bem sucedidas tenha sido o combustível que o permitiu chegar aonde chegou. Ao longo de muitos anos, o petista alimentou um ódio injustificado contra setores da sociedade. Uma visão convenientemente errônea na qual as pessoas bem sucedidas eram verdadeiras culpadas pela má distribuição de riquezas, pelo sistema político e econômico do país. Oportunista e pouco afeito ao trabalho duro, Lula uniu seu ódio ao desejo pueril de um bando de idealistas que também não gostavam de trabalho, mas que, entusiasmados com ideologias da moda, passaram a acreditar que poderiam interferir no destino do país. Membros da elite burguesa paulista trouxeram da Europa a fórmula mágica para chegar ao poder. O objetivo era fundar um partido de esquerda e encontrar um genuíno representante do povo para servir de mula. Não imaginavam que o astuto nordestino colocaria todos no bolso. O problema dos idealizadores do PT é que, desde a sua fundação, o partido agregou setores da esquerda brasileira que eram praticamente antagônicos. O grupo mais arraigado era alimentado pelo sonho comunista e outro, mais dado a políticas de gabinete, alimentado pelo sonho socialista. Os comunistas eram os idealistas, que sonhavam com a tomada do poder pelo proletariado idealizada por Karl Marx. Os socialistas eram os bandidos guerrilheiros, que almejavam tomar o poder a qualquer custo. Remanescentes das guerrilhas e grupos assumidamente formados por terroristas, a banda podre do PT sempre foi a que mais contou com a simpatia de Lula. Aos poucos, os idealistas foram deixando o partido a cargo dos bandidos, que prevaleciam graças a influência de Lula. Logo que o partido começou a conquistar as primeiras prefeituras importantes, Lula e seu bando praticamente expulsaram todos aqueles que defendiam práticas mais honestas e, digamos, ortodoxas, para se chegar ao poder. Ficaram apenas alguns gatos pingados, e coniventes, remanescentes do primeiro grupo. Mas o PT acabou sendo dominado por pessoas essencialmente criminosas. O único objetivo deste grupo era chegar ao poder a qualquer preço. Para tanto, seguiram ao pé da letra as velhas cartilhas socialistas sobre como conquistar corações e mentes de jovens alienados, de comunidades campesinas, movimentos sociais, núcleos universitários, operários, artistas simpatizantes da esquerda e outros coletivos de toda sorte, cuja maior preocupação de seus integrantes era fumar, beber, foder e falar merda. Na época, logo após o fim da ditadura, ser de esquerda estava na moda e o PT surfou nesta onda e conseguiu arregimentar um verdadeiro exército de militantes. Aos poucos, o PT foi se profissionalizando no mundo da criminalidade política e passou a chamar a atenção de grupos poderosos que queriam mais acesso ao dinheiro público. Logo, banqueiros, empreiteiros e empresários inescrupulosos passaram a ver em Lula e no PT a grande chance de assaltar os cofres públicos. Lula era o garoto propaganda de interesses obscuros e o PT tinha como meta um plano de poder duradouro, no qual apenas os grupos econômicos amigos sobreviveriam. A meta era destruir a classe média e formar uma sociedade de pessoas estúpidas e dependentes do estado, a exemplo do que ainda ocorre hoje em dia em Cuba. Logo que chegou ao poder, Lula e o PT deram início a um agressivo processo de aparelhamento da máquina pública. Através dos núcleos partidários, cargos estratégicos foram distribuídos a simpatizantes comprometidos com a causa em universidades, escolas, estatais, autarquias, sindicatos, movimentos sociais e órgãos públicos. Com base na política do "É tudo nosso", oportunistas e incompetentes de plantão enxergaram a oportunidade de suas vidas no aceno petista. Lula viu muita gente se dar bem às custas de seu projeto de poder e não quis ficar de fora. Cauteloso, organizou esquemas envolvendo laranjas e deu um jeito de receber "presentes" e contratos de empresários que faziam ótimos negócios com o governo que comandava. Assim com qualquer bandido que tenta ocultar seu patrimônio, Lula recorreu a subterfúgios manjados pela polícia de todo o mundo para esconder os benefícios que colhia. O nome disso é corrupção. Não é por acaso que o PT é o partido que tem mais políticos presos, condenados e investigados em toda a história da República, incluindo o próprio Lula, seus familiares, amigos e empresários financiadores de suas campanhas. Lula chegou a ser o presidente mais querido do Brasil quando alcançou a impressionante marca de 82% de aprovação popular ao fim de seu segundo mandato. Tinha tudo para entrar para a história como o maior brasileiro de todos os tempos. Mas na medida em que sua vida de crimes começou a ser revelada pela Operação Lava Jato, o petista foi aos poucos perdendo o lugar de pai dos pobres para se tornar o rei dos bandidos. Lula se entregou à Polícia Federal no dia 07 e se encontra preso em Curitiba desde então. O petista foi parar atrás das grades após a primeira condenação em segunda instância no caso do triplex do Guarujá, apenas um de seus vários processos em curso na Justiça.