Prefeitura Itabuna

Banner provisório

Banner provisório

14 de novembro de 2018

SERÁ QUE MOACIR É O ATRAPALHÃO?

Será que Moacir é culpado pelo estrago financeiro na gestão de Cuma?

O secretário da Fazenda e Planejamento da Prefeitura de Itabuna, Moacir Dantas Messias, tem propagado que as consequências da crise econômica do país, resultou numa redução da arrecadação e dos repasses através do governo federal para o município itabunense e que este fato, exige ajuste das contas públicas e cortes de gastos e que a prefeitura de Itabuna também convive com a herança deixada pelas gestões anteriores, que deixaram de pagar FGTS, provocando dívida estimada em mais de R$ 73 milhões. a vereadora Charliane Sousa (PTB), rebate essas declarações de Moacir, com afirmações de que já foram arrecadados R$ 14.955.583,36 a mais que 2017 no período de Janeiro a Agosto. E ressalta que falta prioridade e planejamento no atual governo, com gastos desnecessários, salários atrasados, professores em greve, saúde sucateada, educação falida e falta de investimentos. Por sua fez  prefeito Fernando Gomes (Cuma) propaga que a prefeitura está falida. Mente Moacir? É verdade o que declara Cuma? Essas indagações possuem respostas positivas. Charliane goza da nossa credibilidade nas afirmações que expõe. Portanto, ou Moacir está atrapalhando a gestão, ou acobertando verdades, que comprometem o prefeito! Diante disto, nos resta apenas lamentar a dramática realidade de uma Itabuna, com prefeito milionário e prefeitura pobre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.

Publicidade: