Máscara

Camara

oi

oi

31 de agosto de 2018

CUMA FAZ O ELEITOR CORRER DE SÉRGIO

O povo está correndo de Sérgio, Cuma o cão corre da cruz! 
Quando o prefeito de uma cidade é bem avaliado pela população, o resultado surge numa eleição, através de votação expressiva para seus candidatos. Todavia, também existe o fato da rejeição a qualquer que seja o candidato que um prefeito ruim apoie. Isto explica a causa do eleitorado itabunense fugir de Sérgio Gomes, como o diabo foge da cruz. O desempenho medíocre da administração do prefeito Fernando Gomes (Cuma), é a única explicação para a estagnação da candidatura do seu filho. Sérgio tem perfil simpático, carismático e de "boa praça"! Não faltam recursos para seu bom desempenho de campanha. Entre seus apoiadores existem centenas de personalidades de destaque na sociedade e nunca ouvir falar de alguém que o tenha como inimigo, ou que ele tenha prejudicado. Entretanto; e sempre há um todavia, porém, outrossim, contudo, não obstante, no entanto, ainda assim, apesar disso, conquanto, etc, etc... Sérgio tem uma mala sem alça e sem rodinhas, que o atrapalha à candidatura. E paradoxalmente, este estorvo é alguém que é causa e aniquilação da sua candidatura: Fernando Gomes, Cuma... seu pai. Sem Cuma como prefeito, Sérgio não estaria com sua candidatura. Mas o fato de Cuma está como péssimo prefeito e com rejeição estratosférica, faz Sérgio ser foco dos descarregos de insatisfações e oposição dos itabunenses. 

CUMA COM COMPADRIO DE QUEM O DEVERIA PUNIR

É necessário que Cuma seja, ininterruptamente, fiscalizado
Tão prejudicial quanto as mazelas praticadas pelos políticos e governantes, é a omissão de quem deveria os investigar, processar e condenar. A Justiça fictícia, os tribunais fiscalizadores inertes e vereadores cooptados, são causas de impunidade que beneficia muitos prefeitos no Brasil. Itabuna está como uma das mais acintosas e escancaradas referências dessa realidade no país. O governo do prefeito Fernando Gomes (Cuma) está em estado avançado de putrefação e a fedentina só não está insuportável, para vereadores que teimam em se submeterem à condição de serviçais de quem deveriam fiscalizar, processar e cassar! Cuma também tem sido beneficiado pela morosidade do Ministério Público e quando condenado pela Justiça local, acaba tendo pena anulada pela Justiça manipulada por governantes estaduais, a quem serve o prefeito de Itabuna. Mas é na Câmara de vereadores onde Cuma encontra sua maior comodidade e salvo conduto, pois a maioria dos parlamentares possue parentes e aderentes ocupando cargos na prefeitura e esta situação os submete à condição de lacaios do prefeito impune. E enquanto estes fatos transcorrem, os itabunenses permanecem assistindo o dinheiro da prefeitura sendo desperdiçado com compras e contratações superfaturadas; nomeações de parasitas e fantasmas e obras que começam e não acabam. Cuma com compadrio dessa gente, é causa de Itabuna está estagnada, atrasada, empobrecida e empodrecida!

O LIVRO PETISTA AMALDIÇOADO POR BOLSONARO É ESTRANGEIRO

A francesa Hélène é autora do livro que estimula homossexualismo
infantojuvenil e que é combatido pelo presidenciável Bolsonaro!
Nos últimos dois dias, um livro infantojuvenil fora de catálogo e pouco conhecido por aqui ganhou os holofotes - e as buscas no Google - depois que o deputado e candidato à presidência da República Jair Bolsonaro levou um exemplar à bancada do "Jornal Nacional", onde estava sendo entrevistado por William Bonner e Renata Vasconcellos. Para o candidato, "Aparelho Sexual e Cia.", escrito pela francesa Hélène Bruller e ilustrado por Zep, "estimula precocemente as crianças para o sexo" e "escancara as portas da pedofilia". Bolsonaro afirma que o livro, lançado no Brasil em 2007, foi comprado pelo governo do PT na época e incluído na lista de títulos distribuídos a escolas e bibliotecas públicas. Em nota, a editora Companhia das Letras, que publicou a obra aqui, admite que a ofereceu como indicação para alunos do 6º ao 9º ano (de 11 a 15 anos), mas que o título nunca foi "comprado pelo MEC, como tampouco fez parte de nenhum suposto 'kit gay'. "O Ministério da Cultura comprou 28 exemplares em 2011, destinados a bibliotecas públicas", continua o comunicado.

30 de agosto de 2018

CUMA OBRIGA COMUNICADORES A SEREM BAJULADORES

Truculência de Cuma humilha e apequena jornalistas e radialistas

O perfil, reconhecidamente, truculento e indecente do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes Cuma), dá sinais de não ter limites para sua exacerbação de descontrole emocional e autoritarismo. Depois de reunir todos os ocupantes de cargos comissionados da prefeitura, para os obrigar a apoiar e votar em seus candidatos, o alcaide agora exige fidelidade canina e adesão incondicional dos profissionais de imprensa, que prestam serviços na Prefeitura e em uma emissora de rádio local. Quem for jornalista e radialista na prefeitura e em uma rádio, que pertence aos sobrinhos de Cuma, está obrigado a propagar, apoiar e votar em todos os candidatos do prefeito. E também estão proibidos de expressarem críticas, que aborreçam Cuma, ou qualquer um dos parentes e contraparentes. E quem quiser que ouse contrariar essas ordens. Radialistas, jornalistas e blogueiros, só permanecerão “mamando nas tetas do poder” se continuarem subservientes aos interesses do prefeito e negligencias a essas exigências resultarão em punições severas de execração pública e exoneração.

EM BRIGA DE CURURUS NÍNGUÉM DEVE METER A COLHER

A convivência entre os cururus é conflitante e incompreensível
Os vereadores comunistas (cururus) de Itabuna, Aldenes Meira e Jairo Araújo, estão embaraçando os posicionamentos políticos e ideológicos do PCdoB em suas atividades e pronunciamentos na Câmara Municipal. O que um quer e faz, é diferente das atitudes do outro. Ambos são como xifópagos em um mesmo corpo, mas cada qual com sua cabeça e pensamentos distintos. Por exemplo, enquanto Jairo é radical em suas falas  e ações contra o governo do prefeito Fernando Gomes (Cuma), o Aldenes se submete à condição de mais "fernandista", que o empresário "João Mamão", cuja crise existencial o faz querer ser mais filho de Cuma, que o próprio pole destrambelhado do Sérgio Gomes. Essa dicotomia política acontece, com o maior líder dos cururus e presidente regional do partido, Davidson Magalhães, se permitindo expectador cego, mudo e surdo. Estes fatos fazem do PCdoB uma "Torre Babel", onde os idiomas são incompreensíveis e não convergem um pensamento e posicionamento unânimes entre aqueles que se dizem representantes do bolchevismo e marxismo em Itabuna. E este é um conflito interno, que nos cabe apenas como expectador e torcedor de que os cristais sejam quebrados e espalhados sobre os escombros da foice e do martela, sob a régia das marretadas de Cuma. 

RUI SÓ GANHARÁ A ELEIÇÃO, SE FOR NO PRIMEIRO TURNO

Ou Rui ganha a eleição no primeiro turno, ou a perderá depois 
Os números apresentados pelas pesquisas de opinião pública, revelam que o atual governador da Bahia, Rui Costa (PT), é franco favorito para ser reeleito no primeiro turno. E todas as apostam apontam para este desfecho. Todavia, resultados de eleições são imprevisíveis e na história das eleições baianas, existem muitos casos de surpresas e reviravoltas inusitadas. E não creio que seja necessário aqui e agora, relembrar alguns exemplos. O fato é que Rui Costa tem perdido alguns percentuais, enquanto seu oponente mais próximo, o Democrata Zé Ronaldo, cresce e este crescimento é seguido por melhores desempenhos de João Henrique (PRTB), Marcos Mendes (PSOL) e João Santana (MDB), principalmente. Caso Rui permaneça caindo e seus opositores crescendo, uma vitória no primeiro turno despenca para estágios de  imprevisibilidade e neste contexto, tudo pode acontecer. E ocorrendo o segundo turno na Bahia, o jogo se inverte e Zé Ronaldo passa a ser o azarão da disputa. No primeiro turno, Rui é o favorito. Já numa etapa complementar das eleições, Zé Ronaldo é quem deverá ter a bola na marca do pênalti e na prorrogação de mata-mata!

29 de agosto de 2018

VEREADOR CÉSAR PORTO TRAI PDT EM ILHÉUS

Vereadores do PDT de Ilhéus estão traindo o partido!

O PDT de Ilhéus, trava com o PDT de Itabuna, uma disputa acirrada, de voto a voto, pela vitória de uma provável segunda vaga para deputado federal do partido na Bahia. O presidente estadual do partido e candidato à reeleição, Félix Júnior é oconcur, pois previsões apontam sua possibilidade de atingir os três dígitos de milhares de votos. A perspectiva do PDT obter mais de 400 mil votos no estado, pode resultar na conquista de mais uma, ou duas vagas. Mas em caso de apenas mais um deputado federal eleito entre os pedetistas baianos, essa disputa deverá acontecer envolvendo o advogado Cosme Araújo (Ilhéus) e o médico Antonio Mangabeira (Itabuna). O PDT itabunense está coeso e embora o partido tenha um só representante na Câmara Municipal, o vereador Enderson Guinho escancara seu incondicional apoio ao correligionário local. Entretanto, o PDT de Ilhéus tem 3 vereadores que parece desconhecer a existência da candidatura de Cosme Araújo, que é o presidente do partido na cidade. Tanto, que o edil César Porto, que foi eleito com mais de 1.100 votos, está em flagrante traição ao pedetismo, com seu ostensivo apoio à candidatura para deputado federal do petista Josias Gomes, que por sua vez, não tem apoio do colega de partido na Câmara ilheense, Makrisi. Isto significa, que o pedetista apoia um petista, que nem o único vereador do PT quer apoiar. A isto se dá o nome de infidelidade partidária, ou mercantilização de compadrio. Mas, há um adágio muito conhecido pelo povo, que diz claramente: “é horrível passar um dia após o outro sem ter certeza de nada”. E a certeza de hoje, neste episódio de traição do vereador, é que logo deverá estar chegando o dia em que Cosme Araújo estará dando a César, o que é de César!

NÃO "BATO" MAIS EM GERALDO, PORQUE CHUTAR CACHORRO MORTO É FÁCIL

Ninguém quer saber, sequer, de mencionar o nome de Geraldo
(Cabeça de Pitu), que é a maior aberração da politica sulbaiana!
Nunca fui de entrar numa briga que fosse fácil de ser vencida por mim. Sempre gostei de grandes desafios e minha teoria, é de que perder uma disputa para grandes opositores, é o que se poderia esperar de um desfecho natural. Mas ganhar essa briga é que eleva o espírito e dimensiona o potencial de resistência do bom lutador. Vencer sob os escombros de Golias, deve ter sido glorioso para David e ter lhe proporcionado uma sensação extraordinária de satisfação humana. Virada de placar faz o time alegrar mais sua torcida. Ser o azarão de uma corrida, faz a vitória mais prazerosa E estes fatos é que justificam minha indiferença e silêncio à tentativa do corrupto e calhorda, Geraldo Simões (Cabeça de Pitu), voltar a por suas garras de ave de rapina nos cofres públicos. Não me apetece espetar víboras com vísceras expostas; não me incomoda o grasnar de abutres e nem me repugna o odor fétido de ratos de esgoto e estes fatos me fazem menosprezar esse indivíduo, que não passa de uma aberração da política e um cadáver em estado avançado de putrefação e que assim acabou se submetendo, por conta do seu cafajestismo, cinismo e insignificância de caráter! Venhamos e convenhamos, é pertinente que permitamos que os mortos sejam mantidos em seus próprios sepulcros! E Geraldo está morto, embora ainda fede e pensa que vive.

28 de agosto de 2018

CUMA É PARA ITABUNA, O QUE TEMER É PARA O BRASIL

O "Fora Cuma" em Itabuna, é igual ao "Fora Temer" no país!
Qual a semelhança entre o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma) e o presidente do Brasil, Michel Temer? Eles são iguais em muitas das suas posições e até de conduta de aliado e oposição de um mesmo partido. Temer foi anti-petista, depois petista e voltou a ser contra o PT. Cuma foi anti-petista e atualmente é mais petista, que o mais petista entre os militantes do PT; com perspectiva de voltar a ser anti-petista, caso Rui Costa perca sua tentativa de reeleição! Mas também existem muitas diferenças os envolvendo. Temer é comedido, parcimonioso, diplomata e educado e Cuma não possui nenhuma dessas virtudes. Temer sempre foi reeleito e Cuma sempre fracassou em suas tentativas de se reeleger. Temer é respeitado e respeitador, enquanto Cuma tem perfil contrário à dignidade de comportamento. Temer é gentleman e Cuma é truculento. Mas entre as semelhanças que envolvem Temer e Cuma, existem aquelas que depõem contra seus desempenhos de gestores: ambos são ruins como administradores e respondem a diversos processos sob acusações de práticas e improbidade administrativa. Mas nada aproxima tanto suas similaridades, quanto a contrariedade que o povo os submete. Temer e Cuma são para o povo, aquilo o que representa a cruz para satanás!

CUMA: PREFEITURA POBRE E PREFEITO RICO

Cuma faz da prefeitura uma canoa furada para o itabunense!
Não creio que seja necessário relembrar os pormenores do histórico de vaqueiro a bilionário, do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma). Isto porque não devemos permanecer chorando o "leite derramado" e nem poder mudar aquilo que já passou. Portanto, vamos nos ater aos acontecimentos dos tempos atuais. E o momento presente é degradante e muito triste para o povo itabunense. A causa deste drama está na falta de recursos que o prefeito alega existir na prefeitura, para investir em melhorias da qualidade dos serviços públicos e o desperdício desses mesmos recursos, para pagarem serviços de limpeza, consultorias e diversas outras contratações com fortes indícios de superfaturamento. Por isso Itabuna está com Postos de Saúde sem equipamentos, médicos e medicamentos; ruas esburacadas e mal iluminadas; fechamentos de escolas e obras inacabadas. Estes despautérios empobrecem a cidade e a impedem de prosperar. E faz com que o povo fique com uma persistente e incômoda impressão de não ter com quem contar, pois enquanto o governo  dá mal exemplo de gestão, os empresários ficam inibidos em investirem recursos próprios em iniciativas, que resultem em geração de empregos, rendas e impostos pagos. Portanto, enquanto faltam recurso para prefeitura, eles abundam nas contas bancárias do prefeito, seus parentes e aderentes. 

EXPOITA CORRE RISCO DE NÃO SER REALIZADA EM 2018

Cuma na prefeitura, é muito diferente da campanha eleitoral

Muito provavelmente não será realizada neste ano a Exposição Agropecuária de Itabuna (Expoita). Segundo informações, para não passar em branco, poderá ser realizado um evento ligado ao Cavalo Mangalarga Marchador. A Expoita de 2017 foi um grande sucesso, contou até com a presença do governador Rui Costa (PT), e movimentou mais de R$ 10 milhões na economia local e reuniu durante os dias de evento mais de 200 mil pessoas, que visitaram o Parque de Exposições Antônio Setenta. A falta de interesse do prefeito deverá ser um principal motivo da não realização da Expoita e para agravar a situação, FG baixou um decreto para desapropriar o Parque de Exposições Antonio Setenta.

ÍNDICE DE ELEITORES INDECISOS, OU QUE PRETENDEM VOTAR NULO E BRANCO É O MAIS ALTO EM 20 ANOS

Quem vota nula, branco e se abstém, faz o mesmo,
que "lavar as mãos" para crucificar o futuro do país!

O número de eleitores que pretendem votar branco, nulo ou estão indecisos corresponde a 38%, de acordo com dados da pesquisa Ibope. O número não era tão alto há pelo menos 20 anos, de acordo com o jornal O Globo.  Há 4 anos, na mesma época, a soma do que os cientistas políticos chamam de alienação eleitoral era menos da metade, 15%. Apesar do número recorde, cientistas políticos acreditam que o início da propaganda na TV e no rádio vão impulsionar o interesse do eleitorado. Segundo analistas, a parcela de indecisos e votos nulos e brancos aumenta entre os eleitores de baixa renda e menos escolarizados. Esse é o público que se informa principalmente pela TV e pelo rádio. Por isso, tende a se interessar mais e definir seu voto quando começar a propaganda eleitoral avaliou O Globo.

JOSÉ DIRCEU VOLTA A ATUAR NO PT E AJUDA CAMPANHA DE HADDAD

O PT quer Dirceu de volta ao comando da Máfia petista!

Um dia antes de Fernando Haddad  embarcar para seu primeiro périplo pelo Nordeste, o ex-ministro José Dirceu telefonou para Emídio de Souza, hoje um dos mais próximos assessores do ex-prefeito de São Paulo. Conversaram longamente e Dirceu foi assertivo no conselho para a iminente inserção de Haddad entre o mais fiel eleitorado de Lula: a carta enviada pelo ex-presidente em 15 de agosto, no ato do registro de sua candidatura, deveria ser seguida como roteiro da campanha. A linguagem, a simbologia, os temas, avalia Dirceu, estava ali tudo o que o povo fala e quer ouvir, como uma espécie de testamento de Lula.

27 de agosto de 2018

DEPUTADO AUGUSTO CASTRO INAUGURA COMITÊ AO LADO DE ACM NETO E CHAPA MAJORITÁRIA

Augusto Castro contou com Zé Ronaldo na inauguração do Comitê

Em cerimônia que contou com a presença de lideranças de diferentes municípios do estado, vereadores, suplentes, prefeitos, ex-prefeitos, o deputado estadual Augusto Castro (PSDB) inaugurou, no último sábado, seu comitê em Itabuna. O evento contou com a presença do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), do candidato a deputado federal Adolfo Viana (PSDB), candidato ao governo do estado, Zé Ronaldo (DEM), candidata a vice, Monica (PSDB) e dos candidatos ao senado, Jutahy (PSDB) e Irmão Lázaro (PSC). Augusto Castro, durante seu discurso, relembrou sua primeira campanha e agradeceu o apoio que sempre recebeu de todos que acreditaram e acreditam em seu projeto e intenções. “Hoje eu olho no rosto de cada pessoa que peço voto com a certeza de ter serviço prestado e caráter ilibado. Sem vaidade nenhuma, nós sempre colocamos os interesses da população como prioridade, e queremos continuar fazendo isso por mais quatro anos, por isso conto com a ajuda de cada um de vocês”, declarou o deputado.

ITABUNA COM MARRETA DO PAPI E DO MENINO DO PAPAI

As marretadas agora será contra quem não apoiar "Cuminha"!
Sérgio Gomes, filho do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma), é o que mais se aproxima daquilo que se convencionou propagar como “filho de peixe, peixinho é” e “tal pai, tal filho”! E numa demonstração explícita de estar pouco se importando com a legislação eleitoral; tratando a Justiça como se ela fosse uma extensão da pocilga com que o genitor administra a prefeitura, ele fez Cuma convocar todos ocupantes de cargos comissionados da prefeitura, através de uma circular interna, para não faltarem à realização de uma reunião na tarde da última segunda-feira (20), (horário de expediente interno) com imposição de assinarem lista de presença e flagrante crime eleitoral de uso da máquina pública), cujo único objetivo, foi amedrontar o público presente, com ameaça da marreta sobre os ombros de quem ousasse não entrar de corpo e alma, em sua campanha fadada ao fracasso. Mas houve mais constrangimento neste evento, pois todos foram obrigados na entrada do ambiente, terem que deixar seus celulares em um saco plástico, com nome, e pegar na saída. É óbvio que esta exigência objetivava impedir que as falas ali não fossem gravadas e filmadas. O encontro que aconteceu na Usemi, serviu para o prefeito e seu filho mostrarem que são eles quem decide sobre quem as marretadas abaterão como consequências de desobediência. E Cuma não poupou suas bravatas: “quem manda sou eu e se vocês não apoiarem e votarem em Sérgio Gomes, Jonga Bacelar, Paulo Magalhães e Rui Costa, podem pedir exoneração, pois vocês estão aqui porque eu sou o prefeito”, disse Cuma com a arrogância que lhe é peculiar. De acordo com o art. 73 da Lei Federal 9.504/97, são proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, as seguintes condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre os candidatos nos pleitos eleitorais e ceder servidor público ou empregado da administração direta ou indireta, do poder executivo, ou usar de seus serviços para comitês de campanha eleitoral de candidato, partido político ou coligação, durante o horário de expediente. O prefeito Cuma foi eleito com a ostentação de uma marreta, como símbolo de campanha. Isto por si só já demonstrava, sua pretensão maquiavélica de destruição e amedrontamento e agora a cidade assiste este espetáculo bizarro da marreta do prefeito ter multiplicado a ponto do filho também a utilizar para conseguir seus propósitos ilícitos e inconfessáveis. Se uma marreta incomodava muita gente, hoje se sabe que duas marretas vão incomodar muito mais!

BOLSONARO TEM 24% E MARINA 15%, APONTA NOVA PESQUISA

Bolsonaro e Marina são cotados para estarem no segundo turno

Nova pesquisa do instituto FSB Pesquisa, realizada a pedido do banco BTG Pactual, mostrou no cenário mais provável, sem Lula e com Haddad como candidato do PT, Bolsonaro mantém a liderança com 24% das intenções de voto, seguido por Marina Silva com 15%. Na sequência, empatados tecnicamente em terceiro aparecem Geraldo Alckmin, com 9%, Ciro Gomes, com 8% e Fernando Haddad, com 5%. O resultado é uma boa notícia para o postulante do PSDB, que vinha com dificuldade de aparecer em terceiro lugar nas últimas simulações. Em crescimento, João Amoêdo (Novo) ultrapassa Alvaro Dias e é o próximo da lista, com 4%, seguido pelo senador do Podemos com 3%. Henrique Meirelles, Guilherme Boulos e Cabo Daciolo (Patriota) aparecem com 1%. Os demais não atingiram esse patamar e, somados, são 2%. Brancos, nulos e indecisos são 28%.

PARA BENITO NÃO É BOM UM PORQUINHO NO COMANDO DO PTB

Ou Benito descarta o porco, ou acabará naufragando sua arca!
O ex-vereador Rui Machado (Rui Porquinho) há algum tempo tenta assumir o controle do PTB de Itabuna, mas o deputado federal e presidente do partido na Bahia, Benito Gama, não esconde sua rejeição de ter o PTB sob o comando de Rui e a justificativa não está em qualquer situação que o desabone quanto cidadão. O problema está no que esta indicação pode provocar de dispersão dos dois vereadores do partido em Itabuna, Charliane e Chicão, que ameaçam desfiliações caso o partido fiquem sob a presidência de Porquinho. Mas existe também a recusa de Benito em entregar o comando do partido para a vereadora Charliane, que não possui qualificação de liderança para reagrupar seus correligionários num só projeto político e eleitoral. Esta tarefa está sob a responsabilidade do ex-vereador Edson Dantas, que não tem conseguido dirigir o PTB com convergência de interesses entre seus filiados e nem tão pouco evitando a suspeita, de que sua conduta não passa de um presidente mequetrefe e alguém que se submete à condição de completo fantoche de Rui Porquinho. Estes fatos nos levam a concluir o raciocínio de que o barco de Benito está furado e fadado ao fracasso em Itabuna.

26 de agosto de 2018

A CORRERIA DE CUMA ATRÁS DE RUI

Cuma é como o cão pra quem sempre ele infernizou a vida!
O então cardeal Bento XVI, teria dito que preferiria o diabo a ficar no papado; o senador Roberto Requião (PMDB), ex-governador do Paraná, teria dito que, para vencer a eleição, faria coligação até com o diabo; a destrambelhada ex-presidenta Dilma Rousseff disse que poderia fazer o diabo durante a eleição e o petista Rui Costa empreendeu esbaforida correria para cooptar o corrupto e anti-petista prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma). Ou seja, o “coiso feio” está em alta na Pátria Mãe Gentil. Eu mesmo sempre utilizo o “diabo” como figura de retórica. Mexe com a libido de igrejeiros e falsos moralistas de plantão. Podemos fazer o diabo quando é hora de eleição! “Reverberam em suas declarações, petistas e fernandistas itabunenses. Durante a campanha de 2014, Rui cravou essa: “sem abrir mãos dos meus conceitos, faria aliança até com o demônio”. Nada demais. Apenas retórica, que nada influenciou no resultado das urnas. O petista elegeu-se com os pés nas costas e, quatro anos depois, está tentando ser reeleito, com Cuma como companheiro e escudeiro. Os entendidos dizem que o demo (não confundir com o DEM, por favor) não assusta porque é feio, mas porque ele é muito experiente. Por isso há um ditado que garante que o diabo mora nos detalhes. Se as incursões dos “soldados das oposições ainda não deram certo - vide o caso do contrato superfaturado da Biosanear, Ponte inacabada do Pontal, Engodo da Duplicação da BR 415, etc., etc., - agora eles tentam atingir o petista no campo dos fernandistas. O negócio é apelar para o capeta. E entre petistas e fernandistas, não há como distinguir a quem fere mais a carapuça. O fato é que o diabo é mais perigoso em sua astúcia do que em sua fúria. Ele é mais perigoso em suas ciladas do que em sua força. Ele é mais perigoso quando trabalha em surdina do que quando nos enfrenta cara a cara. E Cuma e Rui estão à espreita. Sejamos atenciosos... cuidadosos!

CASAIS FELIZES SEMPRE SE BUSCAM PELA BOCA

Sexo no casamento sem beijo de língua é insosso!

O casamento perde o encanto, quando não há mais beijo na boca; mãos dadas nas caminhadas, risadas, gosto do abraço, provocações infantis de corredor e as pernas alisadas no fundo da coberta. Mas são os lábios e língua que mais funcionam como termômetro do bem querer de um relacionamento conjugal. O beijo na boca é a autêntica aliança, o ouro que vinga, a certidão que não desbota. Só que me refiro ao beijo mesmo, de girar o corpo, o pescoço, o rosto. Selinho não conta, onde os lábios são uma carta para quem já está distante. Beijo seco também não vale, onde não há a ameaça de morder os lábios. O beijo molhado é que une. Um beijo úmido por dia renova o amor. O beijo de quem tem saudade dos tempos apaixonados, um beijo que ainda sopre de volta os elogios ditos um para o outro. O beijo sussurrado, em que os sons tremem com as respirações próximas. O beijo que não tenha a necessidade de ser pensado demais senão surge sem jeito, forçado, cinematográfico. O beijo que seja um segredo a dois, que você extravie o horário e suspenda a noção do lugar. O beijo que toque uma canção dentro, que desperte a vontade de dançar. O beijo de língua não permite o vazio crescer, a lacuna, o lapso. Pois uma ausência dentro de casa ainda tem conserto, duas ausências não têm como recuperar – o par esqueceu o amor em algum lugar das lembranças e não correu para reaver. O beijo de língua desfaz as formalidades, os medos e a educação que esfriam a relação. Beijo de língua é beijo para combater o tédio, a mecânica repetida dos gestos. Beijo de língua salva os desaforos, perdoa as críticas e as cobranças. É como uma janela batendo com a chegada da chuva, uma porta batendo com o vento. É um susto que põe o coração a bater de novo. Nem o sexo resolve o que o beijo faz. A transa sem beijo é apenas desafogo, catarse, apego de bichos. O beijo com língua é o que nos singulariza entre os animais. É uma receita simples de longevidade. Sem o beijo, a pessoa tem a vontade de largar tudo e ficar sozinha. Com o beijo, ela não perde a vontade de largar tudo, mas com a diferença de querer levar junto aquele que ama.

25 de agosto de 2018

CUMA COM COMPASSO COMBINADO COM A JUSTIÇA

Cuma parece dançar bem com conluio da Justiça
O povo de Itabuna tem dançado em conformidade a música tocada pela parcimonidade e omissão da Justiça, quando o assunto é o que fez e faz o prefeito Fernando Gomes (Cuma). Este fato e as escolhas negligentes de quem elege pústulas, são responsáveis por Itabuna está estagnada e submetida à condição de moribunda. A cidade não anda. Os passos são de um pé pra frente e dois pés pra trás. Não há avanço e nem tão pouco harmonia. Itabuna que era a terceira cidade baiana, hoje está em deprimente ranking de terceira colocada. E o descompasso ocorre entre o que precisa o itabunense e o que tem feito o prefeito. Os quereres do povo e do alcaide, só são iguais em períodos eleitorais. Depois de eleito, diplomado e empossado, o que era compromisso, se transforma em desleixos. E a realidade é de prefeitura que era rica e ficou pobre, com prefeito que era pobre e ficou bilionário. O enredo é de enriquecimento súbito e ilícito; superfaturamentos, tráfico de influência, nepotismo, prevaricação, improbidade administrativa, concussão e corrupção. E esta é uma realidade que somente a Justiça teima em não querer enxergar. O prefeito usa e abusa do descaso e negligência dos órgãos fiscalizadores, numa situação que nos faz suspeitar de estarem em sistemático coloio pernicioso. A justiça nada ver; Cuma nada faz e o povo se esvai, mas ainda esbravejando Barrabás, Barrabás...!

CIRO DIZ QUE PT EXPLORA A BOA FÉ DO POVO COM CANDIDATURA DE LULA

Tal qual uma víbora, Ciro está envenenado contra petistas!
O candidato a presidente Ciro Gomes (PDT) disse, na sexta-feira (24), a cúpula do PT “explora a boa fé do povo” com a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso na Lava Jato. Em Palmas com sua candidata a vice, Katia Abreu, senadora do Estado, Ciro evitou, contudo, criticar o petista. “A cúpula do PT agita a candidatura do Lula para explorar a boa fé do povo”, afirmou, alegando que o ex-presidente, cedo ou tarde, será considerado inelegível, causando uma grande frustração. “O que a cúpula do PT está fazendo é uma espécie de fraude”, disse a jornalistas. Apesar do tom, o ex-presidente foi poupando das críticas do adversário. Ciro chegou a falar sobre “o carinho que a gente tem por ele”. Por outro lado, o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, foi alvo de críticas do pedetista. O ex-ministro disse que ele acabará com o agronegócio, caso leve adiante a proposta de seu economista Paulo Guedes, de não mais dar subsídios aos produtores rurais. Sobre a liberação do porte de arma, lembrou ataque sofrido pelo adversário no Rio, na década de 1990, quando, mesmo com treinamento militar, rendeu-se e entregou o revólver ao assaltante. Referiu-se, também, a sua proposta para o Tocantins, considerando que a deficiência para o agronegócio do estado e da região é a infraestrutura. “A grande prioridade para além de renda, de subsídio para o crédito, a grande ajuda, aqui, é a infraestrutura.” Prometeu fazer a Ferrovia Norte-Sul cumprir seu papel, barateando o frete, conectar a Transnordestina, terminar a Leste-Oeste e duplicar rodovias. Na coletiva, evitou quaisquer perguntas polêmicas e irritou-se, ao ser questionado a quem dará seu apoio, caso não chegue ao 2º turno: “Vou apoiar a mim mesmo, mulher.”

LÁZARO CHAMA JORNALISTA DE "CAPETA" E ACUSA "SATANÁS" DE USAR SEU SITE

Irmão Lázaro não tem papas na língua e vê o cão em quem o critica
O deputado federal Irmão Lázaro (PSC) resolveu soltar o capeta contra um jornalista cujo site divulgou a informação de que ele poderia renunciar à candidatura ao Senado por causa da instabilidade provocada pela decisão de sua agremiação de romper um acordo pelo qual faria um chapão com os partidos que apóiam o candidato ao governo José Ronaldo (DEM) para a disputa das eleições proporcionais. “Tem um site chamado Informe Baiano que infelizmente parece que tem na sua direção um filho do Capeta que insiste em estar divulgando mentiras a meu respeito. Agora estão inventando que eu vou desistir da minha candidatura ao Senado”, diz Lázaro, apelando para que seus eleitores orem contra o jornalista, cujo site diz estar sendo usado por Satanás para divulgar mentiras a seu respeito. “Peço a sua oração para repreender este Capeta que insiste em estar contando mentiras a meu respeito. Se ligue aí: Informe Baiano sendo usado por Satanás para divulgar mentiras a meu respeito”, afirma em vídeo que está divulgando em suas redes sociais.

PESQUISA INDICAM FAVORITISMO DE QUASE 90% DOS CANDIDATOS À REELEIÇÃO NO SENADO

O PT da Bahia, jogou a reeleição de Lídice no lixo!
As pesquisas Datafolha e Ibope realizadas no Distrito Federal e em 23 estados indicam que 25 de 29 senadores que concorrem nessas unidades da federação largaram na frente e são favoritos à reeleição, de acordo com o site Congresso em Foco. Estão em jogo duas de cada três cadeiras no Senado. Em 2010, quando estava em disputa o mesmo número de vagas, 17 parlamentares se reelegeram. Os dois institutos não divulgaram, até o momento, sondagens em apenas três estados: Paraíba, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Apenas Eduardo Lopes (PRB-RJ), Flexa Ribeiro (PSDB-PA), Ataídes Oliveira (PSDB-TO) e Wilder Morais (DEM-GO) não aparecem entre os dois mais bem colocados nos respectivos estados e, se as eleições fossem hoje, não voltariam ao Senado, conforme os levantamentos (veja a relação completa mais abaixo). Os demais ocupam a primeira ou a segunda colocação, mesmo que em empate técnico.

BAIANO ISAÍAS QUEIRÓZ É TRICAMPEÃO MUNDIAL DE CANOAGEM

Isaquias Queiroz nos dá orgulho de sermos baianos!
O canoísta baiano Isaquias Queiroz conquistou hoje, sexta-feira (24) o tricampeonato mundial de canoagem. Ele superou o tcheco Martin Fuksa e o alemão Sebastian Brendel na final do Campeonato Mundial de canoagem velocidade de Montemor-o-Velho, em Portugal. “É sensacional ser campeão mundial . Ser o melhor do mundo é uma coisa que não tem preço. Desde 2014 eu não entrava no Mundial de C1 500. Agora voltei para dominar o meu lugar. Ser tricampeão mundial é muito bom, é consequência que os treinamentos foram bem feito. Estou muito feliz de ter ganhado do Brendel, ter ganhado do Fuksa”, disse Isaías, que havia conquistado anteriormente o título nas edições 2013 e 2014 da competição. Ele bateu os adversários com o tempo de 1m49s203.

24 de agosto de 2018

OPERAÇÃO CRONOS PRENDE 643 HOMENS SUSPEITOS DE HOMICÍDIO NO PAÍS

Jungmann diz que está agindo com pulso forte  contra o crime
Na manhã de sexta-feira (24), 643 homens acusados de homicídio, em especial de mulheres, foram presos em 16 estados na Operação Cronos, do Ministério da Segurança Pública. Até o fim do dia, a expectativa é que esse número passe de 1 mil presos. Um novo balanço vai ser divulgado às 17h.  Muitos são suspeitos de terem matado mulheres. A Operação surgiu após uma reunião do Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil, em julho deste ano. A operação, segundo o G1, conta com o apoio das Polícias Civis. Quase 5 mil policiais estão nas ruas cumprindo os mandados nos estados de Amapá, Alagoas, Distrito Federal, Pará, Paraíba, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo, Sergipe e Tocantins. “Nós vamos ter cada vez mais operações nacionais e cada vez mais operações integradas no combate ao crime”, explicou o ministro, Raul Jungmann. Parte das investigações que levaram aos mandados de prisão contou com apoio do Banco de Perfil Genético, que cadastra o DNA de autores de crimes sexuais e confronta com o material genético encontrado nas vítimas. Segundo o ministério, o banco deve ser ampliado e deverá contar com 130 mil perfis cadastrados até o fim do ano que vem. Segundo a pasta, a escolha do nome Cronos faz referência à supressão do tempo de vida da vítima, reduzido pelo autor do crime.

TRE IMPUGNA PRIMEIRA CANDIDATURA NAS ELEIÇÕES 2018 NA BAHIA

Dr. Edson agora espera decisão da Justiça e ajuda de Alah
A candidatura de Edson Dantas (PTB), que disputaria uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) foi indeferida hoje (23), pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). Trata-se da primeira candidatura barrada pela Justiça Eleitoral na Bahia, em 2018. A partir de hoje, Dantas tem sete dias para protocolar defesa. O seu nome foi vetado pelo TRE, por que o político não prestou contas de sua candidatura em 2014. A Corte foi acionada a tomar a decisão após pedido do procurador-regional Eleitoral, Cláudio Gusmão. Em defesa da manutenção da candidatura de Edson Dantas, o advogado Alah Góes, assegurou que ele continua como candidato a deputado estadual e que o “TRE não barrou candidatura nenhuma, o MP entrou com a impugnação do registro, e ele irá contestar, e da mesma forma que ocorreu em 2014, aí sim quando do julgamento, terá o seu registro deferido. A situação de Dr Edson é parecida com a de Fernando Gomes, que foi também impugnado, mas ao final teve seu registro deferido”, declarou o advogado. Em Itabuna, Dr. Edson fará dobradinha com o deputado federal Benito Gama, que também é presidente estadual do PTB e tem assegurado que estará entre os 63 deputados estaduais, que serão eleitos este ano.

HADDAD NO SEGUNDO TURNO, É O QUE MAIS QUER BOLSONARO

Haddad e sua párea não são páreos para Bolsonaro!
Pesquisa Datafolha aponta que o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) perderia em um eventual segundo turno para Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT). O candidato do PSL venceria, contudo, em uma disputa com Fernando Haddad (PT). Os números apontam, ainda, que Bolsonaro tem a maior rejeição entre os presidenciáveis: 39% dos eleitores afirmam que não votariam no candidato "de jeito nenhum". Em seguida aparece o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela Operação Lava Jato, com 34%. Geraldo Alckmin é rejeitado por 26% dos eleitores, seguido por Marina Silva (25%) e Ciro Gomes (23%). Haddad é o menos rejeitado entre os principais candidatos, com 21%. Na projeção de segundo turno entre Marina Silva e Bolsonaro, a candidata da Rede tem 45% das intenções de voto, contra 34% do candidato do PSL. Já o tucano Geraldo Alckmin aparece com 38%, contra 33% de Bolsonaro. Em relação a Ciro Gomes, a disputa é mais apertada: 38% para o pedetista contra 35% para o candidato do PSL. O cenário em que Bolsonaro leva vantagem é contra Fernando Haddad - a pesquisa indica 38% das intenções de voto para Bolsonaro, contra 29% para o ex-prefeito de São Paulo.

PRESIDENCIÁVEL SOLDADO DO GANGSTER LULA DESDENHA DO CORONEL

Ângelo Coronel ver Haddad como zumbi, que vê ele como palhaço
Não é segredo a ojeriza da militância do PSB ao candidato ao senado Ângelo Coronel (PSD), cuja candidatura de Lídice da Mata foi preterida por ele. Mas essa rejeição parece está cada vez mais ampliada, no próprio círculo petista, pois não passou despercebido do PSD a indelicadeza do candidato a vice na chapa de Lula, Fernando Haddad (PT), que, anteontem, em seu discurso na Liberdade, só pediu votos para o Senado para o ex-governador Jaques Wagner, do PT, esquecendo-se da importância do candidato a senador do partido, Ângelo Coronel, membro da linha de frente do candidato a governador Rui Costa (PT). Assim dizia ontem um aliado do PT que também foi à Senzala do Barro Preto, na Liberdade, fica difícil encampar, inclusive, a candidatura de Fernando Haddad à Presidência da República na Bahia, no caso de ele vir a ser substituto de Lula na corrida presidencial. "Parece que a prática de só coçar pra dentro não é exclusiva do PT baiano, mas do PT nacional", disse um vereador.

AGU É CONTRA TRAVESTIS CUMPRIREM PENA EM PRESÍDIO FEMININO

Travestis presos com homens, são causas de homofobia impune
A Advocacia-Geral da União (AGU) enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) dois pareceres sobre normas que regulamentam as prisões brasileiras. Em um dos pareceres, a AGU posicionou-se contra travestis cumprirem pena em estabelecimentos femininos. No outro, defendeu a limitação das visitas íntimas em presídios federais. Em relação aos travestis e gays, o parecer da AGU foi produzido em resposta a uma arguição de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) aberta pela Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT). Na arguição, a ABGLT contesta trechos de uma resolução conjunta editada em 2014 pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária e o Conselho Nacional de Combate à Discriminação. A norma prevê a permanência de travestis e gays em penitenciárias masculinas, embora devam ser oferecidos a eles espaços de vivência específicos, separados dos demais detentos. A associação quer que o STF determine que travestis que se identificam com o sexo feminino somente podem cumprir pena em estabelecimentos femininos, pois, nos masculinos, estariam “submetidas às mais diversas violações de direitos, como, por exemplo, o desrespeito à integridade física e moral, o desrespeito à honra, desrespeito à vida, desrespeito à integridade do corpo e, sobretudo, o impedimento de expressar sua sexualidade e o seu gênero”.

23 de agosto de 2018

MORO RECEBE A MEDALHA TIRADENTES EM SALVADOR

Não há no Brasil atual, ninguém mais que Moro merecedor de honras
O juiz federal Sérgio Moro, responsável por comandar as investigações da Operação Lava Jato na primeira instância da justiça, esteve na manhã desta quinta-feira (23), em uma das salas de cinema UCI Orient do Shopping Barra para palestrar na 3ª edição do Simpósio Nacional de Combate à Corrupção. O evento é realizado pela Associação de Delegados de Polícia Federal da Bahia (ADPF-BA) e continuará nesta sexta-feira (24). Na abertura do simpósio, Moro recebeu a medalha Tiradentes, considerada a mais alta condecoração concedida pela ADPF. explicou sobre alguns momentos que foi criticado sobre o vazamento de informações: "Muitas vezes falavam que 'o juiz Sérgio Moro vazava informações', mas, na verdade, estava tudo registrado em processo eletrônico e qualquer profissional da imprensa poderia ir lá colher os dados. Na verdade, qualquer pessoa independente de ser jornalista, porque isso é um direito". Moro também informou até onde a divulgação dos fatos pode afetar as investigações. "A publicidade foi fundamental para garantir o apoio da opinião pública. O juiz tem que investigar a partir dos fatos e das provas e julgar conforme isso e não com base na opinião pública. Mas em processos de pessoas poderosas, a opinião pode influir na atuação da justiça", finalizou.

22 de agosto de 2018

OS MAUS ESTÃO TRAMANDO CONTRA A PF

De vereador a presidente, tem muita gente
tramando para dar freio a força da Polícia Federal
Nem mesmo o mais ingênuo policial federal tem dúvidas de que 99% dos políticos gostariam de ver um freio na força que a instituição conseguiu no Brasil ao passar dos anos. São operações complexas, e a cada dia cresce a hierarquia de empresas e instituições gigantescas pescadas pelos grampos da Federal. Os de "baixo" alegram-se a cada peixe grande pendurado no "anzol" da Polícia Federal (PF), seguindo sem espernear. Parecem perceber o que é "ser gente". Têm noção da enrascada que estão se metendo, da seriedade e do preparo da PF. Sabem que juízes e tribunais dóceis dificilmente terão argumentos para livrá-los de pagarem pelo que fizeram. A PF se tornou a instituição que mais inspira confiança aos brasileiros. E está preparada para os ataques virulentos dessa gente graúda, acostumada a comer o dinheiro da viúva impunimente. E, também, da investida da grande mídia, convenientemente do lado do poder político e do econômico. Se há generalização, essa ou vem da mídia ou de quem recebe a notícia. Se tem uma coisa que não funciona neste país é qualquer órgão fiscalizador, a não ser a Receita Federal sobre os mortais, uma vez que os de cima levam milhões sem nenhum incômodo. O governo federal e considerável parcela dos políticos tem se mostrado os principais opositores da Polícia Federal e do Ministério Público, assim como de quaisquer instituições públicas que funcionem bem. E os motivos sabemos quais!

FILHO DE CUMA COM CANDIDATURA EM COMA

Ao se meter com o PT, Sérgio não tem como não perder!
Se há uma candidatura natimorta em Itabuna, essa é a de Sérgio Gomes (PR), filho do destrambelhado prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma).  O partido a que ele está filiado, se coligou ao PT e seus agregados num Chapão, que exige dos seus candidatos a deputado estadual, um mínimo de  45 mil votos e as perspectivas não são favoráveis para Sérgio atingir metade desse limite. Nessa "canoa furada" também tentam se salvar do naufrágio, Ângela Souza (PSD), Rafael Moreira (Podemos) e Geraldo Simões (PT). E ninguém aposta suas fichas em vitória de nenhum desse quarteto. Mas Sérgio é tido como o mais fraco. Portanto, a candidatura de Sérgio Gomes, é tal qual um paciente em fase terminal, que abre os olhos e só enxerga a morte à sua estreita. A situação de rejeição ao filho do prefeito, chega ao cúmulo do absurdo dos ocupantes de cargos comissionados da prefeitura serem condicionados a o apoiarem e se engajarem em sua campanha. Mas esta imposição não deverá evitar que a ópera-bufa da candidatura do "filho do prefeito", permaneça sob à condição de fadada ao fracasso!

CUMA AMEAÇA "JOGAR AOS TUBARÕES", QUEM NÃO APOIAR SÉRGIO

Cuma ameaça exonerar quem não apoiar seu filho Sérgio Gomes
O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma), impôs que todos ocupantes de cargos comissionados e contratados da prefeitura, comparecessem a uma reunião que aconteceu na segunda-feira (20), às 16 horas (horário de expediente interno), no salão de festa do Clube da Usemi, infringindo, flagrantemente, a lei eleitoral, que proíbe o uso da máquina pública em campanhas partidárias. E ressaltou que qualquer ausência teria equivalência de pedido de exoneração. A pauta não tinha nenhuma relação com motivação para melhorarem a qualidade dos serviços públicos e nem para orientar diretores e coordenadores a explicarem aos seus respectivos subalternos, sobre o prejudicial projeto de mudança de regime trabalhista de celetista para estatutário, que causa desconfiança e insegurança em relação à implementação do Plano de Cargos Carreira e Salários e ao FGTS. Esta reunião do prefeito com os mais de um mil ocupantes de todos escalões do governo, teve o único propósito de coagir a todos para a tarefa de se envolverem na campanha de Sérgio Gomes. Este assédio moral, só não foi pior que o ocorrido no acesso a reunião, pois todos (sem exceção), foram condicionados a deixarem seus aparelhos de celulares retidos com recepcionistas, pois nada do que seria falado naquela reunião, poderia ser gravado e filmado, sob risco de penalidades oriundas da legislação eleitoral. Mas o que as bravatas, ameaças e assédio do prefeito não pode evitar, foi a avalanche de relatos de tudo o que foi conversado naquela reunião e nada se adequava à legalidade. De acordo com o artigo 73 da Lei Federal 9.504/97, são proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, as seguintes condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre os candidatos nos pleitos eleitorais e ceder servidor público ou empregado da administração direta ou indireta, do poder executivo, ou usar de seus serviços para comitês de campanha eleitoral de candidato, partido político ou coligação, durante o horário de expediente.

QUE MORAL TERÁ QUEM VOTAR EM POLÍTICO FICHA SUJA?

A impunidade beneficia Wagner, por conta de baianos tolos!
Muitas pessoas esbravejam, escracham e "soltam os cachorros" contra políticos corruptos. Até defendem pena de morte para esses pústulas. Mas na hora de fazerem o que falam, praticam a estupidez de apoiarem e votarem em quem é conhecido e reconhecido como ladrão do dinheiro público. Também existem os políticos que pregam a moralidade, ética e honestidade no exercício do mandato e que para ser eleitos, criticam a corrupção, mas não passam de "falsos profetas" e são mais bandidos do colarinho branco, que aqueles satanizados por eles. E o pior é que os alhos estão misturados aos bugalhos e pouco há de distinguir quem é joio e arroz na mistura indigesta dessa trágica realidade brasileira. Exemplos do quanto a maioria do povo está sendo causa da corrupção, são os índices de aceitação expostos pelas pesquisas eleitorais, que revelam o petista presidiário, Lula, liderando entre os presidenciáveis e o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), como franco favoritos a ser o candidato mais votado para o senado. Sobre o histórico criminoso de Lula, não reio que seja necessário mencionar. Mas parece que os baianos, desconhecem o fato de Wagner ter levado R$ 82 milhões da Fonte Nova em propina e caixa 2 de campanha, conforme investigação de Luciana Matutino Caires, delegada da Polícia Federal. Jaques Wagner governou o Estado entre 2007 e 2014 e foi alvo de mandado de busca e apreensão da investigação de irregularidades na contratação dos serviços de demolição, reconstrução e gestão do estádio da Copa 2014. A Polícia Federal identificou que ‘a licitação que culminou com a Parceria Público Privada nº 02/2010 foi direcionada para beneficiar o consórcio Fonte Nova Participações – FNP, formado pelas empresas Odebrecht e OAS’. Outras investigações apontam Jaques Wagner, como useiro e vezeiros em fazer lambança e corrupção com dinheiro público. E mesmo assim, ainda existem eleitores que se dizem dignos, honestos e sérios, que apoiarão e votarão em ladrão!

DOS 198 CANDIDATOS A GOVERNADOR, AO MEMOS 47 RESPONDEM A PROCESSOS

A maioria dos candidatos a governador deveria está preso há anos!
Dos 198 candidatos na disputa pelos governos estaduais nas eleições 2018, ao menos 47 respondem a processos na Justiça por corrupção, peculato ou improbidade, ofensas contra administração pública. O levantamento foi feito pelo Estado com base no sistema processual dos tribunais estaduais, regionais federais e superiores do País, no site de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e no aplicativo Vigie Aqui, do Instituto Reclame Aqui. A conta não inclui eventuais processos que tramitam em sigilo ou segredo de Justiça, pois não constam nos sistemas de acompanhamento processual. O fato de responder a ações ou inquéritos não inviabiliza a candidatura destes políticos. Pela Lei da Ficha Limpa, em vigor desde 2010, somente condenados em segunda instância ou agentes públicos que tenham renunciado para evitar a cassação serão considerados inelegíveis. Comete improbidade administrativa quem enriquece ilicitamente e os que causam danos ao erário, desrespeitando princípios como os da moralidade, da impessoalidade e da economicidade (gastar mal o dinheiro). Esse ilícito civil é o fato mais recorrente atribuído aos candidatos. Ao todo, 36 são alvo dessa acusação. Depois, vem o crime de corrupção, com 14 casos, e o de peculato – seis candidatos são processados por esse motivo. Foram identificadas entre as irregularidades a contratação de empresas sem licitação, a falsificação de papéis públicos, o desvio de recursos, a contratação de familiares e falhas em contratos e prestação de contas. Casos de recebimento de vantagem indevida, lavagem de dinheiro e corrupção ativa e passiva também estão na lista. Na avaliação do cientista político Rodrigo Prando, do Mackenzie, as falhas se devem ao não entendimento do jogo político e da máquina pública. “Muitos não estão comprometidos com transparência, não têm capacidade administrativa e cometem falhas”, diz. Segundo a Lei da Ficha Limpa, a condenação por improbidade só causa inelegibilidade quando reunida uma série de condicionantes – se cometida de forma dolosa, com a geração de enriquecimento ilícito e com prejuízo ao erário. Para o Ministério Público Eleitoral, porém, se a pessoa for condenada por improbidade dolosa, basta que tenha havido enriquecimento ilícito ou prejuízo. O procurador regional eleitoral de São Paulo, Luiz Carlos dos Santos Gonçalves, explica que o entendimento do TSE, que impõe condicionantes para enquadrar um condenado por improbidade na Ficha Limpa, impede que a lei cumpra sua finalidade. “Essa acumulação não é usual. Às vezes, a pessoa enriqueceu ilicitamente, mas não causou prejuízo direto. Ou causou prejuízo intencional, mas não enriqueceu ilicitamente”. O criminalista Daniel Gerber diz que chama a atenção a quantidade de processos por improbidade e peculato contra agentes públicos. Ele coloca dúvidas, no entanto, na efetividade da Lei da Ficha Limpa. “Nenhum dos parlamentares (da atual legislatura) ofende a lei, o que, no mínimo, mostra que ela é para inglês ver”, diz. Já cientista político e professor do Mackenzie Mauricio Fronzaglia acredita que somente a Ficha Limpa não basta. “É preciso fortalecer entre nós os costumes e valores da igualdade democrática. Ou seja: ninguém está acima da lei. Maior colégio eleitoral do País, São Paulo tem três dos 12 candidatos ao governo com pendências na Justiça. O petista Luiz Marinho é réu em ação que apura nepotismo cruzado na prefeitura de São Bernardo do Campo (SP) e suspeito por desvio de recursos na construção do Museu do Trabalhador, na mesma cidade. O tucano João Doria é réu suspeito de usar o slogan de sua campanha de 2016 em projeto da Prefeitura de São Paulo. Já o ex-prefeito de Suzano Marcelo Cândido (PDT) responde a um caso por improbidade. Em Minas, Antonio Anastasia (PSDB) e Fernando Pimentel (PT) são alvo da Justiça. O senador é suspeito de receber valores irregularmente da Odebrecht para sua campanha ao governo mineiro em 2010. Já Pimentel, que tenta a reeleição, é alvo da Operação Acrônimo, deflagrada pela Polícia Federal para apurar irregularidades em campanha e recebimento de propina. No Rio, Eduardo Paes (DEM) é alvo de inquérito baseado em delação da Odebrecht que apura repasse de R$ 15 milhões para sua campanha em 2012. Condenado por improbidade administrativa, o ex-governador Anthony Garotinho (PRP) está inelegível por oito anos, segundo o Ministério Público do Rio. Ele foi acusado de participar de esquema que desviou R$ 234,4 milhões da Saúde estadual.

CANDIDATOS À LIDERANÇA DO ESTADO PARTICIPARÃO DE MAIS 5 DEBATES

Os debatem revelam as verdades e ideias dos candidatos ao governo estadual
O debate da semana passada na TV bandeirantes foi o primeiro de uma série de seis debates dos quais os candidatos ao governo do estado vão poder participar. O segundo embate será em uma rádio local na próxima quarta (22). O terceiro confronto será no dia 20 de setembro, às 21h, na TVE; o quarto, dia 29 também de setembro, na TV Record, às 13h. No dia 2 de outubro, o quinto debate será na TV Bahia, após a novela Segundo Sol. Já o último enfrentamento será na TV Aratu no dia 4 de outubro, às 11h. O primeiro turno das eleições acontece no dia 7 de outubro.

21 de agosto de 2018

REJEIÇÃO AO PRESIDENTE MICHEL TEMER CHEGA A QUASE 90%

O único ato de Temer para o povo aplaudir, é sua renúncia!
O índice de rejeição ao presidente Michel Temer subiu de 82,5% em maio, para 89,6% em pesquisa divulgada nesta segunda (20) pelo instituto MDA, em parceria com a Confederação Nacional do Transporte (CNT). A aprovação do presidente caiu e passou de 9,7% para 6,9%. Outros 3,5% responderam que não sabem ou não quiseram responder, ante 7,8% da consulta anterior. A avaliação negativa do governo também piorou e passou de 71,2% para 78,3%. A avaliação positiva caiu de 4,3% para 2,7%. Aqueles que avaliaram o governo como regular passaram de 21,8% para 17,7%. Os que não sabem ou não souberam responder passaram de 2,7% para 1,3%. Foram realizadas 2.002 entrevistas em 137 municípios de 25 Unidades da Federação, entre os dias de 15 e 18 de agosto. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, considerando o nível de confiança de 95%.

DOS ELEITORES DE LULA, 31% VOTARÃO BRANCO E NULO

Sem Lula como candidato, muitos petistas anularam seus votos
Entre os eleitores de Lula, considerando um cenário sem o petista, 31% disseram que votariam branco ou nulo e 16,6% estão indecisos. Ao analisar um cenário em que o ex-presidente Luis Inácio da Silva não possa concorrer às eleições deste ano, a pesquisa do instituto MDA, em parceria com a Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulgou nesta segunda-feira (20), que o candidato a vice na chapa de Lula, Fernando Haddad (PT), herdaria 17,3% dos votos de quem, inicialmente, votaria em Lula. Segundo a pesquisa, o ex-presidente tem 37,3% das intenções de voto. Entre os eleitores de Lula, considerando que Lula não possa concorrer, 11,9% disseram que transfeririam seus votos para Marina Silva (Rede); 9,6% para Ciro Gomes (PDT); 6,2% para Jair Bolsonaro (PSL); e 3,7% para Geraldo Alckmin (PSDB). Os demais candidatos não chegaram a 1%.

ALCKMIN E CIRO SÃO OS CANDIDATOS COM MAIOR REJEIÇÃO

Todos os candidatos estão com rejeições maiores que aceitações
Segundo pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos, os candidatos à Presidência da República Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT) têm a maior rejeição popular entre os nomes que disputam o Palácio do Planalto. A pesquisa analisa a opinião dos brasileiros sobre personalidades do mundo político e jurídico. De acordo com o levantamento, Alckmin aparece no topo do ranking de desaprovação, com 70%. Já Ciro vem logo em seguida, com 65%. Como a margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos, os dois aparecem empatados tecnicamente. No entanto, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a trajetória de rejeição de Alckmin tem sido ascendente desde abril, quando o tucano passou a ficar numericamente acima do pedetista no quesito opiniões negativas. Em seguida no ranking de desaprovação, aparecem empatados tecnicamente Jair Bolsonaro (PSL), com 61%; Marina Silva (Rede), com 61%; e Henrique Meirelles (MDB), com 60%. Guilherme Boulos, com 47%. O candidato do Novo, João Amoêdo, tem a menor rejeição, de 44%.

BENÉ E SUA PERSONALIDADE INSANA E INEXORÁVEL

Nem sempre Bené é Bené, com suas crises existenciais!
Todo mundo conhece. Personagem do cotidiano, polêmico, controverso, irrequieto... aqui e ali a gente depara com ele: Ederivaldo Benedito, o Bené: jornalista, radialista, blogueiro, barnabé, poeta, escritor e heterrosexual assumido. E sua preocupação fundamental: fazer crer que é confiável, afável e generoso. No que obtém sucesso junto aos mais distraídos. Esses que o confundem com o autenticamente lúcido e coerente, por não estarem atentos a uma diferença elementar entre os dois: a realidade. Enquanto o Ederivaldo coopera com naturalidade e tira sua paga da satisfação com a própria atitude, o Bené é um impostor. Apesar do discurso e até das ações aparentemente desprendidas, ele não é um altruísta, mas um comerciante. E o lucro que persegue é a sua imagem pública de beneficente – expediente que nega com todas as forças, inclusive para si próprio, já que a inconsciência é sempre parte da sua psicopatologia. Em sua história, Bené traz confusões estruturais. É consequência daqueles ambientes que não toleram o erro e não confiam no livre processo de aprendizado, o privando de entrar em contato com suas emoções, especialmente a tristeza e a raiva. O que acarreta um drama psíquico para sua personalidade, além de um golpe indelével na sua autoestima: “Se eu for o que eu sou, se eu expressar o que de fato sinto, ninguém me aceitará. Então devo fingir”, reflete inconscientemente. Ocorre que, sem conhecer seus contrastes e paisagens interiores, ninguém identifica seu valor pessoal e nem consegue ter notícia dos seus legítimos anseios. Como, então, poderia defendê-los aberta e serenamente? Na verdade, quanto mais reprimido for, mais ardilosamente agirá em suas manobras ocultas. Bené é indecifrável. E, enquanto confinado em seu cativeiro emocional, desprovido de referências comportamentais significativas, Bené segue enganado, imaturo e frustrado, sem possibilidade de ver florescer em si a autenticidade, a responsabilidade pelo autodesenvolvimento e uma gratificação existencial mais profunda. Bené em suas crises existenciais, teima em querer acreditar, que Bené é Bené. Mas esse conflito patológico não mora tão longe de si mesmo. Bené e Ederivaldo Benedito se locupletam da falta de seus próprios limites.  É bem comum que os seres humanos carreguemos, ao menos eventualmente, essa máscara. Importa inspecionar tal manifestação, investigar sua origem e dinâmica, compreendendo que apenas o descontentamento com a própria vida pode mobilizar para um modo de ser mais espontâneo e estimulante. De qualquer modo, o mundo precisa de benevolência. Quem não gosta de ser diferente e controverso? Quem não se sente acolhido por uma fração de atenção? A quem não conforta o ego? Diante dessa realidade, o desafio que cabe a Bené é acolher sua escuridão humana e tornar-se artífice da própria auto-estima e realidade.

RUI DEU AS COSTAS PARA NOSSAS VÍSCERAS EXPOSTAS

Rui degenerou a segurança pública e este fato fatídico,
é uma das causas dos assassinatos das jovens Ádri e Laís!
O que muito se temia enfim acabou acontecendo. O medo está em todos os lugares. A violência e a insegurança são a nova realidade na vida do povo itabunense. E não vou mentir que talvez não tenhamos chegado ao ápice dessa forte crise na segurança pública. Quem tem adolescente, irmão, criança em casa deve saber bem a sensação de terror ao pensar que algo ruim pode acontecer a eles em atividades simples como ir e voltar da escola. Alguns amigos já dizem que seus filhos estão proibidos de irem ao portão sozinhos. Não dá para confiar em nada e em ninguém. Itabuna está, temerosamente, apavorante! E como poderia ser diferente? Nossos jovens estão morrendo antes mesmo de crescer, de se formar, de ter um emprego ou família. Eles não têm chance. Alguns são aliciados, outros mortos por engano ou por vingança. Os crimes são cruéis e nos fazem lembrar do tempo obscuro do Esquadrão da Morte em que saiam estampados em alguns jornais anúncios da lista dos ameaçados para morrer. Com o auge das redes sociais, os membros de facção exibem poder. E diante disso, não devíamos nos sentir tão desamparados, mas estamos. A polícia trabalha e muito. Ela tem feito a sua parte, mas Itabuna precisa de mais. Precisa de mais efetivo de agentes, precisa cuidar melhor da sua periferia e controlá-la, precisa de opção e educação para que o crime não pareça tão atraente aos jovens. Contudo, enquanto nos viramos nos trinta tentando sobreviver às balas perdidas, às ameaças e ao medo de sermos os próximos nessa guerra entre facções, vem o governador Rui Costa (PT)declarar estar preocupado com a situação de violência em Itabuna. Como se o que vem acontecendo na cidade fosse novidade. O povo itabunense não quer expressões impactadas, nem a comoção vazia das autoridades. O povo quer medidas práticas, eficazes e urgentes para controlar a violência. Caso o governo do Estado não acorde para o que está, infelizmente, acontecendo aqui, muitos outros jovens como Laís e Ádria morrerão, covardemente. De fato, todos nós estamos um pouco esquecidos por Rui Costa... no fundo de um poço!

DEPUTADO RETIRA NOME DE FAMÍLIA DE JINGLE DE CAMPANHA

Lúcio prometeu e não cumpriu nosso pedido de construção
de uma quadra poliesportiva para o Bairro Monte Crista!
O deputado federal Lúcio Vieira Lima (MDB) reviu a sua estratégia de campanha e retirou de jingle o sobrenome “Vieira Lima”, mantendo apenas “Lúcio” ou o “L da Bahia”. A nova estratégia difere das campanhas de 2010 e 2014, nas quais os jingles destacavam o nome completo do parlamentar baiano. O deputado é irmão do ex-ministro Geddel Vieira Lima, que está preso no presídio da Papuda, em Brasília, desde setembro do ano passado, após a descoberta de um apartamento-cofre, em Salvador, com R$ 51 milhões que lhe são atribuídos. Outro aspecto interessante é que o jingle faz referência a Lúcio como “o que trabalha todo dia”. Porém, neste ano, ele faltou cerca de 30% das sessões na Câmara dos Deputados.

IBOPE: BOLSONARO LIDERA CORRIDA À PRESIDENTE COM 20%

Bolsonaro apavora petistas, comunistas e parasitas!
Reportagem do Estadão mostra que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) lidera a corrida presidencial, com 20%, segundo pesquisa Ibope/Estado/TV Globo divulgada nesta segunda-feira (20). Ele é seguido por Marina Silva (Rede), com 12%, e Ciro Gomes (PDT), com 9%. Haddad tem 4% e aparece numericamente atrás do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, candidato pelo PSDB, que tem 7% das intenções de voto. De acordo com a publicação, esta é a primeira pesquisa Ibope desde o início oficial da campanha, e também desde a definição de que haverá 13 candidatos a presidente. Como os levantamentos anteriores incluíam mais candidatos, entre eles Manuela D’Ávila (PC do B) e Flávio Rocha (PRB), não é correto comparar os resultados atuais com aqueles. Apenas para referência, pesquisa CNI/Ibope feita no final de junho mostrava Bolsonaro (15%), Marina (7%), Ciro (4%) e Alckmin (4%). Bolsonaro aparecia com 17%, Marina com 13%, Ciro com 8%, e Alckmin com 6%. Haddad tinha apenas 2%. O Ibope ouviu 2.002 eleitores, em 142 municípios, entre os dias 17 e 19 de agosto. A margem de erro do levantamento é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos. O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o protocolo BR-01665/2018. Os contratantes foram o Estado e a TV Globo.