Máscara

Camara

oi

oi

18 de setembro de 2021

RUI NÃO PRECISA "ENTREGAR O OURO AO BANDIDO"!

Cláudia, Robério e Geraldo, estão na "Lista Negra" de Rui Costa!

Pergunto aos meus botões qual seria o propósito de quem entrega o ouro ao bandido. Ao que tudo indica, comover o bandido, respondem prontamente. Insisto: com quais chances de êxito? Concluem: com bandido de 18 quilates, nenhuma. Moral da história: quem entrega o ouro ao bandido, ou é ingênuo ou néscio. Rui Costa não está governador por ser político probo, escrupuloso, incorruptível, ou pouca capacidade intelectual; ser ignorante, imbecil, estúpido, mentecapto, ou qualquer outra situação que equivalha a estas!

Rui Costa é sagaz, vigilante, inteligente e temeroso de "meter a mão na cumbuca"! Jamais o governador nomearia para cargos com orçamentos próprios e cujo ocupante teriam prerrogativas de usar e abusar da manipulação do erário.

A corrupção que abunda no governo de Rui Costa, decorre da impossibilidade dele ter cotrole da conduta de todos seus subalternos e por isso, alguns negligenciam e cometem roubalheira, como foi o caso do ex-secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, que comprou 300 respiradores não entregues ao governo e que foram pagos, pasmem, antecipadamente!

Quem também foi defenestrado do governo, por "meter os pés pelas mãos", foi Maurício Teles Barbosa, exonerado do cargo de secretário de Segurança Pública da Bahia depois de ser um dos alvos das fases 6 e 7 da Operação Faroeste da Polícia Federal. Ele estava no posto desde 2009 e estava sob suspeição de passar informações privilegiadas a outros investigados.

Estes fatos deixam  Rui Costa com "barba de molho" e por isso ele jamais deu oportunidades de nomeações para cargos de confiança, para aliados como o "ladrão de Itabuna" e de todos setores por onde passou, Geraldo Simões (PT) e para o casal de traquinos, Cláudia Oliveira (Ex-prefeita de Porto Seguro - PSD), do escândalo "dos dois bilhões, eu fico com um" e seu esposo Robério Oliveira (Ex-prefeito de Eunápolis - PSD), que foi preso sob acusação de ter liderado a Quadrilha do Fraternos, que roubou mais de 200 milhões de reais dos cofres públicos municipais.

Robério usa seus "bonecos de ventríloquos" da imprensa pelega, para propagarem que Rui precisa dar mais atenção às lideranças da região e criticarem a decisão do governador, em ter nomeado dois ex-prefeitos de cidades pequenas para cargos importantes no Estado, em detrimento de "nomes fortes desta região", que sempre deram total apoio a Rui a seus candidatos ao senado. E terem sido os esteios do governo nesta região durante anos.

Mas Rui Costa não é besta e não poderia de forma alguma, fechar seus olhos para a questão da ficha pregressa dos bandidos do colarinho branco Geraldo, Cláudia e Robério, sob pena de incorrer no erro de pagar caro pela traquinagens de terceiros. A região Costa do Descobrimento é testemunha do quanto Robério e Cláudia Oliveira são nocivos ao dinheiro público. Não somente Cláudia e Robério devem ser rechaçados, mas outros corruptos também e isto conta com os olhos esbugalhados e prudência do governador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.