Câmara Itabuna


Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

Prefeitura Ilhéus


10 de dezembro de 2020

ALFREDO SE MELOU NA LAMA DO SEU PRÓPRIO MAU-CARATISMO


Morbundo e sujo, Alfredo vai melando tudo em que se mete!

Passaram longos e inquietantes quatro anos, para o honrado e digno Coronel Gilberto Santana (PTN) saber porque obteve apenas 708 como prefeiturável, nas eleições municipais de 2016, com votação inferior a metade do que obtiveram “Ninho da Saúde” (PL), Aldenes Meira (PCdoB), Pastor Francisco (PRB), Ronaldão (PMN) e “Júnior do Trator” (PHS), para serem eleitos vereadores no mesmo pleito.

A resposta sempre esteve em quem foi a “mosca em sua sopa”: o repugnante, intragável e pústula do “auxiliar de ajudante de pedreiro” Alfredo Melo

(PV), como seu candidato ao cargo de vice-prefeito!

Se era para Santana ter votação de 10.708, Alfredo o deixou com somente os últimos três dígitos desse provável resultado e este fato revela, que polícia nunca deve se misturar com bandido!

Ocorre que chegaram as eleições de 2020 e Alfredo Melo foi candidato a prefeito pelo PV, que é um partido simpático, com militância ideológica no seguimento ambiental e que por si só, aglutina milhares de eleitorais ‘naturais”! E novamente Alfredo demonstrou o quanto é destruidor de votos. O dito cujo saiu da eleição com votação ridícula, humilhante, vergonhosa e acachapante: foi o lanterninha com menos de 170 votos para prefeito, enquanto o eleito Augusto Castro se elegeu com quase 40 mil votos.

Alfredo se melou com menos da metade da votação que eu obtive em 2012, quando fui candidato a vereador. E o pior, nessas eleições de 2020, Alfredo também teve votação de menos da metade dos votos obtidos pelo despirocado, desvairado, “maluco doido de jogar pedra em avião”, Pedro Eliodoro (UP), que sequer apareceu uma só vez, na programação de rádio e TV do horário eleitoral.

Este ano Itabuna se revelou nas urnas, implacável com seus moribundos e pústulas da política.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.