oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

15 de outubro de 2019

CUMA: “FAÇA O QUE EU DIGO, MAS NÃO FAÇA O QUE EU FAÇO”

Cuma é o maior "amigo da onça" na história de Itabuna!
Em campanha para se eleger para seu quinto mandato de prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Cuma), criticou o então gestor Vane do Renascer (PRB/PCdoB), por ele ter fechado 10 escolas e antes de completar um ano deste seu decepcionante governo, Cuma já havia fechado 9 colégios! Essa situação é característica do adágio que se refere a nunca fazer o que o hipócrita faz! E neste contexto, parafraseando o educador Paulo Freire, “É fundamental diminuir a distância entre o que se diz e o que se faz, de tal forma que, num dado momento, a tua fala seja a tua prática”. Surge em boa hora, quando se confronta o que foi propagado por Cuma, em condição de candidato nas eleições de 2016 e o que ele faz à frente do governo municipal de Itabuna. Lá no programa, exaustivamente divulgado em sua campanha política, o então candidato prometeu o que seria a fórmula da governança eficiente, com corte de gastos excessivos, economia do possível e eliminação de desperdícios. O engodo surge quando se transporta do universo virtual em que o prefeito orbita para a vida real do povo itabunense. Em decorrência desta terça-feira 15, ser dia dedicado ao professorado, o vereador Babá Cearense (PSL), voltou a criticar Cuma e seu antecessor Vane do Renascer, pelo fechamento de 19 colégios municipais nos último 4 anos. O edil assim protestou: “fechar escolas por ineficiência da máquina pública é algo muito danoso”. A reação indignada de Babá representa o sentimento de repulsa aos que insistem em permanecer na velha política, que alimenta o abismo entre o discurso e a prática. Ou não é revoltante a constatação de que o prefeito não cuida dos nossos jovens e judia demasiadamente do professorado? As perguntas se avolumam e permanecem sem respostas. Em breve, poderão ganhar novas interrogações, sobretudo de órgãos que possuem a atribuição constitucional de por a lupa e seguir o caminho do dinheiro público. No mais, viva o pensamento do mestre Paulo Freire.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.