oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

29 de dezembro de 2013

500 MIL FEZES DIÁRIAS TRANSFORMAM O RIO CACHOEIRA EM FOSSA

Todo esgoto em Itabuna é despejado no Rio Cachoeira. A cidade possui 250 mil habitantes, em média. E em média, supõe-se que cada itabunense defeca duas vezes por dia. Isso significa que o povo paga para transformar o rio em fossa e joga nele, em média, meio milhão de fezes. A Empresa Municipal de Saneamento e Água-EMASA, é responsável pelo tratamento do esgoto e fornecimento de água para o itabunense. E cobra caro por isso. Na conta da Emasa, a tarifa de esgoto é maior que o valor da água. Mas a empresa não trata do esgoto. Com isso cobra por um serviço que não executa. E faz o Rio Cachoeira se transformar em esgoto a céu aberto. A fedentina é insuportável. A poluição é visível. A proliferação de insetos e bichos peçonhentos, é fator de vulnerabilidade à saúde pública. O rio está moribundo. O povo está sendo vilipendiado e enganado.  O Ministério Público não cheira e nem enxerga esta putrefação à sua frente. Os governantes e os políticos não se rebelam e nem agem contra essa esculhambação. E o povo... bem, o povo paga a conta!

Um comentário:

  1. NÃO MAIS POSTAREMOS OPINIÕES (ANÔNIMAS, OU NÃO) – Estávamos como um dos blogs com maior quantidade de postagens de opiniões dos leitores. Nunca censuramos, ou deixamos de inserir os comentários enviados sobre nossas matérias, artigos e notícias. Inclusive aqueles que nos ofendiam, caluniavam, difamavam, injuriavam... Entretanto, tivemos diversos dissabores com pessoas enfurecidas com comentários caluniosos, que os prejudicavam, constrangiam e cujos autores eram anônimos, ou se identificavam com o subterfúgio de nomes fictícios e irreais. Diante destes fatos e das sérias consequências decorrentes destas atitudes insanas e inaceitáveis, decidimos suspender a postagem de todos comentários e esperamos contar com a tolerância e compreensão de todos, pois não temos como identificar quem são os leitores que só querem bagunçar, ou nos criar situações embaraçosas. Pesquisaremos um sistema que possamos integrar aqui, para identificar, verdadeiramente, os autores dos comentários nos enviados e assim fazer cada qual responder por eventuais ilícitos. Eventualmente, postamos as matérias em nossa página de facebook e lá é impossível a postagem de comentários anônimos e de autoria inverídica. Portanto, sugerimos este espaço para os leitores educados, bem intencionados e conscientes das consequências de tudo o que é escrito para o conhecimento público. Agradecidamente, Val Cabral.

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.