Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

Prefeitura Ilhéus


17 de dezembro de 2021

CORDÉLIA ESTÁ LAVANDO NOSSA ALMA NO CHUVARÉU

É no momento de sofrimento, que sabemos com quem poderemos contar!

Um quase dilúvio arrastando chão e arrasando casas, carregando consigo sonhos, sossegos e bens materiais. Pessoas perdendo tudo, ou quase tudo, mas não perdendo a esperança de recomeçar com a força que Deus dá a todos os que creem na resiliência, que há no âmago de todos que compreendem o quanto a natureza é implacável e dura, quando quer manifestar sua intempestividade e força de destruição.

Mas jamais a natureza com seus trovões, enchentes e ventos rompantes, conseguirá fazer retroceder aquele que persiste diante da necessidade de recomeçar e assim mostrar o quanto é heroica a capacidade humana de "levantar, sacodir a poeira e seguir em frente"!

Essa resiliência acontece mais cômoda, quando o amparo acompanha o levantar de quem a natureza derrubou. É aí onde entra em cena, a ajuda que acalenta e isto é o que se vê nesse momento dramático de eunapolitanos desabrigados e desalojados.

A Prefeita Cordélia Torres (DEM), não mediu esforços para mostrar ao seu povo, que ele tem com quem contar. E organizou uma Força Tarefa extraordinária com seus secretários e assessores; com a Defesa Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Clubes de Serviços e até o Exercito Brasileiro foi convocado para ajudar.

Quase todos eunapolitanos estão submetidos ao sofrimento do estado de calamidade, que faz Eunápolis está aos escombros com danos em seus seviços de abastecimento de água, energia e escoamento de produtos básicos para a população. E tudo não está pior, porque Cordélia agiu rápido e fez todos que podiam arregaçarem suas mangas e porem os pés na lama, na aguaceiro e assim socorrerem pessoas e seus bens mateiriais.

Estes fatos nos deixam com um sentimento de gratidão, por Cordélia não ter cruzado os braços e fechado os olhos para o sofrimento dos eunapolitanos, nesse momento em que o povo estava com suas casas quebradas e corações quebrantados.

Grato Cordélia, a água molha nossas casas e ruas, mas você lava nossas almas e nos faz resignados com a fúria da natureza, mas com convicção de que seu amparo nos fará recomeçar com a crença em Deus, que tudo voltará ao norma em breve!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.