oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

18 de junho de 2021

ROBÉRIO E CLÁUDIA SAÍRAM DA CADEIA PORQUE PAGARAM 200 MIL REAIS PARA NÃO DORMIREM MAIS UMA NOITE NA PRISÃO

Robério pagou pelegos para o parabenizarem pela impunidade a que
se beneficiou por pagar 200 mil, pelo roubo de 200 milhões de reais!

Após pagarem 200 mil reais, por um Habeas Corpus conseguido pelos advogados de defesa em BRASÍLIA, o casal milionário de corruptos, Robério Oliveira e Cláudia Oliveira (ambos do PSD), saíram na tarde da quarta-feira (16), dos presídios onde pernoitaram em celas frias na última terça-feira (15), após serem presos pela Polícia Federal, que cumpriu mandados de prisões expedidos pela justiça. Ambos são alvos da operação Fraternos, que os

denuncia como líderes de uma quadrilha, que roubou mais de 200 milhões de reais,  dos cofres públicos municipais.

Os gastos de Robério e Cláudia, para não passarem mais uma noite presos e manterem a impunidade pelos crimes que cometeram, não se restringiram aos 200 mil reais do Habes Corpus, pois também tiveram que pagar os caríssimos honorários dos quatro advogados e suas viagens urgentes a capital do país; apoios de blogs venais e pessoas pelegas para os receberem com festa, carreata e queima de fogos. 

O casal que tem uma grande folha corrida por práticas de corrupção no Extremo Sul da Bahia, onde Robério Oliveira já foi prefeito de Eunápolis por 3 mandatos, Cláudia prefeita de Porto Seguro por 2 mandatos e ambos também já foram deputados se transformando em grandes referências depreciativas do que há de mais degradante na política do extremo sul da Bahia.

O casal foi preso por haver legalidade no decreto prisional, manifesto na  competência da Autoridade Coatora para decretar a prisão preventiva e em decorrência de dados concretos capazes de evidenciar a necessidade da prisão, pois havia perspectiva de fuga e coação da testemunhas. Estes fatos demonstraram a necessidade das prisões preventivas e evidenciar que a Justiça de Eunápolis e da Bahia, é séria e desassociada de qualquer indício de negociar, ou negligenciar com o que lhe cabe de dignidade na aplicação de decisões pertinentes, justas e legalistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.