oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

8 de setembro de 2020

PT EM DECADÊNCIA PODE VIRAR FUMAÇA NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES

O povo já sabe e tem consciência do quanto o PT é mafioso!
Um editorial publicado na Folha de S.Paulo expressou o olhar crítico sobre a decadência do Partido dos Trabalhadores (PT), que esteve à frente da Presidência do Brasil por quase 16 anos, no campo político do país.
            A queda teve início em 2016, com o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Em seguida, a prisão do ex-presidente e ícone do partido, Lula, em 2018, ampliou a queda na popularidade da sigla.
            Mesmo com a soltura de Lula, o cenário não mudou. Em pesquisas recentes, o ex-presidiário aparece com a metade das intenções de voto de Bolsonaro para as eleições de 2022.
            Casos de corrupção e
apoio a movimentos que contrariam o que o povo brasileiro pensa, refletiu nas eleições estaduais, quando apenas 4 das 27 unidades federativas elegeram um governador do PT, sendo todos eleitos no Nordeste, local que na época ainda tinha a ilusão da dependência dos programas sociais implantados pelo partido.
            Para os cargos de prefeito, a queda prossegue. Em nenhuma das capitais do Brasil, o PT possui candidato favorito à eleição. Em apenas dois ou três, surge entre os três mais cotados, porém com uma grande distância entre os demais acima.
            A situação do partido já está numa situação tão decadente, que, conforme escrito no editorial, o PSOL já ganha maior proporção nas pesquisas. Anteriormente, o PSOL era um “acompanhante” do PT, apenas.
            “Precipitou-se quem achava que o PT paulistano havia atingido o fundo do poço em 2016 ao ser liquidado por João Doria”, diz a Folha de S. Paulo, em editorial.
“Seu candidato a prefeito, o ex-deputado federal Jilmar Tatto, é conhecido mais por ser um representante da velha política clientelista, sobretudo em seu reduto da Capela do Socorro (zona sul), do que por ter ideias inovadoras para resolver os problemas da cidade (…). O principal temor agora não é nem ser excluído do segundo turno, mas ficar atrás do candidato do PSOL” – (terrabrasilnoticias.com).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.