Câmara Itabuna


Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

Prefeitura Ilhéus


25 de maio de 2020

ROBSON PARTIU PARA A ETERNIDADE

Soube que Robson ficou triste por não ter entrado
no céu com seu inseparável uniforme do Botafogo!
Relutei em escrever este artigo, porque confesso está profundamente entristecido com a grande quantidade de bons amigos, que tenho perdido nestes últimos dias. São perdas motivadas por violência, doenças ‘naturais” e por Covid-19.
Neste momento quero dizer que dorme, desde a tarde do último dia 19 de maio para sempre no seio da terra, o meu inesquecível amigo-irmão Robson Aguiar do Nascimento, vítima do “vírus chinês”!
Esse coronavírus agressivo e violento que
invadiu o mundo, o atingiu e o fez nos deixar para sempre. Nossa convivência foi de muitas conversas e compartilhamentos de idéias, posições políticas e apreços.
Robson foi um exemplo singular de paixão pela comunicação, sem contudo ser comunicador. Exerceu muitas funções nesse setor e em todas elas marcou sua passagem.
Robson Nascimento era natural de Coronel Fabriciano, em Minas Gerais, mudou para a Bahia no final da década de 1970, residindo em Salvador e em Feira de Santana. Em 1993 mudou-se definitivamente para Itabuna.
Na década de 80 trabalhou no comercial do jornal Agora e Jornal Interbahia. Em seguida se transferiu para o Correio da Bahia e permaneceu como o chefe da sucursal de Itabuna, responsável por todo o Sul, Extremo Sul e Baixo Sul.
No Correio da Bahia estimulou a criação de um caderno regional, o Sul da Bahia, de circulação quinzenal e com cobertura de toda a região. Também atuou na TV Santa Cruz, de Itabuna, de onde saiu para cuidar dos negócios pessoais.
            Na década de 2000 retornou ao jornalismo (sua grande paixão) no jornal Agora, no cargo de diretor comercial e responsável pelos clientes do setor governamental, onde trabalhou até final de 2017/2018.
Robson dividia seu tempo entre Itabuna e sua casa de veraneio na praia dos Lençóis, em Una. Entre os projetos que planejava, selecionar e catalogar todo o material jornalístico e fotográfico de sua coleção. Fotógrafo, jornalista, publicitário, comercial e bacharel em Direito, exerceu essas profissões com muita paixão e colecionou muitas amizades por onde passou, dentro e fora das empresas em que trabalhou.
Meu estimado Robson, você deixou nesta passagem pela terra um pouco de sua alma, na alma das coisas. Onde você estiver, há de dizer: “Guardarei no meu olhar todos os azuis do céu, da minha amada Itabuna e trago na minha alma toda a doçura dos seres que amei”. Sua esposa, seus filhos e netos foram a sua vida e a sua inspiração. Hoje, sua ausência é sentida meu caro Robson. Porém, jamais faltarão o apreço, a saudade e o carinho de todos aqueles que lhe devotaram uma grande amizade, como eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.