oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

27 de julho de 2019

OS FALSOS PROFETAS JÁ ESTÃO À NOSSA ESPREITA

Cuma como candidato é bom para o erário ser gasto com o povo!
Desanima qualquer cristão (e qualquer não-cristão) ver diariamente políticos de diversos partidos – PT, MDB, PSDB, PP, PR, PSD, DEM, PSB, PCdoB etc etc - e de todos os estados envolvidos com dinheiro ilícito, Caixa 2 e corrupção. Mas, a verdade é que há muitos que não estão citados em nenhuma lista de corrupção. O fato é que o desencanto com a classe política faz surgir o "não político", Que é tão perigoso quando o político. Porque faz política fingindo não fazê-la. E posa de divindade do templo, de superior aos outros por não "chafurdar na lama". Um equívoco. Toda ação social é um ato político. A forma como lidamos com os colegas de trabalho é política. Organizar os times do final de semana no campeonato do bairro sem que haja brigas, é fazer política. Os "não-políticos" querem passar a sensação de que não fazem política. Sem faze-la eles não dirigiriam um clube de futebol de botão de bairro. Em 1989, tivemos um "não-político", Fernando Collor, e deu no que deu. Hoje temos alguns "não-políticos" que se destacam, como João Dória, que foi eleito prefeito de São Paulo com este discurso e i próprio presidente Bolsonaro. O crescimento deles é o efeito colateral da repulsa aos "políticos profissionais". Fenômeno que aconteceu nos EUA, quando o "não-político" Trump venceu a "política profissional e sem credibilidade" Hillary Clinton. Em 2020, confiar o voto aos supostos "não-políticos" para evitar votar nos políticos convencionais dos partidos envolvidos com corrupção, é como para evitar os lobos, confiar no lobo vestido de cordeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.