oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

29 de maio de 2016

O GOVERNO VANE JÁ NASCEU MORIBUNDO

Mais da metade da equipe de Vane já foi mudada e nada mudou
De uma coisa não se pode culpar o prefeito Claudevane Leite (”PC do B”): ele não tem medo de errar e nem de mexer em seu governo. O troca-troca constante não é aconselhável, pois cria instabilidade, mas necessário quando uma área não vem dando certo. Se muitas substituições estão acontecendo, é porque muita coisa não vem dando certo. Time que ganha não se mexe. A sequência de derrotas é o pano de fundo da dança das cadeiras. Os problemas do governo Vane são conhecidos: erra na política, se trumbica na comunicação e falha na gestão. É preciso dar um desconto pela forma como Vane do Renascer herda consequências da crise econômica advinda de Dilma e atualmente do governo Temer. Cenário de terra arrasada. A questão é que a sociedade já esqueceu o governo Dilma (PT) e Rui Costa ainda não disse pra que veio. O povo de Itabuna exige resultados. Já está no fim da era Vane e muitos secretários entraram e saíram. Em algumas áreas, o tempo de permanência não chegou a dez meses. Alguns entraram no meio do jogo e saíram antes de acabar o primeiro tempo, como todos os cinco que estiveram na Saúde. Aí ocorreu o fato inusitado do primeiro secretário de saúde ser anunciado e não nomeado: Ubiratan Moreira Pedrosa veio, viu e desistiu. Nem chegou a assumir um só dia o posto. Cada secretário que entra demora um tempo para se encontrar. Às vezes, quando consegue iniciar o trabalho, já é hora de arrumar as gavetas para dar lugar ao próximo titular da pasta. Mudanças de direção aconteceram na Fundação Marimbeta, Ficc, Saúde, Planejamento, Esporte, Procuradoria Jurídica, Assistência Social, Agricultura e Comunicação. Assim o natimorto, ou moribundo governo Vane dá passos largos rumo à beira do precipício. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.