oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

24 de novembro de 2015

AUGUSTO CASTRO CRITICA VENDA EMASA NO ÚLTIMO ANO DO GOVERNO

Augusto ouviu de perto a preocupação dos servidores da Emasa
O deputado estadual Augusto Castro (PSDB), esteve ontem, segunda/23, visitando a sede da Emasa, para verificar pessoalmente a situação da empresa e ouvir seus funcionários.  O deputado está preocupado com a perspectiva de colapso no abastecimento de água em Itabuna, cuja possibilidade foi anunciada por seu próprio presidente, que ressaltou a necessidade urgente de chover na cidade, para evitar que a situação atinja nível de calamidade. Augusto Castro ouviu a inquietação do funcionários com a declaração do prefeito Claudevane Leite (PRB) e do seu vice e secretário de Planejamento, Wenceslau Júnior (PC do B),  de devolução da empresa para o Governo do Estado, Embasa ou uma PPP (Participação Público-Privada). Para o deputado, "É preciso ter transparências nas ações, e é estranho que isso esteja acontecendo no último ano de governo municipal". “Vi hoje de perto a preocupação dos funcionários. No momento de crise que o país atravessa é preciso achar uma solução para evitar mais uma crise na cidade, mais desempregados, mais famílias destruídas por ingerência pública”. A Emasa capta 900 litros de água por segundo e atende 250 mil habitantes de Itabuna. A situação se agrava com a estiagem que ocorre na Bahia e poderia ser solucionada com a construção da barragem do rio Colônia, obra que estava paralisada e teve ordem de serviço assinada recentemente pelo Governo da Bahia. Segundo técnicos da Emasa, em outubro houve suspensão da captação de água na estação de Ferradas, por causa do Rio Cachoeira, que secou no local. A captação no Rio Almada está sendo reforçada para amenizar os efeitos da seca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.