oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

20 de janeiro de 2015

PV CORRE RISCO DE UMA DEBANDADA

Tudo indica que a dissidência "PV Democrático" criada para abrigar os filiados do Partido Verde que não estão satisfeitos com os rumos que a agremiação vem tomando pode gerar uma debandada significativa dos quadros de lideranças da sigla. São fortes os rumores do crescimento do descontentamento de opositores à atual presidência baiana do PV. O fato começou a ganhar corpo quando o prefeito de Licínio de Almeida, Alan Lacerda, foi destituído da função de presidente para dar vaga ao comando de Ivanilson Gomes. O deputado estadual Marquinhos Viana (PV) está possesso e critica a situação. O verde é um dos que de a gente sair da sigla é real. Nós quando digo nós me refiro a Uziel Bueno, Célia Sacramento e outros ameaçam deixar o PV e rumar para um novo partido. Segundo ele, a atitude tomada pelo presidente José Luiz Pena da destituição da Executiva sem conversa foi uma atitude de "ditador". "A possibilidade   não aceitamos ser liderados por Ivanilson. Eu não aceito que ele use meu nome, por exemplo, como um deputado do PV para falar do partido", declarou. Outra que compõe o quadro de nomes que podem deixar a agremiação é a vice-prefeita de Salvador, a professora Célia Sacramento (PV). A verde, que foi candidata à vice-presidência na chapa de Eduardo Jorge na última eleição, estaria no rol dos descontentes. A exclusão de seu nome da Executiva de estadual foi a gota d’água para que o assunto ganhasse força.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.