oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

31 de maio de 2014

IMPLICAÇÃO DE GERALDO SIMÕES COM A JUSTIÇA

Ex-prefeito de Itabuna, o deputado Geraldo Simões, é réu em duas ações penais (471 e 593) no STF e investigado em sete inquéritos (2707, 2719, 2759, 2831, 3012, 3165 e 3174) por crimes de responsabilidade, contra as finanças públicas e sonegação de contribuição previdenciária. Na Ação Penal 471, por exemplo, é acusado de ter distribuído cestas básicas com finalidade eleitoreira. No Inquérito 2707, é alvo de investigação sobre desvios de recursos e contratação de servidores sem concurso.

Um comentário:

  1. Val Cabral31 maio, 2014

    NÃO MAIS POSTAREMOS OPINIÕES (ANÔNIMAS, OU NÃO) – Estávamos como um dos blogs com maior quantidade de postagens de opiniões dos leitores. Nunca censuramos, ou deixamos de inserir os comentários enviados sobre nossas matérias, artigos e notícias. Inclusive aqueles que nos ofendiam, caluniavam, difamavam, injuriavam... Entretanto, tivemos diversos dissabores com pessoas enfurecidas com comentários caluniosos, que os prejudicavam, constrangiam e cujos autores eram anônimos, ou se identificavam com o subterfúgio de nomes fictícios e irreais. Diante destes fatos e das sérias consequências decorrentes destas atitudes insanas e inaceitáveis, decidimos suspender a postagem de todos comentários e esperamos contar com a tolerância e compreensão de todos, pois não temos como identificar quem são os leitores que só querem bagunçar, ou nos criar situações embaraçosas. Pesquisaremos um sistema que possamos integrar aqui, para identificar, verdadeiramente, os autores dos comentários nos enviados e assim fazer cada qual responder por eventuais ilícitos. Eventualmente, postamos as matérias em nossa página de facebook e lá é impossível a postagem de comentários anônimos e de autoria inverídica. Portanto, sugerimos este espaço para os leitores educados, bem intencionados e conscientes das consequências de tudo o que é escrito para o conhecimento público. Agradecidamente, Val Cabral.

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.