oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

27 de dezembro de 2013

AS MORTES OCORREM, MAS A VIDA CONTINUA NA BAHIA

As pessoas precisam entender que, em uma guerra civil, a guerra não se reflete em matança a todos os momentos em todos os lugares. No Afeganistão, morreram 1.300 civis no conflito nos primeiros seis meses deste ano. O número é bem inferior ao total de homicídios na Bahia. Ainda assim, no imaginário de muita gente, Cabul é um açougue de gente. Não é. Mas não sou especialista em Afeganistão. Falarei da Bahia, que conheço bem. Comecemos pela capital baiana. Acontecem assassinatos em quantidade de guerra civil em todos os finais de semanas em Salvador. Ainda assim, os soterapolitanos vão a faculdade, frequentam boates, bares, restaurantes, se casam, fazem piadas, músicas, teatro, assistem novelas, ganham dinheiro e gostam de ir ao cinema e aos ensaios do Olodum e Timbalada. Vi comentários criticando que Wagner não mostra a matança em Salvador nas suas fotos no Instagram. É óbvio que não mostra. Nenhum líder político do mundo faz anti-propaganda. O que você esperaria do líder de um governo ruim como o do PT na Bahia? De qualquer forma, Wagner exibe também propaganda que reflete em parte a situação no Estado. A matança não ocorre o tempo todo em todos os lugares, como escrevi acima. Hoje, em bairros de Salvador, há homicídios quase diariamente. Mas nem toda Salvador está intranquila. Nas praias da Ribeira, Itapoã, Barra e Pituba, o verão anda a toda, ainda mais com a chegada de pessoas de outras partes do país em busca da segurança e da estabilidade da capital baiana, tão propagada na mídia oficial. Dá para ter lazer de norte a sul de Salvador sem correr o menor risco de morrer. Agora, claro, não vá para determinados bairros, principalmente à noite. Portanto, lembrem-se, as mortes na Bahia não ocorrem o tempo todo em todos os lugares. É como a criminalidade no Brasil. Infelizmente, as pessoas se adaptam. E acabam não percebendo que Itabuna é mais perigosa do que Salvador.

Um comentário:

  1. NÃO MAIS POSTAREMOS OPINIÕES (ANÔNIMAS, OU NÃO) – Estávamos como um dos blogs com maior quantidade de postagens de opiniões dos leitores. Nunca censuramos, ou deixamos de inserir os comentários enviados sobre nossas matérias, artigos e notícias. Inclusive aqueles que nos ofendiam, caluniavam, difamavam, injuriavam... Entretanto, tivemos diversos dissabores com pessoas enfurecidas com comentários caluniosos, que os prejudicavam, constrangiam e cujos autores eram anônimos, ou se identificavam com o subterfúgio de nomes fictícios e irreais. Diante destes fatos e das sérias consequências decorrentes destas atitudes insanas e inaceitáveis, decidimos suspender a postagem de todos comentários e esperamos contar com a tolerância e compreensão de todos, pois não temos como identificar quem são os leitores que só querem bagunçar, ou nos criar situações embaraçosas. Pesquisaremos um sistema que possamos integrar aqui, para identificar, verdadeiramente, os autores dos comentários nos enviados e assim fazer cada qual responder por eventuais ilícitos. Eventualmente, postamos as matérias em nossa página de facebook e lá é impossível a postagem de comentários anônimos e de autoria inverídica. Portanto, sugerimos este espaço para os leitores educados, bem intencionados e conscientes das consequências de tudo o que é escrito para o conhecimento público. Agradecidamente, Val Cabral.

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.