oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

29 de agosto de 2013

A CÂMARA DE ITABUNA COM GENTE “SAINDO PELO LADRÃO”!

A manutenção de centenas de pessoas, que nada fazem, na folha salarial da Câmara Municipal de Itabuna, é a prova irrefutável de que, em Itabuna, até quem não pode, pode. Há um quadro de descalabro, de descaso, no ambiente interno do Legislativo Municipal, onde o dinheiro público, amealhado à custa do suor da população, é gasto sem nenhum controle. É fácil entender essa situação: a Câmara tem apenas 11 funcionários efetivos. Entretanto, são quase 200 os servidores comissionados. Estes são contratados por período equivalente á duração dos mandatos dos seus “padrinhos’ - vereadores: 4 anos. O que fazem, em um prédio que, no aperto, não comporta sequer 100 pessoas? Cada vereador tem direito a, no mínimo, 5 assessores. O que fazem? Onde fazem? Tem-se aí, batendo cabeça, “servidores” sem nenhum serviço a ser feito. Ora, salvo se os vereadores fossem deficientes (físico, visuais e auditivos) para que seriam necessários tantos auxiliares numa Casa com 21 membros? E, apesar disso, não é só. Além dessa legião distribuída para fazer ninguém sabe o quê, a Câmara sustenta outros tantos apaniguados, nomeados exclusivamente pela Mesa Diretora (Diretores). E o que será que fazem esses “servidores”? São viajantes do “trem fantasma” que os transporta confortavelmente instalados. Não trabalham, nada produzem – não são sequer identificados – mas recebem como se trabalhassem e produzissem. O nome disso é improbidade administrativa. Portanto, compete à justiça (ao Ministério Público) intervir p ara conter a sangria, preservando o dinheiro público. Não há desculpa para não fazê-lo, pois já existe “provocação” do próprio presidente Aldenes Meira, que luta isoladamente, para “enxugar a máquina”. Além disso, vereador não tem imunidade nem direito à foro especial. Então, é exigir respeito às leis, às ordens da justiça, e ordenar que acabem com a bandalheira. Sob vara, em havendo resistência.

8 comentários:

  1. Paulo do Pontalzinho30 agosto, 2013

    Elementar meu caro Val Cabral:
    “A mão que balança o Berço” e a máxima de São Franciso...”
    É dando que se recebe”...
    Esse não é um problema que acontece apenas na Câmara Municipal de Itabuna... o fisioligíco político mais arcaico da história... no Brasil nunca vai mudar!!

    ResponderExcluir
  2. Aonde está a Policia Federal... o Ministério Público?
    Eu só queria entender. E os Estudante de Itabuna?.
    Somente o Ruy Porquinho, Loiola... que são ladrões?
    Sandro Santiago de Lima

    ResponderExcluir
  3. Carlos Bartolomeu30 agosto, 2013

    É de dar asco.
    A Câmara de Vereadores de Itabuna é marca dos escândalos!
    Quem votou nesses caras, tem culpa por essa situação toda.
    Um horror!

    ResponderExcluir
  4. Juliana Góes30 agosto, 2013

    É impressionante e triste como os políticos tendem a tratar como um feudo particular os cargos e os bens públicos.
    A nós, já que o sistema eleitoral não permite mudar essa situação facilmente, resta como saída apenas o aeroporto.

    ResponderExcluir
  5. Esse país tem jeito? Onde quer que voce futuque, vai feder.
    Cláudio Brito

    ResponderExcluir
  6. Washington Reis30 agosto, 2013

    Essa sujeirada não acontece somente na Câmara Municipal de Itabuna.
    A corrupção e o cabide de emprego estão em todas as formas de governo e atinge todos os partidos políticos.
    Só tem ladrões no governo e na política.
    Esse é o ”Brasil sem miséria”, para os amigos, familiares e afins. Os demaias brasileiros, que trabalhem muitoooooooooo para pagar impostos e sustentar esse projeto de governo.

    ResponderExcluir
  7. Nojo! Simplesmente Nojo!
    Rildo

    ResponderExcluir
  8. É o procedimento de todos os 21 vereadores de Itabuna, em todo seu esplendor de cinismo.
    Esta gang esta instalada.
    Tedmos de nos unir para desalojá-los do poder.
    Essa corja nunca mais!
    Regina Dias da Fonseca

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.