oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

30 de março de 2013

CARTA ABERTA AO JOSÉ CARLOS TRINDADE



Neste momento em que Itabuna convive com a vulnerabilidade a que estão expostas crianças e adolescentes no quesito insegurança, é oportuno falar das crianças que estão sem esperanças, sem sonhos, sem futuro. Perdidas. Outro dia encontrei um garoto embaixo de uma marquise chorando. Ele tinha apenas 12 anos, mas pareceria ter muito mais. O menino era serio, um olhar melancólico, olhos negros e sem brilho. O rosto marcado pela dor e o semblante era triste e envelhecido. Ele narrou que desde muito cedo conheceu as drogas. Vivia entorpecido pelo vicio. Após ouvir as historias e ver a realidade daquela criança que mal podia avaliar a dimensão de seu sofrimento e de todos que o amavam, percebi a cruel realidade: viver em meio as drogas é a mais horrível forma de existir. Imagine as seqüelas que esse tipo de atmosfera produz sobre o ser humano, ainda mais numa criança. Logo se perde a apreciação pela vida, inicia-se um processo de degeneração e de desesperança e por fim, morre-se prematuramente. A vida é sagrada para ser perdida por alucinações. No universo das drogas a realidade é torturante. Algumas pessoas condenam e apontam seus dedos acusadores, não percebem que aquela criança está contaminada, que está doente. Eles não entendem que tomando esse atitude de condenação e indiferença só faz aumentar ainda mais seu sofrimento. Mais que criticas elas precisam de atitudes que possam fortalecê-las, livrá-las e Proteja-las. Hoje ora a Deus: Senhor Deus! Ouve minhas preces, atende meu apelo, toma conta de daquele garoto. Restitui-lhe a liberdade e a luz. Senhor Deus! Ilumina a sociedade para que ela encontre aquele menino e todos que estão perdidos, presos e doentes. Senhor Deus! Sensibilizar e abre os olhos dos homens para que eles ajam e tratem dos viciados e cuide para que outros não se percam, não pereçam e sejam protegidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.