Câmara Itabuna


Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Aniversário de Ilhéus, câmara

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

Prefeitura Ilhéus


28 de outubro de 2010

SOU MULHER E NÃO VOTO NA DILMA

Não voto porque ela foi terrorista, ajudou a planejar assassinatos, atentados, roubos com o objetivo de instalar uma ditadura de esquerda no Brasil, que nos custou 20 anos de ditadura militar, com todas suas mazelas, entre as quais, a mordaça à imprensa, que o atual governo tem atuado para impor, através de um Decreto Presidencial inconstitucional – o PNDH-3. Não voto porque tenho consciência cívica, conhecimento da verdade histórica sobre o PT, sua origem, métodos, aliados e níveis de corrupção e o projeto de “20 anos de poder”, que elevou o partido politicamente (e manteve, à custa de conluios e “acordos” abjetos) reafirmado publicamente por José Dirceu. O sorriso-esgar-eleitoral dela, não consegue esconder o temperamento despótico, autoritário, que caracterizou todas as suas atuações incompetentes no Poder Público. É tão falso como o CV incluindo mestrado, as alegações de que “não sabia” das falcatruas de gang Erenice. Vale a máxima: “quem um dia foi, nunca deixa de ser”. Não voto porque terroristas são assassinos covardes, cruéis, que não têm respeito pela vida. Nenhuma situação, nenhuma ideologia os justifica. Dilma é terrorista, por trás da máscara de democrata, conveniente para a eleição, que pode iludir os eleitores e encontra desculpas nas fileiras fanáticas as quais se alinham os que restaram da militância séria (ainda que equivocada) do PT. Que as mulheres não se iludam com o seu discurso, porque nem ser mulher a qualifica! Mulheres também são a esposa do Cap. Chandler, assassinado na frente dela e do filho de 4 anos (o “militante” Diógenes José Carvalho de Oliveira, atirou no menino também – recebeu indenização e participou do grupo “Tortura Nunca Mais”!!!) a mãe, esposa, filhas e netos do empresário Albert Bollesen, assassinado em São Paulo, a mãe do soldado Mario Kozel Filho, despedaçado aos 19 anos pela bomba jogada contra o quartel onde estava de sentinela, em São Paulo, do soldado Antonio Carlos Jeffrey, morto a tiros no atentado contra o Quartel Barro Branco, em São Paulo (para roubar armas – a metralhadora roubada foi usada para assassinar o Cap. Chandler) e aquelas que foram direta ou indiretamente atingidas pelo atentado à bomba, no aeroporto de Guararapes, em entre tantas outras vítimas dos grupos terroristas nos quais militou a candidata! Para essas mulheres, a anistia representou um acinte, um desrespeito aos seus mortos! Não voto na Dilma porque ela é aliada de grupos como As FARC (narcotraficantes, disfarçados de guerrilheiros) do MST, que se distanciou de suas finalidades, prega a “luta de classes armada” publicamente e, impunemente, segue agindo e sendo financiado com recursos públicos, desviados da saúde, da educação e de outras prioridades! Se Dilma Roussef ganhar, As FARC terão uma aliada no governo do país mais importante da América do Sul, que continuará a atual política externa de “solidariedade revolucionária”, concedendo asilos políticos e empregos aos seus membros, permitindo que cresçam no Amazonas, impedindo que as Forças Armadas Brasileiras combatam o narcotráfico e o terrorismo nas zonas onde a organização criminosa esteja presente dentro do território brasileiro, comprometendo nossa soberania e o Estado de Direito. Não voto na Dilma porque ela faz parte da “máfia” que ainda promove assassinatos, inclusive dos próprios correligionários, que se insurgiram contra a corrupção para o financiamento das campanhas do PT (“justiciamento” era o termo da esquerda, durante a ditadura militar) como Celso Daniel (torturado e morto) Toninho do PT, além dos que ousaram recentemente expressar sua indignação com o promotor do “mensalão”, o crápula José Dirceu, como aconteceu com o escritor, preso porque deu umas bengaladas no sujeito, e apareceu morto “de câncer” no presídio (o corpo foi cremado sem autorização da família, para impedir quaisquer investigações). Recentemente, a Promotora Eliana Vendramini, que cuida do processo Celso Daniel, foi vítima de um atentado no estilo “justiciamento”! Não voto na Dilma, porque respeito a Lei, e não aceito que roubos, mesmo intitulados de “expropiação” fiquem impunes, quando se conhecem os autores intelectuais e os executores, como o cofre de Adhemar de Barros, contendo US$ 1 milhão - não se aplica o dito “ladrão que rouba ladrão, tem 100 anos de perdão”. Até hoje os ladrões anistiados não explicaram o que fizeram com o dinheiro, nem devolveram aos cofres públicos. O que mudou, depois que ele passou a fazer parte do governo, foi a tática de assalto, desta vez aos cofres públicos e de empresas como a Petrobras, da qual foi presidente e membro do Conselho, até sair como candidata. O trecho da Ata da Assembléia Geral Ordinária da Petróleo Brasileiro S.A. - PETROBRAS, realizada em 8 de abril de 2009, dispensa comentários: “Item IV: foram reeleitos como membros do Conselho de Administração da Companhia....com mandato de 1 (um) ano a senhora Dilma Rousseff – qualificação- e o Sr. Guido Mantega – qualificação - e Francisco Roberto de Albuquerque. Item VII: Pelo voto da maioria....em conformidade com o voto da representante da União foi aprovada a fixação da remuneração global a ser paga aos administradores da Petrobras em R$ 8.260.600,00 (oito milhões e seiscentos mil reais) aí incluídos: honorários mensais, gratificações de férias, gratificação natalina (13º salário) participação nos lucros e resultados, passagens aéreas, previdência privada e complementar e auxílio moradia” (Fonte: site da Petrobras). A Petrobras e o Banco do Brasil, passando por cima da lei eleitoral, pagaram anúncios na Revista do Brasil – tiragem de 360 mil exemplares - administrada pelos sindicatos dos metalúrgicos e dos bancários, ligados a CUT, que faz campanha para a Dilma. O TSE determinou a imediata interrupção da circulação da revista (jornal Folha de São Paulo, de 19 deste mês – manchete da primeira página e f. A4). Não voto na Dilma, porque ela não tem caráter, muda de opinião conforme as circunstâncias e sempre para obter vantagens próprias, como na questão do aborto, da sua participação nos grupos que pregavam – e agiam – em prol da luta armada, que pretendia impor uma ditadura de esquerda no Brasil. Não voto na Dilma, porque ela será um instrumento para o exercício de poder do PT e seus “companheiros”, entre os quais José Dirceu e sua corja. Não voto na Dilma porque sou patriota, nacionalista, amo o meu país e não quero vê-lo mais tempo a serviço da ralé mais sórdida que já governou o Brasil. QUEM FOR BRASILEIRO CONSCIENTE, TIVER A ÉTICA, A HONESTIDADE, A INTEGRIDADE COMO PRINCÍPIO, E O BRASIL NO CORAÇÃO, NÃO VOTA NA DILMA!!! . (Sulema Mendes de Budin).

12 comentários:

  1. Correção: Dlma não é mulher... é uma SAPATONA!
    Rildo

    ResponderExcluir
  2. O POVO BRASILEIRO TÁ MANIPULADO POR UMA IMPRENSA COMERCIAL E COMPRADO POR PROGRAMAS COMO O BOLSA FAMÍLIA.
    NESTE CONTEXTO, NÃO EXISTE MUITA COISA PARA SE FAZER, NUMA PERSPECTIVA DE MUDANÇA VERDADEIRA.
    INFELIZMENTE, O BRASIL CONTINUARÁ GOVERNADO COM MÉTODOS ILÍCITOS E ENGANADORES.
    A CORRUPÇÃO PREVALECERA E DILMA DEVERÁ SE ELEGER NESTE PRÓXIMO DOMINGO.
    ESTE POVO PARECE QUE NÃO APRENDE COM SEU PRÓPRIO SOFRIMENTO.
    ATÉ QUANDO O BRASILEIRO VAI FICAR COM OLHOS FECHADOS, PARA A REALIDADE DE QUE O PT É UMA QUADRILHA DE CORRUPTOS E FICHA SUJA?
    ACOOOOOOOOOOOORDA BRASILEIROS.
    AINDA HÁ TEMPO DA GENTE EVITAR O PIOR:
    JOSÉ SERRA PRESIDENTE 45... É A NOSSA ÚNICA POSSIBILIDADE DE TER UM BRASIL MAIS SÉRIO, HUMANO E MELHOR DESENVOLVIDO.
    RICARDO ARAÚJO DE LIMA

    ResponderExcluir
  3. Nunca na história do Brasil houve uma participação tão eloqüente de uma Mulher, acho que para dar continuidade a um Projeto de mudança, nós devíamos votar em uma Mulher sim!!

    ResponderExcluir
  4. Eu sempre votei nas mulheres. Mulher é mais sensível, e o Brasil precisa de sensibilidade, para adotar uma política para as mulheres, que aliás, na verdade é a favor de todos. Quem não tem mãe, vó, irmã, tia?!

    Dilma presidente do Brasil. Vote 13

    ResponderExcluir
  5. Eu desejei uma mulher no senado mas a Dilma nao! e isso nao tem nada haver com religiao, nem com o tema aborto e nem casamento entre homosexuais... muito pelo o contrario, mas sim por ela fazer parte de um bando de ladroes, corruptos e que vai deixar o Brasil na mesma miseria que estar! Eu sou por um paìs democratico, que tentar melhorar a vida dos seus cidadoes, que faz investimento em tudo que é necessario. Da forma que vivemos aqui nem brasileiros em paìses estrangeiros vivem. A vida aqui é uma merda, e que ainda existem pessoas que apoiem e gostem de viver nessa merda, eu ainda nao entendir! eu nao quero so o melhor pra mim, pra minha familia mas pro meu vizinho, pra um amigo etc... eu sempre digo acorda Brasil mas perdir as esperanças.
    Célia H.

    ResponderExcluir
  6. Lula pidiu um presente para o aniversario dele, pois bem vamos dar para ele no dia 31 que é Halloween! que sera o dia de caça a bruxa e enviamos de volta a pinoquia da Dilma para ficar no bau do qual não devia ter saido.

    ResponderExcluir
  7. tem jeito,nao dilma vai governar por oito anos,walter pinheiro vai ser o proximo governador da bahia,geraldo simoes o proximo senador e depois da dima wagner vai ser o presidente.

    ResponderExcluir
  8. tem jeito, nao dilma vai governar por oito anos,walter pinheiro o proximo governador,geraldo simoes senador e depois da dilma wagner vai ser o presidente,enquanto isso lula sera embaixador do brasil nos eua,preparem suas catacumbas seus imbecis

    ResponderExcluir
  9. MORDAÇA - "PRELÚDIO DE VENEZUELISMO"

    Conforme planejado pelo PT na Confecom, tem início a tentativa de controlar a imprensa. O primeiro estado da lista é o Ceará, mas na Bahia, Alagoas e Piauí, os petistas já articulam a legitimação de mecanismos de censura e cerceamento da liberdade de expressão e opinião. Bruno Pontes dá detalhes sobre a polêmica gerada no Ceará.

    O deputado Fernando Hugo (PSDB) segue repudiando a proposta de criação do Conselho de Comunicação do Ceará e pedindo ao governador Cid Gomes (PSB) que vete a matéria, de autoria da deputada petista Rachel Marques, e vista pelo tucano como "prelúdio de um venezuelismo".

    ResponderExcluir
  10. Cabral,esta luluzinha é uma verdadeira aberração,quanta bestialidade,ridícula.Tome seu remedinho para pressão,domingo o povo brasileiro lhes mostrarão como se vence uma eleição,será um massacre,quem viver verá.VOCE É O NOSSO PRINCIPAL CABO ELEITORAL NA REGIÃO,CONTINUE SEPRE ASSIM.Obrigagdo.

    ResponderExcluir
  11. QUEM É ESTA PATRICINHA????????? NUNCA VI TANTO RANCOR, PRECONCEITO VELADO, DIFAMAÇÃO, CALÚNIA E LEVIANDADE EM UM COMENTÁRIO COMO O DESTA ILUSTRE DESCONHECIDA, SUPEROU O VAL CANALHA NAS SUAS COLOCAÇÕES TENDENCIOSAS E PEJORATIVAS NESTE BLOG.
    -DIZEM MUITAS COISAS DA DILMA, MAS ATÉ AGORA NADA PROVARAM CONTRA ELA, PORTANTO PREVALECE A PRESUNÇÃO DA INOCÊNCIA, POIS ASSIM DIZ A LEI. DE RESTO É SÓ ESPECULAÇÃO, PRECONCEITO, ÓDIO E INVEJA.

    ResponderExcluir
  12. “DEUS” nos livre da vitória da Dilma, mas se isso acontecer o Lula não sairá tão vitorioso assim não, apesar de toda sua popularidade quase seu partido não elege um senador por São Paulo, no Pará mesmo com o apoio do BOLSA FAMÍLIA, Jader Barbalho e o Almir Gabriel quase que Ana Careta perde no 2º turno, no Rio D. do Sul temos que reconhecer a péssima atuação da governadora tucana, na Bahia o Wagareza só foi reeleito porque aqui o PSDB sempre foi uma espécie de filial do Lula, parece até que os líderes tucanos não viam no Lula um adversário que merecesse cuidado ou sempre estiveram pensando apenas em derrotar o carlismo a qualquer preço, mesmo que para isso tivessem que deixar seu candidato a presidente em último plano, o Lula querendo exterminar o DEM catarinense acabou mesmo exterminando foi o PSDB baiano, pois apenas o Jutahy e o Embassay foram eleitos deputados federais, mas a grande derrota do Lula mesmo veio dos seus mais fervorosos aliados, me refiro logicamente aos bispos e padres católicos, pela primeira vez desde que o pt foi criado não terá mais o apoio irrestrito da IGREJA CATÓLICA
    daqui pra frente o mst e pt terão que rebolar para continuarem com sua baderna.

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.