oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

22 de maio de 2021

CUBA, CHINA E COREIA SÃO EXEMPLO DE EMPOBRECIMENTO DO POVO

Nem os próprios comunistas conseguem suportar países comunistas

No Brasil as esquerdas vêm há décadas se preparando para implantar o socialismo, através do lento processo de doutrinação nas escolas públicas de todos os níveis e através da imprensa. Seria o socialismo tardio, pois o fracasso desse sistema político como forma de distribuição de riqueza está mais do que comprovado.

As esquerdas argumentam que o capitalismo, e mais recentemente o neoliberalismo adotado no governo FHC levaram à elevada concentração da renda e da riqueza (embora FHC e esquerdistas hoje são como xifópagos). O Brasil nunca adotou o regime democrático de livre mercado capitalista, e

somente as privatizações do governo FHC não foram suficientes para caracterizá-lo como liberal.

Continuamos no sistema mercantilista da colonização portuguesa, com o velho Estado patrimonialista e cartorial de sempre, onde o desenfreado empreguismo com nepotismo levaram este país a ter uma das mais altas cargas tributárias do mundo, concentrada numa minoria da sociedade, que se destina a satisfazer os ganhos exorbitantes e as gordas aposentadorias da alta burocracia, e nada beneficia os cidadãos contribuintes ou não.

Estes, por não terem, em sua maioria, acesso ao ensino básico, nem ao saneamento nem à saúde pública, não se podem habilitar a bons empregos, com remuneração condigna, e se mantêm na condição de "excluídos" da economia monetária, na pobreza ou mesmo na miséria. A implantação do socialismo não vai alterar essas causas. Vai mantê-las, distribuindo a pouca riqueza entre os militantes dos partidos socialistas então encastelados nos cargos públicos.

As massas pobres continuarão iludidas por promessas vazias, como em Cuba, China e Coreia do Norte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.