oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

18 de outubro de 2019

GALVÃO "SAIU ANTES DE ENTRAR"

A bomba do PSL explodiu na cabeça de Guilherme Galvão!
Orlando Filho volta a está cotado para ser Diretor da Ceplac
A nomeação do agricultor, capitão da reserva do Exército e Presidente do Sindicato Rural de Barro Preto, Guilherme Galvão, para o cargo de Diretor Geral da Comissão Executiva do Plano da Lavoura do Cacau (CEPLAC), no início de março deste ano, foi uma vitória contra a poderosíssima "dona" do PSL baiana, a deputada federal, Dayane Pimentel. A ligação de Galvão com o vice presidente Mourão e sua constante defesa da cacauicultora, o fizeram derrotar a deputada. Mas Galvão foi exonerado do cargo. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União de ontem, sexta-feira (18). A exoneração pegou todos de surpresa, pois a saída dele acontece no momento em que Dayane entra na lista negra do Planalto, por ter se rebelado contra a nomeação de Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, para o cargo de líder do partido no Congresso. Dayane Pimentel chegou a denunciar a decisão do presidente de exigir apoio para trocar Delegado Waldir por seu filho Eduardo na liderança do partido na Câmara sob ameaça de "Assina, senão é minha inimiga". Dayane não assinou! Este fato deveria fortalecer Guilherme Galvão e neste contexto, "o tiro saiu pela culatra" e a "corda quebrou pro lado dele"! O ex-prefeito de Buerarema, Orlando Filho, é o nome mais cotado para substituí-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.