oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

22 de abril de 2019

O PTC E SEUS MORCEGOS RASTEJANTES

Zico e Alex da Oficina passarão... o PTC não!
O Coringa ou Curinga significa "matar" e tal como o palhaço, é considerado o símbolo dos paradoxos, do tudo ou nada, da alegria ou da tristeza, da sabedoria ou da ignorância, dos opostos complementares. Além disso, por extensão desse conceito, em muitas atividades são chamados de "coringas" as coisas ou pessoas neutras, que podem assumir a posição ou o valor de outras. Na linguagem informática, por exemplo, o coringa é aquele que significa qualquer caractere. E na politica, o Coringa é o elemento usado para decidir o resultado do jogo; é quem ri, ou faz chorar por último! Neste contexto, é previsível saber quem no PTC tupiniquim é o Batman de Itabuna City. Nas estórias que já lemos e ouvimos, Coringa é um dos vilões mais conhecidos das revistas em quadrinhos. É um personagem que faz parte do enredo de “Batman” e normalmente simboliza a anarquia, o caos e a imprevisibilidade. No universo dos jogos o Coringa representa uma das cartas do baralho sem indicação numérica e, por isso, pode indicar o zero ou qualquer carta, aquela que pode substituir qualquer outra do baralho, caraterizando-se, portanto, pela sua neutralidade. No PTC o Coringa é tão somente "carta fora do baralho", assim como carro quebrado cujas peças para consertá-lo inexistem e não há Oficina que dê jeito. O problema é tão sério que nem Oficina resiste ao estrago. Neste seguimento o Coringa é cego, mudo e surdo! Não decide e nem ri. É como umbigo de Freira: existe, mas ninguém vê e sua serventia é de patavinas! Para o carro quebrado e a Oficina à bancarrota, o destino é fadado ao fracasso... sob o olhar irônica e sagaz, do "Homem da Capa Preta" (Elias)! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.