oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

18 de fevereiro de 2019

A VENDA DA EMASA É A MÁGICA DA MULTIPLICAÇÃO DA RIQUEZA DE CUMA

É necessário ficar de "olhos arregalados" em tudo o que
houver de garras de ave de rapina de Cuma sobre o erário
Quem quiser que pense que o prefeito Fernando Gomes (Cuma) está com intensões humanitárias e nobres ao atuar com vigor pela urgente privatização da Emasa. O que se pode imaginar neste contexto, é que a concepção dos seus interesses pessoais e inconfessáveis, estão os dividendos milionários que resultarão das negociações que o terão como protagonista. Privatizar a Emasa é o que melhor pode acontecer para a empresa se tornar séria, eficiente e útil à cidade. Mas vendê-la tendo Cuma como prefeito, é "entregar o ouro ao bandido"! Não consigo descrer que Cuma "não dá um prego na estopa", sem primeiro se locupletar do erário e este fato nos faz "ficar com uma purga atrás da orelha", pois a privatização da Emasa deve ter como pressuposto, beneficiar o povo itabunense e não governantes maquiavélicos, gananciosos e corruptos. Com Cuma prefeito, a privatização não deverá se condicionar às regras de uma Agência Reguladora, que determinará percentuais justos de reajustes de tarifas, investimentos em tratamento de esgoto, revitalização das bacias hidrográficas, renovação de toda rede de canalização da cidade e novas aplicações financeiras para crescimento da empresa e estes fatos nos fazem recear que pretensões sórdidas, estejam como pressuposto na negociação. Portanto, somos favoráveis a privatização da Emasa, mas com rigoroso monitoramento das negociações, conversações e com os órgãos sérios e incorruptíveis de monitoramento atuando com "olhos arregalados" e ouvidos meticulosos, para cada passo, palavra, ação, reunião e assinatura do prefeito, nos pormenores que ocorram relacionados à venda da Emasa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.