Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

Prefeitura Ilhéus


25 de julho de 2016

ELEIÇÃO EM ITABUNA PODE TER POLARIZAÇÃO ENTRE TUCANO E CURURU

Os comunistas acham pouco terem destruído o governo de Vane
Se as candidaturas de Fernando Gomes (DEM) e Capitão Azevedo (PTB), forem indeferidas pela Justiça Eleitoral e a jurisprudência de instâncias superiores da Justiça não o beneficiarem com liminares, as eleições municipais deste ano em Itabuna, deverão ser disputadas pelo tucano Augusto Castro e o cururu Davidson Magalhães. Ambos devem convergir a maioria dos partidos em suas respectivas coligações e muito pouco restará para Antonio Mangabeira (PDT) e Geraldo S. de Oliveira (PT). É consenso entre os articulistas políticos, que quanto maior o agrupamento de partidos e lideranças, mais se fortalece quem pretende ganhar a eleição. Mangabeira só possui o PDT em sua campanha e Geraldo só conseguiu apoios de partidos sem nenhum candidato a vereador, que são os nanicos e inexpressivos PPL, PSL e Pros. Pedetista e petista não conseguem deslanchar suas candidaturas. Mangabeira empacou nos 4% e embora Geraldo esteja com índice dobrado, quando comparado ao candidato do PDT, sua rejeição recordista é superior a 50% do eleitorado itabunense e sua posição no quesito aceitação, é menos da metade do candidato do PSDB. Augusto Castro sem Fernando na disputa, se torna franco favorito, enquanto o comunista Davidson Magalhães o persegue na corrida eleitoral, com a maior coligação entre os prefeituráveis do campo situacionista. Portanto, as previsões apontam a possibilidade do próximo prefeito de Itabuna, está entre o tucano Augusto Castro e o cururu Davidson Magalhães.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.