oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Camara


30 de maio de 2016

ITABUNA TERÁ MAIS DE 500 CANDIDATOS A VEREADOR

200 mil reais é o que deve gastar quem quiser ser eleito
para o cargo de vereador no município de Itabuna.
33 partidos políticos estão habilitados para concorrerem às próximas eleições municipais em Itabuna. Apenas 11 conseguiram juntar 30 candidatos cada, no mínimo, para as eleições proporcionais: PHS, PSDB, PPS, PTC, PTN, PC do B, DEM, PSD, PR, PDT e PRTB.  Juntos somam mais de 330 homens e mulheres, que disputarão as 21 vagas da próxima composição da Câmara Municipal. Entre os partidos que só conseguiram completar pouco mais da metade do número máximo das vagas, estão PMN, PMDB, PSB, PTB, PV e PRB. Mas existem partidos, que não possuem mais que 10 candidatos a vereador: PT, SD, PSDC, PP, PSC, PT do B e PMB. Outros estão em condição de maior desvantagem, pois não juntaram mais que meia dúzia de candidatos: PSL, PPL, PROS, PCB, PSOL, PSTU, PRP, PEN e REDE. Estes números mostram, que a eleição municipal deste ano promete ser a mais concorrida da história de Itabuna, principalmente quando o cargo disputado for o de vereador. Ainda não há um estudo, que determine as causas que resultam no interesse do indivíduo ser candidato. E seria apenas especulação, dizer que os motivos estão na busca de poder político; maior inserção social; aumento de renda e patrimônio, ou simplesmente egocentrismo. Todavia, a concorrência está restrita a quem mais possuir poder econômico de financiar uma campanha eleitoral, ou juntar aderentes aos seus propósitos. Há previsões que mais de R$ 200 mil serão gastos, por quem não conseguirá se eleger.  E que metade das vagas já estejam reservadas para candidatos favoritos e dentre estes estão, Ronaldão, Aldenes Meira, Beto Dourado, César Brandão, Antonio Cavalcante, Walter Silva, Rui Porquinho, Glebão, Pastor Francisco, Paulinho do INPS, Carlito do Sarinha, Capitão Fábio, Chico Reis e Emanoel Jr. Para que não haja alvoroços sobre os nomes acima referidos como favoritos, quero ressaltar que eles são apenas especulativos e que, consequentemente, podem não constar da relação oficial,  sobre aqueles que serão eleitos em 2 de outubro próximo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.