oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Camara


31 de julho de 2015

VANE É UM CURURU, OU PREFEITO FANTASMA

Vane tem sido ofuscado por Wenceslau e ambos estão sendo
rejeitados pela maioria do povo itabunense
Já há quem esteja apelidando o prefeito Claudevane Leite (PC do B) de "Vane Pluft". Para quem não compreende, primeiro deve saber que Pluft é o nome de um simpático fantasminha de estórias infantis e desenhos animados. E depois ser informado sobre como é chamado o servidor público, que quase sempre não aparece para trabalhar. Juntando essas duas situações, se chega a origem do porque o prefeito Claudevane Leite está sendo apelidado de "Vane Pluft"!. Ninguém o ver em velórios e sepultamentos, eventos sociais, posses de dirigentes de entidades não governamentais e nem nas poucas inaugurações de obras públicas. Quase ninguém ver Vane na própria Prefeitura. Vane está em Itabuna, como umbigo de Freira: todo mundo sabe que existe, mas ninguém ver. E por ele desaparecer, quem acaba aparecendo é seu vice-prefeito, Wenceslau Júnior, que acaba sendo contemplado com as manifestações de instisfações dos itabunenses e isto sempre ocorre em fora de vaias e palavras de constrangimentos. Vane não deve permanecer como um fantasma. Ele deve compreender, que se elegeu para estar à frente de tudo na cidade. Dá as costas para os problemas e o povo de Itabuna, é um despautério a que ele não deve se submeter. Fantasmas assustam e não empreendem; não ajudam e nem significam qualquer relevância material e executiva. Enquanto Vane continuar sendo parecido com um fantasma na prefeitura, não verá ao se olhar no espelho, nada mais que algo semelhante a um sapo cururu, que jamais se transformará num principe. Sapo parece ser... e sapo sempre parecerá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.