oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Camara


27 de junho de 2015

É EM CASA QUE DEVE COMEÇAR O CUIDAR DO IDOSO

O cuidar dos pais e avós, é retribuir o cuidado recebido anteriormente
O Brasil não se preparou para o envelhecimento de sua população e não tem estruturas adequadas para garantir dignidade e autonomia aos idosos. Um dos reflexos da falta de condições adequadas de moradia e de sobrevivência são os episódios de agressão aos mais velhos. Não que faltem políticas para garantir o bem-estar do idoso. Temos, por exemplo, o Estatuto do Idoso, de 1994. O problema é que muitas medidas previstas na lei não foram colocadas em prática pelos governos municipais, estaduais e federal. Resumo da ópera: no Brasil, o arcabouço legal é avançado, mas o País envelheceu sem estar preparado. Em uma sociedade que encara o envelhecimento como algo pejorativo, fica difícil imaginar que dentro de alguns anos ocorrerá a total inversão da pirâmide etária, em que os idosos serão maioria. E o desafio de cuidar dos idosos não pode ser visto como atribuição somente do estado, mas de toda a sociedade civil, por isso é preciso que todos tomem consciência desse processo. Além da mudança cultural em relação ao tratamento destinado à terceira idade, ainda é necessária a efetivação das políticas públicas que contemplem essa faixa etária, integrando-as à sociedade, evitando o abandono e garantindo o mínimo de autonomia para os mais velhos. Contudo, as mudanças devem começar em casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.