oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

24 de janeiro de 2015

CRIMES QUE ESTÃO IMPUNES EM ITABUNA

A grande maioria dos crimes de homicídios, que acontecem em Itabuna, entram no rol dos insolúveis e alguns casos, são incompreensíveis, pela dinâmica dos indícios, por não terem sido desvendados. Não há informações precisas sobre o quantitativa e percentuais de crimes, cuja autoria foi identificada. E nem as causas que provocam esta realidade. O que se suspeita, é que a ineficiência nas investigações policiais, a morosidade judicial e a ausência de condições adequadas de equipamentos, pessoal e insumos no Departamento de Polícia Técnica –DPT, contribuem para Itabuna está entre as cidades onde mais se pratica crimes contra a vida humana, sem que seus autores sejam identificados, preosos, processados e condenados. Abaixo relacionamos alguns crimes que estão nesta situação.
O marido é suspeito de matar a professora
RAYLUCIENE CASTRO - Desde 25 de janeiro de 2009 que amigos e familiares da professora Rayluciene Castro Néry assassinada a tiros dentro de um quarto da sua casa próximo ao Hospital Pediátrico Manoel Novaes, em Itabuna, convivem coma a impunidade, que beneficia o autor deste crime. O principal suspeito de matar a professora é o tecnólogo Everaldo Marques de Souza marido da vítima. Há seis anos, a polícia investiga o caso, sem chegar a sua conclusão.
Namorado está sendo investigado como responsável pelo sumiço da estudante
CLÉBIA LISBOA - Há três anos a estudante Clébia Lisboa, despareceu e a suspeita é de que tenha sido assassinada. Investigações policiais chegaram a um taxista que foi uma das últimas pessoas a ver Clébia com vida, no dia 30 de dezembro de 2011. A jovem pegou um táxi no centro de Itabuna, por volta das 19 horas e saltou em frente a uma farmácia na Avenida Princesa Isabel, bairro São Caetano. As investigações prosseguem e ainda não é possível apontar eventuais culpados.
Pai mmorreu investigando o assassinato do filho
PAI ASSASSINADO POR INVESTIGAR A MORTE DO FILHO - Três indivíduos assassinaram a tiros, na noite de 25 de abril de 2019, Zenildo Lacerda, pai de José Lacerda Neto, assassinado três anos antes dele, na Praça do Trabalho, bairro Pontalzinho. Zenildo já havia sido vítima de tentativas e ameaças de assassinato, por vingança, porque havia denunciado a quadrilha dos supostos corretores de veículos, liderada por Anderson Nascimento, o "Lagartixa" e Wesley 171. O assassinato de Zenildo não surpreendeu Itabuna, onde ele era muito conhecido, pois esta era uma morte anunciada e esperada, em decorrência das constantes atividades de Zenildo, que morreu investigando e lutando pelas prisões e condenações dos mandantes e executores do crime contra seu filho, que pode ter sido assassinado por estes mesmos bandidos.
Policiais sâo acusados de matarem o garoto Nadson Almeida
VIOLÊNCIA POLICIAL CAUSA MORTE DE NADSON - Uma viatura da Polícia Militar, atropelou e matou o garoto Nadson Pereira de Almeida, 15 anos, na avenida J. S. Pinheiro, nas proximidades do bairro Lomanto, em Itabuna, na manhã do dia 16 do ano passado, um domingo. O carro, em alta velocidade, perseguiu o menor que que pilotava uma moto e foi confundido como se fosse um bandido. Ao cair, a viatura passou por cima da cabeça dele, matando-o na hora. Os policiais responsáveis por esta operação desastrosa, estão respondendo processo por assassinato. Em protesto contra a violência policial, a população da localidade quebrou o veículo e intimidou os policiais. Um ônibus da Rota foi incendiado e carros depredados perto do viaduto Paulo Souto. A avenida foi fechada. Peritos do Departamento de Polícia Técnica chegaram a se deslocar para o Lomanto no intuito de fazer o levantamento cadavérico, mas foram apedrejados pela população, Veículos que estava apreendidos no pátio da Settrans foram queimados, diversas manifestações estão sempre acontecendo, mas os policiais permanecem impunes.

Um comentário:

  1. NÃO MAIS POSTAREMOS OPINIÕES (ANÔNIMAS, OU NÃO) – Estávamos como um dos blogs com maior quantidade de postagens de opiniões dos leitores. Nunca censuramos, ou deixamos de inserir os comentários enviados sobre nossas matérias, artigos e notícias. Inclusive aqueles que nos ofendiam, caluniavam, difamavam, injuriavam... Entretanto, tivemos diversos dissabores com pessoas enfurecidas com comentários caluniosos, que os prejudicavam, constrangiam e cujos autores eram anônimos, ou se identificavam com o subterfúgio de nomes fictícios e irreais. Diante destes fatos e das sérias consequências decorrentes destas atitudes insanas e inaceitáveis, decidimos suspender a postagem de todos comentários e esperamos contar com a tolerância e compreensão de todos, pois não temos como identificar quem são os leitores que só querem bagunçar, ou nos criar situações embaraçosas. Pesquisaremos um sistema que possamos integrar aqui, para identificar, verdadeiramente, os autores dos comentários nos enviados e assim fazer cada qual responder por eventuais ilícitos. Eventualmente, postamos as matérias em nossa página de facebook e lá é impossível a postagem de comentários anônimos e de autoria inverídica. Portanto, sugerimos este espaço para os leitores educados, bem intencionados e conscientes das consequências de tudo o que é escrito para o conhecimento público. Agradecidamente, Val Cabral.

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.