oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

25 de dezembro de 2014

PASTOR ESTUPRADOR É LIBERADO POR HABES CORPUS

Condenado a 15 anos de prisão por estupro em setembro de 2013, o pastor Marcos Pereira da Silva foi libertado na tarde desta terça-feira (24) pela Justiça carioca. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, ele foi solto por meio de habeas corpus – em maio de 2013, quando foi preso, Marcos teve o benefício negado. A condenação resultou do estupro de uma fiel dentro da igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias, em São João do Meriti, na Baixada Fluminense, da qual era presidente. O crime ocorreu em 2006 e há suspeita de que o pastor tenha estuprado outros seis fiéis, também dentro da igreja. Segundo testemunhas do processo, ele aproveitava momentos a sós com as vítimas para praticar os abusos. Ainda segundo Folha, o site da igreja pedia doações para os gastos com o processo. O cantor e candidato a senador Waguinho comemorou a soltura de Marcos em seu perfil no Instagram.

Um comentário:

  1. NÃO MAIS POSTAREMOS OPINIÕES (ANÔNIMAS, OU NÃO) – Estávamos como um dos blogs com maior quantidade de postagens de opiniões dos leitores. Nunca censuramos, ou deixamos de inserir os comentários enviados sobre nossas matérias, artigos e notícias. Inclusive aqueles que nos ofendiam, caluniavam, difamavam, injuriavam... Entretanto, tivemos diversos dissabores com pessoas enfurecidas com comentários caluniosos, que os prejudicavam, constrangiam e cujos autores eram anônimos, ou se identificavam com o subterfúgio de nomes fictícios e irreais. Diante destes fatos e das sérias consequências decorrentes destas atitudes insanas e inaceitáveis, decidimos suspender a postagem de todos comentários e esperamos contar com a tolerância e compreensão de todos, pois não temos como identificar quem são os leitores que só querem bagunçar, ou nos criar situações embaraçosas. Pesquisaremos um sistema que possamos integrar aqui, para identificar, verdadeiramente, os autores dos comentários nos enviados e assim fazer cada qual responder por eventuais ilícitos. Eventualmente, postamos as matérias em nossa página de facebook e lá é impossível a postagem de comentários anônimos e de autoria inverídica. Portanto, sugerimos este espaço para os leitores educados, bem intencionados e conscientes das consequências de tudo o que é escrito para o conhecimento público. Agradecidamente, Val Cabral.

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.