oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

26 de dezembro de 2014

MULHERES SÃO VENDIDAS COMO ESCRAVAS SEXUAIS NO IRAQUE

A Anistia Internacional divulgou uma nota oficial hoje, que denuncia o grupo fundamentalista Estado Islâmico de cometer crimes de guerra e contra humanidade no Iraque, submetendo mulheres e crianças a "um tratamento particularmente brutal". A Anistia revelou ainda que a maioria das capturadas pelo EI preferem se suicidar, antes de serem transformadas em 'escravas sexuais' dos jihadistas. A comunidade yazidi, uma minoria religiosa do Iraque, afirma que pelo menos 3,5 mil mulheres e crianças ainda estão sob o domínio dos extremistas sunitas. Essa minoria, que é considerada herege pelo EI, é vítima de assassinatos, torturas, estupros e sequestros. Segunda a Anistia Internacional, os crimes cometidos pelo EI contra as minorias podem ser classificados como limpeza étnica. Centenas de mulheres foram obrigadas a se casar com combatentes jihadistas, ou a simpatizantes do EI. "Muitas dessas escravas sexuais são meninas, garotas de 14, 15 anos, ou até mais jovens", afirma Donatella Rovera, da Anistia Internacional, que conversou com mais de 40 ex-reféns no Iraque. A comunidade internacional tem repetidamente acusado o Estado Islâmico de crimes de guerra e contra a humanidade, desde que, em junho, o grupo armado fundamentalista começou a controlar vastas zonas do Iraque e da Síria, onde diz pretender instaurar um "califado islâmico".

Um comentário:

  1. NÃO MAIS POSTAREMOS OPINIÕES (ANÔNIMAS, OU NÃO) – Estávamos como um dos blogs com maior quantidade de postagens de opiniões dos leitores. Nunca censuramos, ou deixamos de inserir os comentários enviados sobre nossas matérias, artigos e notícias. Inclusive aqueles que nos ofendiam, caluniavam, difamavam, injuriavam... Entretanto, tivemos diversos dissabores com pessoas enfurecidas com comentários caluniosos, que os prejudicavam, constrangiam e cujos autores eram anônimos, ou se identificavam com o subterfúgio de nomes fictícios e irreais. Diante destes fatos e das sérias consequências decorrentes destas atitudes insanas e inaceitáveis, decidimos suspender a postagem de todos comentários e esperamos contar com a tolerância e compreensão de todos, pois não temos como identificar quem são os leitores que só querem bagunçar, ou nos criar situações embaraçosas. Pesquisaremos um sistema que possamos integrar aqui, para identificar, verdadeiramente, os autores dos comentários nos enviados e assim fazer cada qual responder por eventuais ilícitos. Eventualmente, postamos as matérias em nossa página de facebook e lá é impossível a postagem de comentários anônimos e de autoria inverídica. Portanto, sugerimos este espaço para os leitores educados, bem intencionados e conscientes das consequências de tudo o que é escrito para o conhecimento público. Agradecidamente, Val Cabral.

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.