oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

28 de janeiro de 2014

A PROGRAMAÇÃO DA GLOBO QUE IDIOTIZA O TELESPECTADOR

Estou me sentindo mais incentivado à fazer uma postagem adicionando elementos e informações para fortalecer o nosso espirito de revolta diante desse lixo televisivo chamado BBB. Como temos acompanhado na mídia nestes últimos dias, a maior fonte de renda e de audiência atual da rede globo completou com sucesso sua décima quarta edição, graças à monstruosa aceitação e interesse do telespectador brasileiro. O BBB é líder absoluto em audiência, com o dobro de telespectadores da segunda colocada, a TV Record. Ele também supera o "Domingão do Faustão", e as incansáveis telenovelas globais. Para o nosso (meu em particular) conforto, desde 2005, nas últimas edições do programa, houve uma redução de 33% no número de telespectadores. Especialistas já prevêem que o reality show não mais decolará no Ibope e pode ter seu futuro ameaçado, o que seria bastante saudável para mim, para você, para a sociedade, para o Brasil, para o Ser Humano... Por outro lado, enquanto não se concretiza o fim dessa tolice, estima-se que o BBB-14 renderá cerca de R$ 250 Milhões de reais à Rede Globo em cotas de patrocínio, merchandising, anúncios extras, assinaturas em pacotes na TV Paga, etc., superando as receitas com as telenovelas, tornando-se o produto mais rentável e lucrativo da empresa. Além do lucro obtido em propaganda e assemelhados, é assustador e revoltante parar para analisar o quanto esse programa arrecada em ligações. Isso mesmo, ligações telefônicas! Vamos colocar o preço da ligação do “0300” à R$0,30 e considerar que em uma noite de "paredão", em média, 20 milhões de brasileiros ligam para votar na eliminação de um brother. Suponhamos que a rede globo tenha feito um contrato "meio-a-meio" com a operadora do 0300. Em uma única noite de paredão, a emissora lucra apenas com ligações, R$ 3.000.000,00 (Três Milhões de Reais). Dá pra pagar o prêmio do vencedor com apenas metade do que é arrecadado em uma única noite (somente com ligações). Vale a pena lembrar que no total são quatorze paredões. Nem é preciso calcular para saber que o valor é muito expressivo. Nem mesmo a Unicef, com um forte cunho social, o Didi, e diversas celebridades apresentando o Criança Esperança arrecada todo esse dinheiro. Nem a metade, pois muitos brasileiros dizem que o dinheiro do Criança Esperança não é destinado integralmente às crianças, e sim para a rede globo. A mesma rede Globo que produz o Big Brother. Não me enraivece apenas o fato da rede globo ou a empresa telefônica levar toda essa bolada. O que realmente não desce, é saber que paga-se para obter esse entretenimento vazio, que nada contribui para o desenvolvimento, informação e formação de quem assiste. Muito pelo contrário, o BBB incentiva os piores instintos humanos e colabora para a idiotização da nossa pobre sociedade. O que se assiste é um grupo de jovens geneticamente selecionados a gastar seu tempo ocioso em conversas bobas, fofocas, cuidados corporais (exibicionismo), picuinhas, vocabulários chulos, conspirações, traições, armadilhas e estratégias descaradas. Os concorrentes ao prêmio final, manipulam, traem uns aos outros, "passam o rodo" nos companheiros de cativeiro para garantir a própria permanência, até que o mais esperto se apresente como o mais amável e leve a bolada prometida - Esta é a verdadeira dimensão obscena do show: Concorrência sem limites éticos. A TV Globo pouco se importa com o conteúdo sádico do programa, e no auge do lucro, tudo é mercadoria.

Um comentário:

  1. NÃO MAIS POSTAREMOS OPINIÕES (ANÔNIMAS, OU NÃO) – Estávamos como um dos blogs com maior quantidade de postagens de opiniões dos leitores. Nunca censuramos, ou deixamos de inserir os comentários enviados sobre nossas matérias, artigos e notícias. Inclusive aqueles que nos ofendiam, caluniavam, difamavam, injuriavam... Entretanto, tivemos diversos dissabores com pessoas enfurecidas com comentários caluniosos, que os prejudicavam, constrangiam e cujos autores eram anônimos, ou se identificavam com o subterfúgio de nomes fictícios e irreais. Diante destes fatos e das sérias consequências decorrentes destas atitudes insanas e inaceitáveis, decidimos suspender a postagem de todos comentários e esperamos contar com a tolerância e compreensão de todos, pois não temos como identificar quem são os leitores que só querem bagunçar, ou nos criar situações embaraçosas. Pesquisaremos um sistema que possamos integrar aqui, para identificar, verdadeiramente, os autores dos comentários nos enviados e assim fazer cada qual responder por eventuais ilícitos. Eventualmente, postamos as matérias em nossa página de facebook e lá é impossível a postagem de comentários anônimos e de autoria inverídica. Portanto, sugerimos este espaço para os leitores educados, bem intencionados e conscientes das consequências de tudo o que é escrito para o conhecimento público. Agradecidamente, Val Cabral.

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.