oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

27 de dezembro de 2013

TEMOS QUE TER FÉ E ESPERANÇA DE QUE DIAS MELHORES VIRÃO

Estamos vivendo o final do décimo segundo mês do ano. Parece não ser verdade, mas temos que encarar. É o fim de um tempo que finda, para outro começar. É assim a nossa vida, no tempo dos homens. E tudo recomeça e assim será, até o fim da caminhada de cada um de nós. Como podemos observar, o tempo é algo precioso em nossas vidas, daí a máxima de que não podemos perder tempo, no tempo dos homens. É justamente em nosso viver diário que quase somos estrangulados pelo encontro de três tempos que buscam habitar o nosso interior, o nosso coração: O PASSADO, com sua facilidade de nos imputar culpas, tornando nossa vida um eterno tribunal, cujo julgamento nunca poderá nos conceder uma sentença satisfatória. O PRESENTE, com suas pressões que nos cegam, com urgências que nos privam de saborear as escolhas. E o FUTURO, de esperanças e incertezas. Nesse conflito constante e eterno, vivemos no tempo de nossa passagem pelo mundo, até quando formos chamados de volta pelo Criador de tudo e de todos. Não podemos desanimar, temos que ter fé e esperança no objetivo sonhado e planejado. Para os que têm fé, o amor e a esperança são os analgésicos necessários para combater a dor da insegurança diante do conflito do passado, presente e futuro em nosso coração. Não podemos esquecer de que para tudo existe o tempo certo, o tempo de acontecer, o momento oportuno, que também podemos afirmar: ser o tempo de Deus. Assim, se o tempo da gente é o tempo de Deus, não adianta pressa, nem quando irá acontecer, pois ele somente virá, quando for da vontade de Deus. Daí a importância do planejamento, da fé e da esperança. Para concluir, temos que ter a convicção de que o ano novo é mais uma oportunidade que teremos, de viver uma vida mais planejada e realista, com uma fé bem mais fortalecida, na esperança de conquistar as metas desejadas, trabalhando com sabedoria o tempo cronológico, enquanto aguardamos o tempo de Deus. Agradeço ao meu Deus pelo momento iluminado que tive para escrever esta mensagem, desejando a todos um feliz ano novo. Tenhamos todos uma vida de muito amor e de muita paz no fluir de dois mil e catorze.

2 comentários:

  1. NÃO MAIS POSTAREMOS OPINIÕES (ANÔNIMAS, OU NÃO) – Estávamos como um dos blogs com maior quantidade de postagens de opiniões dos leitores. Nunca censuramos, ou deixamos de inserir os comentários enviados sobre nossas matérias, artigos e notícias. Inclusive aqueles que nos ofendiam, caluniavam, difamavam, injuriavam... Entretanto, tivemos diversos dissabores com pessoas enfurecidas com comentários caluniosos, que os prejudicavam, constrangiam e cujos autores eram anônimos, ou se identificavam com o subterfúgio de nomes fictícios e irreais. Diante destes fatos e das sérias consequências decorrentes destas atitudes insanas e inaceitáveis, decidimos suspender a postagem de todos comentários e esperamos contar com a tolerância e compreensão de todos, pois não temos como identificar quem são os leitores que só querem bagunçar, ou nos criar situações embaraçosas. Pesquisaremos um sistema que possamos integrar aqui, para identificar, verdadeiramente, os autores dos comentários nos enviados e assim fazer cada qual responder por eventuais ilícitos. Eventualmente, postamos as matérias em nossa página de facebook e lá é impossível a postagem de comentários anônimos e de autoria inverídica. Portanto, sugerimos este espaço para os leitores educados, bem intencionados e conscientes das consequências de tudo o que é escrito para o conhecimento público. Agradecidamente, Val Cabral.

    ResponderExcluir
  2. NÃO MAIS POSTAREMOS OPINIÕES (ANÔNIMAS, OU NÃO) – Estávamos como um dos blogs com maior quantidade de postagens de opiniões dos leitores. Nunca censuramos, ou deixamos de inserir os comentários enviados sobre nossas matérias, artigos e notícias. Inclusive aqueles que nos ofendiam, caluniavam, difamavam, injuriavam... Entretanto, tivemos diversos dissabores com pessoas enfurecidas com comentários caluniosos, que os prejudicavam, constrangiam e cujos autores eram anônimos, ou se identificavam com o subterfúgio de nomes fictícios e irreais. Diante destes fatos e das sérias consequências decorrentes destas atitudes insanas e inaceitáveis, decidimos suspender a postagem de todos comentários e esperamos contar com a tolerância e compreensão de todos, pois não temos como identificar quem são os leitores que só querem bagunçar, ou nos criar situações embaraçosas. Pesquisaremos um sistema que possamos integrar aqui, para identificar, verdadeiramente, os autores dos comentários nos enviados e assim fazer cada qual responder por eventuais ilícitos. Eventualmente, postamos as matérias em nossa página de facebook e lá é impossível a postagem de comentários anônimos e de autoria inverídica. Portanto, sugerimos este espaço para os leitores educados, bem intencionados e conscientes das consequências de tudo o que é escrito para o conhecimento público. Agradecidamente, Val Cabral.

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.