Câmara Itabuna


Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

Prefeitura Ilhéus


28 de dezembro de 2013

ESTAMOS CHEGANDO AO FIM DE MAIS UM VELHO ANO

Mais um dezembro em nossas vidas e tudo se repete. Mais um Réveillon. Mais alegrias em um mundo hostil e adverso às nossas boas pretensões. Para as criaturas de fé, sempre existirá uma esperança, pois foi o próprio Jesus que disse: “quando tudo parecer perdido e a esperança desaparecer, procure por Mim, estarei ao teu lado, embora não me vejas”. Assim acontece com os que tem fé, com os que amam, com os que têm esperança. Pois é, vivemos em um mundo sem diálogo, sem amor, sem sorriso. Afinal, o que somos e onde estamos? Podemos afirmar que somos seres humanos, que somos família e que vivemos em sociedade. O que acontece é que vivemos tão desatentos em nosso caminhar, pensando muito mais no ter, e esquecendo do ser, que deixamos de construir o que é mais importante para a nossa convivência com a família, com as pessoas que estão próximas, com a sociedade como um todo. Não podemos viver o Réveillon, isto é, mais um Réveillon, sem planejarmos mudanças que objetivem um ano novo melhor. Um 2014 de amor, pois não se terá paz, senão através do amor, e quem ama educa e constrói um mundo de paz. Não podemos esquecer que “A família existe no mundo e para o mundo. E é atenta às necessidades e prioridades deste mundo e desta sociedade que deve desenvolver sua identidade e suas prioridades formativas e ativas. O pior de tudo é que só enxergamos a violência fora da nossa família, e muitas vezes ela está dentro da nossa casa, mas não somos capazes de ver ou de sentir, pois o protecionismo exacerbado esconde a realidade do presente, proporcionando sofrimento e amargura no futuro. Desejo a todas as famílias um feliz 2014, com muito amor e muita paz.

Um comentário:

  1. NÃO MAIS POSTAREMOS OPINIÕES (ANÔNIMAS, OU NÃO) – Estávamos como um dos blogs com maior quantidade de postagens de opiniões dos leitores. Nunca censuramos, ou deixamos de inserir os comentários enviados sobre nossas matérias, artigos e notícias. Inclusive aqueles que nos ofendiam, caluniavam, difamavam, injuriavam... Entretanto, tivemos diversos dissabores com pessoas enfurecidas com comentários caluniosos, que os prejudicavam, constrangiam e cujos autores eram anônimos, ou se identificavam com o subterfúgio de nomes fictícios e irreais. Diante destes fatos e das sérias consequências decorrentes destas atitudes insanas e inaceitáveis, decidimos suspender a postagem de todos comentários e esperamos contar com a tolerância e compreensão de todos, pois não temos como identificar quem são os leitores que só querem bagunçar, ou nos criar situações embaraçosas. Pesquisaremos um sistema que possamos integrar aqui, para identificar, verdadeiramente, os autores dos comentários nos enviados e assim fazer cada qual responder por eventuais ilícitos. Eventualmente, postamos as matérias em nossa página de facebook e lá é impossível a postagem de comentários anônimos e de autoria inverídica. Portanto, sugerimos este espaço para os leitores educados, bem intencionados e conscientes das consequências de tudo o que é escrito para o conhecimento público. Agradecidamente, Val Cabral.

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.