Câmara Itabuna


Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

Prefeitura Ilhéus


29 de julho de 2012

COM SALÁRIO DE R$ 7,6 MIL, HUMORISTA RENATO PIABA É OFICIAL DE JUSTIÇA DO TJ-BA

O humorista Renato Piaba é um dos nomes que integram a lista de servidores divulgada pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA). Nomeado há 29 anos, Renato Lacerda de Alcântara, o Piaba, recebe o total de créditos de R$ 7.604 para trabalhar no Juizado Especial de Causas Comuns da Faculdade de Tecnologia e Ciências (3º JECCC-FTC). Com 15 anos de carreira, além de fazer cerca de 147 apresentações humorísticas por ano, Piaba executa, entre as funções do cargo de “oficial de justiça avaliador” no 3º JECCC, intimações, buscas e apreensões de bens ou pessoas que o magistrado do juizado indicar. O humorista, procurado pelo Bahia Notícias nesta sexta-feira (27), não atendeu aos telefonemas. A divulgação dos salários dos servidores pelo TJ-BA atende a um pleito do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que determinou abertura dos dados, conforme a Lei da Transparência. Além da presença inusitada de Piaba, a relação nominal também tem o nome da primeira-dama do Estado, Fátima Mendonça, que segundo assessoria de imprensa o Tribunal, atua normalmente no cargo de assessora de supervisão geral na coordenação de assistência médica em Salvador. Por outro lado, a assessoria de Fátima afirma que ela se licenciou da função para atuar na presidência da Voluntárias Sociais. Integram a relação ainda dois irmãos dela também concursados: Francisco José Carneiro de Mendonça – engenheiro à disposição da Conder, com um total de créditos de R$ 19.485,43 no mês de junho –, e Maria das Mercês Carneiro de Mendonça – técnica da Coordenadoria da Infância e da Juventude na capital baiana, com a remuneração de R$ 23.702,72 na mesma competência. Nos três casos, segundo a assessoria do TJ, os servidores atuam normalmente. (por Juliana Almirante/Evilásio Júnior).

4 comentários:

  1. Taí uma piada que não tem nenhuma graça e que não é de graça!!!!
    Edmilson Marques

    ResponderExcluir
  2. Taí uma piada que não tem nenhuma graça e que não é de graça!!!!
    Edmilson Marques

    ResponderExcluir
  3. Não é pra isso que deve servir a Justiça.
    Isso é um acinte contra a moralidade.
    Não deveria caber ao Tribunal de Justiça da Bahia, este tipo de vigarice com o dinheiro público.
    Não basta o nepotismo e os salários de conselheiros corruptos e irresponsáveis?
    Judith

    ResponderExcluir
  4. Pura safadeza.... como pode esse pessoal parasitas (e fantasma) ter um salário tão grande... e eles ainda se acham no direito de recebê-los, e quando trabalham prestam um péssimo serviço, isto sem falar no alto indice de terceirização, estes sim mau remunerados e é quem fazem os serviços, sem falar que em se falando de judiciário ainda tem o por fora senão nada anda mesmo. Fica a indignação e a pergunta até quando? Edvaldo Fontes

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.