Câmara Itabuna


Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara Ilhéus Itinerante

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Câmara de Ilhéus - Acompanha sessões remotas

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

Prefeitura Ilhéus


28 de abril de 2011

ASSEMBLEIA APROVA CRIAÇÃO DE 174 CARGOS

Os deputados estaduais aprovaram, na noite desta quarta-feira (27), o projeto de reforma administrativa na estrutura do governo do Estado que cria 174 novos cargos comissionados. A medida ainda cria quatro secretarias e modifica a estrutura de órgãos estaduais. A oposição, através do deputado Reinaldo Braga (PR), assegurou que acionará a Justiça para tentar anular a votação de uma emenda do deputado João Bonfim (PDT), que transfere o Irdeb, hoje na pasta da Cultura, para a Secretaria de Comunicação. A proposta, segundo a oposição, gera custos ao Executivo, o que é inconstitucional – conforme a legislação estadual, nenhuma proposta de autoria parlamentar pode gerar ônus financeiro ao Estado.

2 comentários:

  1. Que beleza!

    Fazer gasto pra gente pagar, e continuar tudo uma porcaria: educação, segurança, saúde, infra estrutura e propaganda mentirosa

    ResponderExcluir
  2. Arruda jamais voltaria a um DEM mesmo moribundo; Delúbio está de volta a um PT mais forte do que nunca. Em que eles são diferentes? Eu explico

    Delúbio está de volta ao PT, certo? Certo! Confessadamente, o homem manipulou mais de R$ 50 milhões em “recursos não-contabilizados”. Qual a origem da bufunfa? Até hoje não se sabe. O que é certo, aponta a Polícia Federal, é que parte da grana era dinheiro público.

    Por que Delúbio e os beneficiários do esquema — inclusive Lula — são diferentes de José Roberto Arruda, Durval Barbosa e a turma? Resposta: não há diferença nenhuma, a não ser por um particular: faltam fitas de vídeo, não é mesmo? Imaginem filminhos com o valente distribuindo maços e malas de dinheiro… Onde os valentes escondiam a grana? Um deles, ao menos, usava a cueca como casa de câmbio…

    Imaginem, agora, se, por qualquer instinto suicida (mais suicida ainda do que o já demonstrado), o DEM decidisse refiliar Arruda! Seria um deus-nos-acuda, certo? Afinal, o ex-governador e sua turma são considerados bandidos; já Delúbio e os seus eram apenas pessoas empenhadas em construir o partido por métodos heterodoxos. Deve ser a isso que Rui Falcão chama “hegemonia cultural petista”

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.