oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

30 de outubro de 2010

EM QUEM VOTAR AMANHÃ?

Amanhã exerceremos a nossa cidadania. Um dia único onde toda a sociedade brasileira, de Norte a Sul, se encontrará diante das urnas eletrônicas para escolher aqueles que durante quatro anos representarão o povo nas diversas escalas. Em resumo, o dia do cidadão, que infelizmente muitos julgam como um dia qualquer. Durante alguns meses pudemos acompanhar de perto o corre-corre, o desespero de muitos. Propagandas no rádio, na TV, sem nos esquecermos da internet, campo em que todos os candidatos da majoritária investiram, pois sabem do retorno certo. Mas diante de todo esse processo eleitoral que está muito próximo do fim, uma pergunta fica latente: como escolher o nosso candidato, o nosso representante? A escolha de uma candidatura é o papel mais difícil para o cidadão, para aquele que leva a sério os princípios de cidadania, ética, moral e valor. Essa escolha requer um estudo minucioso, um estudo cauteloso e sagaz. Sem emissão de juízo de valor, sem que aja as verdadeiras e concretas provas, pois não podemos nos esquecer que o futuro de toda uma nação está em jogo. Ouvi muitas pessoas crentes na Lei da Ficha Limpa. Outros crentes que o Judiciário vai fazer justiça. Enquanto a justiça está nas nossas decisões. Enquanto a Lei da Ficha Limpa está na escolha certa dos candidatos que realmente fazem algo pela população, vale a pena ressaltar, fazem à sociedade, não ao meu bolso, não à minha barriga e sim à sociedade como um todo, na educação, saúde, segurança e muitas outras políticas públicas que precisam ser melhor conduzidas em prol do bem-estar da população. Uma candidatura preocupada com o povo, que tenha histórico de representatividade para com os indivíduos que fazem parte do meio. Uma candidatura que veja além dos nossos limites, tendo em vista que está nossa terra é desprezada e maltratada por muitos, e vez ou outra ganha destaque nos noticiários nacionais. Alguém que queira realmente investir no real, não no concreto, melhor dizendo, no calçamento de ruas, asfalto, construção de avenidas e sim um alguém que se volte à criação de políticas públicas que assistam desde a criança até o idoso, dedique os reais investimentos na saúde, educação e, principalmente, na segurança. Somos os donos do nosso destino. Do destino de toda uma sociedade, que grita sufocada pedindo socorro e o que fazemos? Reclamamos a todo e qualquer momento que tudo vai mal, mas na hora certa, no momento certo, não fazemos prevalecer a nossa decisão. Não fazemos prevalecer aquilo que é mais importante para nossa vida. O momento é esse. A hora é agora. Não nos deixemos influenciar por aqueles que apenas se refugiam na política como meio de enriquecimento ilícito. Façamos a nossa parte como agentes modificadores desta realidade, conscientizando a “galera” que com o trabalho formiguinha no final valerá a pena.

6 comentários:

  1. Não há dúvida:
    SERRA 45.
    Rildo

    ResponderExcluir
  2. CABRAL, O QUE NOS LEMBRA ESTAS EXPRESSÕES:SERROTE,SERRA E MOTOSSERA? NÃO LEMBRA DESMATAMENTO,DESTRUIÇÃO,CAOS.TUDO ISTO É O SEU CANDIDATO.VOTE DILMA PARA A PUJANÇA DESTA NAÇÃO QUERIDA E AMADA POR TODOS NÓS (VOCE ESTÁ INCLUIDO0).TOME SEU REMEDINHO REGULARMENTE.OBRIGADO.

    ResponderExcluir
  3. Val Cabral, somente eleitor de cabresto não enxerga que José Serra é a melhor e única opção para a presidência da república. Espero que a gente possa ter um país melhor e isso só será conseguido com Serra. José Carlos de Freitas

    ResponderExcluir
  4. “DILMA: A CANDITADA DESCONHECIDA”

    É bom não esquecer que a candidata de Lula tudo faz para esconder seu passado político na época da luta armada. Como apropriadamente ressaltou alguém, a mesma candidata que apoia a abertura dos arquivos do regime militar conseguiu que o Superior Tribunal Militar negasse o acesso a seu processo.
    Afinal, quem é mesmo Dilma Rousseff?
    Atualmente é a candidata de Lula à Presidência da República. Mas o que se sabe dela? O que revela de si mesma, de suas ideias e práticas políticas?
    Só hoje, dia 25 de outubro, a menos de uma semana do segundo turno das eleições presidenciais, Dilma Rousseff apresentou seu programa definitivo (?) de governo. Trata-se de uma terceira versão!

    ResponderExcluir
  5. Quando você indaga sobre a origem da Dilma, a história relata que ela guerreava, assaltava e seqüestrava e vivia trocando de amantes como se troca de camisa. Além de assaltos a bancos e residências, seqüestros e atentados a vida, Dilma tinha uma vida dupla. Uma democracia é feita, principalmente, por pessoas equilibradas, sensatas, lúcidas e pacificas. Não irei votar em uma mulher simplesmente por indicação e imposição de alguém. O presidente Lulla, não estará mais governando a partir do dia 1º de janeiro. Portanto, as alternâncias de poder são benéficas e saudáveis para a democracia. Acredito que, para se governar um país como o Brasil, repleto de problemas sociais e morais, um presidente não pode ser eleito tendo como predominância sua sexualidade (homem ou mulher). Irei votar no candidato SERRA, não porque ele representa a solução dos problemas do meu país, mas, por ser o melhor e o mais qualificado e experiente nesse momento. Gostaria de reparar algumas observações acima dizendo, “existem “paixões” que até própria razão desconhece”. 45 - 45 - 45. Ass: Joana A'darc

    ResponderExcluir
  6. “DEUS” nos livre da vitória da Dilma, mas se isso acontecer o Lula não sairá tão vitorioso assim não, apesar de toda sua popularidade quase seu partido não elege um senador por São Paulo, no Pará mesmo com o apoio do BOLSA FAMÍLIA, Jader Barbalho e o Almir Gabriel quase que Ana Careta perde no 2º turno, no Rio D. do Sul temos que reconhecer a péssima atuação da governadora tucana, na Bahia o Wagareza só foi reeleito porque aqui o PSDB sempre foi uma espécie de filial do Lula, parece até que os líderes tucanos não viam no Lula um adversário que merecesse cuidado ou sempre estiveram pensando apenas em derrotar o carlismo a qualquer preço, mesmo que para isso tivessem que deixar seu candidato a presidente em último plano, o Lula querendo exterminar o DEM catarinense acabou mesmo exterminando foi o PSDB baiano, pois apenas o Jutahy e o Embassay foram eleitos deputados federais, mas a grande derrota do Lula mesmo veio dos seus mais fervorosos aliados, me refiro logicamente aos bispos e padres católicos, pela primeira vez desde que o pt foi criado não terá mais o apoio irrestrito da IGREJA CATÓLICA
    daqui pra frente o mst e pt terão que rebolar para continuarem com sua baderna.

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.