oi

oi

Prefeitura Ilhéus

Saúde Ilhéus

Saúde Ilhéus

30 de dezembro de 2009

PAI ENFORCA CRIANÇA E DEPOIS COMETE SUICÍDIO

Nadson da Silva Santos, 30 anos, estava desorientado devido à ex-mulher, uma adolescente de 17 anos, ter negado reatar o relacionamento. Ele foi até a casa dos familiares da ex-mulher e pegou a criança de um ano e oito meses e ligou para a mulher. No telefone, ele disse que iria matar a criança e depois se matar se ela não quisesse reatar. Ela não acreditou que o pai tivesse tamanha maldade para matar o próprio filho, mas Nadson enforcou a criança usando um fio telefônico. Depois cobriu o corpo com um lençol e ligou para a mulher dizendo que tinha matado o menino e que iria se matar e que a culpa era dela. Ele se jogou do viaduto de Bom Juá, mas foi socorrido por uma ambulância que passava na hora e levado para o Hospital Geral do Estado, onde acabou morrendo um dia depois.

3 comentários:

  1. Val Cabral, o ciume doentil tem levado muita gente a cometer crimes horríveis e atingido criancinhas inocentes e indefesas, como foi este o caso. É lamentável que as pessoas ainda não compreendam o quanto este sentimento de possessividade conduz o indivíduo a comportamentos diabólicos e terríveis. Orlando P. de Brito

    ResponderExcluir
  2. Val Cabral, o ciume doentil tem levado muita gente a cometer crimes horríveis e atingido criancinhas inocentes e indefesas, como foi este o caso. É lamentável que as pessoas ainda não compreendam o quanto este sentimento de possessividade conduz o indivíduo a comportamentos diabólicos e terríveis. Orlando P. de Brito

    ResponderExcluir
  3. Se vc observar bem, perceberá que este caso começou errado desde o ínicio dessa relação: o sujeito deveria ter, no mínimo, 28 e ela 15 anos... consequentemente, havia aí o começo de algo parecido com pedofilia. E o que começa errado, quase sempre acaba errado. E nesta trágica situação, de forma fatal. espero que este crime faça a sociedade rever seus valores de educação e criação de meninas e meninos...
    Rildo

    ResponderExcluir

Comente no blog do Val Cabral.