11 de julho de 2017

POLÍCIA SEM VERBAS, QUE SOBRAM PARA DEPUTADOS

O político rouba a verba que serviria para fortalecer a polícia
e com isto ele fica seguro e a população desamparada
Irresponsável e pode-se dizer criminoso esse contingenciamento ou cortes de recursos que o presidente moribundo Michel Temer decretou, atingindo em cheio alguns serviços essenciais, como os das Polícias Federal e da Polícia Rodoviária Federal. Como tem alertado inspetores da Polícia Rodoviária Federal, em Itabuna, esse corte comprometerá a fiscalização não só do tráfego de veículos, mas o combate ao tráfico de drogas e crimes ambientais, ao contrabando de armas e outros ilícitos. Sem recursos até para abastecer os veículos, como tem sido alertado, os policiais se limitarão a permanecer nos postos, deixando as rodovias sem fiscalização para a alegria dos traficantes de drogas, aves, madeiras e de armas. As mesmas limitações deverão atingir também a Polícia Federal que, antes mesmo desse contingenciamento, já se ressentia dos recursos necessários para exercer suas atividades. Enquanto isso, esse mesmo Governo já liberou mais de R$ 500 milhões em emendas para deputados federais e senadores para, literalmente, comprar seus votos e se safar no Congresso das graves denúncias de corrupção, obstrução da Justiça e formação de quadrilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.