24 de julho de 2017

ARTHUR MAIA COMEMORA FIM DO IMPOSTO SINDICAL: 'SERVIA PARA ENRIQUECIMENTO DOS DIRIGENTES'

Os sindicatos e governantes são exploradores dos trabalhadores
O deputado federal Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), relator da reforma da Previdência, afirmou que o imposto sindical apenas favorecia aos interesses políticos e de enriquecimento pessoal dos dirigentes das entidades. Em vídeo publicado em sua página no Facebook, o parlamentar classificou o fim do tributo, decretado pela reforma trabalhista, como um “grande avanço”. “Isso é uma vergonha estabelecida pela Constituinte. E que gerou, ao longo desse tempo no nosso país, uma classe de privilegiados, sindicalistas, dirigentes, que usam o dinheiro do trabalhador para seus propósitos políticos e muitos para seu enriquecimento pessoal”, atacou. Ele ainda exaltou a reforma trabalhista. “Viva a reforma trabalhista, viva ao fim dos privilégios e das mordomias dos sindicatos”, comemorou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.