14 de junho de 2017

PREFEITO NÃO CUMPRE PROMESSA DE ACABAR COM CABIDE DE EMPREGO NA PREFEITURA


É muita inocência de Cuma, querer ludibriar um promotor
A Prefeitura de Itabuna não realizará concurso publico e sim, processo seletivo, para contratação de novos servidores municipais. Há informações de que a prefeitura de Itabuna tem mais de 6 mil servidores e muitas repartições superlotadas de ocupantes de cargos comissionados, sem nenhum utilidade  para os serviços governamentais. Neste contexto, é um contrassenso contratar pessoas para funções exercidas por um contingente já saturado de parasitas e recursos humanos supérfluos. Processo Seletivo é contratação temporária e que de certa forma, por tantas fraudes existentes por este país a fora, só serve para beneficiar cabos eleitorais e militantes políticos ligados ao esquema eleitoral do gestor. Por outro lado, Processo Seletivo desmotiva o concurseiro que estuda dia e noite e perde a vontade de participar, por receio de ser preterido por quem não possui condições técnicas, intelectuais e pertinência profissional para assumir o cargo. Os aprovados sempre são candidatos sob indicação do chefe do executivo ou membro do legislativo. Os políticos, antes de serem eleitos, eles sobem em palanques, prometem a realizações de concursos públicos e depois de empossados se transformam e acabam se esquecendo dos compromissos com a sociedade. Nunca é demais repetir que processo seletivo funciona apenas como artifício, para gestores criarem cabides de emprego e tripudiar do infortúnio dos cidadãos conscientes e cultos que estudam e correm atrás de um futuro melhor. Não é justo eles serem desprezados por pessoas, cuja referência se sustenta somente em ações de cabos eleitorais e parentescos com o prefeito e seus lacaios. Por que essa tática tão precoce do senhor prefeito? Foram apenas cinco meses de gestão, para o gestor descobrir que nem todos seus aderentes e parentes poderiam ficar de fora da mamada nas tetas da prefeitura. Esse processo seletivo, é um acinte a quem pensa, estuda e se prepara para participar de concurso publico. Vale ressaltar, que o ano se aproxima, vem um novo pleito e aqueles que são apoiados pelo prefeito que prometeu e não cumpriu, principalmente, concurso público, irão bater em sua porta com uma justificativa sem nexo, querendo o seu voto e de sua família. Este será o momento da sua revanche; de você realizar a sua própria seleção públicas, para eleger quem tem consciência de que Prefeitura não pode ser cabide de emprego para parentes e aderentes de prefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.