14 de junho de 2017

DÓI DEMAIS PERDER UM GRANDE AMIGO

João foi o que houve de mais carismático, alegre, simpático e
agradeço o privilégio de ter compartilhado da sua amizade
Hoje eu vou dormir com um sentimento de que este dia não deveria ter amanhecido, pois dias de dor e sofrimento, nunca deveriam existir em nossas vidas. Soube agorinha, que perdi o amigo João Silva Santos, que melhor simbolizava a alegria de viver, com seu sorriso contagiante; suas palavras sábias e acalentadoras; seu carisma despretensioso e seu jeito espontâneo, solícito e empolgante; um sambista e praiano, que sabia muito mais que todos os demais veranistas e passistas, harmonizar o revolto das ondas do mar, com a cadência do equilíbrio dos passos de um de samba; do gosto das moquecas de peixe e dos nossos costumeiros encontros vespertinos na praia de Boa Viagem. O que mais dói é saber que ignorei a mínima suspeita de que João partiria tão precocemente. O fato é que a morte, esse desfecho que aguarda a vida de todos nós, é uma certeza e uma sentença que a maioria ignora. Talvez por isso ela atinge tão violentamente os corações desprevenidos quando lhes rouba o ente querido. Mas na verdade, quem conseguirá de fato se preparar para tão terrível perda? Dito isto, sei que toda a sua família está passando por um desses momentos, e que na sua casa paira uma nuvem carregada de dor, agora que João faleceu. Os meus pêsames para toda a família enlutada. É um momento terrível de sofrimento, pois disseram o último adeus a uma pessoa que todos estimavam muito, mas devem ser fortes e confiar nos desígnios divinos. Para os que ficam a vida continua; desejo ver os seus amigos e familiares seguirem as suas vidas, honrando quem já não está entre eles com a memória de tempos idos. Muita coragem para todos, e saibam que o meu pensamento e os meus sentimentos estão com todos vocês nesta hora difícil. Que meu estimado João seja acolhido de braços abertos por Deus e que este nosso adeus, também seja um momento de agradecimentos meus por ter compartilhado com ele, de alguns dos meus melhores momentos e de ter tido o privilégio de sua amizade. Obrigado meu querido e inesquecível amigo João.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.