26 de maio de 2017

ITABUNA SANGRA COM DESDÉM DOS GOVERNANTES


Milhares de mães choram mortes de seus filhos em Itabuna
Impressiona o poder e a facilidade que as facções criminosas demonstram ter para atrair um número tão grande de jovens em Itabuna, muito deles ainda menor de idade. Chama atenção também e causa enorme preocupação a quantidade de mortes violentas desses “novatos” no mundo do crime. Quem acompanha o noticiário local já observou que praticamente todos os dias jovens estão sendo assassinados em Itabuna e em várias outras cidades sulbaianas. E quando as investigações começam, logo as autoridades policiais constatam que esses adolescentes tinham ligação direta ou indireta com organizações criminosas e com o tráfico de drogas. Muitas vezes a própria família admite de imediato que a vítima tinha envolvimento com facções e, em alguns casos, revela até que o jovem sofria ameaças de morte. Obviamente são inúmeros os fatores que contribuem para que um número tão grande de jovens ingresse no mundo do crime, como, por exemplo, a desagregação familiar e as enganosas promessas de vida mansa e dinheiro fácil, no entanto, não se pode deixar de citar que a omissão e incompetência do governo federal, que continua sem colocar em prática um plano nacional de segurança pública e o abandono no setor a que o governo do Estado submete Itabuna, tem contribuído de forma determinante para que as organizações criminosas, como Raios A, B e DMP, continuem protagonizando essa guerra sangrenta, que tem dilacerado tantos jovens e suas famílias na maior cidade do sul da Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.