12 de abril de 2017

ODEBRECHT PAGOU CAIXA 2 À JUÇARA DE OLHO EM OBRAS DE SANEAMENTO


Geraldo é recordista baiano em condenações por roubo ao erário
Na corrida eleitoral pela prefeitura de Itabuna, em 2012, a empreiteira baiana Odebrecht injetou R$ 200 mil na campanha da então candidata Juçara Feitosa (PT) por meio de caixa dois. De acordo com a petição encaminhada pelo ministro e relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, à Justiça Federal da Bahia, a doação não contabilizada foi um pedido feito pelo então deputado federal e esposo de Juçara, Geraldo Simões (PT). O aporte financeiro tinha como pano de fundo o suposto interesse da empreiteira em "obras para solucionar o abastecimento de água e esgoto na localidade". Os fatos relatados pelo delator e ex-executivo da Odebrecht serão investigados pela Procuradoria da República no pólo Ilhéus/Itabuna. Apesar do 'investimento', a petista não logrou êxito na eleição de 2012, quando Vane da Renascer venceu o pleito. Por Aparecido Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.