14 de março de 2016

ANDRADE GUTIERREZ DIZ QUE FEZ DOAÇÕES AO PT PARA TER CONTRATOS COM ESTATAIS

A corrupção elegeu e reelegeu Lula e Dilma, para mandar no erário
A construtora Andrade Gutierrez revelou, em seu acordo de delação premiada, que fez doações legais para campanhas do PT em 2014 como pagamento de comissões de contratos firmados com empresas estatais. A empreiteira revelou ao Ministério Público que seguiu o mesmo esquema revelado por outras construtoras aos procuradores da Operação Lava Jato. Ou seja, ganhava contratos na Petrobras e também na Eletronuclear e, em troca, pagava comissões ao PT na forma de doações legais no caixa um, segundo informou a Folha de S. Paulo. Segundo as investigações da Operação Lava Jato, as maiores empreiteiras do país formaram um cartel e dividiam as obras que cada uma ganharia na Petrobras. Em troca pagariam comissões em formas de doações por meio de caixa um para PT, PMDB e PP. Os recursos, segundo os depoimentos feitos por executivos da Andrade na delação, eram repassados para o PT para o tesoureiro João Vacari, que nega ter recebido este tipo de recursos. Ele está preso pela Operação Lava Jato. A Andrade Gutierrez já havia informado na delação que, no caso da campanha de 2010, bancou de forma irregular despesas da campanha da petista. Foi revelado que a construtora pagou R$ 6,1 milhões para a agência Pepper por serviços prestados naquela eleição de 2010. A Andrade doou mais de R$ 10 milhões ao PT em 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.