14 de março de 2016

DELCÍDIO DENUNCIA “ESQUEMA SOFISTICADO” DE DESVIO PARA CAMPANHAS DE DILMA

A Máfia do PT está se degradando e logo Lula deverá ser preso
Em depoimento durante o acordo de delação premiada, o senador Delcídio Amaral (PT-MS) afirmou que houve um “sofisticado esquema de corrupção” nas obras da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, segundo reportagem da revista Isto É. A revista afirma que conseguiu o anexo 7 do acordo de delação de Delcídio, de onde retirou as informações. A Isto É diz que o senador do PT de Mato Grosso do Sul apontou a existência de um “triunvirato” constituído pelos ex-chefes da Casa Civil Erenice Guerra e Antônio Palocci (também ex-ministro da Fazenda) e o ex-ministro de Minas e Energia Sillas Rondeau, que teria movimentado aproximadamente R$ 25 bilhões e desviado ao menos R$ 45 milhões dos cofres públicos diretamente para as campanhas eleitorais do PT e do PMDB em 2010 e 2014, que formavam coligação com a presidente Dilma Rousseff nos dois pleitos. “A propina de Belo Monte serviu como contribuição para as campanhas eleitorais de 2010 e 2014, disse Delcídio aos procuradores. A reportagem ressaltou que a delação do senador petista precisa ainda ser homologada pelo Supremo Tribunal Federal e depois enviada ao Tribunal Superior Eleitoral para fazer parte da ação que requer a cassação do mandato de Dilma. As informações são da Agência Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.