26 de fevereiro de 2016

A FISCALIZAÇÃO CAOLHA DO TRÂNSITO EM ITABUNA

As blitz devem focar também, o combate ao tráfico e assaltos
É de impressionar a agilidade dos agentes de trânsito para multar condutores que cometem irregularidades em Itabuna. Dificilmente um motorista que estaciona, por cinco minutos, em local proibido deixa de ser notificado pelos guardas, que cumprem muito bem as suas funções. Não há nada o que questionar nessa questão, já que as regras existem para serem cumpridas. No entanto, a bronca de muitos condutores é que não se vê a mesma presteza por parte dos agentes para organizar e garantir fluidez ao trânsito em horários de pico, por exemplo. Outro questionamento de parte da população é que os recursos arrecadados com multas e impostos, pagos ao Detran, não têm refletido diretamente em melhorias na sinalização e recuperação das vias de Itabuna, que estão cada dia mais precárias. É consenso, ainda, que se a intensa fiscalização feita no setor de trânsito acontecesse igualmente em operações policiais, sobretudo com rondas várias vezes ao dia em bairros localizados em bairros perigosos da cidade, os índices de criminalidade seriam reduzidos de forma significativa. Seria magnífico se os órgãos e autoridades da área de segurança pública considerassem esse anseio da sociedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.